Daily Archives: 26 de Novembro de 2020

Eles pedem a Biden, na França, que reverta as medidas desumanas contra Cuba.

Paris, 26 de novembro (Prensa Latina) A associação Cuba Coopération France (CubaCoop) pediu hoje ao presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, que elimine as medidas desumanas e criminosas ditadas contra a ilha pelo governo de Donald Trump.

Desejamos e agiremos para que isso aconteça, o fim das ações realizadas apesar da rejeição da comunidade mundial e da rejeição de uma parte significativa da população norte-americana, disse em seu semanário La lettre électronique Hebdo a organização fundada em 1995 para promover a solidariedade e colaboração com o país caribenho.

Solicitan en Francia a Biden revertir medidas inhumanas contra Cuba

Segundo CubaCoop, os povos do planeta devem unir suas vozes na demanda para impedir a tentativa de estrangular a economia da maior das Antilhas para dificultar ainda mais a vida das famílias cubanas.

Antes de deixar a Casa Branca, no dia 20 de janeiro, Trump continua a somar medidas hostis às 120 estabelecidas desde 2019 para atacar a ilha, denunciadas em alusão à recente proibição de voos de dois aviões com carga humanitária e à obstrução do embarque de remessas familiares, a partir do fechamento dos 407 pontos de pagamento da Western Union.

O apelo da associação se junta ao de personalidades, organizações e cidadãos de todo o mundo, que exortam o político democrata Biden a retomar a reaproximação Havana-Washington iniciada em dezembro de 2014 por Barack Obama, que foi vice-presidente do vencedor das eleições. 3 de novembro.

CubaCoop e seus membros são fortes críticos na sociedade francesa do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos a Cuba há seis décadas, política que nos últimos 20 anos enfrentaram dezenas de projetos de cooperação.

Nesse sentido, o presidente fundador da organização, Roger Grévoul, ratificou no texto o compromisso com a colaboração, que qualificou de modesto, mas determinado e permanente.

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Francia, #solidaridadvs bloqueo, #Trump, @Trump, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, candidato presidencial demócrata Joe Biden, Casa Blanca, Cámara de Representantes, Cuba, el director interino de Inteligencia Nacional, Estados Unidos, Joseph Maguire, presidente de Ucrania, preside, CIA Mike Pompeo, Cooperacion, CubavsBloqueo, FORA TRUMP, Pompeo,, relações bilaterais, o governo Donald Trump, secretario de Estado, Michael Pompeo, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Eles lembram na França o legado de soberania de Fidel Castro.

Retirado do Prensa Latina .

O líder revolucionário Fidel Castro (1926-2016) representa um símbolo de soberania e independência que guia o povo da ilha em seu próprio destino, disse Virgilio Ponce, cubano que vive hoje na França.

A respeito do quarto aniversário do desaparecimento físico do eterno Comandante-em-Chefe, que foi comemorado ontem, o integrante do Coletivo Entre Amigos disse à Prensa Latina que o legado do estadista constitui uma luz que mostra o caminho em um país que já é referência para sua resistência e seu internacionalismo.

Segundo o morador de Hendaye, no País Basco francês, lembrar Fidel Castro é lembrar um dos maiores homens da história, que empunhou a lança para continuar a batalha pela verdadeira independência de Cuba e resume todos os que lutaram por isso em momentos diferentes.

Para nós, seus contemporâneos, é um orgulho tê-lo tido como líder de um processo revolucionário que tirou a maior das Antilhas da terrível situação em que vivia, em que todos os direitos humanos foram violados, sublinhou.

Falando sobre o quarto aniversário de sua partida física, Ponce assegurou que muitos cubanos que residem longe de sua pátria gritam mais alto ‘Eu sou Fidel’.

Embora estejamos no exterior, não deixamos de ser como os fumicultores de Tampa, ou os milicianos que lutaram em Playa Girón, ou os que lutaram na Sierra Maestra, ou como Carlos Muñiz Varela, porque onde quer que estejamos defendemos nossa pátria Comentou referindo-se aos cubanos que, dentro ou fora da ilha, apoiaram sua independência.

Para Ponce, a homenagem a Fidel Castro é também uma ocasião para ratificar a luta contra as agressões dos Estados Unidos, em particular o bloqueio econômico, comercial e financeiro, e para apoiar um povo heróico em sua resistência.

Nesta imigração somos muitos Fidel, pois todo cubano que sente por aquela terra, suas palmas e campos, seus trabalhadores e suas famílias repudia o bloqueio que os prejudica, insistiu.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #Francia, #YoSoyFidel, Cuba, fidel castro, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, sonhos de Fidel | Deixe um comentário

Peronista, amigo de Fidel Castro e admirador de ‘Che’ Guevara: as ligações de Maradona com o lado canhoto da política..

Retirado do RT.

Nascido em Villa Fiorito, bairro humilde da cidade portenha de Lomas de Zamora, o ídolo argentino Diego Armando Maradona, falecido nesta quarta-feira aos 60 anos, nunca esqueceu suas origens. “Cresci em um bairro particular de Buenos Aires. Privado de eletricidade, água, telefone”, disse ironicamente em 2004, em uma de suas frases mais memoráveis.

Peronista, amigo de Fidel Castro y admirador del 'Che' Guevara: Los vínculos de Maradona con el lado zurdo de la política

Talvez por isso, e apesar das fortunas que conquistou como jogador, sempre se expressou politicamente ao lado dos pobres, contra a desigualdade e a favor da justiça social.

É que, fora dos campos, Diego sempre se mostrou um homem com consciência de classe, comprometido com as ideias socialistas e, na Argentina, com o peronismo, com todas as suas complexidades.

As ideias do ídolo, que também provocam rejeição nos setores conservadores, não eram apenas conhecidas por suas próprias afirmações, mas marcadas na pele. No braço direito, o argentino usava e exibia com orgulho uma tatuagem do líder da Revolução Cubana, também o argentino Ernesto ‘Che’ Guevara.

Mas a ilha também foi unida por uma profunda amizade com Fidel Castro, que o recebeu em seu país para tratamento de saúde entre 2000 e 2005.

O destino faria com que morresse no mesmo dia que seu “comandante”, como Maradona chamava Castro, falecido em 25 de novembro de 2016.

Maradona e o Socialismo do Século XXI

Sua posição política também o aproximou de outros líderes latino-americanos, como o ex-presidente venezuelano Hugo Chávez, o líder boliviano Evo Morales, o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ou seus compatriotas Néstor Kirchner e Cristina Fernández de Kirchner.

O apoio apaixonado de Diego Armando aos dirigentes do chamado Socialismo do Século XXI o levou a compartilhar uma viagem de trem com Chávez e Morales, em 2005, quando se realizou a lembrada ‘contra cimeira’ ou III Cúpula na cidade de Mar del Plata. de los Pueblos, em que foi rejeitado o acordo de livre comércio, conhecido como ALCA, que excluía Cuba.

Esse evento foi organizado em oposição à Cúpula das Américas, da qual participou o ex-presidente dos Estados Unidos George Bush. “Tudo o que Fidel e Chávez fizerem será para mim a maior coisa neste mundo que o assassino de Bush, o demônio, quer governar, como lhe disse o professor”, apontou então um Maradona que jogava politicamente de esquerda.

Após a morte de Chávez, o argentino manteve sua relação com o governo bolivariano da Venezuela por meio de Nicolás Maduro, a quem inclusive ofereceu ajuda para enfrentar a crise.

Os ‘irmãos’ Evo e Diego

Com Evo Morales, o vínculo foi além da política e se estendeu ao esporte. Em 2008, o ex-campeão mundial no México de 1986 jogou uma partida no Estádio Olímpico de La Paz, exigindo que a proibição da FIFA de jogar partidas internacionais a mais de 2.750 metros acima do mar fosse suspensa.

No campo esportivo, sempre criticou a liderança do órgão regulador do futebol mundial. Suas acusações de corrupção nos mais altos escalões do órgão tiveram correlação com o escândalo do ‘portão da FIFA’, pelo qual vários ex-diretores foram condenados.

Em novembro do ano passado, o astro expressamente rejeitou o golpe na Bolívia em suas redes sociais. E o ex-presidente lamentou a morte de seu “irmão” na quarta-feira, como ele considerou de sua conta no Twitter.

Sempre peronista

Na Argentina, onde é venerado pela maioria por ter conduzido a Seleção Albiceleste à sua consagração máxima, o compromisso de Maradona com o progressismo suscita repulsa em alguns setores da direita, especialmente o antiperonismo, embora haja quem prefira separar sua posição ideológica do que Esportes.

“Fui, sou e serei sempre um peronista”, foi uma das últimas frases políticas do ex-técnico de Ginástica e Esgrima La Plata, por ocasião do Dia da Fidelidade que o movimento celebra todo dia 17 de outubro.

Seu apoio constante a Cristina Kirchner e ao atual presidente Alberto Fernández -com quem se reuniu em dezembro, logo após a posse-, bem como as duras críticas que fez ao ex-presidente Mauricio Macri, aumentaram o amor e o ódio de ambos os lados da chamada. ‘crack’ que divide os argentinos.

Fernández decretou nesta quarta-feira três dias de luto e disponibilizou a Casa Rosada para o maciço velório do maior ídolo esportivo da Argentina que ali se realizará, e da cidade de Nápoles, na Itália, onde os torcedores fizeram vigília para despedir o ‘ rei’.

Categories: #Argentina, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #YoSoyFidel, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Cuba, fidel castro, deporte, Deportes Mundiales, Evo Moraless, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel Castro y Hugo Chávez., Hugo Chavez, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela | Etiquetas: | Deixe um comentário

Sua receita de Natal #FicaEmCasa..

Categories: #Comer Sano, Comer saudable | Deixe um comentário

O governo dos Estados Unidos nunca apoiou o povo cubano.

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

O chanceler cubano, Bruno Rodríguez Parrilla, condenou em sua conta no Twitter as declarações intervencionistas do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo.

“O secretário Pompeo mente, os Estados Unidos nunca apoiaram o povo cubano”, disse o chanceler, rejeitando as declarações do funcionário ianque.

Bruno Rodríguez asegura que Mike Pompeo 'miente' sobre el Movimiento San Isidro

Submerso na saudade de tempos passados, quando os secretários imperiais comandavam os governos da república neocolonial cubana, o secretário de Estado aludiu ao chamado Movimento San Isidro no Twitter e instou o governo da maior das Antilhas a libertar Denis Solís González.

Conforme denunciado, Solís González não é um músico preso injustamente como se refere Pompeo, é um indivíduo condenado a oito meses de privação de liberdade, que reconheceu ter vínculos com quem financiou atos violentos contra Cuba.

A posição do Secretário de Estado em relação à atuação contra-revolucionária encenada em San Isidro não é surpreendente, já que as autoridades ianques apoiaram e acompanharam diretamente as ações dos atores do espetáculo anticubano, que segue um roteiro elaborado a partir desse país.

Como pode o representante de um governo que fez da aplicação de medidas coercitivas contra nosso país, 227 no total, uma prática diária, se gabar de seu apoio ao povo cubano? Como poderia o povo cubano esquecer 60 anos de bloqueio econômico, financeiro e comercial para matá-los de fome?

Cuba não cede às pressões e às provocações dirigidas por Washington, o povo cubano vive orgulhoso de sua história e jamais renunciará à sua soberania e independência.

Categories: # Cuba, #Bruno Rodríguez,, #Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Chanceler Bruno Rodiguez Parrilla, CIA Mike Pompeo, Injerencia De EEUU, política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Pompeo,, Relaciones Cuba Estados Unidos, secretario de Estado, Michael Pompeo, secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, | Deixe um comentário

Impacto e desafios para o controle da epidemia em Cuba.

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Profesionales e la Salud, TURISMO | Deixe um comentário

Rafael Correa: “É uma perda para todo o planeta”

Categories: #Argentina, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #YoSoyFidel, Cuba, fidel castro, deporte, Deportes Mundiales, ECUADOR, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, sonhos de Fidel | Deixe um comentário

Sinal da Telesur retorna à televisão na Bolívia.

Retirado do teleSUR .

O Governo do Presidente da Bolívia, Luis Arce, anunciou que a partir desta quarta-feira o sinal da plataforma multimídia teleSUR voltou, depois de ter ficado um ano fora do ar por ordem do então governo de fato presidido por Jeanine Áñez.

“O TeleSUR retorna à rede Entel. O sinal da multimídia mais importante da América Latina, volta à Bolívia a partir de hoje. Censura não é o caminho da democracia popular. Celebramos a liberdade de expressão ”, anunciou o Vice-Ministério da Comunicação da Bolívia em mensagem postada em sua conta no Twitter.

Imagen

O governo de facto de Áñez, que assumiu o poder após o golpe contra o ex-presidente Evo Morales em novembro de 2019, ordenou a retirada do sinal teleSUR do serviço de distribuição de fibra óptica e satélite da Entel.

Também pressionou todas as outras operadoras de televisão a cabo e via satélite a fazerem o mesmo.

Luis Arce, el nuevo presidente de Bolivia, apuesta por un proceso de cambio  "sin odio" | Internacional

A presidente da plataforma multimídia, Patricia Villegas, disse por sua vez em um tweet que “hoje o teleSUR retorna à Bolívia. A primeira plataforma a substituir o nosso sinal é a ENTEL ”.

“Esperamos o mesmo comportamento das operadoras de cabo que foram obrigadas pela ditadura a nos eliminar de suas ofertas de programação”, disse o jornalista.

O correspondente da mídia na Bolívia, Freddy Morales, lembrou que o governo de fato de Áñez retirou o TeleSUR do ar em 21 de novembro de 2019, “tanto da ENTEL quanto de outros serviços de TV a cabo. Esta noite, ENTEL restaura nosso sinal em IPTV e DTH ”.

Categories: bolivia, Jornalismo no mundo, Proclamada Jeanine Áñez | Deixe um comentário

Na unidade de Cuba: Fidel.

Autor: Maby Martínez Rodríguez | internet@granma.cu

Autor: Liz Conde Sánchez | internet@granma.cu

Autor: Yudy Castro Morales | yudy@granma.cu

Autor: Eduardo Palomares Calderón | internet@granma.cu

Muitos foram os que voltaram ao encontro de Fidel nas escadarias da Universidade de Havana, o cenário rebelde e revolucionário que o traz ao presente, que atesta a continuidade nas vozes das crianças, no canto comprometido, no versículo…

Acto de homenaje al Comandante Fidel Castro Ruz en la escalinata de la Universidad de la Habana

Quatro anos após a passagem do Comandante-em-Chefe para a eternidade, liderado pelo Presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, outros membros do Bureau Político e do Secretariado do Comité Central, do Governo e das organizações de massas, pioneiros , jovens e trabalhadores, representando toda Cuba, expressaram seu compromisso de resistir, de renovar seus votos com o trabalho liderado por Fidel.

A cantora e compositora Marta Campos, entre outras, o imortalizou com a sua peça A Fidel e Corina Mestre o evocou com a sua voz potente: «A história contará os seus feitos gloriosos. Prefiro lembrar-me dele no canto do dia quando viu a sua terra e disse: Eu sou a terra, na qual viu o seu povo e disse: Eu sou o povo e ele aboliu a sua dor, as suas sombras, o seu esquecimento … ». Foi uma noite única.

Nestes tempos complexos, carregados de desafios importantes, recorremos a Fidel e nos alimentamos com suas reflexões sábias e seu trabalho cheio de sonhos e empreendimentos, como disse José Ángel Fernández Castañeda, presidente da Federação de Estudantes Universitários. “Dele obtemos forças para seguir em frente.”

O legado do Comandante também inspirou aqueles que se reuniram na noite cultural que, em nome das Forças Armadas Revolucionárias (FAR) e do Ministério do Interior, o homenageou.

Durante a gala, presidida pelo General do Exército Leopoldo Cintra Frías, membro do Bureau Político do Partido e ministro das FAR, cantaram a Fidel, o homem que “brilha vivo e continua brilhando morto”.

Entre as muitas pessoas agradecidas que se reuniram na Sala Universal das FAR, na capital, estava o segundo suboficial Reizon Caraballo Miranda, um dos motoristas que participou da transferência das cinzas do Comandante para Santiago de Cuba.

Ele conta que quando a caravana chegou a Camagüey, vários camponeses, montados em seus cavalos à beira da estrada, atiraram para o alto um grupo de pombas brancas.

Por coincidência, um deles permaneceu alguns minutos no braço que carregava a urna, semelhante à pomba que, justamente quando os barbudos entraram vitoriosos em Havana, em 8 de janeiro de 1959, pousou no ombro do Comandante.

No cemitério de Santa Ifigênia também havia flores na pedra que o protege. A homenagem ao líder histórico da Revolução de San Antonio a Maisí, sintetizada neste altar da Pátria, foi dirigida pelo primeiro secretário do Partido em Santiago de Cuba, Lázaro Expósito Canto, e pelo vice-governador Manuel Falcón Hernández.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, Cuba, fidel castro, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel, el ejemplo imperecedero de Maceo y Che,, sonhos de Fidel | Deixe um comentário

Legado de Fidel Castro em Cuba no aniversário de sua morte.

Categories: #Fidel, #YoSoyFidel | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: