O Grande Pólo Patriótico vence as eleições parlamentares na Venezuela.

O Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela (CNE) ofereceu informações preliminares sobre o resultado das eleições para a Assembleia Nacional do país sul-americano, realizadas em 6 de dezembro. Segundo a reitora do CNE, Indira Alfonzo, após computar os primeiros resultados, o Grande Pólo Patriótico Simón Bolívar atinge o maior número de votos.

Imagen

O líder do órgão eleitoral venezuelano informou que as primeiras contagens dão ao Grande Pólo Patriótico Simón Bolívar 67,6 por cento dos votos expressos, seguido pelos partidos Alianza Democrática, Comitê de Organização Política Eleitoral Independente, Cambiemos Movimiento Ciudadano, Avanzada Progresista e O troco. Da mesma forma, Alfonzo explicou que o dia transcorreu com tranquilidade e com a participação de 31 por cento dos 20.710.421 eleitores possíveis inscritos nos cadernos eleitorais.

Os eleitores do país sul-americano foram às urnas neste domingo com o objetivo de constituir a Assembleia Nacional, em um processo que registrou 14.400 candidatos de 107 organizações políticas.

Imagen

Do mesmo modo, a CNE informou de forma preliminar que funcionavam os 14.221 Centros de Eleição distribuídos por todo o território nacional. Na Venezuela, o voto não é obrigatório e é considerado um direito humano.

O exercício deste domingo na Venezuela deve eleger 277 parlamentares que integrarão a nova Assembleia Nacional pelos próximos cinco anos. Isso representa um aumento de 66% no número de deputados.

El CNE de Venezuela destacó el cumplimiento durante la jornada electoral de las medidas sanitarias para prevenir contagios de la Covid-19.

Os centros de votação foram abertos às 6h, horário local, e permaneceram ativos até as 18h ou até que não houvesse ninguém na fila.

As autoridades eleitorais destacaram o cumprimento das medidas sanitárias para prevenir o contágio da Covid-19 e o clima democrático e seguro em que o dia passou. Por sua vez, da CNE, observadores internacionais (observadores) das eleições prestaram declarações.

Categories: # Venezuela, #10 de enero, #Asamblea Nacional Constituyente, #Nicolás Maduro, #Tribunal Supremo de Justicia, #venezuela, agressão internacional contra a Venezuela,, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: