Novamente o sainete sônico.

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Um relatório de um Comitê criado pelas Academias Nacionais de Ciência, Engenharia e Medicina (Nasem) dos Estados Unidos apontou recentemente que as ondas de radiofrequência podem ser a causa mais provável dos alegados problemas de saúde dos diplomatas americanos. .UU. E suas famílias na capital cubana.

No entanto, conforme observado na terça-feira no auditório da Academia Cubana de Ciências, o referido documento não cita nenhuma evidência direta da hipótese da radiofrequência, e sua discussão da literatura científica contradiz esta ideia em vários de seus parágrafos.

No encontro realizado nas instalações da prestigiosa instituição, com a imprensa nacional e estrangeira, participaram como expositores os renomados cientistas cubanos, Dr. C Luis Velázquez Pérez, presidente da instituição científica; Dr. C Mitchell Valdés, diretor do Centro de Neurociências e o eminente Dr. C Carlos Alberto Cabal Mirabal.

Especialistas internacionais em Biofísica e Bioengenharia de vários países, incluindo os EUA, bem como cientistas das Grandes Antilhas, concluíram que os sintomas não poderiam ser causados ​​por ondas de radiofrequência em nenhum cenário provável.

É oportuno assinalar, e assim o distinguiram os especialistas cubanos, que o relatório Nasem é o primeiro documento oficial dos Estados Unidos que atribui um papel aos distúrbios neurológicos funcionais e aos fatores psicogênicos no desenvolvimento das condições de saúde dos pacientes. diplomatas.

O que é conhecido na mídia como síndrome de Havana fez com que o governo Donald Trump, em 2017, retirasse grande parte dos funcionários da embaixada e emitisse um alerta de viagem, com o argumento absurdo de que diplomatas sofreram “ataques direcionados”.

Nosso país rejeitou imediatamente os fatos e designou seus melhores especialistas para estudar os incidentes.

A Associated Press (AP) revelou em março de 2018 que o FBI, depois de meses de investigação e quatro viagens à ilha, não havia encontrado nenhuma evidência desses supostos “ataques sônicos”.

Los cubanos que necesitan viajar a los Estados Unidos se quedan sin opciones

Em março de 2019, o chefe da Direção do Ministério das Relações Exteriores dos Estados Unidos, Carlos Fernández de Cossío, em entrevista coletiva com pesquisadores do Ministério do Interior e cientistas cubanos, explicou todo o processo de investigação realizado.

O evento A síndrome de Havana existe ?, fórum internacional sobre supostos incidentes de saúde, organizado pela Academia Cubana de Ciências, em coordenação com o Centro Cubano de Neurociências (Cneuro), em março de 2020 negado cientificamente, Teorias americanas

No fórum, que contou com a presença de pesquisadores dos Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Cuba, os especialistas concordaram que “não há elementos para dizer que há uma nova doença”, e que as denúncias ” eles não resistem a análises científicas sérias. ‘

Quem agora se beneficia do uso manipulado do relatório Nasem? Por que alguns jornalistas e políticos fazem uso irresponsável e malicioso das informações contidas no documento e omitem a maioria de suas conclusões, ampliando seus aspectos mais especulativos?

Categories: "ataques sônicos", #CIA, #Donald Trump, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Acciones contra Cuba, fake news, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, ataques aqcusticos, ataques frenéticos contra Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Cuba, fake news, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Fake news, FORA TRUMP, Injerencia De EEUU, Manipulacion, Manipulacion Politica, MISION DIPLOMATICA, política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Relaciones Cuba Estados Unidos, Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: