“Pa´ fora, pa´a rua: Biden demite a direção CORRUPTA da Voz da América e da Rádio Martí.

A administração de Joe Biden não perdeu tempo e imediatamente fez mudanças na liderança da Voice of America e da agência que supervisiona as transmissões dos EUA no exterior, que Donald Trump havia preenchido com seus apoiadores.

As nomeações de Trump levantaram temores de que a Agência dos Estados Unidos para a Mídia Global acabasse sendo uma ferramenta de propaganda do ex-presidente. A agência, que cuida das transmissões governamentais no exterior, anunciou quinta-feira que o diretor da Voz da América e seu número dois foram destituídos e que o diretor do Escritório de Radiodifusão de Cuba se demitiu.

As mudanças ocorreram apenas um dia depois que Biden assumiu o cargo e exigiu a renúncia de Michael Pack, o CEO nomeado por Trump da Agency for Global Media. A agência disse em um comunicado que o diretor do Voice of America, Robert Reilly, foi demitido semanas após assumir o cargo. Reilly foi atacado na semana passada após rebaixar o correspondente da Voice of America na Casa Branca por tentar fazer uma pergunta ao secretário de Estado de saída, Mike Pompeo.

Dois executivos da agência com conhecimento do assunto disseram que Reilly e sua número dois, Elizabeth Robbins, foram despedidos sem cerimônia, escoltados até a porta de saída por guardas. Os executivos falaram sob a condição de não serem identificados, pois não foram autorizados a comentar o assunto.

Jeffrey Shapiro, recentemente nomeado para dirigir a Rádio e a TV Martí, encarregada de transmitir a Cuba, renunciou a pedido do novo governo, segundo executivos.

Pack, que nomeou esses três funcionários, renunciou horas após a posse de Biden. Pouco depois, a Casa Branca anunciou que Kelu Chao, jornalista de longa data da Voice of America, será o chefe interino da Agency for Global Media.

Pack causou grande comoção quando assumiu o cargo no ano passado e demitiu os conselheiros de todas as unidades sob seu comando, junto com os diretores de cada rede. As ações foram amplamente criticadas e vistas como uma ameaça à independência editorial dessas unidades.

Essa limpeza alimentou o sentimento de muitos que Pack, um cineasta conservador e ex-associado do estrategista Steve Bannon, estava se preparando para transformar a venerável organização em um órgão de propaganda Trump. As medidas tomadas posteriormente pouco fizeram para aliviar esses temores.

Na verdade, na terça-feira desta semana, ele nomeou figuras conservadoras para os conselhos da Radio Free Asia, Radio Free Europe / Radio Freedom e das Redes de Transmissão do Oriente Médio.

Esperava-se que Biden fizesse muitas mudanças na liderança e na estrutura da agência.

Embora muitos funcionários nomeados por um presidente renunciem quando há uma mudança de governo, Pack não era obrigado a fazê-lo. Seu mandato é de três anos criado pelo Congresso, que não exige renovação se um novo governo assumir.

A Voice of America foi criada durante a Segunda Guerra Mundial com a missão de fornecer informações independentes para um público internacional.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: