Daily Archives: 9 de Março de 2021

Ministro boliviano afirma que Rússia traz equilíbrio para a América .

O ministro das Relações Exteriores da Bolívia, Rogelio Mayta, garantiu nesta segunda-feira em entrevista a um meio de comunicação internacional que a Rússia tem um papel importante na América Latina, pois pode criar um equilíbrio contra a ingerência dos Estados Unidos (EUA) na região.

El ministro de Relaciones Exteriores, Rogelio Mayta, agregó que la influencia estadounidense en Latinoamérica entorpeció los procesos de integración como la Unasur y Celac.

“Por alguns anos, a Rússia desempenhou um papel importante. É capaz de sustentar os equilíbrios necessários. A América Latina ficou muito mais com uma certa influência dos Estados Unidos”, disse o chefe da diplomacia nacional sul-americana.

O ministro acrescentou que a influência dos Estados Unidos dificultou processos de integração como a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

“Os processos de integração que estávamos fazendo, como Unasul ou Celac, foram prejudicados por interesses estrangeiros”, disse Mayta. Além disso, afirmou que “algumas potências” veem na desunião dos países latino-americanos a possibilidade de continuar aproveitando seus recursos.

“Mas a presença da Rússia cria uma tendência para a existência de novos equilíbrios, que são necessários”, reiterou o alto funcionário, que declarou que a Bolívia espera que os EUA modifiquem sua relação com a América Latina antes do surgimento de um mundo multipolar.

“Temos esperança de que neste mundo que está mudando, em que existe uma multipolaridade onde o papel da Rússia e da China é fundamental, os EUA também redefinam sua relação com a América Latina e a Bolívia”, disse Mayta.

Categories: #Estados Unidos, bolivia, China, Democracia, Golpe de Estado, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Injerencia De EEUU, RUSIA | Deixe um comentário

Prestigiada academia britânica valoriza #VacinaCubana contra #Covid-19 .

Retirado do teleSUR .

A professora de Economia e História Social da Universidade de Glasgow, no Reino Unido, Helen Yaffe, catalogou nesta segunda-feira durante entrevista a uma agência de notícias internacional como “notícia de esperança” para os países de baixa renda o fato de Cuba ter quase lista várias vacinas contra Covid19.

“Para o Sul global, esta é uma notícia muito boa, o que lhes dá esperança de ver o fim do impacto da pandemia muito mais rápido do que se dependessem de grandes empresas farmacêuticas internacionais”, disse Yaffe.

La estudiosa aseguró que la vacuna de Cuba garantizará la salud y el bienestar de su población y de otras naciones del Sur.

Na opinião acadêmica, as vacinas “garantem o acesso a um produto que de outra forma seria proibido, não só pelo alto custo no mercado internacional, mas também pelo bloqueio imposto pelos Estados Unidos (EUA).)”, ele adicionou.

A grande questão aqui é se Cuba pode ter acesso a uma vacina produzida por uma farmacêutica norte-americana ou por uma de suas subsidiárias ao redor do mundo ”, refletiu o estudioso sobre questões da realidade cubana.

Yaffe ponderou a ciência cubana em meio a um bloqueio ilegal imposto pela Casa Branca, “um país bloqueado e sem acesso a linhas de crédito e financiamento, como é o caso da ilha caribenha, não poderia pagar o preço entre 10 e 35 dólares por dose exigida pelos produtos farmacêuticos “, acrescentou.

“Por isso uma das vacinas se chama Soberana, porque oferece a independência de Cuba e a oportunidade de garantir a saúde e o bem-estar de sua população e de outras nações do Sul, inclusive de países desenvolvidos como os Estados Unidos., No caso de solicitá-los “, frisou.

O acadêmico britânico indicou que a questão ganha mais importância após relatos de que a empresa americana Pfizer exigia que Argentina, Brasil e outros países entregassem ativos soberanos como garantia de sua vacina contra a Covid-19.

Helen Yaffe@HelenYaffeDon’t miss this! ‘Cuba’s quest for vaccines’. Amazing interview by @CNN‘s @camanpour with Candace Johnson, CEO @RoswellPark re Cuba’s #biotech innovation: lung-cancer immunotherapy & #COVID19 vaccines. So complimentary & clear on impact of #USblockadeCuba’s quest for vaccines | CNN InternationalCandace Johnson, CEO of Roswell Park Comprehensive Cancer Center, talks to Christiane Amanpour about innovation in Cuba’s biotech field.youtube.com12:47 p. m. · 4 mar. 202152Consulta la información más reciente sobre la COVID-19 en Twitter

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Estados Unidos, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, ECONOMIA, economia nacional, epidemia, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Como se articulam as estratégias da mídia contra Cuba?

Por Redacción Razones de Cuba

Durante 2020, os cubanos foram expostos a uma intensa guerra na mídia pela desinformação digital, cujo principal objetivo é erodir a credibilidade das instituições em Cuba com o propósito de derrubar a Revolução. Aprenda como essas estratégias são articuladas neste novo capítulo do programa Archivo.cu

Categories: # Cuba, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Acciones contra Cuba, fake news, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Cuba, fake news, Cuba: a obsessão de EE. UU, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Redes sociais, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Eles maltratam Descemer e Iliana Hernández, os autores são Otaola e Alcántara.

Categories: # Cuba, #Cuba #CIA, A obsessão dos Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Cuba: a obsessão de EE. UU, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, Redes sociais, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA | Deixe um comentário

Terroristas em Miami lideram marcha pela “pátria” e “vida”

Por M. H. Lagarde

A marcha, encabeçada por notórios terroristas, que aconteceu neste sábado em Miami para apoiar o que chamaram de “um despertar da consciência cívica em Cuba” após a canção Patria y Vida, pode ser considerada o auge da horrível realidade de Miami.

Segundo o jornal oficial da máfia anticubana de Miami, El Nuevo Herald, a caravana de carros que desfilou pelas ruas dessa cidade contou com a presença de Ramón Saúl Sánchez Rizo, presidente do Movimento pela Democracia e um dos organizadores do evento ., que liderou uma oração em apoio à subversão em Cuba.

Leia mais: IN VIDEO. Pátria e vida: o verdadeiro pano de fundo de uma campanha anticubana

Além de Ramón Saúl Sánchez, o desfile, segundo a mesma fonte, também contou com a presença do notório terrorista anticubano Orlando Gutiérrez-Boronat. Embora agora se apresentem como “pacifistas”, ambos têm uma longa história de ações terroristas contra Cuba.

Para não demorar muito nesta nota, basta dizer que Ramón Raúl Sánchez, no início de sua carreira de “lutador” pela causa de Cuba, fazia parte de organizações terroristas como a Frente de Libertação Nacional de Cuba (FLCN) e Alpha 66, organização dirigida por Andrés Nazario Sargén, acusado de mais de 20 ataques terroristas contra navios e missões diplomáticas cubanas.

Ele foi o segundo coordenador das Organizações Revolucionárias Unidas (CORU, a mesma organização à qual pertencia Posada Carriles e um relatório do Federal Bureau o identificou como um dos autores da explosão em pleno vôo de um pequeno avião com quatro turistas americanos viajando para Cuba em 1978.

Por sua vez, o porta-voz da chamada Direção Democrática Cubana, Orlando Gutiérrez Boronat, era membro da organização Abdala quando esta se fundiu com a violenta Frente de Libertação Nacional de Cuba, descrita pela CIA em seu estudo “Diagnóstico e Previsão do Terrorismo Internacional e Transnacional ”de 1976, como a organização terrorista cubana mais ativa nos Estados Unidos entre 1968 e 1975.

Suas ações “a favor da vida” incluem sua participação no ataque a um avião da companhia aérea comercial Cubana de Aviación, estacionado no aeroporto internacional de Miami, contra o qual lançou uma draga a combustível. O acontecimento causou avarias e avarias de milhares de dólares e o terror dos viajantes que embarcaram. O OPLC ganhou a ação e pagou fiança para o terrorista, que foi libertado.

Orlando Gutiérrez Boronat é também o personagem fatal que os cubanos tiveram a oportunidade de ver em suas telas de televisão depois que, em 4 de dezembro, manifestou seu apoio a uma invasão armada a Cuba para derrubar o governo socialista se os soldados cubanos usassem força letal contra os cubanos quem se opôs ao governo. Ele disse:

“Se houver uma repressão mortal, o uso da força militar para reprimir o povo cubano é legítimo e pedimos uma intervenção internacional liderada pelos Estados Unidos para derrubar esse regime e acabar com ele”.

Não é de estranhar que tais terroristas apoiem o chamado Movimento San Isidro em sua “luta”, se levarmos em conta o “amor” que uns e outros compartilham pela “Pátria” e pela “Vida”.

Prova disso é a conexão entre as ameaças feitas por Boronat e a de um dos intérpretes da canção “vital”, o suposto rapper Maykel Osorbo, que também apelou, publicamente e em voz alta, à invasão dos Estados Unidos a Cuba. .

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #CIA, #Cuba #CIA, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Caracas, #Estados Unidos, Golpe de Estado, #Mike Pence, Militar, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, CIA Mike Pompeo, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, Redes sociais, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA | Deixe um comentário

#Subversion em #Cuba: seguindo a trilha do dinheiro.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, fake news, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Cuba, fake news, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Fake news, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, NED, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Redes sociais, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

O pretexto sônico: Entre a #CIA e #MarcoRubio (Parte II)

Por Rafael Gonzalez Morales Redacción Razones de Cuba

Após sete meses sem revelar publicamente os supostos incidentes acústicos, e encerrado o processo de revisão da política em relação a Cuba, Marco Rubio considerou que era o momento ideal para pressionar com o objetivo de que esses fatos fossem do conhecimento de todos. Foi um cálculo político perverso baseado no facto de estes “ataques sonoros”, uma vez revelados, constituírem o pretexto perfeito para se conseguir uma deterioração progressiva das relações entre os dois países que conduziria praticamente ao desmantelamento das respectivas embaixadas.

Não se contentava com um retrocesso parcial, como o incluído no memorando de Trump, precisava gerar um clima bilateral rarefeito e tinha certeza de que essa questão tinha esse potencial. Em sua lógica maliciosa, com uma série de diplomatas americanos “afetados por uma arma poderosa de tecnologia desconhecida”, o governo dos Estados Unidos não teve escolha a não ser responder agressivamente.
Segundo investigação da publicação New Yorker, Marco Rubio “começou a cair nas reuniões que sabia o que se passava em Cuba. Funcionários do governo temiam que ele vazasse a informação a qualquer momento.

Ataque Sónico

Nesse contexto, em 9 de agosto, o jornalista da CBS Steve Dorsey perguntou ao porta-voz do Departamento de Estado: Você pode nos contar sobre os incidentes que estão acontecendo em Havana e que afetaram funcionários do governo dos Estados Unidos? O funcionário, no essencial, disse-lhe: «Temos conhecimento do que aconteceu lá. Funcionários do governo dos Estados Unidos que trabalhavam em nossa embaixada em Havana relataram alguns incidentes que causaram diversos sintomas físicos […] Não temos uma resposta definitiva sobre a origem ou causa dos incidentes.

O momento almejado pela extrema direita havia chegado para impor sua agenda sem obstáculos. Em 15 de setembro, cinco senadores republicanos do Comitê Seleto de Inteligência do Senado liderado por Marco Rubio enviaram uma carta ao então Secretário de Estado Rex Tillerson. Na carta, pediam-lhe que declarasse imediatamente todos os diplomatas cubanos nos Estados Unidos como pessoas indesejáveis ​​e, caso Cuba não tomasse medidas tangíveis, fechasse a embaixada dos Estados Unidos em Havana.

Em 29 de setembro, Tillerson anunciou a decisão de reduzir significativamente o pessoal diplomático de sua embaixada em Havana e remover todos os familiares. No comunicado, ele especificou que “até que o governo de Cuba possa garantir a segurança de nossos diplomatas”, só restará o pessoal de emergência. Além disso, emitiram um alerta de viagem aos cidadãos norte-americanos sugerindo que evitassem viajar para a ilha. Horas depois desse anúncio, Donald Trump, diante de uma pergunta de um jornalista sobre esses acontecimentos, apontou em sua linguagem típica: “Houve um grande problema em Cuba. Eles fizeram coisas muito ruins.

Nesse mesmo dia, Marco Rubio divulgou um comunicado que afirmava: “É absurda a ideia de que Cuba não saiba como esses atentados foram cometidos e quem os executou […] Até que os responsáveis ​​por esses atentados sejam levados à justiça, Estados Unidos deve expulsar imediatamente igual número de diplomatas cubanos, rebaixar a embaixada dos Estados Unidos em Havana à Seção de Interesses e considerar a inclusão de Cuba na lista de países patrocinadores do terrorismo.

Olla de grillos? (+Línea de Tiempo) (+Ilustraciones) - Cuba en Noticias

Em 3 de outubro, o Secretário de Estado indicou por meio de um comunicado à imprensa que haviam decidido que 15 funcionários da embaixada cubana em Washington deveriam deixar os Estados Unidos. Em menos de uma semana, o governo Trump adotou medidas com implicações muito negativas para as relações entre os dois países. Em termos práticos, ocorreu um desmantelamento das missões diplomáticas.

A suspensão da emissão de vistos na sede dos EUA comprometeu o cumprimento dos acordos de imigração e afetou as viagens por motivos familiares aos Estados Unidos. A cooperação em questões de interesse comum e a implementação dos 22 instrumentos bilaterais existentes também foram colocadas em risco. Portanto, o pretexto dos “ataques sônicos” começou a valer a pena e a deterioração progressiva das relações começou.

Ao contrário da posição manifestada pelo governo dos Estados Unidos de manipular esta questão por motivos políticos, as autoridades cubanas, desde que foram informadas da ocorrência destes eventos em fevereiro de 2017, deram-lhe a máxima prioridade e envolveram-se imediatamente no seu esclarecimento. Criaram um grupo de trabalho permanente responsável pelo processo de investigação no qual intervieram diversas especialidades do Ministério do Interior. Além disso, foi constituída uma comissão de especialistas composta por especialistas de alto nível dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Saúde Pública, tendo em consideração a natureza dos acontecimentos notificados.

Depois que o governo dos Estados Unidos divulgou publicamente essa situação, um debate crescente começou sobre esses eventos. Cientistas de renome internacional, de várias áreas do conhecimento, pertencentes a prestigiosas universidades e centros de pesquisa dos Estados Unidos e da Europa, têm sustentado várias hipóteses que lançam dúvidas sobre a ocorrência dos alegados ataques acústicos. Esses especialistas consideraram improvável que a grande variedade de sintomas fossem causados ​​por equipamentos conhecidos e que o tipo de som gravado provavelmente não causasse danos cerebrais.

Multimedia - Cuba en Noticias

Em 8 de janeiro de 2018, a agência de notícias AP revelou que a Divisão Operacional de Tecnologia do FBI emitiu um relatório afirmando que após investigar as ondas sonoras abaixo do alcance da audição humana (infra-som), aquelas que podem ser ouvidas (acústica) e aquelas que estão acima No campo auditivo (ultrassom), concluiu que não havia causa sonora para os sintomas físicos vividos pelos diplomatas norte-americanos em Havana. Em essência, a instituição especializada nos Estados Unidos legalmente autorizada a realizar esse tipo de investigação determinou que não havia evidências dos “ataques acústicos”.

Como parte de sua obsessão anticubana, Marco Rubio convocou uma audiência em 9 de janeiro na Comissão de Relações Exteriores do Senado sobre os incidentes de saúde. Seu objetivo era fazer um show político para responsabilizar o governo cubano. O legislador argumentou que era irrelevante saber se os ataques foram realizados com um dispositivo acústico ou de micro-ondas porque, em última análise, a verdade era que “24 americanos ficaram feridos”.

Ele acrescentou que o que aconteceu foi fruto de uma tecnologia tão sofisticada que os especialistas nos Estados Unidos ainda não entendem. Como o nosso cinismo sem limites, afirmou: “os responsáveis ​​por estes atentados querem introduzir atritos nas relações bilaterais”.

Retirado do contexto latino-americano

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Bob Menéndez e #Marco Rubio, #Donald Trump, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Marco Rubio e #Bob Menendez ., A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, ataques aqcusticos, ataques frenéticos contra Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CIA Mike Pompeo, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., Manipulacion, Manipulacion Politica, MARCO RUBIO, MIAMI, secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo,, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

#BomDia #Mulher. #Cafe ?

LopesCa: Bom dia com café
Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: