O Departamento de #Saúde dos #EstadosUnidos pressionou o #Brasil a rejeitar a vacina #Russa #Sputnik V .

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA publicou recentemente o seu relatório anual descrevendo 2020 como “um dos anos mais desafiantes da história” do país.

O documento prevê “o fim da pandemia” graças à “entrega de vacinas seguras e eficazes através da Operação Warp Speed”, um programa público-privado dedicado à criação de vacinas e métodos de tratamento covid-19.
“Fighting Malign Influences in the Americas”.

O relatório revela também que Washington pressionou o governo brasileiro a não comprar a vacina russa Sputnik V. Sob o subtítulo “Fighting Malign Influences in the Americas”, o documento explica como o Gabinete de Assuntos Globais (OGA) do Departamento de Saúde dos EUA utilizou as relações diplomáticas para “mitigar os esforços dos Estados, incluindo Cuba, Venezuela e Rússia, que estão a trabalhar para aumentar a sua influência na região, em detrimento da segurança dos EUA”.

El Departamento de Salud de EE.UU. presionó a Brasil para rechazar la vacuna rusa Sputnik V

A OGA coordenou com outras agências governamentais dos EUA para reforçar as relações diplomáticas e oferecer assistência técnica e humanitária para dissuadir os países da região de aceitar a ajuda destes estados maliciosos”, afirma o relatório.

Como parte desta estratégia, o documento confirma que o gabinete do Adido de Saúde da OGA foi utilizado para “persuadir o Brasil a rejeitar a vacina russa contra a covid-19”. Além disso, verificou-se que os Estados Unidos dissuadiram o Panamá de aceitar médicos cubanos, que têm lutado na linha da frente contra a pandemia em mais de 40 países.

Para além do Brasil, Washington enviou adidos de saúde à China, Índia, México e África do Sul, provavelmente encarregados de levar a cabo actividades semelhantes.

Em resposta às notícias, os criadores do Sputnik V afirmaram que “os países devem trabalhar em conjunto para salvar vidas”. “Os esforços para minar as vacinas não são éticos e estão a custar vidas”, diz um post na conta oficial da droga russa no Twitter.

Categories: # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #Venezuela, Brasil, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos Venezuela, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos,, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), panamá, Profesionales e la Salud, RUSIA, Vacinação | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: