O #NED não revelou 21% das suas subvenções em #Cuba.

Por Redacción Razones de Cuba

O National Endowment for Democracy (NED) publicou em Fevereiro uma lista de organizações que receberam um total de $5.077.788 em subvenções para trabalhar em Cuba durante o ano 2020.

Contudo, nessa lista censurava os nomes de 15 organizações ou projectos que receberam um total de 1.062.136 dólares em subvenções, o que representa 21% do montante inicial concedido.

De acordo com informações publicadas no website do Cuba Money Project, os destinatários não revelados desenvolveram uma variedade de projectos, incluindo “promover o acesso à cobertura desportiva independente, a liberdade de expressão através das artes, o pensamento independente em Cuba e a utilização de dados no jornalismo nacional”, bem como “reforçar o acesso à informação e melhorar o pensamento crítico no centro de Cuba, promovendo um espaço de informação e mudança pluralista e novos papéis para diferentes sectores em Cuba.

“Promover maior acesso à informação não censurada para os cubanos”, “Capacitar as mulheres cubanas para reduzir a violência baseada no género”, e “Reforçar o diálogo democrático sobre ideias de reforma lideradas por cubanos” foram os três beneficiários que receberam mais financiamento, com $650.000, $500.000, e $309.766 atribuídos respectivamente.

Os detalhes gerais e os objectivos das subvenções são apresentados abaixo:

Promoção de um quadro de direitos humanos nas relações UE-Cuba.

Plataforma Internacional para os Direitos Humanos em Cuba

$ 87,253

Defender a inclusão dos direitos humanos e das perspectivas da sociedade civil cubana como parte do compromisso da UE com o governo cubano. O bolseiro irá monitorizar a implementação do tratado bilateral UE-Cuba e envolverá actores relevantes na UE para apresentar os pontos de vista e as necessidades da sociedade civil cubana. O grupo irá também promover uma maior compreensão entre os activistas cubanos das oportunidades oferecidas pelo novo quadro de relações UE-Cuba para promover os direitos humanos em Cuba.

Documentar e denunciar as violações dos direitos humanos em Cuba

Cubalex

$ 150.000

Documentar e denunciar as violações dos direitos humanos em Cuba. A organização trabalhará com grupos da sociedade civil da ilha para documentar as violações dos direitos humanos de acordo com as normas internacionais. Com esta informação, prestará assistência jurídica às vítimas na ilha, informará as organizações e governos internacionais sobre o registo dos direitos humanos em Cuba, e defenderá um maior respeito pelos direitos humanos e protecção das vítimas em Cuba.

Capacitando os Artistas Cubanos do Hip Hop como Líderes na Sociedade

Fundação Cartel Urbano

$ 110,000

Capacitar os artistas cubanos para promover a participação cidadã e a mudança social. O grupo realizará workshops, intercâmbios culturais e eventos artísticos durante a sua Cimeira de Hip Hop na Colômbia. Promoverá a colaboração Sul-Sul e convidará artistas de todo o mundo a partilhar as suas experiências de transformação social. A organização orientará os artistas e fornecerá capacidade técnica para reforçar o seu trabalho. O grupo irá também sensibilizar para o papel dos artistas de hip hop no reforço da democracia na região.

Capacitar as mulheres cubanas para reduzir a violência baseada no género

Instituto Nacional Democrático para os Assuntos Internacionais (NDI)

$ 500,000

Para aumentar o conhecimento das mulheres cubanas sobre direitos e questões de género, permitir aos homens tornarem-se parceiros nestes esforços, e reforçar a capacidade dos activistas cubanos para promover e defender novas leis e políticas públicas que abordem e reduzam a violência contra as mulheres, o Instituto facilitará um observatório de género para apoiar a monitorização e recolha de dados estatísticos sobre violência e política de género, bem como clínicas e laboratórios de género para apoiar os participantes na identificação e pressão para soluções para o problema da violência de género em Cuba.

Promoção de um espaço de informação pluralista em Cuba

Liberdade de informação

$ 80.000

Promover a liberdade de expressão e um espaço de informação plural e independente em Cuba. A organização irá cobrir histórias sobre a realidade cubana na ilha e a diáspora cubana. Concentrar-se-á na disponibilização de informação a uma vasta audiência em Cuba e desenvolverá parcerias com meios de comunicação social no estrangeiro para alcançar uma audiência mais vasta.

Promoção do Pensamento e da Escrita Independente em Cuba

Hypermedia Publishing Inc.

$ 93,941

Promover uma maior liberdade de expressão e escrita independente entre os intelectuais cubanos. A organização irá recolher e distribuir livros censurados produzidos por escritores cubanos exilados a intelectuais da ilha. A organização realizará dois concursos de ensaios para encorajar a escrita independente entre o seu público alvo e produzirá e distribuirá uma revista bianual impressa em Cuba. Finalmente, a organização publicará as peças vencedoras dos seus concursos de ensaio e apresentá-las-á em feiras do livro e outros locais relevantes.

Fomentar uma nova liderança democrática em Cuba

Centro Latino-Americano para a Não-Violência

$ 48.597

Reforçar as capacidades de liderança e de organização da Coligação de Trabalhadores Independentes Cubanos (C3). Com o apoio do LACENV, a C3 irá produzir e distribuir um boletim informativo organizacional, realizar uma feira para os trabalhadores independentes, e organizar um workshop para mulheres empresárias. LACENV também ajudará o C3 a organizar formações virtuais e presenciais para os trabalhadores independentes e a incluir outros sectores da população no C3.

Liberdade de expressão em Cuba e inclusão na agenda regional latino-americana

Instituto para a Comunicação e Desenvolvimento

$ 79,300

Promover a sensibilização e o debate sobre as violações da liberdade de expressão (FOE) em Cuba. A organização irá colaborar com parceiros cubanos para incorporar Cuba nos seus relatórios regionais sobre FOE e Acesso à Informação Pública. Trabalhará também com a sociedade civil cubana para preparar um relatório abrangente a ser partilhado com o Comité dos Direitos Humanos das Nações Unidas em Genebra. A organização realizará também reuniões formais e informais de advocacia com os seus parceiros cubanos enquanto estiver em Genebra.

Sensibilização para o papel de Cuba na região e avaliação dos desafios à consolidação democrática

Transparência Eleitoral

$ 74,945

Promover uma maior consciência do impacto de Cuba na democracia na região e avaliar os desafios mais prementes para a democracia na América Latina. A organização irá realizar três conferências na América Latina para discutir Cuba num contexto regional e avaliar o estado da democracia na região. A organização irá também produzir e divulgar uma publicação final sobre as conclusões das conferências e reforçar uma rede regional nascente para defender os valores democráticos.

Integração de Cuba nas redes regionais de comunicação social

Investigação Factual e Inovação AC

$ 74.000

Apoiar e integrar jovens jornalistas cubanos numa rede regional de iniciativas dos media digitais na América Latina e destacar as histórias de cubanos como parte dos líderes emergentes na América Latina. A organização irá seleccionar, formar e orientar jornalistas cubanos sobre como conduzir reportagens investigativas, colaborar com pares regionais e publicar histórias para os meios digitais. O grupo incluirá também nas suas publicações os painelistas cubanos na sua conferência anual sobre os meios digitais e o perfil dos líderes cubanos emergentes.

Monitorização e Sensibilização sobre o Estado dos Direitos Humanos em Cuba

Observatório Cubano dos Direitos Humanos

$ 150.000

Monitorizar e aumentar a consciência internacional sobre a situação dos direitos humanos em Cuba, incluindo os efeitos da COVID-19. O bolseiro apresentará pedidos urgentes de protecção das vítimas às agências da ONU e produzirá relatórios mensais, declarações e comunicados de imprensa para denunciar violações aos actores nacionais e internacionais. O bolseiro irá expandir os seus esforços de advocacia internacional com os intervenientes internacionais relevantes.

Promover o acesso à cobertura desportiva independente em Cuba

Liberdade de informação

$ 50.000
Promover a liberdade de informação em Cuba, proporcionando o acesso público a notícias e análises desportivas independentes. A organização irá produzir e divulgar o jornalismo através das suas plataformas que utilizam o desporto como veículo para narrar as realidades políticas, sociais e culturais da sociedade cubana. Para apelar a um público mais vasto, será dada especial ênfase à reportagem criativa para retratar os desafios diários enfrentados pelos atletas cubanos.

Promover o acesso à informação em Cuba

Agora Cuba Inc.

$ 75,860

Para melhorar o acesso à informação em Cuba. A organização irá expandir uma plataforma online existente, que permite o acesso a informação não censurada baseada na web através de correio electrónico. A plataforma, que já oferece educação em linha, meios de comunicação independentes, e serviços de notícias sociais, será alargada para incluir outros novos serviços e parceiros identificados e melhorada para ser mais fácil de utilizar.

Promover o acesso à informação não censurada em Cuba

Asociación Diario de Cuba

$ 215.000

Promover um maior acesso a notícias e análises independentes sobre Cuba. Trabalhando com uma vasta gama de jornalistas e analistas independentes, o bolseiro publicará continuamente na sua plataforma digital. Os contribuidores serão orientados para produzir conteúdos de forma mais independente e profissional. A cobertura noticiosa centrar-se-á nas acções da sociedade civil, no impacto das políticas governamentais e nos desenvolvimentos na América Latina.

Promoção do acesso não censurado à informação em Cuba

Liberdade de informação

$ 72,000

Promover um maior acesso a notícias e análises independentes sobre Cuba. A organização produzirá informação não censurada sobre os desenvolvimentos políticos, sociais e económicos em Cuba, incluindo fora de Havana e das zonas mais remotas do país. Utilizará formatos inovadores e conteúdos multimédia para levar histórias ao seu público.

Promoção da responsabilização por violações dos direitos humanos e conflitos sociais
Fundação para os Direitos Humanos em Cuba, Inc.

$ 126.000

Combater a impunidade das violações dos direitos humanos e aumentar a sensibilização para os conflitos sociais em Cuba. A organização trabalhará com parceiros na ilha para documentar acções e expor publicamente os perpetradores de violações dos direitos humanos. O bolseiro também apoiará os cidadãos a documentar e resolver pacificamente casos de conflito social nas suas comunidades.

Promoção da informação comunitária em Cuba

Instituto Cubano para a Liberdade de Expressão e de Imprensa

$ 146,360

Promover um maior acesso à informação não censurada nas comunidades cubanas e reforçar a capacidade dos jornalistas comunitários. Com sede em Miami, o bolseiro apoiará seis meios de comunicação social comunitários independentes em toda a ilha para produzir boletins informativos para os residentes locais. O bolseiro fornecerá aos seus homólogos em Cuba o equipamento e a assistência técnica necessários para conceber e imprimir estas newsletters.

Promoção da Liberdade de Expressão e dos Meios de Comunicação Independentes em Cuba
Liberdade de informação

$ 56,500

Promover a liberdade de expressão e um espaço de informação pluralista e independente em Cuba. A organização aumentará a sua produção de conteúdos, concentrando-se na participação social, nos valores democráticos e no empoderamento da sociedade civil, cobrindo ao mesmo tempo questões de interesse público em Cuba. A organização utilizará vários tipos de meios, incluindo vídeo e fotografia, para atingir uma audiência mais vasta.

Promoção da Liberdade de Expressão em Cuba através das Artes

Cultura democrática

$ 49,106

Promover uma maior liberdade de expressão em Cuba. A organização trabalhará com um colectivo de artistas independentes em Cuba para os ajudar a consolidar projectos artísticos sobre temas relacionados com democracia, direitos humanos, e memória histórica. A organização vai trazer artistas cubanos à Argentina para uma série de eventos públicos e privados com artistas e intelectuais argentinos para aumentar a consciência da realidade cubana.

Promoção da liberdade de imprensa em Cuba

Liberdade de informação

$ 33.180

Aumentar a consciência das violações da liberdade de imprensa em Cuba e reforçar a sua relação com os meios de comunicação social e jornalistas independentes. O grupo reunirá informações dos meios de comunicação independentes sobre violações da liberdade de imprensa para publicar nos seus boletins mensais e reportagens sobre ataques contra jornalistas e bloguistas. O grupo divulgará esta informação na ilha e a organizações de liberdade de imprensa em todo o mundo. Fornecerá também apoio jurídico e financeiro aos jornalistas e blogueiros que enfrentam ataques à liberdade de imprensa.

Promover um maior acesso à informação não censurada para os cubanos

Direcção Democrática Cubana

$ 650,000

Promover maior acesso à informação não censurada para os cidadãos cubanos e activistas pró-democracia e facilitar uma maior comunicação entre eles. A organização produzirá programas de rádio com notícias e análises, dando prioridade a tópicos como os efeitos da pandemia covid-19 na economia, direitos humanos, e as condições dos trabalhadores da saúde em missões em países terceiros. Programas de rádio e informação sobre iniciativas da sociedade civil serão distribuídos nos meios de comunicação social. O grupo também apoiará actividades cívicas levadas a cabo por activistas da sociedade civil em Cuba.

Promover a inclusão de populações marginalizadas em Cuba

Ideias e valores democráticos

$ 23.500

Promover a inclusão de populações marginalizadas na sociedade cubana e reforçar uma rede de parceiros na ilha. O projecto proporcionará um espaço para estes sectores da população interagirem, partilharem ideias e participarem em diálogos sobre questões que as suas comunidades enfrentam. Irá também realizar seminários para líderes sobre participação dos cidadãos, igualdade de género, direitos humanos e esforços de advocacia.

Promoção do Pensamento Independente em Cuba

Liberdade de informação

$ 75.000

Promover uma maior liberdade de expressão e escrita independente entre os intelectuais cubanos. O grupo irá produzir a sua revista online independente que promove o debate sobre questões culturais e sociais em Cuba. Jornalistas, colunistas, escritores e fotógrafos que não possam imprimir os seus trabalhos nos meios de comunicação oficiais terão a oportunidade de publicar os seus artigos de opinião na revista.

Promoção da Responsabilidade Local e Supervisão do Cidadão

Responsabilização e Governação

$ 120,267

Promover a responsabilização local e a interacção entre activistas e membros da comunidade enquanto procuram soluções para os seus problemas locais. O projecto irá recolher informação, documentar problemas que afectam as comunidades e exigir soluções de entidades a nível local. O projecto produzirá também um boletim informativo para sensibilizar os cidadãos para estas questões e ligar os cidadãos a iniciativas e activistas.

Promover a utilização de dados no jornalismo em Cuba
de Liberdade de Informação

$ 91,319

Promover o acesso e a utilização de dados públicos de Cuba. A organização agregará dados disponíveis publicamente de Cuba e desenvolverá conjuntos de dados para produzir análises da realidade da ilha. A organização colaborará com a imprensa para ajudar o público cubano a ter melhor acesso à informação através do jornalismo orientado por dados.

O poder agudo e a evolução da política sob uma nova Constituição em Cuba

Análise Governamental e Política AC
Novação $ 115,000
Promover uma maior consciência internacional da projecção e presença de poder de Cuba na América Latina e fomentar uma compreensão crítica das implicações e implementação da nova constituição em Cuba. A organização realizará pesquisas sobre a influência internacional de Cuba e a implementação do quadro institucional transformado do Estado estabelecido pela nova constituição cubana.

Jornalismo Situado: Perspectivas Inovadoras sobre Cuba

Associação Civil Cronos

$ 80,000

Aumentar a capacidade do jornalismo independente cubano para cobrir diferentes ângulos de violência e crise na pandemia de Covid-19 e suas consequências, e fomentar laços mais fortes entre os jornalistas independentes cubanos e os seus homólogos no resto da América Latina. A organização irá desenvolver uma série abrangente de formações de jornalismo em linha relevantes para um contexto de crise. O programa reunirá participantes de Cuba e de outros países da América Latina para fomentar a colaboração, utilizando diferentes estilos e meios de comunicação inovadores.

Reforçar o Acesso à Informação e Melhorar o Pensamento Crítico em Cuba Central

Liberdade de informação

$ 50.000

Para reforçar o acesso à informação e melhorar o pensamento crítico em Cuba. Serão produzidos artigos semanais e materiais audiovisuais para reforçar o acesso à informação. Além disso, os sítios de redes sociais e outras aplicações de mensagens serão utilizados para aumentar a circulação na ilha de informação não censurada sobre desenvolvimentos sociais, culturais, económicos e políticos locais e nacionais.

Reforçar a capacidade da sociedade civil nos processos políticos democráticos

Instituto Interamericano de Direitos Humanos

$ 95.000

Reforçar a capacidade dos activistas da sociedade civil cubana para promover eleições democráticas na ilha. Os participantes cubanos participarão em missões de observação eleitoral na América Latina e participarão em seminários sobre observação eleitoral e questões de direitos humanos. O projecto facilitará uma discussão entre os seus parceiros cubanos e peritos eleitorais latino-americanos para aumentar a consciência sobre a natureza antidemocrática do sistema eleitoral cubano.

Reforço do Pensamento Crítico e dos Valores Democráticos em Cuba

Liberdade de informação

$ 99,980

Para promover o pensamento crítico, o livre fluxo de informação e os valores democráticos em Cuba. A organização irá consolidar o alcance e o impacto das suas publicações digitais. Trabalhará também para publicar documentos e materiais históricos sobre a história de Cuba e da América Latina. Divulgará esta informação e as suas publicações em Cuba e no resto da América Latina.

Reforço do Diálogo Democrático sobre Ideias de Reforma liderado por Cuba II

Centro para a Empresa Privada Internacional (CIPE)

$ 309,766

Reforçar a capacidade dos grupos de reflexão independentes pró-democracia de Cuba para desenvolver análises económicas objectivas e ideias de reforma e expandir as aberturas em espaços cívicos para o mercado. O centro apoiará dois grupos de emergentes especialistas cubanos pró-democracia a participar em workshops de gestão de programas fora da ilha, prestar assistência a actividades na ilha, e organizar uma conferência internacional com outros grupos de especialistas que trabalham em condições semelhantes ou num campo de trabalho semelhante.

Reforço do jornalismo independente em Cuba

Instituto Prensa y Sociedad

$ 70.523

Reforçar o jornalismo e as capacidades de investigação dos jornalistas cubanos independentes e promover uma maior interacção entre eles e os seus homólogos latino-americanos. A organização irá formar jornalistas em conceitos fundamentais de jornalismo e colocá-los num meio de comunicação social profissional no Peru para uma experiência no local de trabalho. A organização irá também encorajar a interacção entre jornalistas cubanos e latino-americanos através de reportagens de investigação colaborativa.

Reforço dos meios de comunicação independentes e da prestação de contas em Cuba

Fundação Espacio Público

$ 108,000

Reforçar a capacidade dos jornalistas cubanos para promover uma maior responsabilização governamental em Cuba e promover interacções e ligações entre os jornalistas independentes cubanos e latino-americanos. A organização irá conduzir um programa de formação sobre como conduzir o jornalismo de investigação. Os participantes cubanos participarão em intercâmbios com jornalistas de outros países, e receberão conselhos e feedback sobre o seu trabalho de um conselho editorial de jornalistas latino-americanos. A organização fornecerá mentoria remota contínua aos participantes.

Reforço da capacidade das iniciativas cívicas independentes em Cuba

Pessoas necessitadas Eslováquia (PIPA)

$ 60,000

Reforçar a capacidade dos centros cívicos independentes e das iniciativas em Cuba para promover ideias e valores democráticos. Com sede em Bratislava, a organização trabalhará com grupos de jornalistas independentes, estudantes e activistas da sociedade civil para reforçar a sua capacidade institucional e a sua capacidade de levar a cabo actividades de forma mais eficaz. Além disso, o bolseiro organizará uma visita de estudo para os seus bolseiros na Eslováquia.

Capacitação de profissionais independentes da comunicação social em Cuba

Clovek v tisni, ops (Pessoas necessitadas)

$ 150,882

Reforçar a capacidade dos profissionais independentes da comunicação social em Cuba. O bolseiro fornecerá aos bolseiros cubanos formação e assistência técnica para produzir conteúdos não censurados sobre desenvolvimentos sociais, políticos, económicos e culturais em Cuba. O bolseiro irá também reforçar a capacidade técnica das organizações independentes em toda a Cuba para levar a cabo iniciativas destinadas a aumentar o livre fluxo de informação.

Reforçar a Democracia e as Habilidades de Liderança dos Jovens Activistas Cubanos

Instituto Político para la Libertad Peru

$ 85,000

Reforçar as capacidades de liderança dos jovens activistas cubanos pró-democracia e promover a interacção entre os cidadãos de Cuba e o povo nas sociedades democráticas latino-americanas. A organização oferecerá formações online e presenciais sobre direitos dos jovens, participação dos jovens na política, comunicações digitais e normas internacionais para a liberdade de expressão e democracia. O grupo também levará jovens activistas cubanos a outros países latino-americanos para interagir com os seus homólogos pró-democracia de países democráticos.

Reforço dos instrumentos de medição da governação e dos conflitos sociais em Cuba

Arlenica, Arte, Linguagem e Investigação para a Mudança Social
Suplemento $ 11,940

Reforçar a análise da governação em Cuba. A organização irá desenvolver um índice de governação para medir e comparar o sistema político de Cuba com outros países do mundo. Analisará a estrutura e o desempenho do governo cubano em áreas como o Estado de direito, participação política, eficácia, estabilidade política, transparência, e liberdade económica. Avaliará também a satisfação dos cidadãos com o seu governo e controlará as acções dos cidadãos para promover políticas mais democráticas através da criação de um observatório de conflitos sociais.

Apoio aos defensores dos direitos humanos em Cuba
Centro para uma Cuba Livre

$ 80,000

Prestar assistência humanitária aos presos políticos, suas famílias e activistas dos direitos humanos em Cuba. A organização trabalhará com parceiros para distribuir assistência humanitária aos presos políticos, suas famílias, e outros membros da sociedade civil cubana. Para aumentar o acesso à informação não censurada, a organização também fornecerá aos defensores dos direitos humanos equipamento técnico para documentar a vida em Cuba e transmitir informação a organizações e actores externos.

Apoio ao jornalismo independente em Cuba

Instituto para o Relatório de Guerra e Paz (IWPR)

$ 145.230

Reforçar a colaboração entre jornalistas cubanos independentes para promover a liberdade de expressão. O bolseiro trabalhará com vários jornalistas independentes e organizações de comunicação social para promover a compreensão mútua e a solidariedade entre eles, e para reforçar as suas competências na utilização das redes sociais. A organização também encorajará e apoiará os esforços de colaboração entre jornalistas afiliados a diferentes órgãos de comunicação social.

Apoio aos sindicatos independentes, freelancers e direitos laborais

Grupo Internacional para a Responsabilidade Social das Empresas em Cuba

$ 230.000

Promover os direitos laborais e reforçar a capacidade do movimento sindical independente de Cuba. A organização ajudará os activistas laborais independentes em Cuba a forjar um movimento laboral mais coordenado na ilha. Além disso, a organização irá trabalhar com uma associação nascente de trabalhadores independentes para promover os direitos laborais no sector informal. Irá também conduzir uma campanha internacional para divulgar e sensibilizar para a situação dos direitos laborais em Cuba.

Apoio a escritores e artistas independentes em Cuba

Fundação Vista Larga Corp

$ 83,000

Apoiar os escritores e artistas independentes de Cuba a produzir e divulgar livremente o seu trabalho. A organização ajudará os escritores a reforçar a qualidade do seu trabalho e a publicar peças dentro e fora da ilha. Apresentará o seu trabalho na sua revista literária trimestral, Puente a La Vista, nas redes sociais e através de vídeos do YouTube. A organização também sensibilizará para a repressão dirigida a escritores, artistas e músicos independentes através de campanhas online.

Tempos de mudança e um novo papel para diferentes sectores em Cuba

Ideias e valores democráticos

$ 71,339

Melhorar a compreensão e a capacidade da sociedade civil para propor alternativas políticas. As actividades incluirão a investigação sobre o papel das diferentes instituições estatais nas transições para a democracia, bem como a discussão deste tópico entre representantes da sociedade civil cubana, com ênfase nas experiências de outros países da região.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EEUU#PNRAgencia Central de Inteligencia (CIA)National Endowment for Democracy (NED)The New York Times, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Ley Helms Burton, Manipulacion, Manipulacion Politica, NED, SANCIONES, Uncategorized, UNION EUROPEA | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: