Subiu para 24 o número de mortes causadas pelas chuvas em Luanda

Xavier António

Subiu de 14 para 24 o número de mortos na sequência das fortes chuvas que se abateram sobre Luanda, de acordo com o último balanço do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros.

Cacuaco regista um total de 10 mortos © Fotografia por: DR

Os dados divulgados esta quarta-feira (21), indicam que, no que toca à distribuição, Cacuaco regista um total de 10 mortos, Luanda (5), Viana (3), Kilamba Kiaxi com (3) mortos, enquanto (3) pessoas estão feridas. Quantos aos danos materiais, foram registadas 2.289 residências inundadas, (60) residências desabadas, (2.344) famílias  afectadas reflectindo em (11. 745) pessoas foram afectadas. 

No domínio das infra-estruturas, ficaram inundadas 14 escolas, (4) centros de saúde, (4) pontes. Por outro, relata-se ainda o transbordo de (9) bacias de retenção. 

Apoios às vítimas 

As comissões municipais de protecção civil têm feito intervenções que se impõem, onde incluem a mobilização de apoios às famílias assoladas pelas chuvas e enlutadas. 

Na reunião de emergência realizada esta quarta-feira (21), a governadora de Luanda, Joana Lina, deixou recomendações aos administradores municipais na qualidade de coordenadores da referidas comissões, no sentido de continuarem a prestar apoio às famílias sinistradas, com vista a minimizar as dificuldades que enfrentam muitos agregados nesta altura. 

Jornal de Angola

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: