Cuba pede respeito à soberania da Venezuela diante da ingerência dos Estados Unidos

El presidente de Cuba pide respetar la soberanía de Venezuela frente a los fallidos planes injerencistas de EE.UU. en cuanto a la política interna de Caracas.

En el marco de la XXVI Cumbre Iberoamericana celebrada el miércoles en Andorra, el presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, declaró que “sería útil y sincero” que los miembros de dicho foro reconocieran el fracaso de todos los planes intervencionistas de EE.UU. en Venezuela.

En la sesión virtual en la que participó, el mandatario cubano, además de censurar el apoyo de varias naciones de América Latina a las medidas coercitivas de la Casa Blanca, llamó a respetar la soberanía de Venezuela e instó a cumplir los principios del comunicado de Latinoamérica como una zona de paz.

Los que dicen respetar la voluntad del pueblo venezolano deberían reconocer que Venezuela es un Estado soberano, cesar la intromisión y actuar con respeto a la Carta de las Naciones Unidas”, afirmó Díaz-Canel.

De igual modo, criticó las “medidas coercitivas unilaterales” de Washington contra Caracas, pues, señaló, violan el derecho internacional, sobre todo en medio de la pandemia del nuevo coronavirus, causante de la COVID-19.

Venezuela acusa EUA de tentar destruir sua economia com sanções
Venezuela estima US $ 116 bilhões em danos com sanções dos EUA

Venezuela e Cuba estreitam relações diante dos ataques dos EUA | HISPANTV As relações entre Venezuela e Cuba se fortalecem ainda mais com os ataques do imperialismo norte-americano, destaca Jorge Arreaza após encontro com dirigentes cubanos.

A este respeito, destacou que, devido às cruéis sanções dos Estados Unidos, é totalmente “injusto” culpar o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pela situação econômica e social que enfrenta o país caribenho.

Maduro: A coisa mais brutal que a Venezuela enfrentou foi a guerra econômica

A Cimeira Ibero-americana iniciou o seu percurso com a realização de reuniões bienais em 1991, com a participação dos Chefes de Estado e de Governo de 19 países latino-americanos e três da Península Ibérica (Espanha, Andorra e Portugal) que mantêm aspectos culturais e históricos , bem como econômica, com a América Latina.

O evento em andamento deste ano tem como lema: “Inovação para o desenvolvimento sustentável: meta 2030”; e busca mais acesso a vacinas, bem como financiamento para recuperação pós-COVID-19 para a América Latina.

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: