O Fórum de São Paulo iniciou campanha contra o bloqueio a Cuba

O objetivo da conferência é denunciar o caráter extraterritorial e a violação do Direito Internacional da aplicação do bloqueio, principal obstáculo ao desenvolvimento econômico e social dos países sitiados, e flagrante violação dos direitos humanos de seus povos, afirma. a chamada.

Autor: Nuria Barbosa León

O Fórum de São Paulo deu início a uma campanha para levantar o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos contra Cuba – há mais de seis décadas – e outros países da América Latina e do Caribe.

A iniciativa Bloqueio não, solidariedade sim – Nossa América pela vida vai até o dia 23 de junho, data em que se encontra a resolução apresentada pelas Grandes Antilhas contra a política ilegal americana.

O objetivo da conferência é denunciar o caráter extraterritorial e a violação do Direito Internacional da aplicação do bloqueio, principal obstáculo ao desenvolvimento econômico e social dos países sitiados, e flagrante violação dos direitos humanos de seus povos, afirma. a chamada.

“O mundo vive o impacto da crise multidimensional, agravada pela pandemia do COVID-19 e pelas políticas neoliberais, que colocam o mercado acima da vida do ser humano, ao invés da cooperação e solidariedade prevalecentes. Durante a pandemia, em vez de suspender as medidas unilaterais contra Cuba, Venezuela, Nicarágua e outras nações, o que assistimos é o agravamento ”, afirma o texto.

Ele acrescenta que, em tese, as sanções unilaterais dos Estados Unidos dizem que os medicamentos são isentos, mas a realidade é que não é possível comprar medicamentos com facilidade, nem transportá-los para esses países, nem utilizá-los em seus sistemas de saúde, principalmente público, porque as leis de interferência do bloqueio o impedem.

Particularmente em Cuba, destaca que a Ilha oferece solidariedade e cooperação à humanidade. “Sua brigada médica solidária oferece serviços médicos em mais de 40 países e está produzindo as primeiras vacinas candidatas na América Latina e no Caribe”.

Granma

Categories: Politica | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: