Líderes mundiais e mídia de imprensa destacam # vitória de Cuba em #ONU

Diversos meios de comunicação e lideranças mundiais destacam a retumbante vitória nesta quarta-feira da maior das Antilhas na Assembleia Geral das Nações Unidas, que por 184 votos a favor, 2 contra e 3 abstenções aprovaram a resolução “Necessidade de acabar com o econômico, comercial e bloqueio financeiro imposto pelos Estados Unidos da América contra Cuba ”.

O jornal mexicano La Jornada destacou a vitória de Cuba na ONU, quando 184 países votaram contra o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos à ilha.

Os meios de comunicação assinalaram que o bloqueio às Grandes Antilhas se intensificou durante os quase sessenta anos de vigência.

Por sua vez, o presidente venezuelano Nicolás Maduro escreveu em sua conta no Twitter: “Mais uma vez o mundo rejeita a agressão imperial contra a ilha da dignidade, nossa heroica Cuba”.

Mais uma vez, o mundo exige que acabe o criminoso bloqueio a Cuba, foi a resposta de Luis Arce publicada em suas redes sociais.

O ex-presidente da Colômbia, Ernesto Samper, descreveu como vergonhosa a abstenção de seu país nesta quarta-feira na ONU, junto com outros dois países: Ucrânia e Brasil.

Outras personalidades, como Atilio Borón e Piedad Córdoba, também se expressaram por meio de seus perfis nas redes sociais. “Apoiamos a Revolução Venezuelana, estamos do lado de Cuba, da Palestina, o bloqueio é desumano, criminoso. Eles podem bloquear países, mas nunca pensaram ”, publicou o colombiano.

Após a votação da resolução contra o bloqueio na ONU, diversos meios de comunicação internacionais como AP, EFE, Reuters, La Jornada, RT, teleSUR, entre outros, destacaram a vitória de Cuba na Assembleia Geral da entidade.

A AP, por exemplo, escreveu: “O mundo voltou a condenar o embargo a Cuba na quarta-feira, enquanto os Estados Unidos continuaram a defendê-lo”.

Da mesma forma, o canal multinacional de notícias teleSUR destacou que uma esmagadora maioria rejeitou o bloqueio dos Estados Unidos contra Cuba, agravado durante o governo de Donald Trump e vigente no atual governo de Joe Biden.

De Cubadebate

Categories: bloqueo | Etiquetas: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: