Por que os três países latino-americanos com menos mortes por Covid-19 não estão nos noticiários?

Por José Manzaneda Você sabe quais são os três países com o menor número relativo de mortes por Covid-19 na América Latina? Os dados são do Institute for Health Metrics and Evaluation dos EUA e, curiosamente, não é o chefe da imprensa (1). Você sabe por quê? Porque são Nicarágua, Cuba e Venezuela (2). Países sujeitosContinue a ler “Por que os três países latino-americanos com menos mortes por Covid-19 não estão nos noticiários?”

Projeto Pontes de Amor Cuba-EUA agradece solidariedade após agressão na estrada contra a vida de Carlos Lazo

Guardiães da Saúde.- Esta transmissão é feita por cortesia dos Drs. Naila Ayrado e Ernesto Cordoví, nela se levanta o nome do sistema de saúde cubano e suas políticas sociais. Projeto Pontes de Amor Cuba-EUA agradece solidariedade Washington, 1º de julho (Prensa Latina) O principal promotor do projeto Puentes de Amor, Carlos Lazo, agradeceu hojeContinue a ler “Projeto Pontes de Amor Cuba-EUA agradece solidariedade após agressão na estrada contra a vida de Carlos Lazo”

Revive Batista

Por: Rolando Pérez Betancourt Seria bom ressuscitar Fulgencio Batista de vez em quando para analisar uma época marcada pelo roubo, assassinato, tortura e corrupção, quatro faces de um único lance de dados, do qual outros aspectos poderiam ser explorados, desde que não manchem o história verdadeira e, muito menos, a memória de quem ainda podeContinue a ler “Revive Batista”

Politicagem barata, não humanismo.

Por Arthur González / heraldocubano Sem surpresas, a atual congressista ianque María Elvira Salazar, imperiosamente e com sua costumeira arrogância, questionou Laura Lochman, subsecretária adjunta interina do Escritório de Assuntos do Hemisfério Ocidental, durante uma audiência no Congresso sobre os esforços de Washington para aprofundar sua participação. No Caribe, realizada em 16 de junho deContinue a ler “Politicagem barata, não humanismo.”

Cuba lista acusações desonestas dos EUA sobre tráfico e cooperação médica

Havana, 1º de julho (Prensa Latina) – Vídeo: TV cubana.- O chanceler cubano, Bruno Rodríguez, classificou hoje as denúncias do governo dos Estados Unidos como desonestas, o que indica os programas de colaboração médica da ilha como suposto tráfico de pessoas. O Chanceler rejeitou as declarações do Secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Bliken,Continue a ler “Cuba lista acusações desonestas dos EUA sobre tráfico e cooperação médica”

Uso emergencial do Sovereign 02 autorizado no Irã

Cubadebate.– Em 29 de junho, a vacina cubana SOVEREIGN 02 recebeu autorização para uso emergencial na República Islâmica do Irã, que foi divulgada à imprensa local pelo Ministro da Saúde iraniano, Dr. Said Nemeki. A autorização foi concedida ao Instituto Pasteur do Irã (IPI), que comercializará a vacina em território iraniano com o nome deContinue a ler “Uso emergencial do Sovereign 02 autorizado no Irã”

Bob Menéndez, anticubano: ódio visceral

O Licenciado José A. Amesty R.- Roberto “Bob” Menéndez, nascido em 1º de janeiro de 1954, aos 67 anos, é senador pelo Partido Democrático de Nova Jersey. Menendez nasceu na cidade de Nova York. Seus pais, de origem cubana, foram Evangelina e Mario Menéndez, que fugiram de Cuba em 1953, desaprovando o governo de Batista,Continue a ler “Bob Menéndez, anticubano: ódio visceral”

O mito da direita democrática

Por: Atilio Borón O direito nunca foi democrático, não é hoje e nunca será. Apesar de o veredicto da história ser irrefutável, a sabedoria convencional das ciências sociais e a opinião estabelecida estão constantemente difundindo a concepção errônea de que a direita latino-americana se reconciliou com a democracia; que já cortou laços com sua gêneseContinue a ler “O mito da direita democrática”

Ditaduras, liberdade de expressão e censura

Por: Carlos Fazio Hoje em dia, na nossa América – incluindo o México – existem muitas palavras desvalorizadas. Entre eles, ditadura, militarização, liberdade de expressão, censura. O uso dos conceitos não é nada inocente. A memória histórica serve para distorcer as falsificações da época. Com o triunfo da revolução cubana em 1959, os velhos soldadosContinue a ler “Ditaduras, liberdade de expressão e censura”