COVID-19 no mundo: Brasil ultrapassou a barreira de 550.000 mortes

O Brasil aparece como o segundo país do mundo com mais mortes por covid-19. Foto: PL.

O número de mortes por covid-19 no Brasil subiu para 550.502 na segunda-feira após a soma de 578 nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Saúde.

O boletim diário da carteira também indicava que foram notificadas 18.999 infecções no mesmo período e o total subiu para 19 milhões de 707 662, desde que a primeira foi notificada em fevereiro de 2020.

A atualização também observou que o estado de São Paulo continua sendo o epicentro da pandemia no país, concentrando 137.273 vidas perdidas e quatro milhões de 3.549 infectados.

De acordo com os governos estaduais, entre domingo e segunda-feira houve um ligeiro aumento no número de infecções (+ 4,28 por cento) e óbitos diários (21,4), em relação às 24 horas anteriores.

A média móvel de casos nos últimos sete dias foi de 45.117 infectados e 1.107 óbitos.

Após enfrentar uma segunda onda de contaminações pela doença no início do ano, as curvas de vencimento e os casos positivos no país apresentam tendência de queda há semanas, atribuída por especialistas e autoridades ao avanço da vacinação.

Estatísticas oficiais revelam que o Brasil aplicou 134,2 milhões de imunizantes, sendo 96,3 milhões na primeira dose e 37,9 milhões na segunda ou apenas uma.

Até o momento, o gigante sul-americano conseguiu imunizar 18% de seus habitantes com duas porções em um único pedido, que no total são cerca de 212 milhões.

Ainda no dia, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou definitivamente o estudo clínico da Covaxin, a vacina indiana anti-Covid-19, solicitada pela empresa nacional Precisa Medica, representante do laboratório indiano Bharat Biotech.

‘A decisão (de cancelamento) foi tomada após uma avaliação técnica de que o fim da autorização da empresa Precisa para representar a vacina no país inviabiliza o cumprimento da regulamentação quanto à realização de estudos clínicos’, relatou o órgão regulador.

A Bharat Biotech rompeu seu vínculo com o Precisa na semana passada, depois que o Ministério da Saúde informou que não tinha intenção de comprar a Covaxin porque as doses contratadas são suficientes para imunizar a população brasileira.

Atualmente o Brasil aparece como o segundo país do mundo com mais mortes por covid-19, atrás dos Estados Unidos, e o terceiro em infectados, atrás da nação do norte e da Índia.

(Com informações das agências)

Publicado por tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: