O Fim de Biden?

#EstadosUnidos #Partidos #Política

Por: Nicanor León Cotayo

Outra investigação da conhecida empresa de análise Gallup mostra que os republicanos estão a ganhar o favor dos americanos por um chefe.

Isto foi noticiado na terça-feira por uma jornalista da CNN, Lauren Dezenski.

Limpos do seu conteúdo, 54% dos entrevistados preferem o Partido Republicano e 39% o Democrata, a maior vantagem desde 2015.

Quanto à prosperidade, 50 por cento apoiam o Partido Republicano e 41 por cento o Partido Democrata. Esta é a maior liderança desde 2014.

Os peritos recordam que o Partido Republicano tem tido um desempenho historicamente melhor do que o Partido Republicano nas questões de segurança e de economia.

A este respeito, acrescenta Gallup:

“Esta mudança depende mais de declínios nos americanos que vêem o Partido Democrático como melhor nestas questões do que de crescimento para o Partido Republicano”.

Aponta também que os independentes têm algo a ver com esta figura e que, desde o ano passado, os independentes sentem que o Partido Democrata é melhor no tratamento das questões mais importantes, “a segurança da nação e a manutenção da sua prosperidade”.

A CNN salienta que também é importante notar o calendário da sondagem, de 1-17 de Setembro, quando os acontecimentos caóticos tiveram lugar na retirada do Afeganistão, o aumento do Covid-19 e o menos esperado, o enfraquecimento do emprego nos Estados Unidos.

Os especialistas acreditam que esta notícia foi dura para o Presidente Joe Biden e para o seu partido.

A CNN deixa claro que se trata apenas de uma sondagem e não prevê necessariamente o futuro.

Na sua opinião, bem como na de outros meios de comunicação social, o que foi dito põe à prova o poder da Administração Biden e dos Democratas.

Não se pode esquecer que as eleições intercalares de 2022 estão a cerca de 13 meses de distância, o que é tempo suficiente para que situações e tendências mudem, bem como a preocupação dos Democratas com a queda de popularidade de Biden.

Isto pode ser uma boa notícia para o Partido Republicano antes das eleições.

Ao mesmo tempo, o website MiamiDiario relatou na quarta-feira que o Departamento do Trabalho anunciou que até Agosto passado, cerca de quatro milhões 300 mil trabalhadores tinham perdido os seus empregos. Os sectores mais afectados foram os hotéis e o comércio.

Há meses atrás, estimava-se que os americanos procurariam estabilidade no emprego face a esta situação, mas a realidade mostra que até agora isto não foi possível, dados os resultados dolorosos da pandemia.

Isto justifica a necessidade de esperar que os desenvolvimentos se desenrolem num mundo que é sobrecarregado, entre outras coisas, com graves consequências para a saúde.

Autor: tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: