“a Carta não capacita o apoio de grupos golpistas”,

Estados Unidos e o terrorismo de estado global.

Por Redacción Razones de Cuba

É significativo que entre as últimas ações do governo de Donald Trump, formalmente acusado de instigar um violento ataque ao Capitólio por uma multidão irada de seus seguidores, tenha reinserido Cuba na lista de patrocinadores estatais do terrorismo.

Lamenta Cuba manipulación y oportunismo político sobre el terrorismo | Cuba  Si

Lembremos que Trump interrompeu o processo de normalização das relações diplomáticas cubano-americanas, iniciado em 2014, por Barack Obama e Raúl Castro, e aprofundou o embargo criminal com medidas punitivas contra pessoas e países que participam de trocas comerciais e financeiras com os maiores das Antilhas e até proibiu a seus cidadãos de se hospedar em hotéis cubanos, além de ativar, pela primeira vez, a seção III da Lei Helms-Burton (1996), que permite que cidadãos norte-americanos ajuizem ações contra entidades ou pessoas de terceiros países que usam propriedades que foram nacionalizadas pelo Estado cubano, de acordo com a lei, após o triunfo revolucionário.

É paradoxal que o país que apoiou inúmeros golpes de estado para impor sangrentas ditaduras na América Latina e em outras regiões do mundo, que se valeu repetidamente do terrorismo para salvaguardar seus interesses geoestratégicos e proporcionou proteção e impunidade a terroristas confessos, como Luis Posadas Carriles, considere Cuba culpada deste crime contra a humanidade.

Há mais de três décadas, o colega A. Grachiov, com base no relato das operações militares abertas e encobertas realizadas pelos Estados Unidos, país que utilizou a força em 215 casos entre 1945 e 1975, designou essas ações como terrorismo global de Estado , ainda mais criminoso porque conta com o gigantesco poder de guerra e o aparato subversivo do maior estado capitalista. (p. 109) Grachiov considerou que os Estados Unidos haviam elevado o terrorismo à categoria de política de estado, apontando a Agência Central de Inteligência (CIA) como o órgão fundamental do governo para tarefas sujas:

Cuba: Estados Unidos vuelve a incluir a la isla en la lista de países  patrocinadores del terrorismo | Mike Pompeo | Donald Trump | MUNDO | EL  COMERCIO PERÚ
“Organizar e realizar ações subversivas e de sabotagem contra outras nações, atacar estadistas estrangeiros, preparar fraudes e difundir calúnias. Desta forma, ele cumpre a função de um terrorista profissional a serviço da Casa Branca [...] Além das operações secretas sob responsabilidade direta da CIA, deve-se acrescentar sua estreita cooperação com outros serviços secretos de regimes reacionários, [ …] Para que os Estados Unidos sejam tacitamente cúmplices nas operações dos serviços terroristas secretos de outros estados ”. (Sob o signo do terror. Moscou: Editorial Progreso, 1986)

Certamente, a CIA, desde a sua fundação em 1947, tem sido o órgão fundamental para a guerra suja, embora não o único, que não pode ser caracterizada senão como “terrorismo”, se tomarmos a definição do próprio Federal Bureau of Investigation (FBI), como o uso ilegal de força ou violência contra pessoas ou propriedades para intimidar ou coagir governos, a população civil ou um segmento dela, na busca de objetivos sociais ou políticos.

Voltando a Grachiov, e partindo da análise da contra-insurgência planetária dos Estados Unidos durante as respectivas administrações presidencial, republicana e democrática, propus o conceito de terrorismo de estado global para definir esta política de violência perpetrada pelos aparatos de estado imperialistas no mundo contra povos e governos com o propósito de incutir terror e em violação das normas do direito nacional e internacional.

Terrorismo contra Cuba: pasado y presente | Radio Sancti Spíritus

No estudo e análise do terrorismo, tem-se enfatizado o terrorismo individual e de grupos clandestinos de todo o espectro político, ignorando e deixando de lado o papel do imperialismo norte-americano e dos Estados capitalistas na organização do terrorismo interno e na esfera internacional. O terrorismo de Estado global viola as estruturas ideológicas e políticas de repressão legal (justificado pela estrutura legal nacional e internacional) e apela a métodos não convencionais, extensos e intensivos, para aniquilar a oposição política, o protesto social e a insurgência em escala mundial, bem como atacar governos que, como o de Cuba, não se submetem aos desígnios dos Estados Unidos e de seus aliados. (ttps: //vocesenlucha.com/wp-content/uploads/2020/12/GILBERTO-LOPEZ-Y-RIVAS.-ESTUDIANDO-LA-CONTRAINSURGENCIA-DE-EEUU.pdf).

Por sua vez, o Capítulo México da Rede em Defesa da Humanidade expressou sua mais enérgica rejeição à inclusão ilegítima e ilegal de Cuba como país promotor do terrorismo, destacando que é o terrorismo de Estado promovido pelo governo dos Estados Unidos que deveria ser condenado pela comunidade internacional, e não Cuba, que promove a paz e a solidariedade enviando médicos a dezenas de países para colaborar na luta contra a pandemia COVID-19.

Retirado de CubaDebate

Categories: "a Carta não capacita o apoio de grupos golpistas",, "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #CIA, #Cuba #CIA, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Trump, @Trump, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, CIA Mike Pompeo, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, FBI, FBI, James Comey., secretario de Estado, Michael Pompeo, secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo,, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

A tristeza ? descobre bem.

Autor :Maria del Carmen Hernandez Carus
Há alguns anos, trabalhei em um país da África por um longo período.
Um dia de tantos que saí de casa cedo (6h30) porque tinha aula no primeiro turno da manhã da universidade, enquanto esperava no ponto de ônibus (chamavam dele) ouvi vozes, quase imperceptíveis … mãe, mãe … Eu estava procurando por todos os lados e não vi ninguém, fiquei ouvindo até descobrir de onde vinham, aí olhei para cima.
No telhado do ponto de ônibus, 4 cabecinhas espreitaram para fora e ao perceberem que ele os estava servindo, duas delas disseram com as mãozinhas estendidas … mãe, mãe para pão …


Aquelas crianças dormiram a noite toda ali, ficaram cobertas pelos galhos da árvore que ultrapassava o teto do batente, me pediram dinheiro para comer pão.
Disse-lhes que viessem, dei-lhes algumas moedas e correram para uma padaria que era muito perto, onde tinha todo o tipo de pão doce e que claro que não podiam comprar … muito obrigado mãe … sorriam timidamente.
Pensei nos meus netos e como disse a mim mesma tantas vezes … isto NÃO é para os meus netos …
Essas histórias, tão reais, tão diárias em países onde o capitalismo tem uma cara muito feia são tristes e tenho dezenas em minhas memórias.
Mas meus conterrâneos, aqueles que acreditam que somos o umbigo do mundo, que não sabem como dizia minha mãe … metade da massa … acham que o capitalismo em Cuba terá uma cara melhor do que aquela que lhes contei.


Há poucos dias vi uma publicação de um sem coragem desenhada por um pioneiro cubano perguntando a alguns turistas o que eram as Chaves e todos os seus admiradores repetiam em seus comentários … Que pena … Que as crianças de Cuba não possam ir a Los cayos … aí para lá qualquer bobagem referente a essa “ditadura feroz” que nos mata e que impede nossos filhos de serem felizes.
Já vi meus netos tomando banho na bela piscina de um hotel, de uma praia, de uma bacia com água ou jogando água com uma mangueira, a cara feliz é a mesma.
Meu irmão, a beleza de Los cayos de Cuba é inegável, a alegria quando você está aí é enorme, mas nós, idosos, vejamos isso, aqueles de nós que já perderam a inocência. Até onde vai a perfídia quando uma frase como essa é posta na boca de uma criança para defender uma ideia ou antes para desacreditar?
Meu irmão, você realmente acredita que os filhos de Cuba são os mais tristes do mundo?

Sai da bolha meu irmão, olha, lê, anda, olha em volta, sem fanatismo, no mundo em que vivemos mais de 600 milhões de crianças vivem em extrema pobreza, mais de 250 milhões de menores de 14 anos têm que trabalhar muito dias, mais de 130 milhões nem sabem ler, milhões dormem nas ruas, se prostituem, enfim, a lista de ultrajes é longa.
Se você quer falar sobre tristeza, há muito tecido para cortar, defenda suas ideias sem se tornar uma pessoa má
Se meus netos, os pioneiros, me perguntassem o que são as chaves cubanas, poderia sem medo explicar-lhes onde estão, o que se faz com elas e por que não vamos.
Se meus netos estivessem dormindo na rua ou mendigando ou trabalhando, certamente sua avó caminharia pelas montanhas de Cuba fazendo a Revolução novamente.
PostScript.
Minha mãe, que viveu a maior parte de sua vida no “próspero capitalismo” de Cuba, conhecia um hotel em Varadero quando a levei para o Internacional em 1981, quando ela tinha idade para ir à escola lavava ao seu lado mãe para ganhar alguns quilos com que se alimentar e a seus irmãos, os únicos calos que ela conhecia eram escritos com um le duplo e feitos em suas mãos tenras de tanto trabalho.

Categories: "a Carta não capacita o apoio de grupos golpistas",, # Cuba, Africa, Contrarevolución, CUBA-ANGOLA, Derechos Humanos | Deixe um comentário

Em caso de rejeição da renúncia do líder aimara, ele poderia ignorar a autoproclamada presidente, Jeanine Áñez Chávez, e propor um novo presidente.

Categories: "a Carta não capacita o apoio de grupos golpistas",, #Bolívia, Democracia, Golpe de Estado, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, Evo Morales denunciou os planos de golpe dos EUA na Venezuela, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

Luis Almagro “está agindo ilegalmente contra a Nicarágua”, diz chanceler daquele país

O Luis Almagro “está agindo ilegalmente contra a Nicarágua”, Denis Moncada, reafirmou ontem a posição de seu país perante a decisão tomada pelo Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, sobre a aplicação da Carta Democrática naquele país

Contra Nicaragua se emplearon los conocidos métodos de guerra no convencional para crear desestabilización en ese país, con la complicidad de Estados Unidos y de la OEA.

Os métodos bem conhecidos de guerra não convencional foram usados ​​contra a Nicarágua para criar desestabilização naquele país, com a cumplicidade dos Luis Almagro “está agindo ilegalmente contra a Nicarágua”. Foto: EFE
O ministro das Relações Exteriores da Nicarágua, Denis Moncada, reafirmou ontem a posição de seu país ante a decisão do Secretário-Geral da OEA, Luis Almagro, sobre a aplicação da Carta Democrática naquele país. Continuar a ler

Categories: "a Carta não capacita o apoio de grupos golpistas",, Luis Almagro "está agindo ilegalmente contra a Nicarágua", Secretário-Geral da OEA,, Uncategorized | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: