A guerra dos Estados Unidos

#Congressistas norte-americanos pedem a #JoeBiden que normalize as relações com Cuba .

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, congresso, CubavsBloqueo, joe biden, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

As estratégias de manipulação da CIA, QAnon e os “conspiranóides”

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Os serviços especiais americanos, após a Segunda Guerra Mundial, com o objetivo de garantir a hegemonia global do império, aperfeiçoaram um conjunto de “ferramentas” eficazes de manipulação das massas.

Eles usaram a indústria de relações públicas, a engenharia de consenso, as teorias da propaganda moderna e a guerra cultural para tentar construir o ser humano ideal do capitalismo, amarrado a desejos pré-fabricados, um escravo do consumo, solitário e sempre temeroso.

Durante vários anos, várias teorias da conspiração se tornaram moda, a ideia de que poderes enganam os cidadãos se enraizou em muitas pessoas, e isso cria uma margem de credibilidade para essas teses, algumas inofensivas, até divertidas, mas outras alarmantes.

Algumas dessas hipóteses são criadas por oportunistas que aproveitam a tecnologia e a Internet para ganhar seguidores e se enriquecer com programas que efetivamente administrem o medo das pessoas; mas outros, a maioria deles, são criados nos laboratórios dos serviços especiais, com o objetivo de manipular e, sobretudo, desmobilizar, desviando a atenção de problemas reais para ameaças inexistentes.

QAnon, corriente ideológica con impacto en varios sectores de la sociedad estadounidense. Foto: Getty Images

Obcecado com invasões alienígenas, o domínio dos reptilianos, as mentiras da NASA, ou conspirações onde os comunistas estão sempre “por acaso” envolvidos, as pessoas ficam confusas diante do verdadeiro inimigo.

Agora, quando essas teorias prontas são usadas como um instrumento dos piores interesses do capitalismo, elas se tornam uma grave ameaça para toda a humanidade.

Vamos nos referir a QAnon, que deixou de ser mais uma entre tantas teorias da conspiração, para se tornar uma corrente ideológica com impacto em vários setores da sociedade americana.

Membros proeminentes do movimento nacional foram vistos dentro do prédio do Capitólio, carregando a bandeira do q, símbolo do QAnon no dia do ataque à sede do Congresso.

Os defensores acreditam que o ex-presidente Donald Trump está travando uma guerra secreta contra pedófilos do governo dos EUA, empresas e elites da mídia. uu que adoram Satanás.

Após a derrota eleitoral do magnata, os adeptos do QAnon, preparam-se, segundo dizem nas redes sociais, para enfrentar o Governo de Joe Biden quando este tenta dominar o país e instaurar o socialismo, um absurdo incrível que desperta antigos terrores atávicos entre os cidadãos daquela nação.

Estima-se que milhões de pessoas acreditam nas teorias de QAnon e, embora seja um fenômeno dos Estados Unidos, as ideias de grupo também têm influência na América Latina.

Há simpatizantes na Colômbia, Costa Rica, México, Guatemala, Panamá, Brasil e Uruguai, onde não só falam sobre política, mas atacam vacinas, negam as mudanças climáticas e a gravidade da pandemia COVID-19.

Enquanto isso, as pessoas não percebem a cara do verdadeiro culpado, e o dinheiro flui dos cofres para alimentar outros medos e distrair a opinião pública, semeando estereótipos e imagens distorcidas que servem como novas correntes para prendê-los, cada vez mais fortes, ao carrossel suicida de o sistema.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #America Latina, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CubavsBloqueo, guerra, Injerencia De EEUU, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, SANCIONES, segunda guerra mundial, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Pontes de amor e contra o bloqueio a Cuba daos Estados Unidos.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, bloqueo, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., CubavsBloqueo, Estados Unidos Vs Cuba, Solidaridad | Deixe um comentário

Rejeição internacional e doméstica do bombardeio dos EUA na Síria.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Siria, A guerra dos Estados Unidos, Barack Obama Bruno Rodríguez ParrillaDonald Trumpoficina del Servicio de Ciudadanía e Inmi, Guerra sem Fronteiras, Injerencia De EEUU, joe biden | Deixe um comentário

Quem está por trás das políticas de sufocamento contra Cuba?

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Fernández de Cossío, diretor-geral dos #EstadosUnidos do Ministério das Relações Exteriores de Cuba,, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Barack Obama Bruno Rodríguez ParrillaDonald Trumpoficina del Servicio de Ciudadanía e Inmi, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contra-revolução cubana, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, joe biden, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, mentiras construídas em Washington contra Cuba, RADIO MARTI, Redes sociais, SANCIONES, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, TURISMO, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Marcos mais importantes em 123 anos de agressão dos #EUA contra #Cuba.

Categories: "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, "ataques sônicos", "Liberdade", "democracia", "racismo" e "direitos humanos", # yo voto vs bloqueo, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, bloqueo, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, CubavsBloqueo | Deixe um comentário

As Honduras de JOH: um narco-estado que saiu do controle dos EUA?

Categories: #America Latina, #Estados Unidos, #EstadosUnidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, drogas, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, Injerencia De EEUU | Deixe um comentário

Outro terrorista da gangue de carrapatos oferece dinheiro para atacar pessoas em Cuba.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Estados Unidos, #Gerardo Hernández #Los CincoAntonio GuerreroComandante en Jefe Fidel CastroFernando, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, Redes sociais | Deixe um comentário

Eles usam a figura de José Martí para manipulação e subversão contra #Cuba.

Por Redacción Razones de Cuba

O pensamento e a obra de José Martí foram escolhidos por um grupo de contra-revolucionários para questionar as ações do governo cubano. Eles o manipulam, descontextualizam e inventam frases, na tentativa de confrontar a ideologia do Apóstolo com seu próprio povo.

Categories: "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, "para Cuba Eu até ando de bicicleta, # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, SANCIONES, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Moscou não acredita em lágrimas.

Por Arthur González

Os Estados Unidos e seus aliados europeus esquecem que Moscou não acredita nas lágrimas de quem clama por sua resposta, como na provocação tecida no caso do blogueiro pró-ianque Alexei Navalni, cópia do método usado contra a Venezuela com Juan El Títere Guaidó.

A fabricação de Navalni é um sinal do desespero que o Ocidente tem para desestabilizar o governo Vladimir Putin e, neste contexto, obrigar a República Alemã a quebrar o contrato para a construção do gasoduto, ao qual os Estados Unidos se opuseram desde o início.

Um exemplo da estratégia desenhada para aumentar as sanções europeias contra a Rússia e reforçar a imagem de um “regime repressivo” que pretendem fabricar, foi a recente visita ao Kremlin de Josep Borrell, Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros, a fim de solicitar a libertação do blogueiro da oposição, em franca e inaceitável interferência nos assuntos internos da Rússia, o que nenhum país europeu permitiria a Moscou, caso solicitasse algo semelhante.

Internet

Prova de que o interesse pretendido é perturbar a ordem interna russa, foi a participação da embaixada ianque e de oficiais da CIA, no estímulo às marchas de protesto, instigando os jovens a deixarem suas casas para exigir a libertação do oponente, financiada com Dólares americanos, bem como a participação de diplomatas da Polônia, Alemanha e Suécia nas reuniões ilegais de 23 de janeiro realizadas em Moscou e São Petersburgo, ações inaceitáveis ​​e incompatíveis com o status diplomático, em total violação da Convenção de Viena de 1961 .

Essas ações intervencionistas são comuns entre diplomatas americanos e europeus em Cuba, onde se encontram com os contra-revolucionários para orientar, fornecer e dar-lhes apoio político.

Moscovo, face a esta provocação, decidiu expulsar imediatamente vários diplomatas, lembrando aos europeus que não haverá concessões de princípios, nem serão toleradas ingerências nos seus assuntos internos, como prova de que as sanções e os meios de comunicação mostram construídos a favor da imprensa. Ocidental, isso não os assusta e a Rússia tem que ser respeitada.

O duplo padrão da posição europeia está na diferença de respostas entre a prisão de Julián Assange, pelas autoridades britânicas, e Navalni, já que o jornalista australiano sofre todo tipo de arbitrariedade jurídica, está confinado a uma cela de isolamento apesar de sua saúde precária , a espionagem sofrida durante seu asilo na embaixada do Equador em Londres e a possibilidade de ser extraditado para os Estados Unidos, onde a morte o espera.

Por que a União Europeia não exige a libertação de Assange, como faz com o adversário russo? Quando Borrell visitará Londres para tratar deste assunto que exige uma intervenção rápida, devido à saúde delicada do detido?

Onde estão os diplomatas europeus que não pressionam o Reino Unido para exigir sua libertação rápida?

Com sinceridade e coragem, o chanceler russo, Sergey Lavrov, lembrou a Borrell que antes de meter o nariz em Moscou, ele deveria lidar com os prisioneiros da independência catalã, acusados ​​de sedição na Espanha, por apenas organizarem um referendo, a fim de alcançar o antigo luta pela independência da Catalunha e apesar do facto de os tribunais da Alemanha e da Bélgica terem decidido contra as suas sanções, a justiça espanhola recusa-se a libertá-los.

Em uma tentativa fracassada de pressionar a Rússia, Borrell lembrou a Lavrov que a UE é o primeiro parceiro comercial da Rússia, embora para suavizar a chantagem, ele acrescentou que, apesar das grandes diferenças, há muitas questões nas quais eles podem trabalhar juntos. e Moscou está em baixa, omitindo que a responsabilidade recai exclusivamente sobre aqueles que se opõem a reconhecer a independência política da Rússia e aspiram submetê-la por meio de sanções econômicas, no melhor estilo ianque.

É claro que a pressão contra a Rússia não está ligada aos partidos Republicano ou Democrata, é um ódio visceral ao seu sistema político, que Washington jamais tolerará e isso é indicado pelas declarações mais recentes do governo Biden, nas quais criticou duramente a repressão na Rússia e apontou diretamente para o presidente Vladimir Putin:

“O tempo em que os Estados Unidos se submeteram aos atos agressivos da Rússia … acabou e o governo lutará contra o desejo da Rússia de enfraquecer nossa democracia.”

A mesma retórica imperial e ameaçadora de sempre.

No entanto, nem Washington nem Bruxelas condenam Paris pela repressão selvagem e prisão de trabalhadores em coletes amarelos, que protestam há mais de um ano por melhorias em seu padrão de vida.

Borrell também não mencionou as atuais repressões policiais e a prisão daqueles que, no dia 30 de dezembro, participaram de uma das habituais manifestações ao lado da casa do segundo vice-presidente do Governo, Pablo Iglesias, e da ministra da Igualdade, Irene Montero .

Tudo sugere que os ianques e os europeus aplicam o princípio “Faça o que eu digo, mas não o que eu faço”.

Talvez com a intenção de sublinhar os pontos de contacto que ainda existem entre a União Europeia e a Rússia e terminar a sua visita em tom menos tenso, Josep Borrell pediu publicamente aos Estados Unidos que retirassem Cuba da lista dos patrocinadores do terrorismo, embora isto não era o verdadeiro objetivo de suas conversas com Lavrov.

José Martí foi sábio ao afirmar:

“Superar as intrigas é superar as cobras.”

Categories: # Cuba, # Venezuela, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #CIA, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Injerencia De EEUU, REINO UNIDO, RUSIA, RUSSIA, UNION EUROPEA | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: