A guerra dos Estados Unidos

A guerra dos Estados Unidos: Venezuela, Nicarágua e Cuba e depois?

O governo venezuelano denunciou a presença de longa data de organizações paramilitares colombianas na fronteira com a Venezuela, que atuaram em diversos crimes e ações criminosas.

Movimiento de aviones de transporte militar desde bases norteamericanas.

Movimento de aeronaves de transporte militar das bases norte-americanas. Foto: Mission Verdad

Nestas circunstâncias você só pode ser a favor ou contra a paz, apenas um pode ser a favor ou contra a guerra, disse o ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, durante uma conferência de imprensa em 20 de fevereiro de mencionar o momento crucial está vivendo a região para a ameaça dos EUA para invadir a Venezuela e, portanto, são momentos em que “a observância decidir a validade dos princípios do direito internacional, a Carta das Nações Unidas; decide-se que a razão de legitimidade de um governo reside no apoio e voto de seu povo; onde se decide que nenhuma pressão estrangeira pode substituir o exercício soberano da autodeterminação ». Continuar a ler

Anúncios
Categories: A guerra dos Estados Unidos, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: