ÁFRICA

Equipe britânica de resposta rápida e saúde pública.

“Se continuarmos a procurar uma vacina contra o Ebola no Congo, podemos espalhar o coronavírus”, diz Daniel Bausch, diretor da Equipe de Resposta Rápida e Saúde Pública do Reino Unido, que trabalha com surtos de doenças infecciosas em países pobres. Por que a África não foi afetada tanto pelo coronavírus quanto o previsto? Por que a evolução do surto de COVID-19 é diferente em cada país da América Latina? Veja isso na “Entrevista” da RT.

Categories: # América Latina, #Brasil, #salud, ÁFRICA, eeuu, epidemia, governo idiota no Brasil", Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized, Union Africana, UNION EUROPEA | Etiquetas: , , , , , , , | Deixe um comentário

Lembrando e comemorando o Dia da África.

Categories: 25 de maio celebra-se no Dia Mundial de África, Africa, ANGOLA, ÁFRICA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, História, HISTORIA DE CUBA, INTERNACIONALISTAS DE ANGOLA, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

A África enfrenta um “desastre triplo”: o covid-19, inundações e uma infestação de gafanhotos.

A África Oriental está sofrendo as consequências de uma série de desastres naturais que ameaçam aumentar o risco de disseminação do novo coronavírus, alertou a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) nesta semana. )

África se enfrenta a un "triple desastre": el covid-19, inundaciones y una plaga de langostas

Além da covid-19, outro elemento desse “triplo desastre” foram as fortes chuvas que castigaram a região nesta primavera e causaram inundações e deslizamentos de terra na Etiópia, Quênia, Somália, Ruanda e Tanzânia, matando cerca de 300 forçando o deslocamento de mais de meio milhão.

“Estamos diante de uma situação humanitária excepcionalmente complexa. Estamos preocupados com o aumento do número de pessoas famintas e doentes nas próximas semanas, à medida que as inundações e a covid-19 continuam afetando seriamente a resiliência de muitas famílias na região. região “, disse o diretor regional da IFRC para a África, Simon Missiri.

O aumento da água deixou milhares de pessoas desabrigadas. Muitos dos que foram deslocados agora precisam procurar refúgio em centros de acomodação temporários, onde não é fácil, ou mesmo impossível, manter distância física.

A pior crise de gafanhotos dos últimos 25 anos

Além disso, as inundações complicaram as operações para controlar a praga de gafanhotos que se originou no Chifre da África e é considerada a pior crise nos últimos 25 anos.

“A expansão da crise, que tem potencial para se tornar uma praga regional, representa uma ameaça sem precedentes à segurança alimentar e aos meios de subsistência da região e pode gerar mais sofrimento, deslocamento e possíveis conflitos”, alerta a Organização. Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

A instituição alerta que a situação é especialmente alarmante na Etiópia, Quênia e Somália, onde houve uma reprodução maciça de insetos e novos enxames estão começando a se formar.

Segundo a FAO, isso prejudica o início da estação de crescimento e representa uma ameaça sem precedentes aos meios de subsistência em uma região extremamente vulnerável, onde mais de 20 milhões de pessoas já enfrentam séria insegurança alimentar.

Categories: #ONU, africa do sul, ÁFRICA, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Angola com mais dois casos positivos nas últimas 24 horas .

De acordo com Franco Mufinda, que fazia a habitual actualização de dados, os dois indivíduos,residentes no bairro do Hoji Ya Henda, no município do Cazenga, em Luanda, estavam na quarentena institucional.

dd

Estatisticamente Angola tem assim 52 casos positivos, com três óbitos, 17 recuperados e 32 activos (clinicamente estáveis), sendo que os casos de transmissão local são 25, incluindo o caso do cidadão de 82 anos de idade que resultou em morte, apesar, segundo o secretário de Estado, de estar sob investigação.

Relativamente ao bairro Hoji Ya Henda, apontou que já foram colhidas trés mil 335 amostras, sendo que o cerco sanitário neste bairro de Luanda vai ainda se manter, ao contrário do Bairro do Cassenda, Distrito Urbano da Maianga (Luanda), onde foram testadas 160 pessoas, com resultados negativos, que terá o levantamento da cerca sanitária na quarta-feira (20).

Categories: #salud, ANGOLA, ÁFRICA, Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

África sofre uma “praga bíblica”

Um vídeo capturado e postado pelo correspondente africano do The Washington Post, Max Bearak, mostra a magnitude de um desastre que assola a África Oriental nos últimos meses.

A gravação mostra um enorme enxame de gafanhotos do deserto perto do Monte Ololokwe, no centro do Quênia.

Categories: Acordo Climatico, Africa, Aquecimento Global, Mudanças Climáticas, Meio Ambiente, Oceanos, Temperaturas, ÁFRICA, África do Sul, Condições climatéricas, MEDIO AMBIENTE, Mudança climática, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Impacto devastador em todo o mundo. “

Eles alertam que os EUA e a Europa pode enfrentar até quatro ondas de coronavírus se a pandemia puder atingir a África

Advierten que EE.UU. y Europa podrían enfrentar hasta cuatro oleadas de coronavirus si se permite que la pandemia azote África

EUA e a Europa poderá ser afetada por até quatro novas ondas de coronavírus se a pandemia puder atingir o continente africano com força, alertou o diretor do Centro de Saúde Pública e Direitos Humanos da Organização Mundial da Saúde (OMS), Lawrence Gostin durante uma entrevista no programa Today da BBC Radio 4.

O especialista da OMS fez sua previsão referindo-se à decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de retirar o financiamento da organização. Ele previu que essa medida poderia ter um “impacto devastador em todo o mundo”.

Sociedade interconectada
Gostin observou que o surto de covid-19 está prestes a marchar pela África e se a situação da saúde está fora de controle nos países africanos, tanto na Europa quanto nos EUA. Eles podiam ver uma segunda, terceira e até quarta onda da doença, recolhe o jornal britânico Daily Mail.

“Mesmo que os EUA e a Europa tenham o coronavírus sob controle, se houver surtos da epidemia em outras partes do mundo, nesta sociedade interconectada em que vivemos, ela retornará à Europa e aos EUA”, disse o especialista.

“Então, na realidade, estamos tão seguros quanto o elo mais fraco da cadeia global”, disse Gostin, referindo-se aos países com menos recursos.

A decisão de Washington de limitar os fundos à OMS em meio a uma pandemia e com dezenas de “milhares de pessoas morrendo” da doença foi descrita por Gostin como “preocupante e desanimadora”.

Nesta terça-feira, o presidente Donald Trump anunciou que os Estados Unidos Ele deixará de fornecer financiamento para a OMS, alegando que aguarda uma revisão da agência por seu papel em “má gestão severa e encobrimento da disseminação do coronavírus”.

O presidente dos EUA anteriormente acusou o corpo de favoritismo em relação a Pequim e o criticou por se opor à sua restrição de viajar da China. O inquilino da Casa Branca também observou que a OMS perdeu tempo quando o surto começou e lamentou não ter tomado medidas “meses antes”.

EUA Foi um dos principais doadores de dinheiro para a OMS, contribuindo com quase US $ 400 milhões anualmente, ou o que seria aproximadamente 15% do orçamento da entidade.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #salud, #Trump, ÁFRICA, EUROPA, FORA TRUMP, OMS, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, SALUD, Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

OPEP: Países africanos pedem acordo para sobrevivência

Câmara de Energia Africana (CEA), que representa os produtores africanos de petróleo e gás, exortou, ontem, a OPEP a chegar a acordo sobre os preços, argumentando que está em causa a “sobrevivência da indústria”.

JA/LD
dd
“Na véspera da reunião de 9 de Abril da OPEP, a CEA exorta os países a trabalharem em conjunto e chegarem a acordo para restaurar a sustentabilidade do mercado”. Alerta que “a situação nas economias petrolíferas africanas é difícil e o continente precisa de um acordo para garantir a continuidade e a sobrevivência da indústria”.

Segundo a Lusa, a CEA lembra que “como a OPEP não chegou a acordo sobre a manutenção dos cortes à produção em Março, os principais produtores de petróleo têm estado a aumentar a produção para manter e subir a quota de mercado”. O problema, acrescenta, é que “o aumento da produção surgiu na sequência de um choque na procura devido à pandemia da Covid-19, e fez descer os preços para uma média histórica de 20 dólares”.


No seguimento da queda dos preços, vários projectos de investimento foram adiados, diz a CEA. A organização exemplifica com a decisão final de investimento da ExxonMobil no projecto do gás natural da bacia do Rovu-ma, em Moçambique, que a generalidade dos analistas dá como adiado, mas sobre a qual não existe uma confirmação oficial da petrolífera, ou com outro projecto significativo no Senegal.

“Mais importante do que isso, vários contractos de exploração e perfuração foram cancelados, ou simplesmente não vão acontecer, como é o caso de ope
rações muito aguardadas na Gâmbia e em Angola”, alertam. “A crise do confinamento dos países devido à pandemia e a guerra dos preços está a ter um efeito devastador para África e companhias produtoras”, diz o presidente executivo da CEA, NJ Ayuk, citado no comunicado, no qual argumenta que “a guerra de preços não terá um vencedor”.

A OPEP e aliados adiaram para 9 de Abril a reunião prevista para segunda, sobre o colapso das cotações do petróleo associado à pandemia da Covid-19, segundo o Governo do Azerbaijão. “A reunião foi adiada para 9 de Abril”, disse há dias à agência noticiosa France-Presse (AFP) a porta-voz do Ministério da Energia, Zamina Aliyeva, garantindo desconhecer os motivos do adiamento do encontro.

Os principais produtores de petróleo querem retomar as negociações para enfrentar o marasmo do seu mercado.


O corte da produção deverá ser de 10 milhões de barris por dia, um volume apontado na sexta-feira pelo Presidente da Rússia, Vladimir Putin, que defendeu a necessidade de “unir esforços para equilibrar o mercado e reduzir a produção”.

Categories: #salud, ANGOLA, Angola y Portugal, ÁFRICA, ECONOMIA, economia nacional, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Petroleo, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Angola:Covid 19 Aumenta para 19 casos positivos .

A ministra da Saúde, Silvia Lutucuta, informou, na habitual conferência de imprensa sobre actualização dos dados da Covid-19 no país, a existência de mais dois casos positivos nas últimas 24 horas.

dd
“São casos importados, até agora não temos transmissão local”, Afirmou Silvia Lutucuta.

Segundo a ministra, já foram feitas as encomendas dos reagentes, testes rápidos e cartuchos. Até a segunda quinzena do mês corrente, o material médico estará no país e será possível fazer testagens de forma  mais descentralizada.

“Vamos entrar para este período, eventualmente, período difícil, não queremos chegar lá, mas temos que estar preparados e a preparação começa nos profissionais de saúde, porque eles são realmente a componente mais importante para enfrentar esta pandemia”. Realçou Silvia Lutucuta.

TPA/FS

Categories: #salud, ANGOLA, ÁFRICA, Profesionales e la Salud, SALUD, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

África registra 9.000 casos e mais de 400 mortes por Covid-19

O Escritório Regional da África da Organização Mundial da Saúde (OMS África) confirmou que 642 novos casos confirmados e 54 mortes de Covid-19 foram registrados em todo o continente nas últimas 24 horas.

Com esses dados, atualizados nesta segunda-feira, a região africana atinge a soma de 9.178 pacientes portadores do novo coronavírus. E reivindicou a vida de um total de 414 pessoas.

Ver imagen en Twitter

Os países mais afetados em termos de casos confirmados são África do Sul, Argélia, Egito, Marrocos, Camarões e Tunísia.

Quanto às mortes, o país argelino encabeça a lista com 130 mortes, seguido pelo Egito, Marrocos, Tunísia, República Democrática do Congo e Burkina Faso.

O Centro Africano de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) alertou os governos da região sobre o rápido aumento de casos e mortes confirmados nas últimas 24 horas.

Por seu lado, a União Africana fortaleceu o Centro de Operações de Emergência e o Sistema de Gerenciamento de Incidentes, ativado em janeiro passado devido à proliferação do novo coronavírus.

As autoridades africanas esperam impedir a incidência do Covid-19 no território com a adoção de medidas preventivas, que vêm implementando há semanas.

Categories: #salud, ÁFRICA, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, SALUD, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

O governo venezuelano recebeu inúmeros sinais de apoio e solidariedade, inclusive da Rússia, China e do Congresso Nacional Africano, em face da agressão americana.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, expressou sua gratidão ao Congresso Nacional Africano (CNA), partido governante da África do Sul, que condenou os novos ataques do governo dos Estados Unidos (EUA) contra o país sul-americano.

En la imagen de archivo, aparecen líderes del gobernante Congreso Nacional Africano (CNA) de Sudáfrica.

Em uma mensagem em sua conta na rede social do Twitter, o ANC publicou uma declaração na qual condenava o intenso ataque do governo do presidente dos EUA, Donald Trump, “contra o povo da Venezuela e seu governo eleito democraticamente”.

Em outro tweet, Arreaza expressou: “Agradecemos ao histórico Congresso Nacional Africano de Nelson Mandela, líder da aliança que governa na África do Sul, por sua solidariedade com o povo e o governo da Venezuela diante da agressão americana”.

Juntos derrotaremos o imperialismo! Ngiyabonga !! (Obrigado em Zulu) ”, disse o ministro das Relações Exteriores da Venezuela.

Caracas sustenta que as agressões que Washington está enfrentando têm o objetivo de derrubar o governo bolivariano.

O governo Trump ofereceu uma recompensa milionária ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e a outros líderes do país sul-americano, acusados de supostos laços com o narcotráfico, além de propor uma “oferta” para formar um governo de transição, que foi rejeitado pelas autoridades venezuelanas.

O governo venezuelano recebeu nos últimos dias inúmeros sinais de solidariedade, incluindo o da Rede de Defesa da Humanidade (REDH) e as autoridades da Rússia e China, entre outros.

Categories: # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Colombia, Ejército de Liberación Nacional (ELN), Guerrilla, Paz, #Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EUA contra uma possível intervenção militar na# Venezuela, #salud, #Trump, #Venezuela, #Venezuela, #Nicaragua, @Trump, A Venezuela que a mídia nos diz, Africa, africa do sul, agressão internacional contra a Venezuela,, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, ÁFRICA, África, sempre digna, ·Venezuela, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Cuba, Venezuela y Nicaragua, Donald Trump, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, epidemia, EUA contra a Venezuela na ONU, FORA TRUMP, governo de transição na Venezuela, interessados na Venezuela?, invasão militar contra a Venezuela, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, SALUD, Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, União Africana, Union Africana, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: