Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force

O que não se sabe sobre a #Internet em #Cuba.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A Força-Tarefa da Internet para Cuba do Departamento de Estado, A força-tarefa e a guerra na internet contra Cuba, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, CUBA - ESTADOS UNIDOS, CubavsBloqueo, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Redes sociais, uso da Internet em telefonia móvel | Deixe um comentário

Solidariedade do 🌏 em relação a Cuba .

Categories: # Cuba, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, bloqueo contra cuba, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CubavsBloqueo, MEXICO, Presidente do Mexico, Solidaridad | Deixe um comentário

#Cuba mais acompanhada enquanto o governo dos #EUA procura asfixiá-la .

Autor: Elson Concepción Pérez | internet@granma.cu

Acrescento e volto a acrescentar, e o número de povos e governos que apoiam Cuba numa altura em que a administração americana e os anexadores em Miami estão a tentar sufocar-nos está a crescer.

Os mais recentes: 184 Estados membros da ONU votaram contra o bloqueio a 23 de Junho e apenas dois, os Estados Unidos e Israel, votaram contra Cuba.

O império optou então por “apertar” o nó à volta do pescoço dos cubanos com um plano para encorajar motins, apelar à desobediência civil e lançar uma campanha mediática caracterizada pelo uso de mentiras, tentando ganhar seguidores dentro e fora do país e até subornar funcionários, chantageando governos, e pagando a terroristas e mercenários para irem para as ruas impor violência e ódio.

Vozes de solidariedade de todo o mundo têm sido acompanhadas pela condenação do plano dos EUA e exigências para que o bloqueio seja levantado.

Do mesmo modo, e em medida crescente, governos amigos como a Rússia, China, Vietname, México, Bolívia, Venezuela, Nicarágua e outros enviaram alimentos, medicamentos e suprimentos médicos vitais para a ilha, face ao ressurgimento da pandemia.

Enquanto outros permanecem em silêncio, o Movimento dos Não-Alinhados condenou fortemente o ataque terrorista com cocktails Molotov contra a embaixada cubana em França, bem como o uso indevido das tecnologias de informação para incitar e cometer actos de terrorismo, apoio pelo qual o membro do Gabinete Político e Ministro dos Negócios Estrangeiros, Bruno Rodríguez Parrilla, expressou a sua gratidão no Twitter.

Caricom, o Grupo Puebla, ALBA, CELAC e líderes políticos latino-americanos também expressaram a sua solidariedade com Cuba e a exigência de que o governo do Presidente Joe Biden elimine, pelo menos, as 243 medidas adicionais ao bloqueio implementadas durante o mandato de Donald Trump.

Uma menção especial para estas manifestações de solidariedade tem de ser feita ao que aconteceu nos próprios Estados Unidos, onde grupos de cubanos e amigos de outros países, unidos no projecto Pontes de Amor, fizeram uma digressão de Miami a Washington, e em frente à Casa Branca ergueram a sua voz e agitaram a bandeira tricolor, exigindo que Cuba fosse respeitada como um país livre e soberano.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CubavsBloqueo, Solidaridad | Deixe um comentário

#CUBA, tem que ver .

Categories: # Cuba, #Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Andrés Manuel López Obrador, Bolivia, estados unidos, Evo Morales, Grupo de Lima, Luis Almagro, Mexico, Nicolás Maduro, Red Europea de Solidaridad con la Revolución Bolivariana, venezuela, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, congresso, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, HISTORIA DE CUBA, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, Redes sociais, Solidaridad | Deixe um comentário

Foi assim que foi organizada a quarta geração da operação de guerra contra #Cuba. #NoMasGolpeBlando

Categories: #Estados Unidos, A Força-Tarefa da Internet para Cuba do Departamento de Estado, A força-tarefa e a guerra na internet contra Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Barack Obama Bruno Rodríguez ParrillaDonald Trumpoficina del Servicio de Ciudadanía e Inmi, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, congresso, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, mentiras construídas em Washington contra Cuba, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Redes sociais, uso da Internet em telefonia móvel, Washington, Washington deseja apenas como vizinhos os governos servis | Deixe um comentário

Mais mentiras, coincidências e ironias.

Coincidentemente, a 20 de Julho de 2021, a administração do Presidente Joe Biden libertou Abdul Latif Nasir, de 56 anos de idade, que foi preso em 2001 por suspeita de ter ligações com os Taliban e de lutar contra as forças militares dos EUA no Afeganistão. Latif Nasir tinha estado detido na base ilegal de Guantánamo desde 2002 e, tal como muitos outros reclusos de lá, nunca foi oficialmente acusado de um crime, de acordo com o The New York Times, citado pela RT.

Guantánamo ainda detém 39 reclusos, 28 dos quais não foram acusados de um crime durante as quase duas décadas em que estiveram detidos na prisão, acrescenta o diário norte-americano.

As provas revelam uma “justiça” aplicada no país que acusa outros, sem a mais pequena verdade, devido a mentiras fabricadas sobre “detenções arbitrárias” ou “pessoas desaparecidas” em Cuba.

A 21 de Julho, de Miami, nos Estados Unidos, a agência noticiosa EFE saltou para o mesmo comboio de notícias falsas e informou que “os congressistas americanos pediram à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da OEA para investigar as alegações de milhares de desaparecimentos forçados e violações por parte do regime cubano durante os protestos que começaram a 11 de Julho”.

Vejamos mais de perto o texto do despacho: … “alegações de milhares de desaparecimentos forçados e violações”. Não há uma única parte do que qualquer manual editorial ou código de ética de uma imprensa e de um jornalista estabelece, que estabelece a verificação sempre com várias fontes antes de fazer julgamentos que, como neste caso, não são verdadeiros e podem desacreditar o editor e os meios de comunicação aos quais ele ou ela pertence.

Mas este tipo de uso de palavras e opiniões fabricadas, como neste caso, é sem dúvida um hábito no mundo da mentira.

A outra parte do conteúdo corresponde aos congressistas que, não por acaso, representam distritos na Florida – onde mais! – e que exortam a referida comissão da OEA – vergonha para eles – a “iniciar uma investigação imediata sobre as violações dos direitos humanos do povo cubano por parte do regime”.

Uma recomendação que lhes pode ser dada: recorrer à OEA desacreditada para os seus objectivos não menos desacreditados apenas acrescenta lama a uma instituição que não tem credibilidade em Cuba.

E para o pequeno povo da barulheira política aninhado em Miami, uma cidade americana que ainda hoje abriga assassinos e terroristas notórios, talvez um dia haja um governo nesse país que não tenha qualquer compromisso com políticos cuja história não é outra senão o de encher os seus bolsos com dólares obtidos da indústria da contra-revolução.

O envio de notícias da EFE estaria incompleto se não incluísse outra citação que, evidentemente, ecoa: “Segundo o senador cubano-americano Marco Rubio, o regime de Miguel Díaz-Canel deteve e desapareceu milhares de cubanos por terem participado nestes protestos pacíficos”.

E finalmente, outra recomendação aos jornalistas e agências que enchem os seus escritórios com este tipo de notícias falsas: valeria a pena realizar uma investigação séria sobre o que aconteceu na prisão ilegal ou no centro de tortura criado pelos Estados Unidos em Guantánamo, um pedaço de terra retirado de Cuba, onde os detidos se encontram detidos há mais de 20 anos e nem sequer sabem porque foram levados para lá.

É então possível encontrar na própria casa imperial a explicação do que é uma detenção arbitrária e um desaparecimento forçado.

Não acha que sim?

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Base Naval ilegal de Guantánamo., Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, HISTORIA DE CUBA, MIAMI | Deixe um comentário

Académicos norte-americanos apelam ao fim do #Bloqueio a #Cuba .#PuentesDeAmor #SolidaridadVSBloqueo #JoeBiden #ElBloqueoMata

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Cuba, #CubaCoopera, #solidaridadvs bloqueo, A força-tarefa e a guerra na internet contra Cuba, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CubavsBloqueo | Deixe um comentário

A vacina cubana contra o coronavírus… é chinesa?

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, fake news, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, China, CIENCIA, Cientistas, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Cuba, fake news, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Redes sociais, Vacinação | Deixe um comentário

#Cuba: Nota de #Prensa del #MINREX .

Categories: # Cuba, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, A força-tarefa e a guerra na internet contra Cuba, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Cuba, Historia de Cuba, Tarará, Acciones contra Cuba, fake news, BLOQUEIO VS CUBA, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, campanha anti-cubana, joe biden, MINREX, SANCIONES | Deixe um comentário

#Caravanas #PontesDeAmor contra o #Bloqueio e #Sanções contra #Cuba .

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CubavsBloqueo, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, SANCIONES, Solidaridade | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: