bolivia

A #OEA rejeita as alegações da #Bolívia de intromissão.

Categories: # OEA, #OEA,Luis Almagro, bolivia, Injerencia De EEUU | Deixe um comentário

A #Bolívia rejeita as acusações da #OEA e acusa #LuisAlmagro de polarizar o país com “mentiras”.

Categories: #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Estados Unidos, #Luis Almagro, #OEA, #OEA,Luis Almagro, Almagro e a cloaca do império, bolivia, Brasil, Injerencia De EEUU, Manipulação Política, Organização dos Estados Americanos (OEA), Venezuela, Proclamada Jeanine Áñez, Secretário Geral, Luis Almagro | Deixe um comentário

O Departamento de #Saúde dos #EstadosUnidos pressionou o #Brasil a rejeitar a vacina russa #SputnikV .

Categories: # Cuba, # Venezuela, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Estados Unidos, #salud, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, bolivia, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, ECUADOR, epidemia, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Injerencia De EEUU, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, RUSIA, Vacinação | Deixe um comentário

#JeanineÁñez escondeu-se debaixo da sua cama para ficar fora da prisão: Porque é que ela está a ser presa?

Categories: # OEA, #OEA,Luis Almagro, bolivia, Carta Democrática da OEA, Proclamada Jeanine Áñez | Deixe um comentário

O juiz boliviano condena #JeanineÁñez e dois dos seus ex-ministros a quatro meses de prisão preventiva.

A juíza boliviana Regina Santa Cruz ordenou quatro meses de prisão preventiva para o ex-presidente de facto do país, Jeanine Áñez, bem como para os ex-ministros de facto Álvaro Coímbra e Rodrigo Guzmán.

Embora o Ministério Público do país tivesse pedido seis meses enquanto a investigação estava a decorrer, o Juiz Santa Cruz considerou o tempo de detenção preventiva excessivo.

La medida se toma porque la jurista Santa Cruz considera que existe un alto riesgo de que Áñez huya de la Justicia boliviana.

Áñez e os seus colaboradores que lideraram o golpe em 2019 contra o então presidente boliviano, Evo Morales, são investigados por terrorismo, sedição e conspiração.

A medida é tomada porque o jurista Santa Cruz considera que existe um elevado risco de Áñez fugir da Justiça boliviana tendo em conta que, no momento da sua captura, este tentou fugir escondido numa caixa.

Durante a audiência, que durou mais de 10 horas, tanto Áñez como os seus antigos ministros Coímbra e Guzmán permaneceram num gabinete da Força Especial de Combate ao Crime.

No sábado passado, o Ministro do Governo, Carlos del Castillo, confirmou a detenção do antigo presidente de facto, “informo o povo boliviano que a Sra. Jeanine Áñez foi detida e está agora nas mãos da polícia”, disse o funcionário.

Categories: bolivia, CORRUPÇÃO, Democracia, Golpe de Estado, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, Proclamada Jeanine Áñez | Deixe um comentário

Ministro boliviano afirma que Rússia traz equilíbrio para a América .

O ministro das Relações Exteriores da Bolívia, Rogelio Mayta, garantiu nesta segunda-feira em entrevista a um meio de comunicação internacional que a Rússia tem um papel importante na América Latina, pois pode criar um equilíbrio contra a ingerência dos Estados Unidos (EUA) na região.

El ministro de Relaciones Exteriores, Rogelio Mayta, agregó que la influencia estadounidense en Latinoamérica entorpeció los procesos de integración como la Unasur y Celac.

“Por alguns anos, a Rússia desempenhou um papel importante. É capaz de sustentar os equilíbrios necessários. A América Latina ficou muito mais com uma certa influência dos Estados Unidos”, disse o chefe da diplomacia nacional sul-americana.

O ministro acrescentou que a influência dos Estados Unidos dificultou processos de integração como a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

“Os processos de integração que estávamos fazendo, como Unasul ou Celac, foram prejudicados por interesses estrangeiros”, disse Mayta. Além disso, afirmou que “algumas potências” veem na desunião dos países latino-americanos a possibilidade de continuar aproveitando seus recursos.

“Mas a presença da Rússia cria uma tendência para a existência de novos equilíbrios, que são necessários”, reiterou o alto funcionário, que declarou que a Bolívia espera que os EUA modifiquem sua relação com a América Latina antes do surgimento de um mundo multipolar.

“Temos esperança de que neste mundo que está mudando, em que existe uma multipolaridade onde o papel da Rússia e da China é fundamental, os EUA também redefinam sua relação com a América Latina e a Bolívia”, disse Mayta.

Categories: #Estados Unidos, bolivia, China, Democracia, Golpe de Estado, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Injerencia De EEUU, RUSIA | Deixe um comentário

Que argumentos têm os que defendem o Prêmio Nobel da Paz para a Brigada Henry Reeve no mundo?

Autor: Nuria Barbosa León | internet@granma.cu

O clamor mundial pela entrega do Prêmio Nobel da Paz ao contingente de Henry Reeve, especializado em desastres e graves epidemias, percorre o mundo, e seus argumentos são os mais justos e humanos para receber tão alto prêmio.

A campanha começou, por proposta de organizações de solidariedade na Europa, principalmente na França, com os movimentos Cuba Linda e Francia Cuba, em abril de 2020, e recebeu imediatamente o apoio de forças políticas, escritores e artistas, legisladores e funcionários. pessoas comuns que amam a justiça e o progresso, por meio das redes sociais e com pedidos encaminhados ao Comitê norueguês, responsável pela concessão.

Recentemente, cidadãos mexicanos de diferentes áreas da sociedade se juntaram, liderados pela vencedora do prêmio Cervantes, Elena Poniatowska.

Os defensores da candidatura alegam que, desde seu nascimento em 2005, por ideia do comandante em chefe Fidel Castro, suas primeiras missões na Guatemala e no Paquistão salvaram a vida de milhares de pessoas, após sofrerem os efeitos da tempestade tropical. Stan e um terremoto de grande intensidade no território asiático.

Embora não tenham podido ajudar o povo americano, vítima do furacão Katrina, devido à crueldade política dos governantes daquele país, a partir de 19 de setembro (data de fundação), as múltiplas brigadas têm prestado assistência aos mais necessitados de assistência médica, incluindo os Epidemia de cólera no Haiti, epidemia de Ebola na África, inundações no México e Bolívia e diversos terremotos na China, Indonésia, Chile, Peru e o próprio Haiti, em 2010.

Eles chegam aos locais de trabalho, transportando o hospital de campanha, que montam nos primeiros dias de internação, e carregam os pertences para um trabalho de sobrevivência de vários dias. O seu trabalho se alia ao ensino, já que formam paramédicos, e à investigação, já que suas experiências se refletem nas autoridades sanitárias onde atuam.

Além disso, são constituídos para cumprir rigorosamente os protocolos de Saúde de cada país, integram-se à estrutura de saúde e recebem seus pacientes gratuitamente, mesmo que não falem a mesma língua. Da mesma forma, estão preparados para oferecer cobertura médica em áreas remotas e de difícil acesso.

Seu maior mérito é salvar a vida de milhões de pessoas, com dedicação, profissionalismo, altruísmo e solidariedade, estendendo a mão, oferecendo amor, alegria e esperança de vida a todos os seus pacientes, independentemente da cor da pele, ou da religiosidade. , riqueza ou parentesco filial.

Conceder o Prêmio Nobel da Paz às brigadas Henry Reeve, segundo as pessoas que o defendem em todo o mundo, significa dar essa distinção a um grupo que realmente contribui e trabalha para o bem da humanidade. Ao mesmo tempo, uma resposta global será dada àqueles que não podem aceitar que um pequeno país bloqueado pelo imperialismo possa oferecer um serviço tão grande ao mundo.

Hospital de campañana cubano en Abbottabad que lleva por nombre

Embora suas ações não tenham sido motivadas pela obtenção de prêmios, eles detêm o Prêmio Saúde Pública em Memória do Dr. Lee Jong-Wook, concedido pela Organização Mundial da Saúde, em maio de 2017, em reconhecimento ao trabalho realizado na luta contra o Ebola na África.

De acordo com os requisitos para obter o Prêmio Nobel da Paz, eles contam o sacrifício, a dedicação, a vontade e o simples desejo de fazer o bem aos outros. Portanto, é meritório reconhecer a dignidade, a ética, o sacrifício e a honestidade que caracterizam os médicos cubanos, que partem para outros territórios movidos pelo princípio do internacionalismo proletário.

Categories: #Chile, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Fidel, #Francia, #Peru, #salud, #YoSoyFidel, Africa, ·Medicos Cubanos, ·Venezuela, bolivia, China, Coronavirus, CoronaVirus, Política, CUBA-EUROPA, Cuba-Mexico, EUROPA, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, HAITI, Indonésia, MasQueMedicos, MEXICO, Misión Milagro, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Direitos Humanos nos Estados Unidos: Esterilização Forçada.

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Um novo crime abala a opinião pública mundial pela dose de insensibilidade que demonstra e pelo caráter desumano e racista de seus executores.

O Serviço de Controle de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, ICE por sua sigla em inglês, foi acusado de remover o útero de imigrantes sob custódia daquela instituição.

A denúncia foi apresentada ao Escritório do Inspetor Geral (OIG) do Departamento de Segurança Interna (DHS) pelo Project South, Georgia Detention Watch, Georgia Latino Alliance for Human Rights e South Georgia Immigrant Support Network.

Os querelantes foram atingidos pelo alto índice de mulheres no Irwin County Detention Center (ICDC) na Geórgia – operado pela La Salle Corrections, uma empresa privada de prisão – submetidas a histerectomia nos últimos meses, cirurgia em aquele que remove todo ou parte do útero.

El Servicio de Control de Inmigración y Aduanas de Estados Unidos, ICE por su sigla en inglés, ha sido acusado por la extirpación del útero a inmigrantes bajo custodia de esa institución

As mulheres imigrantes que se submeteram ao procedimento foram enganadas sob a promessa de receber atendimento médico para resolver diversos problemas de saúde, noticia o jornal The New York Times.

Mas o caso não para por aí. Todos os dias, novos depoimentos de mulheres esterilizadas continuam a aparecer em diferentes centros de detenção, o que constitui uma violação da autonomia do corpo e dos direitos reprodutivos das detidas.

Cerca de 173 legisladores federais dos Estados Unidos enviaram uma carta ao Inspetor Geral do Departamento de Segurança Interna exigindo uma investigação imediata das queixas feitas: “Estamos horrorizados ao ver relatos de histerectomias massivas realizadas em detidos sem consentimento completo e informado.”

Porém, esse tipo de prática não é novidade naquele país. As autoridades norte-americanas em diferentes períodos da história as utilizaram, sobretudo, contra afrodescendentes, mexicanos, indígenas e prisioneiros.

No início do século 20, leis eugênicas foram promovidas em 32 estados, o que permitiu a esterilização de mais de 60.000 mulheres consideradas mentalmente deficientes ou mentalmente fracas e, mais recentemente, nas prisões da Califórnia 150 mulheres foram vítimas dessa prática entre 2006 e 2010.

O US Government Accountability Office publicou um relatório em 1976 sobre esterilizações realizadas em mulheres pertencentes a povos indígenas. Em quatro das 12 regiões investigadas, 3.406 operações foram realizadas entre 1973 e 1976 sem o consentimento das mulheres.

Em 1962, o Corpo de Paz dos Estados Unidos realizou a histerectomia forçada de mulheres indígenas na América Latina, aproveitando a boa fé, a ignorância e a necessidade das populações empobrecidas.

Mulheres guatemaltecas foram utilizadas em experimentos com produtos químicos e outros procedimentos que causam infertilidade permanente, financiados pela organização internacional Population Council, de acordo com o relatório Do controle da natalidade ao genocídio, elaborado pelo médico espanhol Alfredo Embid, coordenador do a Associação de Medicina Alternativa da Espanha.

No relatório do Dr. Embid, afirma-se que essas foram políticas implementadas pelos Estados Unidos em países do terceiro mundo, e detalha casos nas Filipinas, Indonésia, Índia, Bangladesh, Colômbia, República Dominicana, Porto Rico, El Salvador, Panamá, Bolívia, Brasil e Peru.

Essas práticas do governo dos EUA violam não apenas os princípios éticos e morais, mas também os direitos humanos das vítimas.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #Peru, amedrentamiento y violencia contra sectores populares e indígenas, bolivia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Colombia, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, Contra a violência armada., Derechos Humanos, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, el salvador, ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, Imperialismo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, FORA TRUMP, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, India, Indonésia, La decadencia de Estados Unidos, Luis Almagro, Nicarágua, Organização dos Estados Americanos (OEA), Manipulacion Politica, Organizacion e Estados Americanos (OEA), panamá, Politica, Politica Exterior, porto rico, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Relações Estados Unidos Cuba, República Dominicana, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: