#Brasil

O Departamento de #Saúde dos #EstadosUnidos pressionou o #Brasil a rejeitar a vacina #Russa #Sputnik V .

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA publicou recentemente o seu relatório anual descrevendo 2020 como “um dos anos mais desafiantes da história” do país.

O documento prevê “o fim da pandemia” graças à “entrega de vacinas seguras e eficazes através da Operação Warp Speed”, um programa público-privado dedicado à criação de vacinas e métodos de tratamento covid-19.
“Fighting Malign Influences in the Americas”.

O relatório revela também que Washington pressionou o governo brasileiro a não comprar a vacina russa Sputnik V. Sob o subtítulo “Fighting Malign Influences in the Americas”, o documento explica como o Gabinete de Assuntos Globais (OGA) do Departamento de Saúde dos EUA utilizou as relações diplomáticas para “mitigar os esforços dos Estados, incluindo Cuba, Venezuela e Rússia, que estão a trabalhar para aumentar a sua influência na região, em detrimento da segurança dos EUA”.

El Departamento de Salud de EE.UU. presionó a Brasil para rechazar la vacuna rusa Sputnik V

A OGA coordenou com outras agências governamentais dos EUA para reforçar as relações diplomáticas e oferecer assistência técnica e humanitária para dissuadir os países da região de aceitar a ajuda destes estados maliciosos”, afirma o relatório.

Como parte desta estratégia, o documento confirma que o gabinete do Adido de Saúde da OGA foi utilizado para “persuadir o Brasil a rejeitar a vacina russa contra a covid-19”. Além disso, verificou-se que os Estados Unidos dissuadiram o Panamá de aceitar médicos cubanos, que têm lutado na linha da frente contra a pandemia em mais de 40 países.

Para além do Brasil, Washington enviou adidos de saúde à China, Índia, México e África do Sul, provavelmente encarregados de levar a cabo actividades semelhantes.

Em resposta às notícias, os criadores do Sputnik V afirmaram que “os países devem trabalhar em conjunto para salvar vidas”. “Os esforços para minar as vacinas não são éticos e estão a custar vidas”, diz um post na conta oficial da droga russa no Twitter.

Categories: # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #Venezuela, Brasil, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos Venezuela, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos,, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), panamá, Profesionales e la Salud, RUSIA, Vacinação | Deixe um comentário

A condenação #Lula do #Brasil foi anulada: Lições a aprender de #LavaJato e ‘lawfare .

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Lula, #LulaLivre, Partido de la Social Democracia Brasileña, (PT) do Brasil, CORRUPÇÃO | Deixe um comentário

Jornalista afirma que ‘Lava Jato’ “não cumpriu nenhum de seus objetivos”.

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Lula, #LulaLivre, Partido de la Social Democracia Brasileña, Justicia brasileña señala contradicciones en sentencia contra expresidente Lula, Manipulacion Politica, Politica | Deixe um comentário

O #Brasil está em sua pior fase devido ao #Covid-19.

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Lula, #salud, Coronavirus, CoronaVirus, Política, epidemia, Lula, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

#Brasil patria amada .

Esse auxílio é para matar a fone de quem ficou desempregado durante a pandemia. Não pode ter valor de esmola.

Imagem
Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #salud, (PT) do Brasil, Brasil, Coronavirus, CoronaVirus, Política, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

#Covid-19 no #Brasil .

Um mil novecentos e dez mortes em 24h. Luto Brasil! 1910 .

Imagem
Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #salud, (PT) do Brasil, Brasil, Coronavirus, CoronaVirus, Política, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

# 2Mar sob a lupa .

Um servidor já havia alertado sobre as sinistras “novas variantes” do COVID-19 que surgiram na Grã-Bretanha (GB), África do Sul e Brasil.

O Washington Post relata que as duas vacinas dos EUA, Pfizer e Moderna, “mostraram uma capacidade diminuída de neutralizar a cepa agora dominante na África do Sul”.

O New York Times confirma que a vacina AstraZeneca “não funciona bem (sic) contra a variante sul-africana” e sofre um “tropeço forte”, após a chegada, uma semana depois, do milhão de doses (da Índia) da vacina De britânicos para a África do Sul que “cessaram seu uso depois que surgiram evidências de que não protegia voluntários em ensaios clínicos, com doença leve ou moderada, causada pela variante mais contagiosa”.

O Financial Times (FT, 17.02.21) não tem escolha a não ser admitir que “a vacina da Pfizer é menos potente contra a variante sul-africana” quando “produz apenas (sic) um terço dos anticorpos que produziu para o vírus original”. O jornal britânico globalista FT cita a esse respeito a exaltada publicação norte-americana The New England Journal of Medicine.

A variante sul-africana está agora presente em 32 países e “tornou-se a forma dominante do vírus em outros lugares”, o que é complicado nos “países mais pobres” que “podem se tornar focos infecciosos das novas mutações”.

Más notícias: as duas novas vacinas muito promissoras dos EUA, Novavax e Johnson & Johnson, “são menos eficazes contra a cepa sul-africana”.

O problema na África do Sul, com uma população de 57 milhões, é agravado pela prevalência da AIDS – a quarta no mundo, com 17,3 por cento! – que é exacerbada pela inoculação de vacinas contra COVID-19 quando surgiram os primeiros lugares no mundo da AIDS pertencem ao continente africano.

A propósito, as autoridades sul-africanas foram à jugular com a Big Pharma por acumular vacinas COVID-19 em detrimento do resto do mundo.

É preocupante que não seja abordada a nova variante do Brasil, o país mais populoso da América do Sul com mais de 213 milhões de habitantes, muitos dos quais já foram devastados e devastados pelo vírus original e agora por sua recente mutação.

Em um corte recente, não há dados conclusivos sobre o desempenho da vacina russa Sputnik V contra as três novas variantes da África do Sul, Brasil e Reino Unido. O Sputnik V usa um “vetor viral duplo”, cujo adenovírus reduz substancialmente o risco de o sistema imunológico desenvolver resistência ao vetor inicial, ajudando a criar uma resposta mais vigorosa.

Em contraste, a vacina chinesa Sinovac exulta “tendo bons resultados contra as novas variantes da África do Sul e da Grã-Bretanha” que viraram os fabricantes de produtos biológicos de cabeça para baixo.

O SCMP, com sede em Hong Kong, expõe a grande chance da Sinovac de que “as vacinas vivas oferecem um amplo espectro de proteção”, mas “sem exibir os dados para apoiar sua afirmação”.

Apesar dos ajustes forçados em suas vacinas, que os fabricantes anglo-saxões já começaram a implementar, o vendedor de vacinas globalista, o apocalíptico Bill Gates, talvez para aliviar os recentes contratempos, agora está propondo uma terceira (sic) inoculação das cinco vacinas empresas da UE sem fornecer provas fiáveis ​​para o fazer.

Depois de um tempo, talvez para vender mais produtos biológicos, o polêmico BG – dono da vacina Inovio, que ficou para trás – irá propor uma inoculação vitalícia anual.

Infelizmente, o eixo anglo-saxão dos Estados Unidos e do Reino Unido optou pela “guerra de propaganda” de suas vacinas, no limiar de uma guerra total, em vez da tão esperada colaboração internacional com a China e a Rússia.

Foi muito sonho. Agora, quem assumiu a ideologia anglo-saxônica é BG.

(Retirado de La Jornada)

Categories: #Brasil, #Estados Unidos, #salud, Africa, africa do sul, China, Coronavirus, CoronaVirus, Política, epidemia, India, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, RUSIA, Vacinação | Deixe um comentário

Secretário de saúde do Brasil denuncia falta de liderança para enfrentar a pandemia.

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #salud, Coronavirus, CoronaVirus, Política, epidemia, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Tá ruim de pontaria .

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro | Deixe um comentário

Bolsonaro decide tirar Fábio Wajngarten do comando da Secom e deve entregá-la a um militar.

Jair Bolsonaro decidiu nesta quinta-feira (25) tirar o empresário Fabio Wajngarten do comando da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República.

Bolsonaro e o chefe da Secom, Fabio Wajngarten

Segundo a Folha de S. Paulo, quem vai substituir Wajngarten é o atual chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), almirante Flávio Rocha.

“A saída de Wajngarten ocorre após um histórico de desentendimentos do empresário com o gabinete da Presidência da República, sobretudo envolvendo a politica de comunicação durante a pandemia do coronavírus”, diz a Folha. 

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, Coronavirus, CoronaVirus, Política, epidemia | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: