Trump está desesperado …

Não vamos ser manipulados

Já com isso, é como o Artigo 5 que eu vejo do mesmo tipo ou com um titular similar..OK ….. 1- O titular está enganando porque não existe NENHUMA unidade americana que esteja ou tenha partido recentemente (na verdade … nunca ) “indo para o Irã”. 2- Sob uma alegada atitude anti-guerrilha, os artigos têm o denominador comum de “humanizar” soldados americanos que desejam impor a idéia de “eles cumprirão seu dever” 3- Até onde eu conheço os apelos para alistar-se nas forças Marinha dos EUA eles não são obrigatórios 4- Também, até onde eu sei, as porcentagens de alistamento não refletem uma composição social ou étnica na qual predominam caucasianos de origem puramente americana, mas os de famílias de imigrantes, afro-americanos ou jovens em busca de renda negada por outros meios .
Vamos chamar a paz de SIM, mas não vamos ser manipulados.

Mais uma vez, os Estados Unidos e o enganador terrorista Trump estão determinados a acusar outros a desviar os olhos de seus crimes.

“Algumas pessoas dizem que foi uma falha mecânica, pessoalmente eu não acho que isso seja verdade”, disse Trump em uma intervenção na Casa Branca, sem oferecer mais detalhes.

O primeiro-ministro canadense Justin Trudeau foi além das declarações de Trump, dizendo que várias fontes de inteligência, incluindo serviços canadenses, disseram a ele que o avião que caiu perto de Teerã na quarta-feira foi derrubado por um míssil iraniano.

63 canadenses morreram na tragédia, que aconteceu logo após Teerã disparar mísseis em bases militares usadas pelos militares dos EUA no Iraque.

Na mesma linha, o primeiro ministro britânico Boris Johnson dobrou para a versão de um ataque iraniano.

O diretor do CAO, Ali Abedzadeh, disse que as acusações de países como Canadá ou Estados Unidos são “rumores ilógicos” e acrescentou que “do ponto de vista científico, é impossível que um míssil alcance o avião ucraniano”.

A Organização de Aviação Civil Iraniana (CAO) diz que o piloto do avião não transmitiu nenhuma mensagem de rádio sobre circunstâncias incomuns, e que testemunhas oculares observaram “um incêndio no avião”.

Caçando mentiras: conta falsificada do Facebook atribuída ao presidente cubano

 

Há algum tempo tem havido uma página no Facebook, que supostamente pertence ao presidente Díaz-Canel. Esta página é falsa e entre cópias do conteúdo da conta real do nosso Presidente no Twitter, toda vez que declarações públicas não são reais. Continuar a ler “Caçando mentiras: conta falsificada do Facebook atribuída ao presidente cubano”