#Chile

Avança processo legal contra o presidente chileno Sebastian Piñera

O advogado Mauricio Daza, nomeado pelo senador Alejandro Navarro, apresentou um documento de 54 páginas pedindo uma audiência de vinte autoridades para testemunhar na denúncia contra o presidente chileno, Sebastián Piñera, por crimes contra a humanidade.

El 14 de diciembre pasado se impuso la querella contra el presidente, Sebastian Piñera  a quien los chilenos responsabilizan de crímenes de lesa Humanidad

O documento solicita a presença das autoridades governamentais atuais e de outras administrações, bem como das unidades médicas que assistiram os feridos durante as manifestações perante os tribunais.

A ação legal pede para declarar, como testemunha, a ex-presidente Michelle Bachelet; ao controlador Jorge Bermúdez; o defensor nacional, Andrés Mahncke; a chefe do Departamento de Direitos Humanos de Carabineros, Karina Sosa; o diretor do Instituto Nacional de Direitos Humanos, Sergio Micco e o secretário executivo da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, Paulo Abrao.

As investigações avançaram nas últimas semanas, depois que o 7º Tribunal de Garantias de Santiago declarou a queixa criminal apresentada pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado, Alejandro Navarro contra o presidente do Chile Sebastián Piñera por crimes de lesa humanidade.

“O processo visa verificar ou descartar o conhecimento dos membros da autoridade civil, especialmente do presidente, ministro do Interior, bem como do diretor geral de polícia e do comandante em chefe do Exército, sobre ataques de agentes do Estado para a população civil ”, diz o texto.

Por seu turno, o Chefe de Estado nomeou Samuel Donoso como seu advogado no processo legal que também costuma ocupar o ex-Ministro do Interior, Andrés Chadwik, e o atual em exercício, Gonzalo Blumel, além do Diretor Geral de Polícia, Mario Rozas

Daza pediu para enviar ao Ministério Público o estudo da Faculdade de Ciências Físicas e Matemáticas da Universidade do Chile, que mostra que os pellets usados pela polícia contêm apenas 20% de borracha e o restante é chumbo, bário e silício.

Desde o início das manifestações massivas no Chile, existem 27 mortos e 3.649 feridos, dos quais 405 têm lesões oculares, segundo o Instituto Nacional de Direitos Humanos (NHRI) do Chile.

Categories: #Chile, Derechos Humanos, El 10 de diciembre, Día de los Derechos Humanos | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Piñera afirma que lo peor de la crisis política chilena ya pasó

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, disse no domingo que o pior da crise na Nação “já passou”, enquanto a repressão e a morte de civis desarmados pelos Carabineros continuam.

Piñera defiende la gestión del director de Carabineros, el general Mario Rozas, “ha hecho todos los esfuerzos a su alcance para prevenir y evitar atropellos a los derechos humanos”, insistió el presidente.

“Estou convencido de que o ano de 2020 será muito melhor que o de 2019 e, além disso, estou convencido de que o pior desta crise acabou e agora temos que nos encarregar de aprender as lições para construir um país melhor entre todos” , disse o chefe de estado.

Após dois meses e meio de protestos contra o neoliberalismo e sua administração desaprovada no governo, o presidente enfatizou que em 2020 ele trabalhará para solucionar as demandas de milhões de chilenos que não pararam de sair nas ruas.

O chefe de Estado justificou a ação repressiva dos agentes de segurança e classificou como erro algumas ações “não havia sensibilidade suficiente para perceber isso, não tínhamos o senso de urgência necessário”, acrescentou.

Desde 18 de outubro, violações graves e múltiplas dos direitos humanos são geradas pela polícia, as quais são confirmadas pelo Instituto Nacional de Direitos Humanos (NHRI).

No entanto, Piñera defende que a direção do diretor de Carabineros, general Mario Rozas, “fez todos os esforços para impedir e impedir violações dos direitos humanos”, insistiu o presidente.

Além disso, o presidente anunciou que até 2020 serão realizadas reformas no sistema de pensão e saúde com o objetivo de reduzir as manifestações em massa.

Por seu lado, centenas de chilenos continuam se mobilizando exigindo um constituinte com participação inclusiva e acabando com as profundas desigualdades sociais sofridas pelos setores populares.

Categories: #Chile, Chile, Derechos Humanos, El 10 de diciembre, Día de los Derechos Humanos, Manipulacion Politica, POLÍTICA, Uncategorized, valores anti-sociais e idéias políticas aberrantes | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

PELA PORTA TRASEIRA MUITO COBARDE.

A sequência completa da saída de Piñera pela porta dos fundos do município de Valpo em meio a manifestações

Depois de entregar no município de Valparaíso suas impressões sobre o incêndio que afeta mais de 240 casas na cidade portuária, o Presidente retirou-se pela porta dos fundos do prédio, tudo isso para evitar cruzar com os manifestantes que protestaram esta manhã e gritaram slogans contra ele. A Agência Um capturou o momento exato de sua partida.

Categories: #Chile, MEDIO AMBIENTE, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Chile: Alerta vermelho para um incêndio florestal voraz em Valparaíso que afeta cem casas

Mais de 5.440 clientes permanecem sem serviço de fornecimento de energia na área.

O fogo tem dois focos ativos e simultâneos nas colinas Rocuant e San Roque, onde 100 e 9 hectares de pastagens, matagais e bosques pastam, respectivamente. Mais de 5.440 clientes permanecem sem serviço de fornecimento de energia na área.

A ONEMI solicitou a evacuação das cidades de Cuesta Colorada e La Isla.

Mais de 20 brigadas, além de vários aviões e helicópteros, estão tentando apagar as chamas.

Por sua parte, o prefeito de Valparaíso, Jorge Martínez, disse que “tudo indica” que o incêndio que afeta a comuna foi intencional.

 

Categories: #Chile, MEDIO AMBIENTE, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Um carro da polícia incorpora um manifestante contra outro veículo e eles dizem que foi “um acidente de trânsito”

O cabo Carabineros Mauricio Carrillo Castillo, que na sexta-feira atropelou um manifestante com um carro durante protestos no setor Plaza Baquedano de Santiago do Chile, foi assinado mensalmente, informou a Cooperativa. Além disso, 150 dias foram estabelecidos para a investigação do caso.

O próprio agente indicou que não viu Óscar Pérez, 20 anos, no momento do acidente, ou o outro veículo, contra o qual o jovem estava colidido.

Enquanto isso, o general Enrique Monrás, chefe da Zona Metropolitana Ocidental, explicou que o evento, que está sendo investigado como “um acidente de trânsito”, ocorreu quando cerca de 1.500 pessoas causaram “sérias mudanças na ordem pública, consistindo no lançamento de pedras, [coquetéis] molotov e garrafas com tinta “.

O próprio agente indicou que não viu a vítima no momento do acidente, nem o outro veículo contra o qual o jovem foi atingido.

Por sua vez, o Escritório para a América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos expressou preocupação com o caso e “instou as autoridades a garantir que as pessoas possam exercer seu direito à reunião pacífica, sem restrições, autorizações anteriores ou riscos à sua integridade física e outros direitos humanos “.

“Finalmente, os Direitos Humanos da ONU exortam as autoridades a realizar investigações completas, independentes e imparciais sobre os casos de violações de direitos humanos, e a julgar e punir os responsáveis”, diz o comunicado, publicado em 21 de dezembro.

No vídeo, gravado por uma câmera no canal de televisão Mega, podemos ver o momento em que dois veículos da polícia tentam dispersar dezenas de manifestantes correndo. A certa altura, um tanque fecha o caminho de um homem, enquanto outro veículo oficial se vira e o atropela por trás. Após o evento, Pérez sofreu quatro fraturas na pelve, mas sua vida não está em perigo.

Enquanto a formalização foi realizada depois de Carabineros, uma multidão de manifestantes se reuniu do lado de fora da sala do Ministério Público do Norte para exigir justiça aos jovens afetados.

Os eventos ocorreram durante um dia de protestos na capital chilena, que, como em ocasiões anteriores, não foi autorizada pelo prefeito da cidade, Felipe Guevara.

O jornalista e analista internacional Pablo Jofré Leal destacou a impunidade generalizada entre as autoridades chilenas e disse que a justiça não leva a sério os casos de violência policial.

Categories: #Chile, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ONU, #Trump, @Trump, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, FORA TRUMP, ONU, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Relatório da ONU conclui que no Chile “houve um alto número de violações graves dos direitos humanos”

Relatório da ONU concluiu que o Chile “havia um número alto de violações graves dois direitos humanos”

O relatório da missão enviada pela Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, ao Chile, conclui que “existem razões bem fundamentadas para sustentar que, em 18 de outubro, houve um grande número de violações direitos humanos sérios “.

A missão, convidada pelo governo chileno, esteve no país do sul de 30 de outubro a 22 de novembro em sete regiões (Antofagasta, Araucanía, Biobío, Coquimbo, Maule, Região Metropolitana e Valparaíso).

Informe de la ONU concluye que en Chile "se han producido un elevado número de violaciones graves a los derechos humanos"

Johan Ordonez / AFP

Durante sua visita, ele ficou encarregado de revisar a situação dos direitos humanos no contexto de protestos e o estado de emergência decretado pelo Presidente Sebastián Piñera, identificando os principais padrões e tendências das violações de direitos humanos cometidos, analisando a resposta do Estado e fazer recomendações.

Principais conclusões
Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (OHCHR), a Polícia e o Exército não aderiram às normas e padrões internacionais.

Quanto às ações das forças de segurança do Estado, observou que o protesto pacífico de Carabineros respondia com o uso de força não letal e usava armas desproporcionalmente, como armas de choque e balas de chumbo, não autorizadas para uso nesse tipo de atividade. .

Mortes em protestos
Até 19 de novembro, o Ministério Público do Chile informou que havia 26 investigações para “pessoas falecidas no contexto de manifestações sociais”, em 18 de outubro.

A partir desse número, a missão verificou as informações de 11 casos, o que mostrou que: quatro mortes estavam ligadas à privação arbitrária da vida e a ações ilegais envolvendo agentes estatais; uma pessoa morreu por tiros de um civil, com militares relacionados; um manifestante morreu de ataque cardíaco em uma manifestação; uma pessoa supostamente cometeu suicídio em uma delegacia; Quatro mortes foram relacionadas a incêndio criminoso e saques.

Lesões oculares e lesões
Quanto aos feridos, explica-se que o número varia de acordo com as fontes. Por exemplo, o Instituto Nacional de Direitos Humanos (NHRI) afirma que 3.449 foram feridos; o Ministério da Justiça declarou que 3.590 pessoas (1.300 civis e 2.705 membros da polícia) ficaram feridas de 19 de outubro a 6 de dezembro; O Ministério da Saúde informou que prestou 12.738 atendimento médico de emergência de 18 de outubro a 7 de dezembro.

O OHCHR documentou uma série de casos relacionados a ferimentos nos olhos como resultado de tiros de motim, uso de irritantes químicos e impactos de cartuchos de gás lacrimogêneo.

No contexto das manifestações, a Sociedade Chilena de Oftalmologia, de 19 de outubro a 3 de dezembro, determinou que 345 pessoas sofreram lesões relacionadas a lesões oculares, enquanto a NHRI coletou que o número era de 352 pessoas, entre 17 Outubro e 6 de dezembro.

Categories: #Chile, Derechos Humanos, El 10 de diciembre, Día de los Derechos Humanos, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

A estratégia de guerra não convencional do império e a violência “civil” organizada

Em vários países da América Latina, no Irã e em outros lugares onde governos que não atendem aos interesses dos Estados Unidos governam, as forças especiais da CIA estabelecem como forma de interferência a criação de grupos violentos aparentemente desorganizados e espontâneos que buscam semear o caos , criminalizar protestos sociais e justificar a ação homicida das forças de segurança.

Autor:  | internacionales@granma.cu

Lo ocurrido en Bolivia demuestra la estrategia defendida por Washington para desestabilizar la región e imponer sus intereses. foto: telesur

O que aconteceu na Bolívia demonstra a estratégia defendida por Washington para desestabilizar a região e impor seus interesses. Foto: TELESUR

Enquanto as forças repressivas no Equador enfrentavam as pessoas que se manifestavam contra as medidas neoliberais do governo Lenin Moreno, enquanto as forças de segurança assassinavam, torturavam e seqüestravam os participantes do protesto, a televisão equatoriana transmitia bonecos de Bob Esponja. Toda tentativa de apresentar a verdade foi censurada.

Grupos violentos aparentemente desorganizados e espontâneos agiram. Seu objetivo: semear o caos, criminalizar protestos e justificar a ação assassina das forças de segurança.

No Chile, a cidade depois da letargia cultivada com cuidado pela mídia e paga por anos de terror, acordou. Os filhos de Lautaro, Caupolicán e Allende desafiaram as forças de segurança. Em 14 de outubro de 2019, estudantes do ensino médio e universitários se organizaram para escapar maciçamente da passagem do metrô de Santiago. A razão, um protesto ascendente sobre o valor da passagem, mas foi apenas o começo, foi apenas uma faísca. Dada a verdadeira situação de desigualdade criada pelo neoliberalismo naquele país, o protesto foi radicalizado e generalizado. Continuar a ler

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, #Chile, #Daniel Ortega Saavedra, #Nicaragua, #USAID, #Nicaragua, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, ECUADOR, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Como a música de protesto “O estuprador é você”?

Um dos grandes fenômenos de hoje tem sido a exaltação da música “O estuprador é você” como slogan feminista, que não é mais cantado apenas em espanhol, mas em inglês e francês.

Um protesto contra a força de segurança chilena e seu governo, que se tornou viral desde 25 de novembro, em relação ao Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

El violador eres tú” ha traspasado fronteras, llegando a Estados Unidos y Europa.

A cena de um mar de mulheres que canta essa frase para rejeitar a violência de gênero (algumas com os olhos cobertos por um curativo preto) continua atraindo atenção internacional e, embora tenha atravessado as fronteiras do país que a originou (Chile), sua influência e poder de convocação permanecem visíveis.

“E não foi minha culpa, nem onde eu estava, nem como me vesti”, repetiram as mulheres mais uma vez em diferentes manifestações no mundo.

Onde surgiu?
A música foi ouvida pela primeira vez no porto de Valparaíso e é uma criação do coletivo feminista “Lastesis”, que busca divulgar uma mensagem antimaquista, denunciando violações, abusos e assédio.

Os membros do grupo, que têm em média 30 anos, são difíceis de localizar, pois quase não atendem seus telefones celulares e e-mails.

“Não queremos elogios, queremos respeito”, disse Sofía Inostroza, uma das seguidoras de “Lastesis”, depois de aparecer na terça-feira na praça principal do bairro de San Bernardo, a cerca de 20 quilômetros ao sul de Santiago.

“Crescemos no Chile machista e nos cansamos disso”, acrescentou.

Em quais países isso foi ouvido?
“O estuprador é você” cruzou fronteiras, alcançando os Estados Unidos e a Europa. Começou como um pequeno protesto em Santiago do Chile e agora viaja pela metade do mundo, com ênfase especial no México, Colômbia, França e Espanha.

Países como México, Nicarágua, Colômbia, Turquia, Áustria, Reino Unido, França, Espanha, entre outros, também aderiram.

Categories: #Chile, ECUADOR, Estados Unidos, mujeres, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , | Deixe um comentário

Calendário de partidas da fase de grupos da Copa América 2020, que pela primeira vez em sua história terá dois locais

Cerimônia do sorteio para os grupos da Copa América 2020. Cartagena das Índias, Colômbia, 3 de dezembro de 2019.
Fernando Vergara / AP

Calendario de partidos de la fase de grupos de la Copa América 2020, que por primera vez en su historia tendrá dos sedes
Nesta terça-feira, na cidade colombiana de Cartagena das Índias, foi realizado o sorteio da Copa América 2020, que será realizada pela primeira vez em sua história em dois países: Argentina e Colômbia.

Além disso, pela primeira vez, os grupos foram divididos em duas zonas: norte e sul. O grupo A é a zona sul e é formado por Argentina, Chile, Bolívia, Uruguai, Paraguai e Austrália, uma das duas equipes convidadas. Enquanto isso, o Grupo B é formado pela Colômbia, Brasil, Equador, Peru, Venezuela e Catar, o segundo convidado do evento.

Esta edição do torneio de futebol mais antigo do mundo no nível de seleções será disputada em 4 cidades colombianas (Barranquilla, Bogotá, Cali e Medellín) e 5 Argentina (Buenos Aires, Córdoba, La Plata, Mendoza e Santiago del Estero). A abertura do campeonato será em 12 de junho de 2020 em Buenos Aires, enquanto a final será disputada em 12 de julho em Barranquilla. A partida de abertura será entre Argentina e Chile.

A Copa América 2020 será realizada apenas um ano após o torneio realizado no Brasil. A razão pela qual a Conmebol agendou uma Copa América um ano depois é unificar calendários com as outras confederações do mundo e, a partir de 2020, o campeonato será realizado a cada 4 anos.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, #Chile, brasil argentina, Colômbia, fronteira com a Colômbia., Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

O JOGO QUEBRADO

Todos nós sabemos em nossa carne que jogo bonito chamado “Democracia: o governo do povo”, isto é, seu, meu, nosso, seu; com suas regras claras e simples; A receita perfeita para uma vida feliz com respeito e liberdade. Recordam-se?

Aquele jogo que todos compramos e jogamos sem pedir muito, porque você não pergunta, vota a cada poucos anos e agora. Que estávamos cansados ​​de jogar perdendo. Que deciframos e começamos a jogar para ganhar e ganhar. Aquele que, então, não gostou tanto dos vencedores que, acreditando nas regras do jogo blindado, seu jogo, não viu as rachaduras pelas quais as cidades se arrastavam, ou seja, as pessoas, quem deveria governar na democracia, mas que nunca teve voz e raramente votou. Bem, esse jogo acabou.

Esgotou não, esgotou. Quando viram que fomos capazes de superar aquele labirinto de obstáculos intransponíveis chamados eleições, eles enlouqueceram, Wilfrido. Eles usaram todas as letras com traços suaves, revoluções coloridas, golpes duros, sanções e, como isso não funcionou, tentaram desenhar novas cartas, desta vez pintadas com dignidade, moralidade, ética. A corrupção apareceu no quadro como um mal nunca visto antes, meu Deus! Fora Dilma! – disseram os comerciantes da fé. Fora e pare de sofrer!

Eles jogaram a carta da lei sobre a mesa e vimos os inimigos corruptos do povo endossar seus crimes aos líderes populares. Vimos Lula preso por um apartamento que ele nunca teve, por crimes que seus acusadores cometem todos os dias. Vimos a vontade do povo demolido enganando os juízes que o povo nunca escolheu.

Também vimos, e é preciso dizer, uma certa esquerda engolindo alegremente a merda que foi lançada da direita porque, infelizmente, sim, sim, corrupção! … Lula livre! – Eles cantaram quase satisfeitos por ter uma nova derrota, outro slogan lamentável e sua superioridade moral intacta.

Mais tarde, novamente tocando nos extremos, eles nos disseram em fóruns de especialistas da direita da privatização, por outro lado, e da esquerda não poluída, por outro lado, que o problema é o gerenciamento. a direita estava nos desenhando o paraíso chileno e a esquerda o crescimento boliviano. Aprenda Maduro! Aprenda jalabolas, justificadores seriais, maburristas!

A administração do Evo valia três pitos na hora de derrubá-lo. Eles o derrubaram como índio, porque ele era pobre e por não abandonar o seu: as maiorias marginalizadas até Evo chegar e tomar o poder com ele.

O direito, novamente, endossa Evo pelos crimes que eles cometem, enquanto perseguem e matam pessoas em nome de Deus e da democracia. A igreja os abençoa. A barbárie vestida de seda. As instituições de custódia dos pilares democráticos fazem parte do plano de demolição. Agora, as eleições não são suficientes, mas também precisam ser “credíveis” e quem deve acreditar nelas não são as pessoas que votaram, mas a OEA, a UE e os EUA. As formas não importam mais, eliminam quem as atrapalha e fazem escolhas sem ela, mesmo que as pessoas o desejem. Funcionou no Brasil, vai funcionar na Bolívia, e eles matam quem tem que matar, que também são índios e pobres e ninguém se importa.

A esquerda culpa o golpe de estado pela inocência de Evo e o culpa pela morte de seus irmãos nas mãos dos conspiradores. Não é gestão, é inocência … e então

E o continente está perturbado. E esmague os chilenos que protestam lá e mate os colombianos que protestam aqui, que não são manifestantes, mas vândalos, como os índios bolivianos que também são vândalos. Quão cuidadoso, Maduro, não pensa em reprimir um protesto que não foi, convocado por um presidente que não é, mas que queríamos que ele fosse e que agora não sabemos o que fazer com ele.

Que não é corrupção, nem administração, nem liberdades, nem maldição, é algo muito mais simples e grotesco: que se um governo põe em perigo os interesses dos proprietários do mundo, chuta e kunfú com o regime de Maluco. Que se o governo é um cachorro legal e o povo é quem grita, chuta e kunfú com esses vândalos.

Que vivemos os tempos do fim da dissimulação, quando as máscaras pesam, elas atrapalham. Tempos de certezas foram destruídos. Tempos de cinismo. Tempos de demolição. Não há mais surpresas. Que Chávez sempre esteve certo e parecia tanto que lhe disseram loucura, a direita como sempre e a esquerda também.

E continuamos aqui, ainda e apesar de tudo, manobrando no mesmo quadro que os donos chutaram, como Chávez, entre as armadilhas da direita que nos quer mortos e a superioridade moral dessa esquerda que prefere os mártires para nos celebrar uma vez por ano Com um senso de homenagem.

De qualquer forma, que chutar as regras transformou o jogo democrático em questão de vida ou morte, não vem mais tarde para gritar.

Sempre venceremos!

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, #Chile, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: