Conflicto en el Medio Oriente

Notícias da América Latina e outras regiões do mundo ..

Categories: # Venezuela, #America Latina, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #Estados Unidos, #Nicolás Maduro, Colombia, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, Conflicto en el Medio Oriente, ESPANA, Injerencia De EEUU, Ucrânia | Deixe um comentário

Será que eles também vão bloquear a #Noruega??????

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo contra cuba, Conflicto en el Medio Oriente, CubavsBloqueo, ECONOMIA, economia nacional, Injerencia De EEUU, MEDIO AMBIENTE, Noruegua | Deixe um comentário

EUA: A luta de Biden contra o legado de Trump está paralisada.#EstadosUnidos #JoeBiden #DonaldTrumpCulpable #Impeachmente #Economia #Covid-19 #Rusia #Venezuela #China #OrienteMedio

Joe Biden não terá muito conhecimento do julgamento de impeachment contra Donald Trump, conforme indicado em seu gabinete. Eles acrescentam que o atual presidente está muito ocupado. É que, desde o início de sua campanha, o democrata prometeu reverter as linhas da administração anterior e acabar com o legado de Trump. Mas o plano funciona? O analista político Carlos Alberto Pereyra Mele fala sobre uma crise institucional nos Estados Unidos.

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Venezuela, China, Conflicto en el Medio Oriente, Donald Trump, RUSIA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Marcos que marcaram a presidência de Trump .

Retirado do público | efe

Os quatro anos da presidência de Trump foram marcados por vários marcos que carregam a marca registrada de sua personalidade provocadora, desde que ele começou sua campanha política em 2017 com uma forte retórica anti-imigração.

No vídeo de despedida que a Casa Branca publicou nas últimas horas da presidência de Trump, o presidente reviu, o que para ele tem sido, as conquistas de sua gestão como o acordo comercial com Canadá e México, a construção de mais de 700 quilômetros de muro na fronteira com o México, a morte do líder do grupo ISIS, Abu Bakr Al Baghdadi, e do chefe da força Quds do regime iraniano, Qassem Soleimani, e os “Acordos de Abraham” no Oriente Médio, entre outras.

Trump desea suerte a la nueva administración, en su mensaje de despedida -  ContraRéplica - Noticias

Ele também se pronunciou sobre o ataque ao Capitólio, alegando que “todos os americanos ficaram horrorizados” e que “a violência constitui um ataque contra o que valorizamos como americanos”, apesar de ter visto as mobilizações em direção ao Congresso dos EUA instigadas.

O magnata de Nova York transferiu que o “movimento” que o elegeu como presidente da nação norte-americana “está apenas começando”.

Trump, que também defendeu seu trabalho à frente do governo dos Estados Unidos, garantiu que “ora” para que o executivo de Joe Biden seja “bem-sucedido” em “manter os Estados Unidos seguros e prósperos”.

O presidente cessante não reconheceu a vitória eleitoral de Biden até depois do incidente no Capitólio, que ocorreu quando o Congresso certificou a vitória democrata na eleição. Biden assumirá a presidência da nação norte-americana nesta quarta-feira, sob fortes medidas de segurança.

Categories: #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, candidato presidencial demócrata Joe Biden, Casa Blanca, Cámara de Representantes, Cuba, el director interino de Inteligencia Nacional, Estados Unidos, Joseph Maguire, presidente de Ucrania, preside, Conflicto en el Medio Oriente, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, Elecciones EEUU, ex-diplomata tem uma história sombria na América Latina e no Oriente Médio,, FORA TRUMP, joe biden, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Terrorismo, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Zarif chama reivindicações “fictícias” dos EUA sobre laços Irã-Al Qaeda.

Categories: #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #Donald Trump, #Estados Unidos, Conflicto en el Medio Oriente, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, FORA TRUMP, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Terrorismo, Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Cuba🇨🇺 está na lista dos países terroristas🤔? Uma história mal contada. Vamos ver quem é o terrorista …

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #Estados UnidosGrupo de LimaPalacio de Miraflores, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Conflicto en el Medio Oriente, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUROPA, Manipulação Política, Organização dos Estados Americanos (OEA), Venezuela, Manipulacion, Manipulacion Politica, Manual do golpe de Estado, Manual idades, MUNDO, MUNDO LATINO, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, submissão aos EUA desestabilizar a Venezuela, submissão do Brasil aos planos de dominação dos EUA na América Latina,, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Os defensores dos direitos humanos dos EUA aumentam as mortes de inocentes no Afeganistão em 330%.

O número de mortos de civis nos bombardeios dos EUA no Afeganistão aumentou 330%

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, Conflicto en el Medio Oriente, Derechos Humanos, guerra | Deixe um comentário

Apesar do bloqueio, Cuba prioriza o cuidado de um meio ambiente saudável e equilibrado.

Retirado do Jornal Granma.

Autor: Orfilio Peláez | orfilio@granma.cu

Isso foi ratificado por Elba Rosa Pérez Montoya, Ministra da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente (Citma) de nosso país, ao discursar na Cúpula das Nações Unidas sobre Biodiversidade, cuja celebração virtual acontece em um cenário de crise global de saúde causada por COVID-19

La implementación del Programa Nacional de Diversidad Biológica ha permitido avanzar en la gestión sostenible y restauración de ecosistemas, y se han incrementado las acciones de prevención y enfrentamiento a las ilegalidades que afectan tal diversidad biológica, aseveró la Ministra del Citma.
Categories: # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Conflicto en el Medio Oriente, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CubavsBloqueo, MEDIO AMBIENTE, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS) | Etiquetas: | Deixe um comentário

Os Estados Unidos iniciarão o processo para restabelecer as sanções contra o Irã.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #ONU, #Trump, @Trump, Conflicto en el Medio Oriente, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Cuba denuncia violações contínuas de Israel na Palestina na ONU.

Retirado de Prensa Latina.

Em meio às difíceis condições causadas pela pandemia de Covid-19, Israel persiste hoje com suas contínuas violações do direito internacional ao tentar anexar o território palestino, denunciou Cuba na ONU.

Em um discurso enviado ao Conselho de Segurança, a missão cubana às Nações Unidas rejeitou a ocupação de Israel do território palestino, sua política de anexação e o aumento de práticas e medidas ilegais e colonizadoras.

Tais são a construção e expansão de assentamentos no território palestino ocupado, demolições punitivas, apreensões de recursos, o deslocamento forçado de centenas de civis e o bloqueio da Faixa de Gaza, acrescentou o documento.

Isso também ocorre em meio à pandemia de Covid-19, que agrava a situação de emergência do sistema público de saúde e o cenário socioeconômico e humanitário deprimido da Palestina, particularmente em Jerusalém Oriental e na Faixa de Gaza, destaca.

No documento registrado no Conselho de Segurança, Cuba reafirmou a preocupação de que, no último período, não tenham sido tomadas medidas para acabar com a agressão e ocupação militar israelense no território palestino, em conformidade com a própria resolução 2334 do Conselho.

Enquanto Tel Aviv, com impunidade, consolida sua política de expansão em assentamentos ilegais em território ocupado e ameaça anexar os territórios palestinos do Vale do Jordão e outras partes da Cisjordânia e Jerusalém Oriental, o Conselho permanece silencioso, enfatizou Cuba.

O discurso refere-se às ações agressivas, unilaterais e injustificadas dos Estados Unidos no Oriente Médio, que violam severamente os interesses legítimos das nações árabes e islâmicas e levam a uma escalada perigosa na região.

Eles vão desde a retirada do apoio financeiro à Agência das Nações Unidas para os Refugiados da Palestina, até o chamado ‘Acordo do século’, elaborado por Washington, no qual a solução de dois estados é desconhecida, conforme detalhado pela missão cubana.

Esse plano, rejeitado pela comunidade internacional e pela ONU, inclui a ação unilateral dos Estados Unidos para reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e estabelecer sua onurepresentação diplomática naquela cidade.

‘Cuba apoiou sem reservas uma solução abrangente, justa e duradoura para o conflito israelense-palestino, que permite ao povo palestino exercer o direito à autodeterminação e ter um Estado independente e soberano nas fronteiras anteriores a 1967, com Jerusalém Oriental como sua capital e que garante o direito de retorno dos refugiados ‘, afirmou a representação daquela ilha perante a ONU.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #ONU, Conflicto en el Medio Oriente, forças em favor da paz, guerras não convencionais do século XXI, israel, mobilização pela paz, PALESTINA, Secretaria-Geral da ONU, Stéphane Dujarric, Uncategorized, Washington, Washington deseja apenas como vizinhos os governos servis | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: