Constitución de la República de Cuba

Uma honra, um dever e um direito.

Autor: Granma | internet@granma.cu

Que letra da lei tem maior autoridade do que a conferida pela legitimidade, quando é escrita e votada pela esmagadora maioria das pessoas que a promulga para si, para seu bem-estar, para afirmar seu presente e proteger o futuro de seus filhos?

Constitución

Qual critério é capaz de esmagar os argumentos enunciados na Constituição da República, ou de anular os direitos que o grande documento do país oferece aos seus cidadãos, quando cada palavra formulada em suas linhas foi fundamentada, proposta, debatida e endossada no participação mais ampla e ativa do povo autêntico; aquele exercício conjunto que mesclava a expertise do advogado com a agudeza inata do camponês, o ímpeto do estudante e a visão analítica do acadêmico, o pragmatismo do trabalhador e os cenários possíveis que o intelectual idealizava?

A nação independente, porém, é o maior patrimônio, e as formas escolhidas para impulsioná-la ao progresso e preservá-la como ela é, livre e soberana, também contam com garantias na Constituição que aprovou mais de 86% dos cubanos qualificados, formados como um povo. na Constituinte, encarregada de transformar seus ditames em Lei, como esta, que define o sagrado e o intocável:

ARTIGO 4

-A defesa da pátria socialista é a maior honra e o dever supremo de cada cubano.

  • A traição à pátria é o mais grave dos crimes, quem o pratica está sujeito às mais severas sanções.
    -O sistema socialista endossado por esta Constituição é irrevogável.
    -Os cidadãos têm o direito de lutar por todos os meios, inclusive a luta armada, quando nenhum outro recurso for possível, contra quem tenta derrubar a ordem política, social e econômica estabelecida por esta Constituição.
Categories: # Cuba, asamblea nacional del poder popular, Constitución de la República de Cuba, Cuba, Referendo popular, Constitución de la República de Cuba, Constitución de la República de Cuba, #Cuba, Constituição, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional | Etiquetas: | Deixe um comentário

E a resposta não veio de Cuba

«Cuba é um país extremamente pobre, onde o atraso é evidente em sua infraestrutura»

A nova ministra das Relações Exteriores da Colômbia, Claudia Blum, que afirmou categoricamente sem nenhuma evidência de que

Cuba é uma nação com poucos recursos naturais e sujeita a um bloqueio de mais de 60 anos; no entanto, está entre os países mais avançados do mundo e, acima de tudo, da América Latina em aspectos vitais para o ser humano, como saúde e educação. duas das principais conquistas alcançadas em 1º de janeiro de 1959.

No setor de saúde, a maior das Antilhas se tornou uma potência mundial e, apesar do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto por mais de 60 anos pelos Estados Unidos na Ilha, o ano de 2019 foi encerrado com uma taxa de mortalidade lactente de 5,0 mortes por mil nascidos vivos.

Com esse resultado, Cuba continua nos 35 países com menor taxa de mortalidade infantil e entre os primeiros na região, enquanto nos Estados Unidos da América em 2018 houve 5,9 mortes por mil nascidos vivos. Continuar a ler

Categories: "para Cuba Eu até ando de bicicleta, # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, causa comum dos cubanos, Colômbia, Comunidad de Estados Latinoamericanos y Caribeños (CELAC), Cuba, Organización de Estados Americanos (OEA), Constitución de la República de Cuba, Contra-revolução cubana, Cuba Relaciones Exteriores., CubaCoopera, CubavsBloqueo, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , | Deixe um comentário

De economia e a nova constituição de #Cuba

A Lei das Leis que a maioria do povo cubano ratificou em 24 de fevereiro tem pela primeira vez em nossa história uma seção separada para a economia.

Diferentemente da Carta Magna ainda em vigor hoje, a que apoiamos nas pesquisas tem um título específico – o número 2 – que define os principais conceitos referentes àquele setor que integra toda a sociedade. Continuar a ler

Categories: Constitución de la República de Cuba, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: