Coronavirus

O mundo ultrapassa 38 milhões de casos de coronavírus.

Retirado do teleSUR .

A América Latina é a região mais afetada pelo coronavírus, sendo responsável por 10.155.454 casos confirmados e 371.440 óbitos.

O mundo ultrapassou a barreira de 38 milhões de casos de contágio pelo coronavírus, segundo balanço recente da American University Johns Hopkins.

Imagen

De acordo com os dados até quarta-feira, foram registrados no mundo 38.373.133 infectados e 1.090.962 mortes pelo coronavírus.

A marca anterior, de 37 milhões de infectados, foi superada no domingo, 11 de outubro.

Os Estados Unidos continuam liderando as estatísticas de infecções e mortes no mundo, registrando 8.090.253 infecções e 220.873 mortes por Covid-19.

A Índia ficou em segundo lugar com 7.239.389 casos e o Brasil em terceiro com 5.103.408 casos. O Brasil também ocupa o segundo lugar em número de mortes, com 150.689.

Em relação ao número de mortos, atrás do Brasil está a Índia com 110.617 e o México (84.420).

O número total de casos dos países nos três primeiros locais combinados representa mais da metade dos casos globais, de acordo com o relatório da Universidade Johns Hopkins.

Imagen

Outros países com mais de 820.000 casos são Rússia, Colômbia, Argentina, Espanha, Peru e México. Outros países com mais de 36.000 mortes são o Reino Unido e a Itália, disse o centro.

A América Latina é a região mais afetada pelo coronavírus, sendo responsável por 10.155.454 casos confirmados e 371.440 mortes por Covid-19.

Categories: #America Latina, #Argentina, #Brasil, Colombia, Coronavirus, CoronaVirus, Política, España, India, MEXICO, REINO UNIDO, RUSSIA | Deixe um comentário

A infâmia constante contra nossos médicos.

Retirado do Jornal Granma .

utor: Ana Laura Palomino García | internet@granma.cu

Os médicos cubanos não são moeda de troca. Eles não são, como afirmam as publicações de direita, um bispo dentro da política de nosso país. No entanto, são, para quem participa, esperança, solidariedade, cura, salvação …

Em fusão com o princípio de um autêntico internacionalismo, a nossa Medicina foi uma das primeiras campeãs da colaboração neste campo e, à medida que crescia na formação de profissionais do sector, multiplicava as forças com que auxiliava cada vez mais países, cuja contundente expressão pode ser visto com formidável clareza nesta situação pandêmica de COVID-19: Cuba foi, com mais de 50 brigadas médicas, a 39 nações, onde salvou mais de 13.000 vidas e tratou mais de meio milhão de pacientes.

Tais argumentos, conhecidos mundialmente, tornam ainda mais escandalosa a grosseira manipulação da atual administração dos Estados Unidos e dos governos satélites, que insistem em chamar de “escravidão” o trabalho altamente altruísta realizado pelos profissionais de saúde cubanos.

Enquanto Cuba, em fiel conseqüência ao postulado de Fidel, envia médicos a povos vulneráveis ​​e não a bombas, os ataques contra a Ilha e, em particular contra os de jaleco branco, têm tido uma escalada imparável; a ponto de recorrer a pressões e chantagens a entidades como a Organização Pan-Americana da Saúde para questionar o programa Mais Médicos pelo Brasil, ação denunciada pelo Ministério das Relações Exteriores de Cuba.

De acordo com o depoimento apresentado pelo Minrex, o nível de satisfação e aprovação dos pacientes, médicos e gestores deste programa foi muito alto. Em correspondência com estudo da Universidade Federal de Minas Gerais, 95% dos pacientes ficaram satisfeitos ou muito satisfeitos com o atendimento.

Alegou ainda que “se Cuba não tivesse sido obrigada a retirar seus médicos do Brasil, eles poderiam ter contribuído para o controle e enfrentamento da pandemia COVID-19 naquele país, o segundo mais afetado no mundo”.

É um cinismo colossal que o governo dos Estados Unidos, que registra mais de 200.000 mortes em seu próprio país devido à pandemia, esteja expressando “preocupação” com uma iniciativa que se mostrou eficaz na atenção primária de centenas de milhares de pessoas desprivilegiados, em lugares remotos do gigante sul-americano.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Manipulacion Politica, MasQueMedicos, MINREX, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, SALUD | Deixe um comentário

Como será o Quinto Período Ordinário de Sessões da Assembleia Nacional do Poder Popular?

Autor: Yaditza del Sol González | internet@granma.cu

A atividade legislativa de Cuba não parou, nem vai parar, se reajustou ao novo normal para atender às importantes questões da vida socioeconômica da nação, em cumprimento ao mandato conferido aos deputados pela Constituição da República.

El General de Ejército Raúl Castro Ruz, Primer Secretario del CCPCC,  Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Presidente de los Consejos de Estado y de Ministros y José Ramón Machado Ventura, Segundo Secretario del CCPCC, presiden el Tercer Período Ordinario de Seciones de la IX Legislatura de la ANPP.

«Diante do atual cenário epidemiológico que vive o país e da necessidade de estabelecer, e manter, medidas responsáveis ​​que impeçam a disseminação da COVID-19, o Quinto Período Ordinário de Sessões da Assembleia Nacional do Poder Popular (ANPP), no seu IX Legislatura, acontecerá – de forma inédita – com a presença presencial apenas dos deputados de Havana, aqueles que representam outros territórios, mas residem na capital, e dos membros do Conselho de Estado.

A informação foi de Homero Acosta Álvarez, secretário da ANPP, que destacou que nessa composição estariam 225 deputados que compareceriam à sede do Palácio de Convenciones, enquanto as restantes províncias estariam ligadas virtualmente, por videoconferências, promovendo a interação e o debate.

Cumprindo as disposições higiénico-sanitárias, acrescentou, está previsto um conjunto de acções, incluindo a realização do teste de PCR aos deputados e pessoal de apoio em todas as províncias da Ilha, além de limitar o número de pessoas como convidados do conclave.

Outra das peculiaridades deste Quinto Período Ordinário é que as comissões de trabalho não se reunirão, exceto as de Assuntos Constitucionais e Jurídicos, Relações Internacionais e Assuntos Econômicos, uma vez que devem apresentar à ANPP os pareceres correspondentes aos projetos de lei que será analisada no âmbito do processo legislativo aprovado, indicou.

«Por correspondência e de acordo com o programa de actividades, no dia 26 de Outubro, a apresentação dos projectos de lei será feita por videoconferência e a partir do Palácio; Já no dia 27 será utilizado para troca de informações com a direção do Ministério da Saúde Pública sobre o enfrentamento da pandemia, e, além disso, os deputados serão informados sobre a situação econômica do país e o Mandato ”, disse.

A agenda do plenário de 28 de outubro contém vários pontos, disse Acosta Álvarez. Entre eles, a apresentação do Relatório de Liquidação Orçamentária 2019, da estratégia econômica e social para dinamizar a economia e enfrentar uma crise global provocada pela COVID-19, e a ratificação dos acordos e decretos-lei que eles foram aprovados neste período pelo Conselho de Estado, ele especificou.

Da mesma forma, afirmou, nesse dia serão analisados ​​quatro projetos de lei: o Ministério das Relações Exteriores, a Organização e Funcionamento do Conselho de Ministros, a Revogação dos eleitos para os órgãos do Poder Popular, e o Presidente e o Vice-Presidente da República.

De acordo com a Constituição da República, a Assembleia Nacional do Poder Popular reúne-se regularmente duas vezes por ano. A próxima sessão do dia 28 de outubro será a primeira em 2020, e a segunda deverá ser realizada em dezembro, esclareceu o secretário da ANPP.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, 60º aniversário do triunfo revolucionário, Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular, asamblea nacional del poder popular, Constitución de la República de Cuba, Cuba, Referendo popular, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

BioCen conseguiu desenvolver o primeiro meio de transporte de vírus obtido em Cuba.

Retirado do Jornal Granma .

Autor: Orfilio Peláez | orfilio@granma.cu

Pesquisadores do Centro Nacional de Biopreparados (BioCen) desenvolveram o primeiro meio de transporte de vírus obtido em Cuba para a coleta e transferência de amostras clínicas de nasofaringe e orofaringe de pacientes para o diagnóstico de SARS-COV-2, o agente causal do COVID -19.

O BioCen alcançou e escalonou industrialmente o produto em apenas sete dias e, posteriormente, recebeu seu Registro Sanitário, concedido pelo Centro Estadual de Controle de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (Cecmed).

Isso garante a continuidade do diagnóstico microbiológico e, portanto, da vigilância epidemiológica e controle da doença na Ilha, contribuindo para o imediato estabelecimento de medidas que minimizem a transmissão da doença contagiosa, além de aumentar a investigação ativa da doença. casos potenciais, incluindo os assintomáticos.

A sua criação deveu-se à estreita colaboração entre o BioCen e o Instituto Pedro Kourí de Medicina Tropical. Outras instituições do Sistema de Saúde e da BioCubaFarma contribuíram para sua avaliação, incluindo o Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB), o Centro Provincial de Higiene e Epidemiologia de Havana e o hospital Salvador Allende.

Entre as vantagens do novo produto está a de permitir a preservação adequada das amostras, desde o momento de sua coleta nos centros de saúde e isolamento, até seu processamento por RT-PCR nos diferentes laboratórios de biologia molecular.

A doutora em Ciências Marilyn Díaz Pérez, pesquisadora do BioCen e principal autora da inovadora contribuição, disse ao Granma que o meio de transporte dos vírus foi desenvolvido sob estrita observância dos mais exigentes padrões internacionais e baseado em um sistema de gestão da qualidade certificado pelas normas ISO 9001 há mais de 20 anos, e em conformidade com as boas práticas de fabricação.

Indicou que sua produção em Cuba proporciona soberania tecnológica e substitui as importações, já que produtos similares são vendidos no mercado internacional a preços elevados.

Marilyn Díaz, doutora em ciências, especificou que, de abril aos primeiros dias de outubro, o Sistema Único de Saúde recebeu mais de 100 mil unidades do meio de transporte de vírus.

Aumentar a produção e chegar a 10 mil unidades por dia agora é o objetivo da instituição, disse o cientista.

Com a fabricação do transportador e do swab, desenvolvido em paralelo pelo Centro Cubano de Neurociências (Cneuro) para a coleta das amostras, se completa o pacote diagnóstico, elemento fundamental para o enfrentamento da atual contingência epidemiológica na Grande das Antilhas.

Categories: #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

O rei da manipulação e da mentira dá Negativo ao coronavírus.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #salud, #Trump, @Trump, Coronavirus, CoronaVirus, Política, Donald Trump, Estados Unidos, militares, República Democrática del #Congo, FORA TRUMP, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

O MNOAL condena a aplicação de medidas coercivas unilaterais.

Os chanceleres do Movimento dos Não-Alinhados (MNOAL), em reunião virtual, aprovaram uma declaração política que condena veementemente a promulgação e aplicação de medidas coercivas unilaterais contra os Estados membros do Movimento.

Esta Declaração Política expressa que essas medidas violam a Carta das Nações Unidas e o direito internacional, em particular os princípios de não intervenção, autodeterminação e independência dos Estados.

Da mesma forma, foi reiterado o apoio das partes aos valores do multilateralismo e da cooperação internacional, e a visão, princípios e objetivos dos Não-Alinhados, articulados em Bandung (1955) e Belgrado (1961), e orientados pela Declaração sobre os “Propósitos e Princípios e o papel do NAM na atual situação internacional”, adotada na XIV Cúpula do Movimento em Havana em setembro de 2006.

Durante a Reunião Ministerial, o Chanceler cubano, Bruno Rodríguez Parrilla, afirmou que no confronto com a COVID-19, o Movimento endossou o papel da Organização Mundial da Saúde e a importância da solidariedade e da colaboração internacional.

“Cuba se orgulha de ter contribuído modestamente para estes esforços, apesar das restrições impostas pelo bloqueio econômico, comercial e financeiro do governo dos Estados Unidos e sua cínica e brutal campanha contra a cooperação médica cubana”, disse Rodríguez Parrilla.

(CubaMINREX)

Categories: # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, Cuba, Daniel Ortega Saavedra, Governo, Ministério das Relações Exteriores (Minrex), Nicarágua, Caracas, #Estados Unidos, Golpe de Estado, #Mike Pence, Militar, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA - ESTADOS UNIDOS, CubavsBloqueo, DIAZ CANEL, MINREX, Movimiento de Países No Alineados, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

“Agora ele não mostra sintomas de covid-19”

COVID19 que se cura em 4 dias? Por favor … Que bom que Trump “aprendeu muito sobre COVID 19” JJJJJJJJ. É tanto o desprezo que o inepto tem pelo mundo e principalmente pelo seu povo que finge brincar e nos fazer parecer idiotas? Um péssimo cenário eleitoral que arruinou a bolsa de valores, algo inesperado para Trump em sua incapacidade de prever as consequências de suas ações, que o fez reconsiderar e deixar o hospital apenas 4 dias após ser “diagnosticado com COVID 19 “E ter tido“ sintomas respiratórios como falta de ar que precisava de oxigênio ”além de ter recebido um“ tratamento experimental ”que ninguém sabe o efeito que terá no futuro … E assim e tudo é alto ????? O médico chinês não acredita nisso, como diz o ditado. Se fosse verdade, não o teriam dispensado, pois Trump, devido à sua idade e obesidade, seria uma pessoa em risco de sofrer complicações graves que poderiam causar a morte, que sem descartar que poderia sofrer de hipertensão e quem sabe até diabetes, etc. Sabe-se que as complicações dessa doença podem surgir a partir do 7º dia. Seria muito descuido da parte dos médicos expor um paciente, muito menos o presidente dos Estados Unidos, por mais inepto que fosse.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #salud, #Trump, @Trump, Coronavirus, CoronaVirus, Política, Donald Trump, Estados Unidos, Elecciones EEUU, epidemia, FORA TRUMP, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Cuba salva, cura e semeia o futuro.

Retirado do Jornal Granma.

Autor: Enrique Moreno Gimeranez | enrique@granma.cu

A partir da próxima segunda-feira, Cuba dará início à nova normalidade, depois de meses de uma realidade extremamente desafiadora no combate à pandemia, da agressividade do bloqueio dos Estados Unidos e sem abrir mão do esforço para avançar na estratégia econômica e social, informou esta quinta-feira o Presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, no programa de televisão Mesa Redonda.

Desfile del 1ro de Mayo en la Plaza de la Revolución, presidido por el General de Ejército Raúl Castro Ruz, Primer Secretario del Partido Comunista de Cuba y Miguel Díaz-Canel Bermúdez, miembro del Buró Político del PCC y Presidente de los Consejos de Estado y de Ministros.

Foto: Juvenal Balán

São tempos desafiadores, onde as luzes do povo unido voltaram a revelar as forças que nos definem para o mundo e que mesmo os mais incrédulos não podem ignorar.

“Sentimos que é um momento em que há uma abundante amostra do heroísmo diário de nosso povo, onde se observa a perseverança, a vontade que se opõe ao desgaste após sete longos meses”, disse Díaz-Canel, e reconheceu o trabalho de cientistas, trabalhadores de laboratório, técnicos, médicos, enfermeiras, trabalhadores da saúde e todos aqueles que apoiaram esta batalha contra o novo coronavírus em hospitais e centros de isolamento, incluindo jovens.

Nessa luta pela vida emergiram os mais belos valores de nossa sociedade. Solidariedade, dedicação e sacrifício, vocação e prazer em doar-se aos outros, foram uma causa comum dentro e fora das fronteiras.

“Inspira muito que as pessoas comuns, que as pessoas da nossa cidade, se esforcem para manter o essencial funcionando, porque sabem que disso depende a vida dos seus compatriotas”, disse o Chefe de Estado.

Ele lembrou uma frase da série de televisão LCB: La otra guerra, que evoca a luta contra os bandidos, como uma obra audiovisual que “nos fez olhar para nossas profundas e íntimas reservas morais da história”. “Eu não era um herói, mas estava lá”, diz o personagem em uma das cenas. Segundo Díaz-Canel, esta frase “profunda e bela” define “aquele que acompanhou e encorajou, aquele que acreditou e confiou, e também, sobretudo, aquele que lutou e enfrentou esta pandemia que ainda nos persegue”.

Ele reiterou que esses são momentos de “valorização da boa vontade para fazer, da energia para criar e da união de propósitos para vencer”. Em nome do General do Exército Raúl Castro Ruz, do Partido e do Governo, reconheceu as pessoas que contribuíram para o “milagre da resistência cubana, com suas conquistas, suas contribuições, com tudo o que há de bom e ilumina no meio esta situação complexa, que não é a primeira nem será a última, que exige esforços e sacrifícios coletivos. Com eles e graças a eles, Cuba está na vanguarda da luta para tornar possível um mundo melhor, depois da tragédia da pandemia.

Esta segunda-feira, entramos no novo normal, graças ao esforço e resultados alcançados por todo um povo e, ao mesmo tempo, continua a exigir-nos desafios ao nível da responsabilidade cidadã.

«Para um povo como o nosso, solidamente unido em torno da soberania e independência da nação, que encontrou no socialismo o seu próprio caminho para a prosperidade sem exclusão e a sustentabilidade indispensável à sobrevivência planetária, existem enormes desafios e desafios, mas não há impossíveis. Podemos conquistar tudo, podemos conquistar tudo ”, disse o presidente cubano.

Ele argumentou que “cada dia é uma oportunidade de provar que é possível, como Fidel nos ensinou, como Raúl nos provou, como todos nós estamos demonstrando. Nada nem ninguém pode nos impedir. O amor por Cuba nos une e nos mobiliza, e esse amor nos salvará.

Todo pensamento neste momento é uma semente. Pensar como país é semear o futuro. Hoje Cuba salva, cura e semeia o futuro. Quando faltarem outras razões, prevalecerá sempre a certeza de que um amanhã para Cuba depende absolutamente de construirmos juntos o presente hoje, aqui e agora ”, concluiu.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, bloqueo contra cuba, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CubavsBloqueo, DIAZ CANEL, epidemia, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Profesionales e la Salud, Relações Estados Unidos Cuba, Relaciones Cuba Estados Unidos | Etiquetas: | Deixe um comentário

Díaz-Canel apresenta um novo plano de combate ao coronavírus em Cuba.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Salud en Cuba, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Declaração do governo revolucionário, DIAZ CANEL, ECONOMIA, economia nacional, epidemia, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel | Deixe um comentário

115 milhões de pessoas podem cair na pobreza extrema devido à pandemia.

Retirado do teleSUR .

Segundo o relatório do Banco Mundial na América Latina, cerca de 28,6 milhões de pessoas podem ser encontradas na pobreza extrema.

Las previsiones del Banco Mundial han ido empeorando a medida que avanza la pandemia del coronavirus.

Cerca de 115 milhões de pessoas podem se encontrar na pobreza extrema em 2020 devido à crise induzida pela Covid-19.

“Em 2020, projeta-se que a pobreza extrema global aumente pela primeira vez em mais de 20 anos, como resultado dos choques causados ​​pela pandemia Covid-19”, alertou o Banco Mundial na quarta-feira.

No relatório Pobreza e Prosperidade Compartilhada 2020, o BM indicou que o aumento nas perspectivas se deve principalmente aos sérios desafios – conflitos e mudanças climáticas, além da pandemia – enfrentados por todos os países, mas particularmente aqueles com uma grande população pobre.

As previsões do órgão financeiro têm piorado à medida que a pandemia avança e sua duração se estende.

Em maio, no pior cenário delineado, os economistas do Banco Mundial previram que 60 milhões de pessoas poderiam cair na pobreza extrema; Já em agosto, a previsão mais pessimista elevou para 100 milhões o número de pessoas que entrariam na pobreza.

Se as piores previsões se confirmarem, em 2021 quase 150 milhões de pessoas em todo o mundo podem cair na pobreza extrema.

Segundo o relatório do Banco Mundial na América Latina, região onde vivem mais de 650 milhões de pessoas, a taxa de pobreza extrema passaria de 3,9% em 2017 para 4,4 no final deste ano, atingindo a cifra de 28,6 milhões de pessoas.

Isso implica, se a previsão se confirmar, que a crise teria empurrado 4,7 milhões de latino-americanos para a pobreza extrema em 2020.

Categories: #America Latina, Coronavirus, CoronaVirus, Política, ECONOMIA, epidemia | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: