CUBA-ANGOLA

Dia da Independência Nacional

As comemorações do 11 de Novembro visam os seguintes objectivos:

a) Divulgar e realçar a importância do 11 de Novembro, enquanto marco de transcendente importância na união das várias sensibilidades nacionais, com vista a valorização da Pátria Angola, assente na vontade da construção de um Estado Democrático de Direito e União da Nação Angolana;

b) Promover uma reflexão sobre os enormes sacrifícios consentidos pelo povo, na conquista do bem maior da Nação, a Independência Nacional;

c) Reverenciar os povos, Partidos e Governos que nos longos e difíceis anos da luta de libertação, se solidarizaram com a causa nacional e apoiaram, de forma directa e concreta, o alcance dos objectivos como o nascimento e consolidação do Estado soberano, livre e independente.

LOCAIS DE CELEBRAÇÃO

As celebrações devem decorrer em todo o Território Nacional, bem como nas Missões Diplomáticas e Consulares de Angola.

ACTO CENTRAL DAS COMEMORAÇÕES

Província de Cuanza Sul (Município da Quibala).

PRESIDENTE DO ACTO CENTRAL

Vice-Presidente da República de Angola.

O período de comemorações vai de 01 a 25 de Novembro de 2019.

LEMA DAS COMEMORAÇÕES: Unidos pelo desenvolvimento de Angola.

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO DO TERRITÓRIO E REFORMA DO ESTADO, em Luanda, aos 28 de Outubro de 2019.

Categories: "La epopeia de Angola", "Miss Angola", ANGOLA, CUBA-ANGOLA, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Luanda: História e características

Luanda é a capital administrativa e política de Angola, país localizado na porção ocidental do continente africano. É a maior cidade do país, com uma população contabilizada em 8 milhões e 200 mil habitantes. Além disto, é a maior capital lusófona e a terceira maior cidade dentro desta comunidade de países, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, ambas localizadas no Brasil.

Resultado de imagem para playas de luanda angola

História de Luanda

O território onde hoje se encontra Luanda foi, em 1500 d. C., parte do Reino de Ndogo. Em 3 de maio de 1560, atendendo ao pedido do rei Ndambi a Ngola, chegou à barra do Kwanza a primeira missão portuguesa

Esta primeira expedição foi recebida com hostilidade, pois o novo rei de Ndongo, Ngola Kiluanje Kia Ndambi, entendeu a presença portuguesa como uma ação preparada pelo rei do Kongo. Desta maneira, a primeira missão portuguesa foi feita prisioneira

Após os devidos esclarecimentos e, como era de interesse do novo rei um acordo diplomático com Portugal, parte dos integrantes da expedição tiveram permissão para regressar.

Em fevereiro de 1575, Paulo Dias de Jesus chegou à Ilha de Luanda, onde se estabeleceu o primeiro núcleo de colonos portugueses. Acrescenta-se ainda à esta expedição dois padres da Companhia de Jesus, com a missão de evangelizar os povos nativos.

Em 25 de fevereiro foi fundada a vila de São Paulo de Loanda, na porção continental da região. A pedra fundamental da cidade foi dedicada a São Sebastião e utilizada para a construção de uma igreja católica em sua devoção.

Muitos foram os motivos que tornaram esta região a escolhida para a fundação da cidade. Sua posição geográfica, de frente para a baía, mas protegida por uma ilha, tornava possível a construção de um forte que protegeria a cidade e permitiria o comércio via mar. A existência de fonte de água doce potável também foi um fator que permitiu a permanência dos colonos portugueses no local.

Resultado de imagem para imagenes de la isla de luanda

Luanda foi invadida pelos holandeses em 1641 e retomada pelos portugueses em 1648. Deste período em diante, a cidade de Luanda e o país de Angola manteve-se sob a dominação portuguesa até 1975, quando o Movimento pela libertação de Angola (MPLA) proclamou a independência do país. Após a proclamação da independência, Angola mergulhou em uma longa e sangrenta guerra civil. A paz foi declarada em 2002, mas não sem deixar marcas profundas no país e em sua capital, Luanda, que precisou ser  reconstruida.

Resultado de imagem para playas de luanda angola

Características geográficas de Luanda

A cidade (e também município) de Luanda está dividida em 13 distritos. A região central é dividida por Cidade Alta e Cidade Baixa. A Cidade baixa é a região mais próxima ao porto, em frente a baía de Luanda e a ilha de Luanda. Ao sul da região deste baixo centro, há ainda a baía do Mossulo.

O clima da cidade é seco e úmido, com temperaturas elevadas, mas que, à noite, podem chegar a 16°C, devido à corrente fria de Benguela. A umidade relativa do ar é em torno de 77 por cento.

Características sócio-culturais.

O grupo étnico dominante na cidade são os Bantus mas a população original é da etnia Ambundu. Há poucos caucasianos, mesmo com a longa dominação portuguesa e muitos mestiços.

Por tratar-se de uma sociedade que aos poucos se reconstrói de uma longa guerra civil, definir como estão organizadas as relações de poder e classes dentro deste contexto ainda estão por serem estudadas.

A religião predominante é a católica, seguida dos fies das igrejas Batista e Luterana. O número de islâmicos, hindus e de praticantes de outras religiões não cristãs é bastante pequeno e em geral está associado à grupos de imigrantes do norte da África e da Ásia.

Características econômicas e educacionais

Luanda é o principal centro econômico de Angola, de modo que é a cidade sede de grandes empresas angolanas, com a Angola Telecom e a Linhas Aéreas Angola. Além das refinarias de petróleo existentes na cidade, há ainda a indústria transformadora de bens de consumo e a indústria da construção civil, que exerce um papel importante em um país em reconstrução.

Como consequência, Luanda abriga as maiores universidades de Angola, como Universidade Agostinho Neto, única universidade pública com 83 cursos de graduação, além de mestrados e doutorados. Há universidades particulares também, como a Universidade Católica de Angola, a maioria fundada após o fim da guerra civil.

A importância econômica e política de Luanda ficam claras ao ser referencia para realização de eventos internacionais no continente africano, como o Campeonato Africano de Nações 2010, um campeonato futebolístico no qual a cidade foi sede.

Resultado de imagem para fotos de la universidad agostinho neto de angola

Muamba de galinha
Prato tradicional da gastronomia angolana, a muamba de galinha (ou Moamba de galinha) é uma iguaria que pode satisfazer aqueles que amam os sabores intensos da tradição. Feito usando, bem como claramente frango, vários ingredientes que acentuam o sabor, como cebola grande, tomate fresco, alho, folha de louro, abobrinha e mais, e, finalmente, a muamba de galinha é coberto com creme de amendoim que enriquecem o sabor concebendo assim um único e do prato de alta qualidade.

Espero que, assim, eles se sintam mais identificados com esta cidade de paisagens incríveis que oferece hospitalidade a seus visitantes.

Categories: "Miss Angola", Angola y Portugal, CUBA-ANGOLA, Musica Angolana, Receita Angolanas, Revolução Angola Y Portugal, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

O comandante Arguelles, deu a vida por Angola.

Raúl Díaz – Argüelles García. Jovem revolucionário cubano que se destacou, primeiro na luta contra a tirania de Batista e depois, em meio ao processo revolucionário, na Luta contra os Bandidos, e no cumprimento de missões internacionalistas em Angola.
Ele caiu lutando no norte de Ebo, Angola, com apenas 39 anos e foi concedido logo após a ascensão póstuma ao General de Brigada.

Imagem relacionadaResultado de imagem para imagenes de Raul dias arguelle

O comandante Arguelles (de óculos escuros ao centro) deu a vida por Angola.

Sua família rica, para mantê-lo a partir da luta estudantil contra Fulgencio Batista envia para os Estados Unidos para estudar na Academia Militar Riverside no Tennessee, onde ele se formou no colegial em 1953.

Na conclusão da escola e ir de férias, retornou a Cuba e se juntou à luta contra a tirania, junto com Juan Pedro Carbo Servia, José Machado, Fructuoso Rodríguez, José Antonio Echeverria e outros compañeros.Donde contínua na frente de várias ações revolucionárias .
Depois do triunfo revolucionário foi nomeado assistente executivo Inspeção Direcção G-5 do Estado-Maior do Exército Rebelde, mais tarde chefe do Departamento Técnico de Investigações da Polícia Nacional Revolucionária (PNR). Continuar a ler

Categories: #Cuba, AMERICA LATINA, ANGOLA, ANIVERSARIO, ÁFRICA, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, HISTORIA, Internacionalista, INTERNACIONALISTAS DE ANGOLA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Operação Tributo.

Operación Tributo

Tirada: Pelo Granma.

Nós saberemos como seguir o seu exemplo!

Ao escolher esta data para enterrar os restos mortais de nossos heróicos combatentes internacionalistas mortos em várias partes do mundo, principalmente na África, de onde vieram os ancestrais de Maceo e uma parte substancial de nosso sangue, o dia 7 de dezembro será o dia da morte de Maceo. lembrança para todos os cubanos que deram suas vidas não só em defesa de seu país, mas também da humanidade.

Sempre foi de profundo significado para todos os cubanos a data memorável em que ele caiu, junto com seu jovem assistente, o mais ilustre de nossos soldados, Antonio Maceo.

Ao escolher esta data para enterrar os restos de nossos combatentes internacionalistas heróicos caídos em várias partes do mundo, principalmente na África, de onde vieram os antepassados ​​de Maceo e uma parte substancial do nosso sangue, em 7 de dezembro se tornará dia lembrança de todos os cubanos que deram suas vidas não só em defesa de sua pátria, mas também da humanidade. Deste modo, o patriotismo e o internacionalismo, dois dos mais belos valores que o homem pôde criar, estarão unidos para sempre na história de Cuba. Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, ANGOLA, ÁFRICA, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, HISTORIA, HISTORIA DE CUBA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

A profunda amizade entre Cuba e Angola sempre prevalecerá.


Ele afirmou nesta segunda-feira em Luanda, capital da nação africana, o membro do secretariado do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, José Ramón Balaguer.

O membro do secretariado do Comité Central do Partido Comunista de Cuba (PCC), José Ramón Balaguer, disse segunda-feira que a profunda amizade entre a ilha e Angola sempre prevalecerá.

Depois de uma reunião com o vice-presidente do MPLA – Movimento Popular para a Libertação de Angola, Luisa Damião, Balaguer disse aos repórteres que os laços entre os dois partidos e os governos sempre foram excelentes.

Esperamos sinceramente que eles prossigam e temos a certeza de que o MPLA irá atingir os objectivos que foram definidos, afirmou o chefe do Departamento de Relações Internacionais do CCPCC em questões sobre questões internas da força política angolana, no poder desde a independência. 1975 Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, ANGOLA, ÁFRICA, Cooperacion, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, HISTORIA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Fidel Castro é um homem a ser celebrado. Merecida homenagem.

Categories: #YoSoyFidel, AMERICA LATINA, ANIVERSARIO, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, fidel, Fidel Castro Ruz, HISTORIA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Homenagem a Fidel Castro em em Moçambique.

Homenajean a Fidel Castro en aldea homónima en Mozambique

O líder da Revolução Cubana Fidel Castro foi homenageado na aldeia que leva o seu nome a 200 quilómetros da capital moçambicana, por ocasião do segundo aniversário do seu desaparecimento físico, que se celebra amanhã.

Crianças, jovens, mulheres e homens mostraram suas danças tradicionais em meio a uma mobilização de várias centenas de pessoas do lugar.

No evento, em que participaram colaboradores cubanos e moçambicanos em solidariedade com a ilha, recordou-se a visita de Fidel Castro a Moçambique, em 1977, quando declarou que podiam contar sempre com a amizade e a cooperação de Cuba. Continuar a ler

Categories: #YoSoyFidel, ANGOLA, ÁFRICA, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, fidel, Fidel Castro Ruz, HISTORIA, Internacionalista, mozambique, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

“Colóquio 43 anos de Cooperação Diplomática Angola- Cuba”.

 

Participantes do Colóquio sobre 43 aniversário do estabelecimento de relações políticas e diplomáticas entre Angola e Cuba.

 

Ao intervir na sessão de abertura do “Colóquio 43 anos de Cooperação Diplomática Angola- Cuba”, acrescentando que ambos os países estão comprometidos no quadro de uma visão global integrada e focada neste sentido.

Isto, acrescentou, num contexto actual que visa contribuir activamente para a redução da pobreza, o desenvolvimento sustentável, a melhoria e o bem-estar social e qualidade de vida das suas respectivas populações.

De acordo com o responsável, no âmbito político e diplomático, as relações entre os dois países, tanto ao nível bilateral como multilateral, são excelentes, pois a abordagem de diferentes questões e temas de interesse mútuo têm permitido o seu reforço e diversificação, apesar de os dois países enfrentam problemas similares no quadro da globalização.

Quanto ao plano multilateral, nomeadamente nas Nações Unidas, no Movimento dos países Não Alinhados, do Grupo dos 77+China, entre outros, destacou o posicionamento comum na defesa de questões como a paz, segurança e dos direitos humanos.

Disse ainda que o governo e o povo angolanos sempre estiveram ao lado de Cuba na busca de uma solução favorável para por termo ao embargo económico imposto a este país, uma politica que impede o normal desenvolvimento social e económico deste país irmão e, consequentemente, entrava o estabelecimento de relações económico e sociais com o resto do Mundo.

Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, ANGOLA, ANIVERSARIO, ÁFRICA, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

“La epopeia de Angola”

La epopeya de Angola.

Há dez anos, a Televisão Cubana transmitiu “La epopeia de Angola”, série documental que durante as últimas semanas do mês de Agosto foi colocada de volta na tela, não é uma transmissão de rotina, é uma programação. Por um lado, os valores históricos de poder transferir esses valores para compatriotas que cresceram ou nasceram após os eventos refletidos , contam.

Angola nunca será uma referência distante. A participação de dezenas de milhares de cubanos na defesa da soberania do país africano e a vitoriosa rejeição da agressão dos racistas sul-africanos e seus aliados, apoiados pelos governos norte-americanos, são explicados desde o início.

A vocação internacionalista da Revolução é revelada em todos os atos, mas também o compromisso sentimental dos cubanos com um povo que faz parte de nossas raízes ancestrais, com um continente sem o qual nossa identidade não seria como a assumimos.

A liderança estratégica do Comandante em Chefe Fidel Castro na vanguarda dos vários estágios da luta é colocada em primeiro plano. De Havana, o líder da Revolução dedicou dias inteiros a todos os detalhes da missão, para acompanhar as ações, para conjurar as armadilhas da geopolítica de um mundo bipolar, para vigiar as vidas de homens e mulheres no campo. de batalha. Continuar a ler

Categories: "La epopeia de Angola", AMERICA LATINA, ANGOLA, ÁFRICA, CUBA, CUBA-ANGOLA, CULTURAIS, HISTORIA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Embaixadora destaca papel de Fidel Castro.

tn

O comandante Fidel Castro, líder histórico da revolução cubana, desempenhou um papel humanista de destaque na luta pela libertação de Angola e de muitas outras regiões africanas, destacou na segunda-feira, em Luanda, a embaixadora daquele país, Esther Cárdenas.

A diplomata, que falava durante uma cerimónia alusiva ao 92.º aniversário de Fidel Castro assinalado ontem, sublinhou que o antigo presidente sempre colocou de lado a busca pelas riquezas de Angola e privilegiou o internacionalismo cubano para libertar África e o Mun-do do colonialismo e do neo-colonialismo.No encontro, que decorreu no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, a diplomata afirmou que “o eterno comandante cubano está em constante presença nas mentes de todos os cubanos, angolanos e cidadãos de outros países amigos, pois deixou em cada um de nós um exemplo de valentia, humanismo e confiança para um Mun-do melhor”. Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, CUBA, CUBA-ANGOLA, HISTORIA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: