Economía, Noticias de Cuba, Política

Cuba e Rússia aspiram a retomar os vôos a partir de setembro.

Retirado do teleSUR

A possível retomada de vôos regulares entre Moscou e Havana faz parte das negociações entre os dois países.

Cuba e Rússia estão negociando a possível retomada de vôos regulares da companhia aérea russa Aeroflot que liga Moscou à capital cubana, Havana, a partir de 15 de setembro, segundo a Embaixada de Cuba no país da Eurásia.

Aeroflot se apresta a reiniciar vuelos regulares entre Moscú y La Habana, en cuanto sea posible.

A notícia chega quando Cuba anuncia a reabertura do turismo internacional nas chaves do arquipélago e o mercado russo é um dos maiores por seu volume de visitantes na ilha.

A Embaixada Cubana em Moscou disse que: “A Aeroflot e as autoridades russas e cubanas negociaram a abertura de vôos regulares para Havana a partir de 15 de setembro. Tecnicamente, tudo está pronto. Tudo depende do lado russo”.

A Aeroflot agendou o reinício de vôos regulares para três países da Eurásia e África a partir de 1º de agosto e, nesse sentido, a missão diplomática da ilha do Caribe na capital russa indicou que “as companhias aéreas que voam para Cuba negociaram a abertura de seus vôos com as autoridades cubanas “e agora” eles esperam apenas que o governo russo os autorize a começar a voar “para esse destino.

Desde 27 de março passado, no preâmbulo da pandemia, a Rússia suspendeu as ligações aéreas com outros países e manteve apenas vôos de repatriação, saúde e carga, entre outros, incluindo alguns feitos a Cuba para esses fins.

Cuba tem seus aeroportos internacionais prontos e operacionais, tanto para receber o turismo exclusivamente quanto para atividades comuns, e preparou um protocolo sanitário rigoroso para isso, que inclui a realização de testes de PCR para detectar o Covid-19.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Rússia, #salud, Aerolinias, ÁFRICA, África do Sul, CUBA - ÁFRICA, Economía, Noticias de Cuba, Política, ECONOMIA, economia nacional, epidemia, RUSIA, RUSSIA, TURISMO, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Cuba reabre suas portas ao turismo internacional.

Por :Prensa Latina

Cuba reabriu hoje suas portas ao turismo internacional, aproveitando o controle do Covid-19, quando os infectados diminuem mais e os sistemas de proteção à saúde aumentam a cada dia.

A única província dos 15 e o município especial de Isla de la Juventud de todo o país que ainda permanece sem passar pela fase I de degelo em termos de isolamento social é Havana, a capital do país, devido a seus casos ativos de a doença.

Por seu lado, desde 18 de junho, o turismo nacional faz reservas especialmente nas bases do Campismo Popular no interior, sempre com a exclusão de Havana.

As agências de viagens e os operadores turísticos ainda carecem de relatórios concretos sobre os primeiros vôos para a ilha para estrangeiros, mas na época declararam receber vários interesses desse tipo em todo o mundo.

No devido tempo, o ministro do Turismo de Cuba, Juan Carlos García, informou que a indústria recreativa dessa ilha abre a partir de hoje para estrangeiros.

García especificou os três estágios da reabertura gradual do turismo, embora tenha especificado que, desde 18 de junho, agentes de viagens e operadores turísticos já possam vender viagens ao exterior até 1º de julho.

Ele disse que, no caso de estrangeiros, eles poderão visitar esse arquipélago apenas em chaves como Largo (sudoeste), Coco, Guillermo, Cruz e Santa María (centro-norte), sem poder se deslocar pelo resto do país, mas terão excursões, aluguel de carros e outros serviços nesses locais.

Além disso, o Ministério do Turismo (Mintur) venderá viagens para se recuperar da mesma pandemia e aproveitar a experiência médica cubana (justamente por essas chaves isoladas).

Ele explicou que, nas três fases, serão aplicados protocolos de proteção que atendam às indicações da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Organização Mundial de Turismo (OIT) e do Ministério da Saúde Pública (Minsap) de Cuba.

Entre esses protocolos estão controle de temperatura, limpeza constante de locais, superfícies, acomodações e restaurantes, entre outros locais, medidas instaladas nos aeroportos.

Ele também apontou que cada estabelecimento hoteleiro tem à sua disposição equipes de médicos e epidemiologistas que acompanharão a situação e, em caso de qualquer problema, planejam-se turistas e trabalhadores, exames, transferências e hospitalizações oportunas.

Os turistas estrangeiros em sua totalidade serão investigados usando o teste de PCR em tempo real para identificar possíveis infecções por Covid-19.

O controle sanitário eficiente do país facilitou essa medida, determinaram as autoridades. Redes de hotéis cubanos como Cubanacán e Gran Caribe e Islazul já divulgaram os hotéis que iniciam suas operações na primeira fase e alguns estrangeiros como o espanhol Meliá.

Categories: #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, Automobilismo, Carros Clássicos, Cuba, Economia, Fotografia, Havana, Turismo, Economía, Noticias de Cuba, Política, ECONOMIA, economia nacional, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, TURISMO, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Razões para manter o bloqueio contra Cuba.

heraldocubano / de Arthur González.

Para os Estados Unidos, os 60 anos de fracassos em sua guerra econômica, comercial e financeira contra Cuba não importam, porque o objetivo perseguido é que o modelo socialista não prospere, nem é um exemplo para outros países da

A região da América Latina, como afirmam analistas do Conselho de Relações Exteriores, em um relatório sobre a política de Washington em relação à ilha, onde eles asseguram:

“A oposição dos Estados Unidos à Revolução Cubana e o apoio à democracia e ao desenvolvimento neste hemisfério conseguiram frustrar as ambições cubanas de expandir seu modelo econômico e influência política”. Continuar a ler

Categories: Economía, Noticias de Cuba, Política, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: