#FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos

Quem está por trás das políticas de sufocamento contra Cuba?

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Fernández de Cossío, diretor-geral dos #EstadosUnidos do Ministério das Relações Exteriores de Cuba,, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Barack Obama Bruno Rodríguez ParrillaDonald Trumpoficina del Servicio de Ciudadanía e Inmi, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contra-revolução cubana, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, joe biden, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, mentiras construídas em Washington contra Cuba, RADIO MARTI, Redes sociais, SANCIONES, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, TURISMO, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Marcos mais importantes em 123 anos de agressão dos #EUA contra #Cuba.

Categories: "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, "ataques sônicos", "Liberdade", "democracia", "racismo" e "direitos humanos", # yo voto vs bloqueo, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, bloqueo, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, CubavsBloqueo | Deixe um comentário

Eles usam a figura de José Martí para manipulação e subversão contra #Cuba.

Por Redacción Razones de Cuba

O pensamento e a obra de José Martí foram escolhidos por um grupo de contra-revolucionários para questionar as ações do governo cubano. Eles o manipulam, descontextualizam e inventam frases, na tentativa de confrontar a ideologia do Apóstolo com seu próprio povo.

Categories: "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, "para Cuba Eu até ando de bicicleta, # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, SANCIONES, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Estados Unidos e o terrorismo de estado global.

Por Redacción Razones de Cuba

É significativo que entre as últimas ações do governo de Donald Trump, formalmente acusado de instigar um violento ataque ao Capitólio por uma multidão irada de seus seguidores, tenha reinserido Cuba na lista de patrocinadores estatais do terrorismo.

Lamenta Cuba manipulación y oportunismo político sobre el terrorismo | Cuba  Si

Lembremos que Trump interrompeu o processo de normalização das relações diplomáticas cubano-americanas, iniciado em 2014, por Barack Obama e Raúl Castro, e aprofundou o embargo criminal com medidas punitivas contra pessoas e países que participam de trocas comerciais e financeiras com os maiores das Antilhas e até proibiu a seus cidadãos de se hospedar em hotéis cubanos, além de ativar, pela primeira vez, a seção III da Lei Helms-Burton (1996), que permite que cidadãos norte-americanos ajuizem ações contra entidades ou pessoas de terceiros países que usam propriedades que foram nacionalizadas pelo Estado cubano, de acordo com a lei, após o triunfo revolucionário.

É paradoxal que o país que apoiou inúmeros golpes de estado para impor sangrentas ditaduras na América Latina e em outras regiões do mundo, que se valeu repetidamente do terrorismo para salvaguardar seus interesses geoestratégicos e proporcionou proteção e impunidade a terroristas confessos, como Luis Posadas Carriles, considere Cuba culpada deste crime contra a humanidade.

Há mais de três décadas, o colega A. Grachiov, com base no relato das operações militares abertas e encobertas realizadas pelos Estados Unidos, país que utilizou a força em 215 casos entre 1945 e 1975, designou essas ações como terrorismo global de Estado , ainda mais criminoso porque conta com o gigantesco poder de guerra e o aparato subversivo do maior estado capitalista. (p. 109) Grachiov considerou que os Estados Unidos haviam elevado o terrorismo à categoria de política de estado, apontando a Agência Central de Inteligência (CIA) como o órgão fundamental do governo para tarefas sujas:

Cuba: Estados Unidos vuelve a incluir a la isla en la lista de países  patrocinadores del terrorismo | Mike Pompeo | Donald Trump | MUNDO | EL  COMERCIO PERÚ
“Organizar e realizar ações subversivas e de sabotagem contra outras nações, atacar estadistas estrangeiros, preparar fraudes e difundir calúnias. Desta forma, ele cumpre a função de um terrorista profissional a serviço da Casa Branca [...] Além das operações secretas sob responsabilidade direta da CIA, deve-se acrescentar sua estreita cooperação com outros serviços secretos de regimes reacionários, [ …] Para que os Estados Unidos sejam tacitamente cúmplices nas operações dos serviços terroristas secretos de outros estados ”. (Sob o signo do terror. Moscou: Editorial Progreso, 1986)

Certamente, a CIA, desde a sua fundação em 1947, tem sido o órgão fundamental para a guerra suja, embora não o único, que não pode ser caracterizada senão como “terrorismo”, se tomarmos a definição do próprio Federal Bureau of Investigation (FBI), como o uso ilegal de força ou violência contra pessoas ou propriedades para intimidar ou coagir governos, a população civil ou um segmento dela, na busca de objetivos sociais ou políticos.

Voltando a Grachiov, e partindo da análise da contra-insurgência planetária dos Estados Unidos durante as respectivas administrações presidencial, republicana e democrática, propus o conceito de terrorismo de estado global para definir esta política de violência perpetrada pelos aparatos de estado imperialistas no mundo contra povos e governos com o propósito de incutir terror e em violação das normas do direito nacional e internacional.

Terrorismo contra Cuba: pasado y presente | Radio Sancti Spíritus

No estudo e análise do terrorismo, tem-se enfatizado o terrorismo individual e de grupos clandestinos de todo o espectro político, ignorando e deixando de lado o papel do imperialismo norte-americano e dos Estados capitalistas na organização do terrorismo interno e na esfera internacional. O terrorismo de Estado global viola as estruturas ideológicas e políticas de repressão legal (justificado pela estrutura legal nacional e internacional) e apela a métodos não convencionais, extensos e intensivos, para aniquilar a oposição política, o protesto social e a insurgência em escala mundial, bem como atacar governos que, como o de Cuba, não se submetem aos desígnios dos Estados Unidos e de seus aliados. (ttps: //vocesenlucha.com/wp-content/uploads/2020/12/GILBERTO-LOPEZ-Y-RIVAS.-ESTUDIANDO-LA-CONTRAINSURGENCIA-DE-EEUU.pdf).

Por sua vez, o Capítulo México da Rede em Defesa da Humanidade expressou sua mais enérgica rejeição à inclusão ilegítima e ilegal de Cuba como país promotor do terrorismo, destacando que é o terrorismo de Estado promovido pelo governo dos Estados Unidos que deveria ser condenado pela comunidade internacional, e não Cuba, que promove a paz e a solidariedade enviando médicos a dezenas de países para colaborar na luta contra a pandemia COVID-19.

Retirado de CubaDebate

Categories: "a Carta não capacita o apoio de grupos golpistas",, "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #CIA, #Cuba #CIA, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Trump, @Trump, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, CIA Mike Pompeo, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, FBI, FBI, James Comey., secretario de Estado, Michael Pompeo, secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo,, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

O velho roteiro contra Cuba e os novos bonecos em cena.

 Por Redacción Razones de Cuba

Tomado de Granma

Por: Ronald Suárez Rivas, Mailenys Oliva Ferrales

A televisão cubana denunciou mais uma vez, nesta quarta-feira, ações que fazem parte do chamado golpe suave que o Governo dos Estados Unidos tenta realizar em nosso país.

Depois de ter falhado durante décadas na tentativa de destruir a Revolução, o vizinho do Norte apela a novos métodos na ânsia doentia de tentar mudar o curso que esta ilha caribenha tomou há muito tempo de forma soberana.

No entanto, como o presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez apontou recentemente em sua conta no Twitter, é “um velho roteiro importado com novos atores”.

O material televisivo referia-se ao artigo publicado em Cubadebate pelo jovem analista de mídia Javier Gómez Sánchez, com o título Os ideólogos do golpe brando: a sociedade aberta em Cuba e a articulação contra-revolucionária.

#

O texto indica que “a agressividade do governo Donald Trump, e o posicionamento de um discurso contra a Revolução, por parte de atores da mídia, com todas as intenções, repulsivas, têm feito parte dos planos e não um acidente dentro deles. Promover uma contra-revolução que se apresenta como irracional e nojenta, em relação à qual a neo-contra-revolução poderia se apresentar como uma alternativa, para que fosse vista pelos cubanos como algo preferível.

Nessa contra-revolução gasta, sem agenda própria, violenta e sem raízes sociais, associam-se personagens como Berta Soler e José Daniel Ferrer.

O primeiro, uma pessoa com um longo histórico de provocações apoiada por dinheiro da Fundação Nacional Cubano-Americana da Flórida. No audiovisual, argumenta-se que a falta de efetividade de suas ações tem cobrado seu preço, por isso o montante de dinheiro que recebe diminuiu. Ela inclusive assinala que foi acusada de utilizar esses recursos para benefícios pessoais e não para lutar por uma suposta “causa de Cuba”.

Ferrer poderia ser definido como um criminoso comum, com antecedentes criminais consideráveis, promotor de ações contra-revolucionárias, suposto líder fabricado para lhe dar reconhecimento internacional.

O povo cubano certamente se lembrará do vídeo divulgado há algum tempo, em que bateu várias vezes com a cabeça contra uma mesa, para depois acusar um oficial do Minint de tê-lo atacado.

Na mesma linha de uma contra-revolução associada à marginalidade e à violência, integram-se outras personagens como Luís Manuel Otero, que se tem dedicado, através de grotescas expressões pseudoartísticas, a promover valores contrários à Revolução, os símbolos nacionais, beirando a e novamente com ilegalidade.

Segundo a análise realizada no Noticiero de la Televisión Cubana, entre esses pequenos “atores” está Maykel Osorbo, cujos constantes apelos às redes sociais pela violência, desrespeito e desordem defendem a invasão dos Estados Unidos em Cuba.

Denis Solís, um homem cuja conduta agressiva e socialmente condenável, o levou a ser punido pelo crime de desacato, movendo-se na mesma linha, posicionando-se como o impulsionador da farsa de San Isidro.

Fora de Cuba, a contra-revolução também é administrada por outros indivíduos. Essas ações são realizadas pelos Estados Unidos com o consentimento, ou, pelo menos, com o silêncio das autoridades daquele país, durante a administração Trump, os seguintes elementos:

Yamila Betancourt, promotora de ações terroristas em Cuba, que paga por vandalismo na ilha e usa as redes sociais para fazer grosseiros pedidos de desacato.
Sob o pseudônimo de Ultrack, esse outro representante da contra-revolução busca transferir a agressividade de sua linguagem nas redes sociais para a realidade cubana, ou seja, para nossas ruas.
E Alexander Otaola, que inicialmente atraiu o público e seguidores, abordando questões relacionadas com artistas e entretenimento, para posteriormente definir sua linha clara de agressão contra Cuba e incitar uma revolta social na ilha através da desobediência e do caos.

Paralelamente a estes expoentes da agressão às Grandes Antilhas coexiste outra versão da contra-revolução, que segundo o artigo La ned tem quem lhe escreve, de Javier Gómez Sánchez, é uma espécie de nova ou neo-contrarrevolução que procura estabelecer-se como aquela alternativa menos repulsiva, para acabar sendo a opção aceita pelo povo.

Embora não sejam todas, entre as que se enquadram nesta linha está Tania Bruguera, uma pessoa que, a partir de uma construção simbólica na arte, busca benefícios e posicionamentos, e algumas de suas ações flertam com a ilegalidade, inclusive a organização de uma provocação em a Praça da Revolução.

Neste mesmo cenário aparece

Carlos Manuel Álvarez, diretor do médium “independente” El Estornudo, que, a partir de suas redes sociais, denegriu, com alto disfarce, tanto o trabalho de médicos cubanos no exterior, como também de Che e Fidel.

Outros vinculados a esta modalidade de contra-revolução são Omara Ruiz Urquiola, ex-professora do Instituto Superior de Design, participante da farsa de San Isidro e parente de altos funcionários do governo dos Estados Unidos em Cuba; e a jornalista e ex-professora da Universidade de Havana Elaine Díaz, atualmente residente no exterior, que se dedicou a recrutar jovens jornalistas e universitários para contaminar seus ambientes e pensamentos.

Fazem parte da lista Eliécer Ávila, um jovem cubano residente nos Estados Unidos, que por diversas vezes declarou estar comprometido com a violência e a invasão de Cuba; e Ariel Ruiz Urquiola, atuante no trabalho de descrédito dos médicos cubanos no exterior.

Também faz parte desta rede Rosa María Payá, representante dos interesses da extrema direita de Miami em relação a Cuba, que recentemente postou em sua conta no Twitter: «Durante anos perguntei primeiro ao governo Obama e depois ao governo Trump reincorporar o regime cubano à lista dos patrocinadores do terrorismo porque é o correto e consistente.

Em apoio à atividade desses promotores da mudança de regime em Cuba, também se proliferou a criação de meios de comunicação como Cibercuba, El Estornudo, Cubanet, El Toque e La Joven Cuba, entre outros.

“São meios digitais criados e sustentados como parte de uma operação de longo prazo implementada pela CIA em Cuba para fabricar uma imprensa que, a partir da internet, gerará conteúdo político deliberadamente tóxico para a Revolução, sob a fachada do exercício jornalístico”, afirma em seu artigo Gómez Sánchez.

Enquanto isso, dos EUA Nos Estados Unidos, organizações como a USAID, o NED (National Endowment for Democracy) e as Open Society Foundations estimulam, com concursos e bolsas, a promoção de lideranças contra-revolucionárias, como tem sido feito com a milionária financiada Yoani Sánchez, entre outras.

Em outras palavras, tanto a expressão grotesca e anexacionista dos marginalizados dentro e fora de Cuba, quanto a de vozes com um discurso mais elaborado, é a mesma contra-revolução; uns desgastados, menos cuidados pelos seus senhores, e outros que respondem aos novos tempos, com discursos aparentemente mais conciliatórios, mas com o mesmo propósito final: derrubar a Revolução.

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #EstadosUnidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contra-revolução cubana, Contrarrevolución, José Daniel Ferrer, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, inimigos da Revolução, Jornalismo no mundo, Los artistas del Imperio, Manipulacion, Manipulacion Politica, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, submissão do Brasil aos planos de dominação dos EUA na América Latina,, Subversão contra Cuba, Subversión, Subversión contra Cuba | Deixe um comentário

Agenda aberta .

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, # Venezuela, # yo voto vs bloqueo, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #America Latina, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados UnidosGrupo de LimaPalacio de Miraflores, #EstadosUnidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, #Trump, @Trump, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, bloqueo, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., CubavsBloqueo, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, FORA TRUMP, Injerencia De EEUU, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Gente de Zona no fundo do abismo Apoie os terroristas que atacam sua cidade.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, FORA TRUMP, MIAMI, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Série de estreia … OS DESPRECIÁVEIS (Capítulo I)

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados UnidosGrupo de LimaPalacio de Miraflores, #EstadosUnidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Comunidad de Estados Latinoamericanos y Caribeños (CELAC), Cuba, Organización de Estados Americanos (OEA), CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, Injerencia De EEUU, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Subversão contra Cuba, Subversión, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA | Deixe um comentário

Cuba financia jornalistas “independentes”.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Terroristas em fuga.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., Diferendo Estados Unidos - Cuba, Relaciones Cuba-EE.UU, Estados Unidos, Imperialismo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Redes sociais, Relaciones Cuba Estados Unidos, Subversão contra Cuba, Subversión, Terrorismo | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: