#FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos

O velho roteiro contra Cuba e os novos bonecos em cena.

 Por Redacción Razones de Cuba

Tomado de Granma

Por: Ronald Suárez Rivas, Mailenys Oliva Ferrales

A televisão cubana denunciou mais uma vez, nesta quarta-feira, ações que fazem parte do chamado golpe suave que o Governo dos Estados Unidos tenta realizar em nosso país.

Depois de ter falhado durante décadas na tentativa de destruir a Revolução, o vizinho do Norte apela a novos métodos na ânsia doentia de tentar mudar o curso que esta ilha caribenha tomou há muito tempo de forma soberana.

No entanto, como o presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez apontou recentemente em sua conta no Twitter, é “um velho roteiro importado com novos atores”.

O material televisivo referia-se ao artigo publicado em Cubadebate pelo jovem analista de mídia Javier Gómez Sánchez, com o título Os ideólogos do golpe brando: a sociedade aberta em Cuba e a articulação contra-revolucionária.

#

O texto indica que “a agressividade do governo Donald Trump, e o posicionamento de um discurso contra a Revolução, por parte de atores da mídia, com todas as intenções, repulsivas, têm feito parte dos planos e não um acidente dentro deles. Promover uma contra-revolução que se apresenta como irracional e nojenta, em relação à qual a neo-contra-revolução poderia se apresentar como uma alternativa, para que fosse vista pelos cubanos como algo preferível.

Nessa contra-revolução gasta, sem agenda própria, violenta e sem raízes sociais, associam-se personagens como Berta Soler e José Daniel Ferrer.

O primeiro, uma pessoa com um longo histórico de provocações apoiada por dinheiro da Fundação Nacional Cubano-Americana da Flórida. No audiovisual, argumenta-se que a falta de efetividade de suas ações tem cobrado seu preço, por isso o montante de dinheiro que recebe diminuiu. Ela inclusive assinala que foi acusada de utilizar esses recursos para benefícios pessoais e não para lutar por uma suposta “causa de Cuba”.

Ferrer poderia ser definido como um criminoso comum, com antecedentes criminais consideráveis, promotor de ações contra-revolucionárias, suposto líder fabricado para lhe dar reconhecimento internacional.

O povo cubano certamente se lembrará do vídeo divulgado há algum tempo, em que bateu várias vezes com a cabeça contra uma mesa, para depois acusar um oficial do Minint de tê-lo atacado.

Na mesma linha de uma contra-revolução associada à marginalidade e à violência, integram-se outras personagens como Luís Manuel Otero, que se tem dedicado, através de grotescas expressões pseudoartísticas, a promover valores contrários à Revolução, os símbolos nacionais, beirando a e novamente com ilegalidade.

Segundo a análise realizada no Noticiero de la Televisión Cubana, entre esses pequenos “atores” está Maykel Osorbo, cujos constantes apelos às redes sociais pela violência, desrespeito e desordem defendem a invasão dos Estados Unidos em Cuba.

Denis Solís, um homem cuja conduta agressiva e socialmente condenável, o levou a ser punido pelo crime de desacato, movendo-se na mesma linha, posicionando-se como o impulsionador da farsa de San Isidro.

Fora de Cuba, a contra-revolução também é administrada por outros indivíduos. Essas ações são realizadas pelos Estados Unidos com o consentimento, ou, pelo menos, com o silêncio das autoridades daquele país, durante a administração Trump, os seguintes elementos:

Yamila Betancourt, promotora de ações terroristas em Cuba, que paga por vandalismo na ilha e usa as redes sociais para fazer grosseiros pedidos de desacato.
Sob o pseudônimo de Ultrack, esse outro representante da contra-revolução busca transferir a agressividade de sua linguagem nas redes sociais para a realidade cubana, ou seja, para nossas ruas.
E Alexander Otaola, que inicialmente atraiu o público e seguidores, abordando questões relacionadas com artistas e entretenimento, para posteriormente definir sua linha clara de agressão contra Cuba e incitar uma revolta social na ilha através da desobediência e do caos.

Paralelamente a estes expoentes da agressão às Grandes Antilhas coexiste outra versão da contra-revolução, que segundo o artigo La ned tem quem lhe escreve, de Javier Gómez Sánchez, é uma espécie de nova ou neo-contrarrevolução que procura estabelecer-se como aquela alternativa menos repulsiva, para acabar sendo a opção aceita pelo povo.

Embora não sejam todas, entre as que se enquadram nesta linha está Tania Bruguera, uma pessoa que, a partir de uma construção simbólica na arte, busca benefícios e posicionamentos, e algumas de suas ações flertam com a ilegalidade, inclusive a organização de uma provocação em a Praça da Revolução.

Neste mesmo cenário aparece

Carlos Manuel Álvarez, diretor do médium “independente” El Estornudo, que, a partir de suas redes sociais, denegriu, com alto disfarce, tanto o trabalho de médicos cubanos no exterior, como também de Che e Fidel.

Outros vinculados a esta modalidade de contra-revolução são Omara Ruiz Urquiola, ex-professora do Instituto Superior de Design, participante da farsa de San Isidro e parente de altos funcionários do governo dos Estados Unidos em Cuba; e a jornalista e ex-professora da Universidade de Havana Elaine Díaz, atualmente residente no exterior, que se dedicou a recrutar jovens jornalistas e universitários para contaminar seus ambientes e pensamentos.

Fazem parte da lista Eliécer Ávila, um jovem cubano residente nos Estados Unidos, que por diversas vezes declarou estar comprometido com a violência e a invasão de Cuba; e Ariel Ruiz Urquiola, atuante no trabalho de descrédito dos médicos cubanos no exterior.

Também faz parte desta rede Rosa María Payá, representante dos interesses da extrema direita de Miami em relação a Cuba, que recentemente postou em sua conta no Twitter: «Durante anos perguntei primeiro ao governo Obama e depois ao governo Trump reincorporar o regime cubano à lista dos patrocinadores do terrorismo porque é o correto e consistente.

Em apoio à atividade desses promotores da mudança de regime em Cuba, também se proliferou a criação de meios de comunicação como Cibercuba, El Estornudo, Cubanet, El Toque e La Joven Cuba, entre outros.

“São meios digitais criados e sustentados como parte de uma operação de longo prazo implementada pela CIA em Cuba para fabricar uma imprensa que, a partir da internet, gerará conteúdo político deliberadamente tóxico para a Revolução, sob a fachada do exercício jornalístico”, afirma em seu artigo Gómez Sánchez.

Enquanto isso, dos EUA Nos Estados Unidos, organizações como a USAID, o NED (National Endowment for Democracy) e as Open Society Foundations estimulam, com concursos e bolsas, a promoção de lideranças contra-revolucionárias, como tem sido feito com a milionária financiada Yoani Sánchez, entre outras.

Em outras palavras, tanto a expressão grotesca e anexacionista dos marginalizados dentro e fora de Cuba, quanto a de vozes com um discurso mais elaborado, é a mesma contra-revolução; uns desgastados, menos cuidados pelos seus senhores, e outros que respondem aos novos tempos, com discursos aparentemente mais conciliatórios, mas com o mesmo propósito final: derrubar a Revolução.

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #EstadosUnidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contra-revolução cubana, Contrarrevolución, José Daniel Ferrer, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, inimigos da Revolução, Jornalismo no mundo, Los artistas del Imperio, Manipulacion, Manipulacion Politica, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, submissão do Brasil aos planos de dominação dos EUA na América Latina,, Subversão contra Cuba, Subversión, Subversión contra Cuba | Deixe um comentário

Agenda aberta .

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, # Venezuela, # yo voto vs bloqueo, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #America Latina, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados UnidosGrupo de LimaPalacio de Miraflores, #EstadosUnidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, #Trump, @Trump, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, bloqueo, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., CubavsBloqueo, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, FORA TRUMP, Injerencia De EEUU, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Gente de Zona no fundo do abismo Apoie os terroristas que atacam sua cidade.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, FORA TRUMP, MIAMI, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Série de estreia … OS DESPRECIÁVEIS (Capítulo I)

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados UnidosGrupo de LimaPalacio de Miraflores, #EstadosUnidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Comunidad de Estados Latinoamericanos y Caribeños (CELAC), Cuba, Organización de Estados Americanos (OEA), CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, Injerencia De EEUU, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Subversão contra Cuba, Subversión, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA | Deixe um comentário

Cuba financia jornalistas “independentes”.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Terroristas em fuga.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., Diferendo Estados Unidos - Cuba, Relaciones Cuba-EE.UU, Estados Unidos, Imperialismo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Redes sociais, Relaciones Cuba Estados Unidos, Subversão contra Cuba, Subversión, Terrorismo | Deixe um comentário

Segunda entrevista com o guerreiro cubano.

Categories: "Liberdade", "democracia", "racismo" e "direitos humanos", # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, INTERVENÇÕES HUMANITÁRIAS DOS EUA, Manipulacion, Manipulacion Politica, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Redes sociais, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Novamente o sainete sônico.

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Um relatório de um Comitê criado pelas Academias Nacionais de Ciência, Engenharia e Medicina (Nasem) dos Estados Unidos apontou recentemente que as ondas de radiofrequência podem ser a causa mais provável dos alegados problemas de saúde dos diplomatas americanos. .UU. E suas famílias na capital cubana.

No entanto, conforme observado na terça-feira no auditório da Academia Cubana de Ciências, o referido documento não cita nenhuma evidência direta da hipótese da radiofrequência, e sua discussão da literatura científica contradiz esta ideia em vários de seus parágrafos.

No encontro realizado nas instalações da prestigiosa instituição, com a imprensa nacional e estrangeira, participaram como expositores os renomados cientistas cubanos, Dr. C Luis Velázquez Pérez, presidente da instituição científica; Dr. C Mitchell Valdés, diretor do Centro de Neurociências e o eminente Dr. C Carlos Alberto Cabal Mirabal.

Especialistas internacionais em Biofísica e Bioengenharia de vários países, incluindo os EUA, bem como cientistas das Grandes Antilhas, concluíram que os sintomas não poderiam ser causados ​​por ondas de radiofrequência em nenhum cenário provável.

É oportuno assinalar, e assim o distinguiram os especialistas cubanos, que o relatório Nasem é o primeiro documento oficial dos Estados Unidos que atribui um papel aos distúrbios neurológicos funcionais e aos fatores psicogênicos no desenvolvimento das condições de saúde dos pacientes. diplomatas.

O que é conhecido na mídia como síndrome de Havana fez com que o governo Donald Trump, em 2017, retirasse grande parte dos funcionários da embaixada e emitisse um alerta de viagem, com o argumento absurdo de que diplomatas sofreram “ataques direcionados”.

Nosso país rejeitou imediatamente os fatos e designou seus melhores especialistas para estudar os incidentes.

A Associated Press (AP) revelou em março de 2018 que o FBI, depois de meses de investigação e quatro viagens à ilha, não havia encontrado nenhuma evidência desses supostos “ataques sônicos”.

Los cubanos que necesitan viajar a los Estados Unidos se quedan sin opciones

Em março de 2019, o chefe da Direção do Ministério das Relações Exteriores dos Estados Unidos, Carlos Fernández de Cossío, em entrevista coletiva com pesquisadores do Ministério do Interior e cientistas cubanos, explicou todo o processo de investigação realizado.

O evento A síndrome de Havana existe ?, fórum internacional sobre supostos incidentes de saúde, organizado pela Academia Cubana de Ciências, em coordenação com o Centro Cubano de Neurociências (Cneuro), em março de 2020 negado cientificamente, Teorias americanas

No fórum, que contou com a presença de pesquisadores dos Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Cuba, os especialistas concordaram que “não há elementos para dizer que há uma nova doença”, e que as denúncias ” eles não resistem a análises científicas sérias. ‘

Quem agora se beneficia do uso manipulado do relatório Nasem? Por que alguns jornalistas e políticos fazem uso irresponsável e malicioso das informações contidas no documento e omitem a maioria de suas conclusões, ampliando seus aspectos mais especulativos?

Categories: "ataques sônicos", #CIA, #Donald Trump, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Acciones contra Cuba, fake news, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, ataques aqcusticos, ataques frenéticos contra Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Cuba, fake news, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Fake news, FORA TRUMP, Injerencia De EEUU, Manipulacion, Manipulacion Politica, MISION DIPLOMATICA, política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Relaciones Cuba Estados Unidos, Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Cuba rejeita a politização de supostos incidentes de saúde de diplomatas norte-americanos.

Autor: Redacción Internacional | internacionales@granma.cu

A Academia Cubana de Ciências refutou na terça-feira um relatório das Academias Nacionais de Ciências, Engenharia e Medicina dos Estados Unidos, que relaciona microondas de alta potência com supostos incidentes de saúde sofridos por diplomatas norte-americanos e suas famílias em Havana.

Nueva campaña de calumnias de EE. UU. contra Cuba • Trabajadores

A investigação divulgada pela Comissão Permanente da referida instituição alega que a energia de radiofrequência pulsada e dirigida é o “mecanismo mais plausível” para explicar os hipotéticos incidentes.

Em nota à imprensa nacional e estrangeira, o Doutor em Ciências Luis Velázquez Pérez, presidente da Academia Cubana de Ciências, afirmou que “o relatório não fornece evidências científicas de que existam ondas de radiofrequência de grande intensidade na área onde diplomatas foram localizados “, e descreveram a tese proposta pelos americanos como uma” hipótese improvável e certamente não provada “.

A Academia Cubana de Ciências discordou da conclusão final das causas dos males, rejeitou a politização do tema e apelou à colaboração entre os dois países para resolver o assunto, o que serviu de pretexto para a retirada de muitos do quadro de funcionários da Embaixada dos Estados Unidos em Havana, em 2017.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Trump, @Trump, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Acciones contra Cuba, fake news, ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, Cuba, fake news, Donald Trump,, Fake news, FORA TRUMP, mentiras construídas em Washington contra Cuba, Trump procura reforçar o bloqueio | Deixe um comentário

#Cuba relatou ataque da #OEA contra colaboração médica.

“Cuba es pueblo que ama y cree, y goza en amar y creer.” José Martí

Cuba denunciou o novo ataque da Organização dos Estados Americanos (OEA), com Luis Almagro à frente, contra a colaboração médica internacional da ilha.

Esse órgão convocou para quarta-feira em Washington um fórum intitulado “A realidade sombria por trás das missões médicas cubanas” que tem o objetivo de desacreditar a participação de especialistas em saúde cubanos em programas sociais de países do Terceiro Mundo.

A conferência faz parte da campanha difamatória promovida pela Casa Branca para atacar a Revolução Cubana nas áreas em que mais desperta admiração, disse Johana Tablada, vice-diretora geral dos Estados Unidos do Ministério das Relações Exteriores.

O funcionário também definiu como embaraçoso a intenção de atacar uma atividade que beneficia milhões de seres humanos no mundo todos os dias, e faz parte dos esquemas de cooperação Sul-Sul, cobertos pelo Direito Internacional, pelos programas. das Nações Unidas e da Organização Mundial da Saúde.

Ao fazer isso, Almagro mais uma vez se coloca contra o povo e a serviço dos interesses mais reacionários do governo do presidente dos EUA, Donald Trump, e das oligarquias que o apóiam, disse ele.

Jorge Delgado, diretor da Unidade Central de Cooperação Médica do Ministério da Saúde Pública de Cuba, lembrou que, em 1963, começou uma ampla história de colaboração com nações carentes, na qual dezenas de milhares de profissionais participaram.

Ele afirmou que esses cooperadores oferecem voluntariamente seus serviços, movidos por uma convicção humanista, desinteressadamente, e assumem essa tarefa como um dever internacionalista genuíno.

O Dr. José Luis Aparicio, entretanto, rejeitou a qualificação de “escravos” que pretendem endossar médicos na ilha que prestam serviços em outros países, como parte da campanha de descrédito.

Somos apenas escravos do sagrado cumprimento do dever de salvar vidas e cuidar da saúde dos povos, cujos indicadores de saúde e satisfação hoje são a melhor evidência de solidariedade no sistema de saúde cubano.

Ambos os profissionais participam de um painel sobre cooperação médica da ilha, no Instituto Superior de Relações Internacionais “Raúl Roa”, como parte da edição XVIII da série de conversas Cuba-EUA, onde são discutidos os desafios. Relações atuais entre os dois países.

Fonte

Categories: # Cuba, #Almagro, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Cuba, a terra onde o melhor #Tabaco do mundo é #Cultivado., #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #Luis Almagro, #OEA,Luis Almagro, #Salud en Cuba, Almagro e a cloaca do império, Andrés Manuel López Obrador, Bolivia, estados unidos, Evo Morales, Grupo de Lima, Luis Almagro, Mexico, Nicolás Maduro, Red Europea de Solidaridad con la Revolución Bolivariana, venezuela, ·Medicos Cubanos, BLOQUEIO VS CUBA, bloqueo contra cuba, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Comunidad de Estados Latinoamericanos y Caribeños (CELAC), Cuba, Organización de Estados Americanos (OEA), Dança de máscaras na OEA, expulsou da aliança o Secretário Geral da OEA, Luis Almagro, Nicarágua, Organização dos Estados Americanos (OEA), Manipulação Política, Organização dos Estados Americanos (OEA), Venezuela, Secretário Geral, Luis Almagro, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: