Jose Marti

Cuba: 25 anos após a inauguração do Memorial José Martí.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, HISTORIA DE CUBA, Jose Marti, Patria Jose Marti | Deixe um comentário

Por que levantamos nossas tochas todo mês de janeiro em #Cuba 🇨🇺 ?

Categories: # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, HISTORIA DE CUBA, Jose Marti, Patria Jose Marti | Deixe um comentário

O cinismo de Dita Charanzová, vice-presidente do Parlamento Europeu.

Conhecida por suas posições de extrema direita e fiel seguidora da linha política de Donald Trump, a tcheca Dita Charanzová, vice-presidente do Parlamento Europeu, não para de atacar Cuba e acusá-la de “violar” direitos humanos, mas sim de violações verdadeiras e criminosas por governos semelhantes a Washington, não diz uma única palavra.

Mais parecida com uma subordinada do Departamento de Estado ianque do que com o próprio Parlamento Europeu, Charanzová tenta formar uma matriz de opinião contra a Revolução Cubana, em busca da entidade que representa para romper os acordos entre a Ilha e a União Europeia, com a evidente interesse em retomar a fracassada Posição Comum, proposta por José María Aznar, outro peão dos Estados Unidos.

Internet

A que liberdades básicas e direitos humanos você se refere ao atacar Cuba?

Como se tivesse copiado o discurso de Donald Trump em 16 de junho de 2017 em Miami, a citada recentemente declarou:

“É hora de perceber que nossa estratégia atual não está funcionando em benefício do povo cubano.”

Seguindo a mesma tática ianque de querer afogar o povo cubano, passa a confundir parlamentares e a opinião pública europeia que os direitos humanos são “violados” em Cuba, tudo dentro do contexto lançado pelos ianques para defender a contra-revolução interna na Ilha, criada e financiado pelos Estados Unidos, que não tem nenhum reconhecimento popular, por sua falta de moral, ética e seu caráter mercenário.

Suas declarações fazem parte do recente encontro bilateral entre a União Européia e Cuba, situação que amarga o Departamento de Estado por insistir em isolar a Revolução e intensificar sua guerra econômica, comercial e financeira, em meio à terrível pandemia que atinge o mundo.

Para aborrecimento da máfia terrorista anticubana de Miami e dos políticos norte-americanos que se opõem a uma melhora nas relações com Havana por parte do novo governo Joe Biden, o pronunciamento da reunião bilateral presidida pelo chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, e pelo chanceler cubano Bruno Rodríguez Parilla, afirma:

“Houve um debate frutífero com o Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, sobre as relações gerais UE-Cuba e o impacto das sanções dos EUA na economia cubana e nos interesses comerciais e de investimento da UE.”

Esta posição não é aceita por Washington, que imediatamente moveu seus peões para criticá-la e combatê-la.

O mundo pôde acompanhar a TV cubana internacional, a verdade sobre o fabricado “Movimento San Isidro”, que não é um movimento nem tem seguidores, é formado por pessoas de baixa moral, que jamais seriam aceitas em nenhum país da educada e educada Europa.

Fundación Nacional Cubano Americana - Dita Charanzova exige liberación de  presos políticos | Facebook

O apelo das redes sociais para se concentrarem perante o Ministério da Cultura, no final de 2020, foi promovido por outra das peças ianques, Tania Brugueras, uma provocadora de longa data em ações subversivas, que conquistou através da mentira, arrastando vários jovens da arte estudantes e até artistas consagrados que, ao sentirem a verdade nos vídeos veiculados na TV, se distanciaram do embuste sedicioso da embaixada dos Estados Unidos em Havana, prova da falta de autenticidade daquele inventado “Movimento”.

As evidências mostram que por trás da tcheca Dita Charanzová está a mão dos ianques, fazendo parte de suas tendenciosas campanhas apoiadas pela mídia pela Rádio Televisión Martí, geradora da guerra psicológica contra Cuba, criada e financiada pelo governo dos Estados Unidos. apesar de nunca ter sido ouvido ou visto na rádio e na televisão da ilha.

A ultradireita pró-ianque do Parlamento Europeu pretende sancionar Cuba pela suposta violação dos direitos humanos, porém não se pronuncia a favor da sanção da Colômbia pelos 84 massacres perpetrados em 2020 e outros 6 até 24 de janeiro de 2021, executado por forças paramilitares protegidas pelo regime de Iván Duque, irmão próximo dos Estados Unidos.

Um relatório recente do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, reconhece esses crimes, entre os quais há 19 crianças, 12 mulheres e mais de 352 pessoas assassinadas, muitas delas líderes sociais.

Quando esses crimes ocorreram em Cuba?

Nem um único contra-revolucionário assassinado ou desaparecido em 62 anos da Revolução.

Por que Dita Charanzová não adota posição semelhante contra o governo de Sebastián Piñera, por suas violações permanentes dos direitos humanos no Chile, onde a polícia atira em jovens que exigem justiça social, trabalho, melhor educação e eliminação das desigualdades?

La guerra mediática de #EEUU contra #Cuba; Visión histórica y percepción  política | Cuba por Siempre

O que acontece no Peru e na Guatemala com o pessoal de saúde que não preocupa o MEP?

Onde está sua consciência diante do panorama de saúde sofrido pelo povo brasileiro, diante da falta de sensibilidade do regime de Jair Bolsonaro, onde cemitérios não chegam para enterrar os cadáveres?

Quais foram suas propostas de sanções contra o regime de Lenin Moreno no Equador, por não ter programas de saúde eficazes, que resultou na morte de pacientes Covid-19 no meio da rua sem assistência?

Qual resolução você aprovou contra o governo de Donald Trump, diante do péssimo manejo da pandemia, que tornou o país mais rico do mundo o mais infectado e com o maior número de mortes em todo o planeta?

Há muita hipocrisia e cinismo no Checo Charanzová, combinado com seu ódio contra um pequeno país, que defende seu sistema socialista que permite cuidar de todos os seus cidadãos, manter um forte sistema de saúde, educação e previdência social que Ninguém, apesar das 242 sanções impostas pelos Estados Unidos somente em 2020, algo que parece não importar para esta mulher que se esforça para agradar seus patrões ianques.

José Martí foi exatamente quando disse:

“É considerado crime querer forçar a opinião pública”

Categories: #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Bruno Rodríguez,, #Chile, #Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #Jair Bolsonaro, #ONU, #Peru, #salud, #Salud en Cuba, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bruno Rodríguez Parrilla, Cuba, Daniel Ortega Saavedra, Governo, Ministério das Relações Exteriores (Minrex), Nicarágua, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contra-revolução cubana, Contrarrevolución, José Daniel Ferrer, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA-EUROPA, Derechos Humanos, ECUADOR, epidemia, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUROPA, Europa postura intervencionista, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, inimigos da Revolução, Jose Marti, Manipulação Política, Organização dos Estados Americanos (OEA), Venezuela, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, MINREX, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Revolução Cubana, Revolução Cubana sobrevive a todas as agressões, Subversão contra Cuba, Subversión, UNION EUROPEA, Washington | Deixe um comentário

Palavra precisa | Sobre a importância de conhecer a História.

Categories: # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Cuba, Historia de Cuba, Tarará, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, cultura, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, HISTORIA DE CUBA, Jose Marti, Manipulacion, Manipulacion Politica, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Patria Jose Marti, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Cuba: Eles celebrarão virtualmente a Marcha das Tochas.

Categories: #America Latina, #Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, antilatinoamericano, DIAZ CANEL, Estados Unidos, Imperialismo, Jose Marti, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, Patria Jose Marti | Deixe um comentário

A questão é de princípios. Uma reflexão para começar o dia …

Autor: Leidys María Labrador Herrera | leidys@granma.cu

Muitas são as premissas que carrego como bandeira de viver. A maior parte deles está comigo desde a infância, e embora alguns os tenha modificado de acordo com as minhas experiências pessoais e com o passar do tempo, outros os mantenho imóveis, porque considero que são, para o ser humano, essenciais, como o mesmo ar que respirar.

Podem haver vários exemplos em que, logicamente, não é minha intenção colocar-me como paradigma. Se começo pela minha própria experiência, é porque não há nada mais ilustrativo que nos diga com certeza se estamos ou não no caminho certo.

A fidelidade aos nossos princípios é o teste mais sagrado, primeiro, do respeito por nós mesmos e, depois, do respeito essencial pelos outros.

É verdade que essa postura que assumimos como nossa linha de comportamento e ação não depende apenas da vontade individual. Logicamente, é um processo de sedimentação subjetiva, que se constrói graças ao sistema de valores que nos rodeia em casa, na escola, no meio e na sociedade em que vivemos, que, sem falar em centenas de outros fatores pelos quais não alcançaria esta página.

Assim, as contradições que se estabelecem entre as formas que o ser humano escolhe para enfrentar, interpretar e nela se desenvolver são certamente lógicas. A essa altura, é impossível não ir a Marx quando afirma que: “Não é a consciência do homem que determina seu ser, mas, ao contrário, seu ser social é o que determina sua consciência.”

É por isso que as formas de pensar que diferem das nossas não podem ser julgadas levianamente, sem antes parar para analisar a origem dessas linhas de pensamento. Não pode, por exemplo, ridicularizar o cidadão americano
que acredita que seu país é realmente um paradigma perante o mundo, porque foi educado sob essa idiossincrasia e, para ele, essa é a verdade mais pura.

No entanto, existem princípios e valores que, independentemente de onde nascemos e de onde nos formamos como seres sociais, têm um caráter universal, e isso já é outra ponta do fenômeno. Há uma diferença entre o referido nacionalismo (extremo) e o facto de um presidente justificar com ele um “suposto” direito à intervenção militar, ou de mover, como peças de xadrez, os componentes da geopolítica mundial.

Que uma pessoa defenda os princípios e valores em que acredita, a partir de uma postura de diálogo e convivência pacífica, é compreensível, respeitável e constitui, além disso, um direito. Porém, quando há seriedade na posição de dissidência, ninguém deve se denegrir e chegar ao mais baixo patamar de condição humana que implique colocar um preço em sua dignidade.

Se algo está claro neste mundo, é que quem se respeita e, portanto, é coerente com sua forma de pensar, nunca se encontra no dilema de saber quanto vai pagar se eu disser ou fizer isso ou aquilo. Os verdadeiros ideais não têm preço. Quando uma pessoa vende sua consciência, ela se torna um objeto de uso para o pagador, e ela só terá valor enquanto for útil; mais tarde será esquecido e, como maquinaria decomposta, jogado no depósito das misérias humanas.

Está comprovado que, em Cuba, os espetáculos circenses são reservados às tendas e aos talentosos artistas que, com esforço e sacrifício, encantam o público. A qualidade desses espaços é tanta que as más imitações não chamam a atenção do nosso povo, e os frustrados protagonistas deveriam aplaudir uns aos outros.

Respeite-se primeiro quem quer ser respeitado, esse é o mais elementar dos princípios. Junto com isso vem a dignidade, reconhecendo nosso próprio valor como seres humanos (o que não é contado em
metálico), coexistindo como seres sociais e agindo de acordo com as disposições éticas e legais que regem essa convivência.

Martí siempre nos acompaña | Presidencia y Gobierno de la República de Cuba

Quem vai para a cama sendo alguém e acorda com outra identidade (sob a ação mágica de algum “incentivo” material), é porque nunca teve ideais firmes, porque viveu como um pêndulo encostado onde a sombra o beneficia. É aquela pessoa que não anda com as próprias pernas, mas deixa arrastar sua ideologia, que não é da direita, nem da esquerda, nem mesmo “centrista”, mas uma espécie de pedaço de metal preso ao ímã do poder.

Todo ser pensante questiona as coisas, sabe que as transformações são uma parte indispensável do curso do
indivíduo e sociedade, entende que todo trabalho é perfectível. Precisamente por isso, se tens bom senso claro, se tens princípios, colocas as tuas ideias a favor do bem-estar colectivo; Ele não critica com o objetivo de atropelar o que foi feito, mas sim de contribuir para torná-lo melhor; Ele não se vangloria dos problemas de seu país para merecer um tapinha estrangeiro nas costas, ele insiste em resolvê-los.

Quem tem plena consciência das realidades do presente não assume posições oportunistas, não dorme em um colchão de mentiras, não promove o descontentamento nem cria oportunidades para subverter a ordem.

Acredito sinceramente que o mundo está cada vez menos confuso. São muitas as razões para não saber qual lado é justo, embora muitos, hipocritamente, se recusem a reconhecê-lo e, infelizmente, outros sigam o exemplo.

Os tempos que correm não são ambivalentes. Tomar partido é necessário mesmo nos quadros mais estreitos de nossa individualidade, e isso vai além das conotações políticas. É reconhecer-nos na pessoa que escolhemos ser, para que o tempo não nos obrigue a ter vergonha.

Cada pessoa é integralmente responsável pelas consequências de seus atos e, portanto, é inútil nos empenharmos em buscar apoio coletivo para o que não tem justificativa possível e que fazemos deliberadamente com plena clareza dos códigos que violamos.

Quando isso acontece, as reais motivações de quem comete tais atos ficam imediatamente expostas, pois não há convicções reais.

Quem realmente honra seus princípios, os valores em que acredita, o que considera justo, nunca permite que a ambição corroa esses adereços, não os negocia nem se cansa de arrogância e cinismo.

Se, por conveniência, qualquer bandeira for abraçada, não importa o país, a sociedade ou as circunstâncias em que se vive, porque, infelizmente, a essência do ser terá se perdido.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, Contra-revolução cubana, CUBA, Jose Marti, Patria Jose Marti, princípio da não intervenção nos assuntos internos de outras nações. | Deixe um comentário

Terrorismo doméstico? #DonaldTrumpCulpable

Autor: Julio César Sánchez Guerra | internet@granma.cu

É o que Joe Biden chamou de ocupação, à força, do Capitólio nos Estados Unidos. É como dizer “terrorismo caseiro”, quase sempre feito para exportação, só que desta vez, as três xícaras de caldo estavam nos corredores do Congresso americano.

Mas esse ato de “terrorismo doméstico” teve um agitador: Donald Trump, o presidente que relutantemente deixa a cadeira da Casa Branca.

Depois desse desastre, ele os chamou de intrusos. É que eles já cumpriram seu papel, ou saíram do roteiro; não servem mais ao jogo das mentiras; a mudança de atitude nos lembra a cena do presidente jogando rolos de papel higiênico em uma multidão de Porto Rico depois de um furacão na ilha vizinha.

E tudo acontece em um país que estende o dedo cesário para dar ou tirar vidas, emitir certificados de democracia ou fazer listas espúrias de países que patrocinam o terrorismo. Agora eles não têm outra saída honrosa do que quebrar a folha de nomeados e se inscrever primeiro.

No entanto, o presidente Trump apenas abriu a garrafa cheia de velhos demônios: uma das bandeiras carregadas por “terroristas domésticos” carregava os símbolos da escravidão e do racismo do século XIX.

José Martí, que viveu naquele país durante 15 anos, observou a divisão e o ódio com preocupação. Ela soube de um casamento que foi apedrejado por ser uma mulher branca casada com um homem negro. Ele viu crianças vendendo jornais no frio de Nova York. Ele verificou as lutas entre democratas e republicanos e o papel do dinheiro nas eleições. Ele sentiu dolorosamente a separação entre ricos e pobres, e os apetites imperiais para devorar outros povos. Não hesitou em afirmar que os Estados Unidos da América não eram o modelo a seguir para as nascentes Repúblicas da Nossa América, visto que aquele gigante já tinha pés de barro.

Rechazo e indignación ante el asalto al Capitolio

Quando se prepara para a Guerra Necessária, sabe que não é só para Cuba e Porto Rico, mas “para salvar a já duvidosa honra da América inglesa”. Martí não é apenas um revolucionário para os cubanos, é também um revolucionário para o povo norte-americano.

As imagens do assalto à sede da democracia americana confirmam a futuridade do pensamento de José Martí, aquele que abre as portas ao espírito de Lincoln e fecha o caminho aos perigos do Corte aventureiro, a antiga face daqueles que agora alimentam a supremacia de alguns homens sobre outros.

Muitos dos que atacam Cuba e rasgam suas roupas em nome da liberdade, agora mantêm um estranho silêncio. Viram o rosto, como se se tratasse de um assunto de menor importância, algo muito doméstico que não merece levantar a voz, muito menos encher a cabeça de cinzas.

Só que desta vez, das páginas de Dom Quixote, salta uma velha certeza: “A verdade se dilui, mas não se rompe, e sempre caminha sobre mentiras como óleo sobre água.” Essa é uma das realidades que pairam: a vergonha do “terrorismo doméstico”, feito na própria casa do império.

Categories: #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, candidato presidencial demócrata Joe Biden, Casa Blanca, Cámara de Representantes, Cuba, el director interino de Inteligencia Nacional, Estados Unidos, Joseph Maguire, presidente de Ucrania, preside, confrontar Donald Trump da câmara baixa, congresso, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, FORA TRUMP, Jose Marti, Patria Jose Marti, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Terrorismo, TERRORISMO VS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Cuba exigirá PCR negativo para COVID-19 para viajantes internacionais que cheguem ao país.

Categories: # Cuba, #Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, Aerolinias, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Jose Angel Portal Miranda, Medico y Enfermera de la Familia Salud Publica cubana, Jose Marti, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

A guerra necessária.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #YoSoyFidel, A guerra dos Estados Unidos, Cuba, fidel castro, Declaração do governo revolucionário, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel, el ejemplo imperecedero de Maceo y Che,, Jose Marti, sonhos de Fidel | Deixe um comentário

Os cidadãos residentes podem entrar em Cuba mesmo com o passaporte vencido e sem prorrogação.

Categories: # Cuba, Aerolinias, Jose Marti, MINREX | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: