MasQueMedicos

O Gambia Daily News comemora o triunfo da Revolução Cubana.

Por Redacción Razones de Cuba

O trabalho jornalístico, inserido na edição impressa da referência diária desta nação da África Ocidental, cita frases do líder histórico da Revolução, Fidel Castro, após o início da verdadeira e definitiva independência da ilha caribenha, há 62 anos.

Lembre-se que na manhã do dia 1º de janeiro de 1959, o povo recebeu os rebeldes vitoriosos liderados por Fidel com alegria, cantos e tiros para o alto, como uma nova era de liberdade, soberania, dignidade e livre acesso à saúde e a educação.

Sublinha que, depois de mais de seis décadas dessa epopéia, os cubanos celebraram seu 62º aniversário e continuam firmes por um futuro melhor, defendendo suas conquistas e derrubando cada um dos obstáculos que os Estados Unidos interpõem a cada dia, com seu política suja de mentiras e injustiças.

O artigo do Daily News afirma que nada impedirá o curso da história na ilha das Antilhas, nem o pesado bloqueio imposto por Washington, nem suas agressões, nem as fraudes de descrédito orquestradas e financiadas pelo decadente império vizinho ao norte.

Conclui que da Gâmbia a Brigada Médica Cubana (BMC) reafirma o seu apoio incondicional ao seu povo, ao seu presidente, Miguel Díaz-Canel, e à Revolução, e ao mesmo tempo se compromete a seguir o caminho da solidariedade e do altruísmo, salvando vidas, restaurando a saúde e aliviando o sofrimento com dedicação e incondicionalidade.

Categories: # Cuba, # Miguel Díaz-Canel, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Fidel, #salud, #Salud en Cuba, #YoSoyFidel, Africa, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, DIAZ CANEL, MasQueMedicos, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, União Africana | Deixe um comentário

Quais serão as novidades em 2021?

Por Walkiria Juanes Sánchez Razones de Cuba .

Ele 2021 traz diversos temas de notícias ao redor do mundo. A tão esperada vacina contra a COVID-19, o início da Ordem Econômica em Cuba, a postergada celebração dos Jogos Olímpicos ou a crise econômica global provocada pelo coronavírus estão, sem dúvida, entre os temas de maior repercussão para o novo ano.

Cuba inicia 2021 com a homenagem de todo o povo à Revolução, que impõe um desafio econômico maior com o início da Tarefa de Ordenação anunciada há poucos dias pelo Primeiro Secretário do Partido Comunista de Cuba, General do Exército Raúl Castro Ruz, e pelo Presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez.

A Ilha dá as boas-vindas ao novo ano com moeda única e câmbio, após mais de duas décadas de dupla moeda, com o desafio de eliminar a ineficiência empresarial do país.

Não só será importante o complexo cenário econômico interno nas Grandes Antilhas, mas também as consequências do maior surto que o bloqueio teve em mais de 60 anos e da crise econômica global que a pandemia deixou.

Internet

Por outro lado, o cenário científico cubano é animador, que já conta com quatro vacinas candidatas cubanas contra COVID-19, das quais duas delas, Soberana 01 e Soberana 02, devem estar disponíveis para a população até fevereiro de 2021.

No panorama legislativo cubano, aprovado pela Assembleia Nacional do Poder Popular, espera-se um intenso movimento que por causa da COVID-19 foi preso e que responde ao que está estipulado na Constituição.

Para o período 2021-2022 das 33 leis do calendário inicial, 10 leis estavam pendentes para a próxima legislatura, entre as quais a Lei de Terras; A Lei da Reciclagem; A Lei de Migração; A Lei de Estrangeiros e a Lei de Defesa e Segurança Nacional.

O MUNDO VAI EXPERIMENTAR MOMENTOS CONVULSOS E COMPLEXOS EM 2021

A crise econômica global agravada pela COVID-19 terá seu ponto mais difícil no novo ano, a Organização das Nações Unidas avisa que 2021 será a pior fome até hoje.

Especialistas da economia internacional garantem que as restrições para conter a pandemia vão desaparecer gradativamente com a vacinação em massa, mas isso será gradativo, então não terá impacto na economia até o final do ano que vem.

De acordo com vários relatos da mídia internacional, os mercados emergentes e os países em desenvolvimento serão afetados, enquanto os mais pobres sofrerão as piores consequências da crise.

Em entrevista à entidade chilena Puerto Ideas, Josepg Stiglitz disse em entrevista à entidade chilena Puerto Ideas que “não haveria recuperação econômica até que nos recuperemos da pandemia”.

A POLÍTICA MUNDIAL TRARÁ GRANDES MUDANÇAS

O novo mapa político da América Latina em 2021 traz a esperança de que várias eleições podem mudar a situação na região.

Com a aposentadoria do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, os governos alinhados com suas políticas terão que enfrentar eleições nos próximos meses com um diagnóstico reservado; enquanto o novo presidente, Joe Biden, assumirá o cargo com a promessa de modificar a política externa implementada por seu antecessor.

O melhor exemplo eleitoral, realizado em outubro passado, foi o triunfo do Movimento ao Socialismo (MAS) na Bolívia, que derrotou um regime de fato patrocinado pelos EUA e pela OEA.

Em 2020, importantes mudanças de governo também foram realizadas em países caribenhos como República Dominicana, Guiana, Trinidad e Tobago, Jamaica, Suriname e Saint Kitts e Nevis, que devem iniciar um período de trabalho com novas projeções políticas.

As primeiras eleições gerais de 2021 serão no Equador, em 7 de fevereiro, e a fórmula vencedora tomará posse em 24 de maio. 17 candidatos aspiram a substituir o governante Lenín Moreno, em diferentes estágios de registro formal, incluindo o da União para a Esperança, chefiada por Andrés Arauz, colaborador do ex-presidente Rafael Correa, que não pôde participar das eleições.

O Peru realizará eleições gerais em 11 de abril, após a nomeação de Francisco Sagasti como presidente interino, encarregado de organizar e garantir essas eleições.

No Chile, onde acaba de ser aprovado um referendo para modificar a Constituição herdada do ditador Augusto Pinochet (1973-1990) e mantida essencialmente por vários governos civis, haverá eleições gerais em 21 de novembro.

Em novembro de 2021, também deverão ser realizadas consultas gerais na Nicarágua e Honduras, bem como importantes eleições parlamentares e regionais no México e na Argentina, que marcarão possíveis mudanças na região.

Segundo análise publicada pela Prensa Latina, o novo mapa político latino-americano continuará a se formar em 2022, com disputas presidenciais acirradas na Colômbia e no Brasil, atualmente governados pelos direitistas Iván Duque e Jair Bolsonaro, respectivamente.

O MUNDO ESTÁ ESPERANDO PELAS OLÍMPICAS

Sem dúvida, 2021 será um ano memorável, pela primeira vez na história moderna, em 124 anos, os Jogos Olímpicos foram adiados devido à pandemia global do COVID-19.

O COI acertou que o evento acontecerá entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, enquanto os Jogos Paralímpicos começarão no dia 24 de agosto e se estenderão até 5 de setembro do mesmo ano.

Apesar do adiamento, os jogos continuarão a chamar-se Tóquio 2020, e serão baptizados como “os jogos que conquistaram a COVID”, seguindo o tema inicialmente levantado de reconstrução e ressurgimento.

A CULTURA CONTINUARÁ A DAR VIDA

No universo cultural, o anúncio da Real Academia Espanhola de se transformar no mundo digital e promover o novo dicionário histórico espanhol será uma notícia.

Já o estado mexicano de Zacatecas foi eleito Capital Americana da Cultura em 2021. Este também será o Ano Ibero-Americano das Bibliotecas.

Além disso, 2021 sediará o Festival do Caribe para o mês de julho com sede na cidade de Santiago de Cuba, nas Grandes Antilhas.

Categories: #America Latina, #Trump, @Trump, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, candidato presidencial demócrata Joe Biden, Casa Blanca, Cámara de Representantes, Cuba, el director interino de Inteligencia Nacional, Estados Unidos, Joseph Maguire, presidente de Ucrania, preside, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, FORA TRUMP, MasQueMedicos, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Milhares de profissionais de saúde cubanos destacados em quase 40 países para apoiar a luta contra o coronavírus.

Categories: # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Andrés Manuel López Obrador, Bolivia, estados unidos, Evo Morales, Grupo de Lima, Luis Almagro, Mexico, Nicolás Maduro, Red Europea de Solidaridad con la Revolución Bolivariana, venezuela, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, cooperação médica cubana, Cooperacion Cuba y Angola., Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA COOPERA, Cuba-Mexico, CubavsBloqueo, FORA TRUMP, MasQueMedicos, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Presidente do Mexico, Relações Estados Unidos Cuba, Relaciones Cuba Estados Unidos, Subversão contra Cuba, Subversión, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Quanto custa esta consulta ao domicílio?

Autor: Germán Veloz Placencia | german@granma.cu

A velha abriu a porta e não escondeu a surpresa ao ver o médico. “Quanto custa essa visita domiciliar?” Ela perguntou ansiosamente. E quando soube que não haveria nota fiscal, ele recuperou a compostura. Naquele momento, ela olhou nos olhos do visitante e se lembrou de tê-los visto antes, quando um médico cubano, protegido com um terno especial, a ajudou a sair vitoriosa no confronto com o COVID-19. Ele chorou então, em meio ao agradecimento.

O evento faz parte da memória permanente do Capitão Maurio González Hernández, que integra a equipe assistencial do hospital militar Fermín Valdés Domínguez. Por cerca de quatro meses, o jovem fez parte da brigada de 38 médicos e enfermeiras do Contingente Internacional de Médicos Especializados em Situações de Desastre e Epidemias Graves Henry Reeve, que na cidade italiana de Torino ajudou a salvar mais de cem pessoas afetadas pela a pandemia.

Recibimiento de médicos de la brigada Henry Reeve procedentes de México, desarrollado en el aeropuerto José Martí, Boyeros

«Não fiquei surpreendido com a reacção da senhora. Na Itália, os pacientes com alta hospitalar do COVID-19 não têm um tratamento como o do nosso país, que estabelece acompanhamento detalhado nos consultórios médicos de família da área de saúde. Lá, ao sair do hospital, o paciente começa a se preparar para ser avaliado por médicos especialistas. No momento do encontro, a senhora, segundo nos contou, teria que esperar quatro meses para que a consulta solicitada se tornasse realidade.

«A minha visita teve como objectivo avaliar a evolução domiciliária do doente e reajustar o tratamento se necessário. Lembrei que lutamos muito no hospital de campanha para tirá-la do estado crítico em que chegou, e acrescentaram as complicações que o diabetes mellitus que ela sofre acrescentava.

Assim, há motivos para afirmar que a idosa também não esquecerá aquele encontro, fruto da filosofia médica cubana, defensora do método clínico, cuja força está na constante interação com o paciente e na realização do exame físico, num processo acompanhado de franco respeito e querida.

Ele também descreve que uma noite de tenso guarda médico, Enrico Paccini, um paciente de 91 anos, “com sincera gratidão, disse que o salvamos da morte. Seu desejo era continuar vivendo para ver a beleza do mundo, especialmente o triunfo dos médicos cubanos.

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA COOPERA, Itália, MasQueMedicos, POLÍTICA | Deixe um comentário

A brigada médica cubana no Peru retorna à ilha.

Retirado do teleSUR.

O embaixador cubano no Peru, Sergio González, se despediu neste domingo em Lima (capital) da Brigada Médica Cubana que atuava no Peru, em apoio à luta para conter o coronavírus.

El acto de despedida se realizó en el frontis del Colegio Médico de Perú.

“Os profissionais de saúde cubanos cavalgam para sua pátria com a satisfação de ter cumprido seu dever”, declarou o diplomata em seu discurso de despedida, acrescentando que o pessoal da saúde caribenho soube enfrentar os “ataques do homem das cavernas a serviço do governo dos Estados Unidos. ”.

Somando-se a isso, González lembrou que os médicos trataram 115.849 pacientes, realizaram 239.720 cirurgias de enfermagem e salvaram a vida de 627 “vidas da irmã nação andina”.

Imagen
Imagen
Imagen

Por sua vez, o chefe da brigada de saúde cubana, Raudel Vargas, lembrou os médicos peruanos que morreram na batalha contra a Covid-19, especialmente os médicos do país sul-americano formados em Cuba, Hilber Montoya, José Paredes e Pavel Cervantes.

Ao final do ato de despedida, realizado em frente ao Colégio Médico do Peru, os moradores da cidade saíram para saudar e agradecer espontaneamente os médicos cubanos.

Imagen

Por sua vez, o Ministério da Saúde do Peru informou neste domingo que foram notificados no país um total de 995.899 pessoas infectadas pelo coronavírus, das quais 37.034 pacientes morreram em decorrência da citada doença.

Ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde cubano anunciou neste dia que a nação caribenha acumula 10.127 casos positivos para Covid-19, registrando 137 mortes causadas pelo coronavírus.

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EstadosUnidos, #Peru, #salud, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, MasQueMedicos, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Solidaridad | Deixe um comentário

Cinismo vs Realidad… Garrapatas vs Bloqueo .

Categories: # yo voto vs bloqueo, #colaboracion medica cubana, #solidaridadvs bloqueo, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, La Unión Europea se posiciona contra el bloqueo, Manipulação Política, Organização dos Estados Americanos (OEA), Venezuela, Manipulacion, Manipulacion Politica, Manual do golpe de Estado, Maquinações contra Cuba e Venezuela, MasQueMedicos, MIAMI, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

Em Trinidad e Tobago, eles expressam gratidão aos profissionais de saúde de #Cuba.

Callender elogiou a dedicação e o nobre trabalho dos internacionalistas das Grandes Antilhas, que voluntariamente prestam seus serviços em várias partes do mundo diante da Covid-19 e de outras patologias.

Em suas palavras, o amigo trinidadiano apoiou a proposta de entregar à brigada médica especializada em desastres e graves epidemias “Henry Reeve”, o Prêmio Nobel da Paz, porque em sua opinião “o povo só teve prêmios para eles”.

Outro dos solidários ao povo cubano Laurence Brown expressou à Prensa Latina sua gratidão e satisfação por ter beneficiado da dádiva da saúde oferecida por especialistas da maior das Antilhas.

Brown levantou sua voz a favor do reconhecimento universal do trabalho das brigadas médicas cubanas em várias partes do mundo na luta contra a pandemia Covid-19 e no tratamento de diferentes doenças.

Desde 2003, Cuba oferece assistência médica em Trinidad e Tabogo, e hoje uma centena de colaboradores entre médicos, enfermeiras e farmacêuticos compartilham sua experiência e salvam vidas na nação irmã caribenha.

Em 1º de maio, um total de 11 graduados em enfermagem do contingente ‘Henry Reeve’ chegaram a solo de Trinidad para reforçar a resposta conjunta à Covid-19.

Atualmente, quatro deles oferecem seus serviços no Hospital Cuava dedicado a pacientes infectados com o vírus e os demais estão integrados nas diversas regiões de saúde de Trinidad e Tobago.

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #solidaridadvs bloqueo, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, epidemia, MasQueMedicos, medicina, Medicina de Família, criada pelo Comandante em Chefe Fidel Castro em 1984,, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Solidaridad | Etiquetas: | Deixe um comentário

Novas nomeações da Brigada Cubana “Henry Reeve” para o Prêmio Nobel do Parlamento Britânico, Roma e Quebec.

Em Roma, eles querem o Prêmio Nobel da Paz para médicos cubanos

Dailenis Guerra Pérez – Cubainformación / Cuba em Resumo / Resumo Latino-americano.- O professor italiano Luciano Vasapollo pediu ao Comitê Norueguês que homenageasse os profissionais de saúde cubanos com o Prêmio Nobel da Paz de 2021.

O anúncio foi feito hoje, quando o Comitê aceitou a indicação. Referindo-se aos profissionais cubanos, Vasapollo reconheceu que “durante os dias mais sombrios da pandemia, sua solidariedade também alcançou a Itália: Cuba, junto com a Venezuela, foi um dos primeiros países a ajudar outros povos em dificuldade”.

A candidatura teve o apoio de Rita Martufi, da Associação Padre Virginio Rotondi e de Graziella Ramírez do Comitê pela Paz e Dignidade dos Povos.

Professor de economia internacional na Universidade “La Sapienza” de Roma, Luciano Vasapollo está há muitos anos envolvido com universidades da América Latina e do Caribe e é promotor da Rede de Capítulos Italianos em Defesa da Humanidade.

A brigada médica cubana ajuda desde março passado em Crema, Lombardia, uma das províncias mais afetadas pela emergência sanitária ligada a Covid 19; e desde maio no Piemonte, onde a pandemia também atingiu com força.

Nova indicação ao Nobel para médicos cubanos

Dailenis Guerra Pérez – Cubainformación / Cuba em Resumo / Resumo Latino-americano.- A parlamentar britânica Claudia Webbe nomeou formalmente o Contingente Internacional de Médicos Especializados em Situações de Desastre e Epidemias Graves “Henry Reeve” para o Prêmio Nobel da Paz 2021.

Em sua apresentação de candidatura, Claudia Webbe reconheceu o intenso trabalho realizado pelo Contingente durante 15 anos, nos quais cerca de 10.000 membros salvaram 90.000 pessoas em desastres naturais e emergências de saúde. “Acho que o internacionalismo desinteressado deles merece reconhecimento”, disse ele em sua mensagem.

Médicos cubanos atienden a casos graves de Covid-19 en Angola

Webbe considerou “inspirador testemunhar as ações humanitárias abnegadas de Cuba usando sua experiência e profissionalismo para ajudar outros países a lutar contra a Covid-19”.

Em sua carta, ele destacou que os efeitos do coronavírus foram globais, independentemente da nacionalidade; e destacou que “Cuba mostrou como os países que podem, podem ajudar aqueles que precisam de assistência, independentemente de sua convicção política ou do atual estado de conflito.”

O representante do círculo eleitoral de Leicester East também afirmou que as ações corajosas da Brigada Médica cubana “Henry Reeve” sem dúvida salvaram muitas vidas. “Acredito que sua solidariedade, humanitarismo e internacionalismo merecem plenamente o Prêmio Nobel da Paz”, concluiu.

Claudia Webbe torna-se assim o sexto membro do Parlamento do Reino Unido a nomear formalmente a Brigada Médica Cubana para o Prêmio Nobel da Paz de 2021. Desde dezembro, ela foi eleita em dezembro de 2019 para representar o eleitorado de Leicester East.

Brigada Henry Reeve indicada ao Prêmio Nobel de Quebec

Retirado de Sempre com Cuba

Ottawa, 3 de dezembro A Mesa Redonda de Concertação de Solidariedade Quebec-Cuba publicou um documento apoiando a nomeação da Brigada Médica Cubana Henry Reeve para o Prêmio Nobel da Paz de 2021 por seu trabalho de solidariedade em vários países.

A organização reúne os comitês locais de Quebec e está relacionada a associações semelhantes no norte do país, bem como nos Estados Unidos e na França.

Por meio de uma carta assinada pelo professor da Universidade de Montreal Gilles Bibeau, dirigida ao Comitê do Prêmio Nobel da Paz, a entidade canadense destaca os méritos do Prêmio Henry Reeve.

Em 15 anos, mais de 9.000 profissionais de saúde que atuavam nessas Brigadas realizaram cerca de 60 missões em quatro continentes, estima-se que atenderam mais de 4 milhões de pessoas e salvaram quase 100.000 vidas, diz o documento.

Não há melhor momento, enquanto o planeta enfrenta uma terrível pandemia, para destacar o trabalho altruísta dos profissionais cubanos que, entre março e novembro de 2020, lutaram contra a Covid-19 em cerca de 40 países e territórios, destaca.

0-23-medicos-cubanos-1.jpg

Nesse sentido, destaca-se que sua criação ocorreu durante as terríveis devastações provocadas pelo furacão Katrina no final de agosto de 2005 nos Estados Unidos.

Segundo o texto, na ocasião Cuba se ofereceu espontaneamente para enviar uma brigada de 1.200 médicos e equipamentos por mais de um milhão de dólares, sendo então o primeiro país a prestar assistência humanitária a uma nação que cometeu múltiplos crimes contra a ilha caribenha. atos de agressão por mais de meio século.

No entanto, o presidente George W. Bush (2001-2009) rejeitou a oferta de ajuda do Líder Histórico da Revolução Cubana Fidel Castro e, com base nessa experiência, em 19 de setembro de 2005, Cuba anunciou a criação do Contingente Internacional Henry. Reeve, dos Médicos Especializados em Desastres e Epidemias.

A carta destaca que a escolha desse nome tem um caráter altamente simbólico, já que Henry Reeve (1850-1876) foi um jovem soldado americano que viajou a Cuba para ingressar no Exército de Libertação dos patriotas da ilha caribenha contra o colonialismo espanhol.

Reeve morreu em combate aos 26 anos, portanto, ao dar o seu nome ao contingente de saúde criado em 2005, o maior das Antilhas prestou homenagem à solidariedade internacional, seja ela de onde vier.

Até agora, uma das características que distinguem o destacamento das Brigadas cubanas no mundo é precisamente o facto de as intervenções se realizarem sem ter em conta a natureza das relações que a ilha mantém ou não mantém com os países destinatários. missiva.

Por seu altruísmo e solidariedade, eles merecem ganhar o Prêmio Nobel da Paz em 2021, conclui a carta. (PL)

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Política, CUBA COOPERA, CUBA-EUROPA, Delegacao cubana, epidemia, EUROPA, Manipulacion, Manipulacion Politica, MasQueMedicos, Solidaridad | Etiquetas: | Deixe um comentário

Governo dos Estados Unidos, único responsável pela cessação das remessas para Cuba pela Western Union.

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Donald Trump, #Estados Unidos, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, ·Medicos Cubanos, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CubavsBloqueo, FORA TRUMP, Mais Medicos, MasQueMedicos, Trump, Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Etiquetas: | Deixe um comentário

Brigada Henry Reeve recebe Prêmio Democracia na Argentina.

A Brigada Internacional de Médicos Cubanos Henry Reeve foi homenageada com o Prêmio Democracia 2020 para a destacada personalidade latino-americana, concedido pelo Centro Cultural Caras y Caretas.

O respeitado contingente internacional de médicos cubanos, especializados em situações de desastre e graves epidemias, este ano levou seu nobre e solidário trabalho às áreas mais afetadas pela pandemia COVID-19.

Confieren a Brigada Henry Reeve Premio Democracia en Argentina

Atualmente, 43 brigadas atuam em 33 países e 2.523 profissionais atendem pacientes vítimas dessa mortal doença, que se espalhou pelo planeta, com mais de 40 milhões de infectados desde o seu surgimento.

A Brigada compartilhou o prêmio, que reconhece aqueles que mostram seu compromisso diário na vida e no trabalho com os valores democráticos, com o coletivo Lastesis de Chile.

Segundo os organizadores, outras personalidades também foram homenageadas nesta 12ª edição, como a lutadora de destaque Hebe de Bonafini, presidente das Mães da Plaza de Mayo, prêmio de honra em direitos humanos.

Paralelamente às demais categorias, a cada ano, desde sua fundação em 2009, o Comitê Gestor do Centro Cultural Caras y Caretas elege as personalidades de destaque com o Prêmio Personalidade de Destaque da Argentina e da América Latina e prêmios de honra.

Instituído em homenagem ao ano em que o país recuperou a democracia, após a última ditadura militar (1976-1983), o prêmio concede uma estatueta desenhada pelo prestigioso ourives Marcelo Toledo.

Categories: #Argentina, Cooperacion, MasQueMedicos | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: