Mauricio Macri

Macri hizo destruir una escalera histórica de la Casa Rosada y le echan la culpa a la Comisión de Monumentos

Por Sergio Kiernan

Agora que a Casa Rosada tem novos ocupantes, alguns coelhos estão pulando que o macrismo escondeu ordenadamente. Nesta semana, soube que, em algum momento de seu governo, Mauricio Macri enviou para demolir uma escada histórica do edifício, aparentemente porque não se encaixava em nenhum plano decorativo de Cambiemos. Quando os que saíram perguntaram como eram essas liberdades em um prédio com a mesma definição de patrimônio, os macristas mentiram. Enquanto circulava nas redes, eles disseram que a Comissão Nacional de Monumentos, Lugares e Patrimônio Histórico havia autorizado a demolição. Bem, não é verdade: em 2016, a Comissão proibiu por escrito que as escadas fossem demolidas. O que eles fizeram foi demolir o mesmo.

Casa Rosada.

Casa Rosa
Imagem: Alejandro Leiva

Nos dias 17 e 25 de outubro de 2016, os arquitetos Andrea Morello, Mariana Quiroga e María Turull inspecionaram a Casa Rosada, enviada pela Comissão presidida por Teresa de Anchorena. A Administração de Serviços Gerais da Presidência da Nação, encarregada da Casa Rosada, solicitou orientação para as intervenções que planejavam realizar no porão, no primeiro e no segundo andar e no terraço do edifício. Como o monumento histórico é uma figura jurídica, é rigoroso pedir uma opinião à Comissão antes de colocar as mãos nos edifícios. As inspeções resultaram em um relatório de 25 páginas enviado pelos arquitetos e aprovado pela Comissão.

Longe de permitir a demolição das escadas demolidas, o relatório recomendava a limpeza de agregados que, apesar das sucessivas restaurações da Casa, continuam afogando muitas áreas. O terraço, por exemplo, é blindado com antenas, cabines, cabos e caixas de todos os tipos, sem mencionar oficinas e outros agregados. Em todo o interior, continua a ser apreciada a tendência imparável do estado de sucuche, a constante subdivisão de ambientes em succuchos, quase sempre por divisões com painéis. E a Casa Rosada é uma ótima amostra de intervenções desajeitadas feitas com materiais impróprios. O relatório é uma longa lista desses capangas que é recomendável remover.

E no final, na página 25 que resume as conclusões, ele diz que é recomendável manter a escada e “componentes ornamentais, carpintaria, ferragens, pisos, molduras de gesso, degraus de mármore, trilhos de ferreiro, luminárias, acabamentos de superfície, etc. , que a caracterizam ”. Como você pode ver, a lista é exageradamente detalhada, uma precaução normal para que eles não digam que, como os degraus de mármore não eram, por exemplo, eles entenderam que poderiam tirá-la.

Mas os responsáveis da Casa naquele momento a ignoraram e as escadas estavam carregadas. Agora eles culpam a Comissão, que rapidamente divulgou o relatório, para deixar claro quem foram os que destruíram o patrimônio e, de passagem, violaram a lei.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, argentina, Culturales, MACRI, Mauricio Macri, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Macri pegou um ar condicionado da Casa Rosada na Argentina

Um dia depois de assumir o governo, o presidente argentino Alberto Fernández se encontrou com seu colega cubano Miguel Díaz-Canel e com Michael Kozak, enviado do presidente dos EUA, Donald Trump, enquanto em La Plata, província de Buenos Aires, assumiram Seus cargos, governador Axel Kicillof e vice-governador Verónica Magario, com anúncios de medidas importantes, assim como alguns ministros do governo nacional que ocupam áreas estratégicas.

Axel Kicillof (à esquerda) com o ex-presidente uruguaio Tabaré Vázquez, assumiu quarta-feira como governador da província de Buenos Aires. Foto: AFP.

Como uma anedota do que a vice-presidente Cristina Fernández de Kirchner advertiu Fernández na terça-feira da “herança” que recebeu de “país devastado” e “terra arrasada”, o presidente teve que receber seu primeiro convidado deste dia extremamente quente, em um escritório sem ar condicionado, porque o ex-presidente Mauricio Macri levou entre outras coisas os equipamentos elétricos.

Kicillof confirmou que, como o país, a província estava em falta (cessação de pagamentos) e houve uma queda de energia que afetou milhares de Buenos Aires, apesar do fato de a empresa chilena Edesur e suas subsidiárias terem aumentado as taxas em mais de três mil por cento para fazer investimentos e evitar apagões.

O recém-assumido governador de Buenos Aires, que venceu confortavelmente sua antecessora María Eugenia Vidal, disse que declarará a emergência na maior e mais populosa província do país, suspenderá os aumentos de tarifas organizados pelo governo que concluiu ontem. “O que Vidal deixou, entre outras coisas, é uma caixa de 25 bilhões de pesos, que não é suficiente para cobrir as obrigações do próximo mês que somam 50 bilhões de pesos, além do número muito alto de desemprego, pobreza, dívida e inflação excessiva ”.

Resultado de imagem para imagenes de macri con el aire acondicionado de la casa rosada

O Banco da Província de Buenos Aires também foi afetado, cujos trabalhadores denunciaram o ex-governador, além da situação muito séria da indústria e do comércio, que ela descreveu como “dramática” e prometeu trabalhar incansavelmente. “O que foi aplicado aqui foi um modelo de avaliação financeira, endividamento e fuga de capital”, disse ele.

Enquanto isso, Fernandez almoçou com Michael G. Kozak, secretário adjunto do Escritório de Assuntos do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado dos EUA, que estava disposto a fazer com que seu país ajudasse a Argentina nas negociações para a reestruturação da dívida com o Fundo Monetário Internacional e discutiu a necessidade de fortalecer as relações bilaterais.

Em uma mensagem oficial da presidência, foi relatado que “eles concordaram em criar um sistema de consulta permanente para trabalhar em coordenação entre os dois países”. Também se sabia que a reunião não discutiu a decisão de Mauricio Claver, assessor presidencial e diretor de Segurança Nacional do Hemisfério Ocidental, de antecipar seu retorno, alegadamente porque se sentiu “afetado” pela presença no ato de assumir o ministro venezuelano. de Comunicação, Jorge Rodríguez.

Nesse sentido, o governo observou que o presidente “possui para convidar a Argentina para quem ele quiser”. Também participaram do encontro o embaixador em Buenos Aires, Edward C. Prado, o consultor político Chris Andino e o consultor Mariju Bofill. E do lado argentino estavam o ministro das Relações Exteriores Felipe Solá, o secretário de Assuntos Estratégicos Gustavo Béliz e Jorge Argüello, que poderia ser um embaixador argentino em Washington.

Fernández recebeu vários de seus convidados como o ex-presidente do Equador, Rafael Correa, que recebeu tributos de instituições e universidades daqui, e com os ex-presidentes do Uruguai José Pepe Mujica e sua esposa ex-senadora Lucía Topolansky e ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo entre outros.

Resolver o padrão
“Viemos resolver o problema de inadimplência virtual (cessação de pagamentos) deixado pelo governo anterior”, disse o ministro da Economia Martin Guzman, muito próximo ao ganhador do Nobel Joseph Stiglitzt, durante sua primeira conferência de imprensa e observou que em 2020 ” não é um ano em que o ajuste fiscal possa ser feito ”e acrescentou que“ não funciona para atacar a inflação apenas com a política monetária ”.

Guzmán, que já teve um diálogo com funcionários do FMI, disse que nessa agência “há reconhecimento do fracasso do programa anterior” e destacou que o Fundo também admite “a grave situação econômica em que a Argentina está”.

“A macroeconomia está em um estado muito frágil, navegando por um corredor muito fino” e estimou que no final de 2019 a inflação será de cerca de 55% e com altos níveis de pobreza, desemprego e destruição de empresas.

(Retirado de La Jornada)

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, Mauricio Macri, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Alberto Fernández e Macri vão à missa pela unidade e paz

O presidente eleito Alberto Fernández e o presidente cessante, Mauricio Macri, participarão de uma missa pela unidade e paz na cidade de Luján, em Buenos Aires, convocada pela Conferência Episcopal Argentina.

 Foto: Latin Press

Dois dias após a transferência do comando, ambos comparecerão à chamada da Igreja, em uma cerimônia religiosa na qual também estará presente um grande número de líderes e representantes de vários setores do país.

A Conferência Episcopal Argentina, juntamente com a Arquidiocese de Mercedes-Luján, convida neste dia 8 de dezembro a Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem, o povo de Deus e todos os setores sociais e políticos que desejam participar, a rezar juntos pela Pátria ‘, disse a Igreja em uma mensagem.

A celebração em homenagem ao Dia da Virgem começará às 11 e será presidida por Oscar Ojea, bispo de San Isidro e presidente da Conferência Episcopal, enquanto a homilia ficará a cargo do monsenhor Jorge Eduardo Scheinig, arcebispo de Mercedes-Luján.

(Com informações da Prensa Latina)

Categories: #Argentina, Mauricio Macri, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Um jovem é jogado na frente de uma ambulância de um carro após ser atingido e baleado na Argentina (VÍDEO)

O incidente ocorreu em uma cidade na província de Buenos Aires. Um membro da equipe de emergência que estava no veículo médico disse que naquele momento gritavam: “Tom, isto é para você!”

Un joven es lanzado frente a una ambulancia desde un coche luego de ser golpeado y abaleado en Argentina (VIDEO)

Secretaria de Segurança Pública / Centro de Operações e Monitoramento do Governo de Morón
O corpo sem vida de um jovem foi jogado a alguns metros de um hospital, minutos depois de ser espancado e baleado nos portões de um boliche na área, na cidade de Morón (província de Buenos Aires, Argentina).

A vítima, identificada como Ezequiel Moya, 20 anos, foi jogada de um veículo para a rua, em frente a uma ambulância estacionada, nas primeiras horas do dia 5 de dezembro, conforme relatado pelo La Nación.

A polícia conseguiu reconstruir o crime, apoiada por gravações de diferentes câmeras fornecidas pelo Centro de Operações e Monitoramento de Morón. De acordo com esse material, Moya foi capturado em frente a um estabelecimento conhecido como Poker Disco, onde estava sendo atacado por um grupo de jovens, quando em cena aparece um carro do qual eles fazem um tiro que termina em seu peito e que acabaria sendo mortal Finalmente, os atacantes fogem, enquanto o menino gravemente ferido é elevado ao Peugeot 308 cinza de onde foi ferido, com a ajuda de vários transeuntes.

Fontes próximas à investigação garantiram que a pessoa armada dentro daquele carro era amiga de Ezequiel que, na tentativa de afastar os agressores, erroneamente acertou uma bala.

AVISO: As imagens a seguir podem prejudicar sua sensibilidade.

Em seguida, o carro com Moya começa a toda velocidade na direção do hospital Posadas e é quando seus tripulantes atravessam uma ambulância e decidem atirar o jovem moribundo. Um membro da equipe de emergência que estava no veículo médico disse que naquele momento gritavam: “Tom, isto é para você!”

Recentemente, verificou-se que o proprietário do carro envolvido nos eventos foi preso na noite do mesmo dia, em uma casa localizada na cidade de Quilmes, na mesma província, onde também estava o Peugeot em questão. O suspeito foi identificado como Lautaro Otero Blanco, 19.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, brasil argentina, MACRI, Mauricio Macri, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Macri admite que não está “satisfeito com o crescimento da economia” em seu último balanço da administração (VÍDEO)

Em mensagem transmitida pela cadeia nacional, o presidente da Argentina avaliou o que foi feito durante seu governo cinco dias após o término de seu mandato.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, brasil argentina, MACRI, Mauricio Macri, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , ,

Brasil acolhe a Cúpula do Mercosul entre mudanças de governo e tensões entre parceiros

A agenda ratificará o histórico acordo alcançado com a União Européia para ser tratado o mais rápido possível pelos parlamentos de cada país membro.

Brasil acoge la Cumbre del Mercosur entre cambios de gobierno y tensiones entre los socios

Vista geral da cúpula anual do bloco comercial do Mercosul em Luque, Paraguai, 18 de junho de 2018.
Jorge Adorno / Reuters

Nesta quinta-feira, na cidade brasileira de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, será realizada a 55ª cúpula presidencial dos países do Mercado Comum do Sul (Mercosul), em clima de disputa pelas estratégias comerciais do bloco e antes das mudanças. do governo em dois dos quatro países que o compõem totalmente: Argentina e Uruguai.

O presidente anfitrião, Jair Bolsonaro, procurará avançar em sua intenção de reduzir a Tarifa Externa Comum (AEC) em quase metade, hoje em média 12% e com teto de 35%, o que abriria as portas para mercadorias de outros países. área comercial. Desde a criação do Mercosul, em 1991, o ACS foi estabelecido com a intenção de aplicar uma taxa de acordo com cada produto que entra no grupo regional – de acordo com o item – a fim de proteger a indústria local de cada membro.

A estratégia de abertura de Bolsonaro foi revelada a partir do momento em que ele decidiu avançar na cúpula, prevista para meados de dezembro, para o dia 5 do mesmo mês. Isso porque, com a mudança de data, será o ainda presidente Mauricio Macri, de grande afinidade política com a ultra-direitista e que seguirá em nome da Argentina apenas cinco dias após deixar o cargo, em vez do presidente eleito Alberto Fernández, cuja postura é claramente mais protecionista. Continuar a ler

Categories: #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Jair Bolsonaro, #Trump, #Uruguai, @Trump, Donald Trump, Donald Trump,, Mauricio Macri, MERCOSUL, provocações Jair Bolsonaro, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Pulp Fiction Mode: Trump deixa Mauricio Macri no G20 (+ Video)

Depois de apertar a mão do presidente argentino, Mauricio Macri, e trocar algumas palavras com ele, o presidente dos EUA, Donald Trump, deixou a cena e deixou-o em pé diante da foto da cúpula do G20, comemorou este Sexta e sábado em Buenos Aires (Argentina), como visto em um vídeo do evento que se tornou viral nas redes sociais.

A gravação mostra como o presidente americano cumprimenta os jornalistas ao mesmo tempo em que se afasta de Macri, que tenta em vão chamar sua atenção. Então vemos como um dos organizadores do evento aparece atrás de Trump, enquanto Macri permanece no meio do palco sozinho e um tanto confuso com a situação incomum, que causou o riso de alguns dos jornalistas presentes, bem como os usuários da Internet, que comparou o presidente argentino com o famoso meme de John Travolta do filme “Pulp Fiction”.

ElCanciller.com@elcancillercom

Trump se fue y lo dejó solo a Macri. 😅

Video insertado

Nesta sexta-feira Trump e Macri se reuniram na Casa Rosada, na capital argentina, no âmbito da cúpula de líderes internacionais. A certa altura, o inquilino da Casa Branca expressou sua insatisfação com a tradução simultânea e garantiu que entendia diretamente seu interlocutor, sem o dispositivo do intérprete, que ele deixava no chão.

(Retirado do RT)

Categories: G20, Mauricio Macri, Redes sociais, Situacao incommun, Uncategorized | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: