A Rússia denuncia planos ucranianos de bombardear instalações religiosas para enquadrar as suas forças.

#ManipulaciónMediática #Ucrania #GuerraMediática #NocheDePascua #Rusia #InjerenciaDeEEUU

Cristãos celebram hoje o Domingo de Ramos.

#Angola #DomingoDeRamos

Jornalista Alberto Quiluta

O mundo cristão celebra, hoje, o Domingo de Ramos, data em que recordam a entrada triunfal de Jesus à cidade de Jerusalém e marca o início da tradicional Semana Santa.

Nessa altura, os católicos, em particular, dedicam um período de reflexões em torno do sofrimento físico e espiritual vivido por Jesus Cristo, segundo explicações do padre Fila Cassule, pároco do Santíssimo Redentor do Kilamba

O sacerdote disse que o tradicional Domingo de Ramos é uma celebração que antecede as festas pascais. “A partir daqui, os cristãos meditam mais profundamente sobre a paixão (sofrimento) de Jesus no Calvário”.

O pároco da Paróquia da Santíssimo Redentor realçou que se trata de um momento sublime, marcado na Igreja Católica por diversas actividades, com realce para celebrações de crismas e baptismos.

Fila Cassule sublinhou que o Domingo de Ramos sucede à Quaresma, um período intenso de 40 dias de orações, jejum, perdão e de sacrifícios, que iniciou no mês de Março. “Mostra o fim de uma caminhada sinuosa, onde cada cristão é chamado a fazer uma introspecção sobre a sua conduta”.

Noutras palavras, o também vigário geral da Diocese de Viana referiu que a Quaresma representa o tempo de escuta da palavra de Deus e de conversão, de preparação e memória do baptismo, de reconciliação com Deus e com os irmãos, de recurso mais frequente às “armas” da penitência cristã, que são a oração, jejum e a esmola.

Celebrado oito dias anteriores à Páscoa, o dia de hoje é a recordação da saudação do povo de Jerusalém com ramos de palmeira e oliveira, motivo pelo qual ficou conhecido como Domingo de Ramos, enquanto Jesus seguia montado em um jumento, que simbolizava a humildade nos seus últimos dias terrenos.

Amanhã, Segunda, e na Terça-feira Santa, a Igreja celebra alguns episódios bíblicos importantes para o cristianismo, como a Parábola de Jesus a limpar o Templo, de Cristo a amaldiçoar a figueira.

Já na Quarta-feira Santa, de acordo com as narrativas bíblicas, teria sido neste dia que Judas Iscariotes se ofereceu para entregar Jesus aos que planejavam matá-lo, em troca de dinheiro. E, no dia seguinte, início do Triduo Pascal, acontecem as cerimónias do Lava-pés e a Última Ceia de Jesus Cristo com seus apóstolos.

Na Sexta-feira Santa, conhecida como “Sexta-feira da Paixão”, feriado em Angola e em muitas partes do mundo, celebra-se o dia da morte de Cristo, enquanto no Sábado Santo (Sábado de Aleluia), a Igreja Católica faz a Vigília Pascal, onde é lembrada a “descida de Jesus à mansão dos mortos”.

O Sábado Santo encerra o Triduo Pascal, que, no fundo, dá início à celebração da Ressurreição de Cristo. Mas, é Domingo de Páscoa, em que o mundo festeja o regresso à vida de Jesus, o Salvador.

São relatadas tensões políticas em Angola durante as próximas eleições.

#Angola #Eleccioneas #Religión #Politica #MPLA

Luanda, Fevereiro (Prensa Latina) A Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (Ceast) advertiu sobre o aumento das tensões políticas no país, associadas às próximas eleições gerais de Agosto, informou hoje a televisão nacional.

Reunidos na província ocidental de Benguela, mais de 400 quilómetros a sul de Luanda, os bispos aconselharam os partidos políticos a serem calmos e atenciosos, registando o clima social tenso numa data tão precoce, noticiou o programa noticioso televisivo do Canal 1.

Eleições Gerais 2022: João Lourenço promete aumento do salário da função  pública para breve – Portal de Angola

Segundo o presidente do Ceast, José Manuel Imbamba, a instituição religiosa também está preocupada com “a perigosa falta de diálogo” entre os que governam e os que são governados, líderes partidários e vários actores cívicos.

Segundo o líder da igreja, a insuficiente compreensão aumentou “o clima de tensão, radicalismo, intolerância, indisciplina, violência física, verbal, moral e psicológica”.

Imbamba também apelou a um equilíbrio por parte dos meios de comunicação social, pois estes estimulam este “ambiente sombrio e nefasto”, que “nada contribui para a harmonia social”, a paz, a cultura do diálogo, a democracia e a fraternidade social.

O reforço da jovem democracia angolana, disse, contribuiria para a afirmação da dignidade humana, o reforço da justiça, da paz e do bem-estar entre as pessoas.

Também apelou a um aumento da educação cívica dos cidadãos, no interesse de uma boa convivência, tolerância, fraternidade, amor ao próximo e respeito pelas opiniões dos outros.

De acordo com dados oficiais, a maioria da população angolana é católica: o Censo Geral da População (2014) estimou que cerca de 41 por cento dos habitantes, incluindo os estrangeiros residentes, professam essa fé, enquanto que as igrejas protestantes representavam 38 por cento.

mem/mjm

Díaz-Canel recebeu Sua Eminência o Cardeal americano Sean Patrick O’Malley .

#Cuba #DiazCanel #SeanPatrickOMalley #Religion #SaludEnCuba #CubaCoopera #ElBloqueoEsReal #SalidaridadConCuba #PuentesDeAmor

Autor: Granma | internet@granma.cu

O Presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, recebeu na manhã de quinta-feira Sua Eminência o Cardeal Sean Patrick O’Malley, Arcebispo da Arquidiocese de Boston, que visita o nosso país a convite do Arcebispo de Santiago de Cuba, Monsenhor Dionisio Guillermo García Ibáñez.

Sua Eminência, que viajou anteriormente para Cuba, foi recebido com hospitalidade e respeito. Durante a sua estadia visitou locais associados à actividade da Igreja e outros locais de interesse, tais como o Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia, onde recebeu informações sobre o esforço nacional para desenvolver vacinas, medicamentos e mesmo equipamento com que o país enfrenta a pandemia da COVID-19.

O Cardeal O’Malley foi acompanhado por Giampiero Gloder, Núncio Apostólico de Sua Santidade em Cuba. Ao Presidente da República juntaram-se o Ministro dos Negócios Estrangeiros Bruno Rodríguez Parrilla; o chefe do Departamento Ideológico do Comité Central do Partido, Rogelio Polanco Fuentes; o chefe do Gabinete de Atenção aos Assuntos Religiosos do Comité Central do Partido, Caridad Diego Bello; e Carlos Fernández de Cossío, director-geral dos Estados Unidos da Minrex.

Muitas igrejas evangélicas amam o Estado de Israel … e vice-versa. Nós explicamos porque..

#Israelo #EstadosUnidos #Religiones #AmericaLatina #Palestina #ForaTrump #NoMoreTrump #Guatemala #Honduras #Peru #Brasil

Papa Francisco chama # diálogo e autocontrole em uma convenção #World

O Papa Francisco pediu neste domingo “diálogo e autocontrole” nas relações internacionais antes do “terrível ar de tensão” que é respirado em diferentes partes do mundo, como alertou após a oração do domingo Angelus.

“Queridas irmãs e irmãos. Em muitas partes do mundo, é percebido um terrível ar de tensão. A guerra apenas leva à morte e destruição. Exorto todas as partes a manterem acesa a chama do diálogo e do autocontrole ”, afirmou na janela do Palácio Apostólico.

O pontífice exortou a comunidade internacional a “evitar a sombra da inimizade”, em um momento de crescente tensão, especialmente entre os Estados Unidos e o Irã, embora ele não tenha mencionado esse caso específico em seu apelo à pacificação.

Após seu breve discurso, Francisco pediu para orar em silêncio por alguns momentos para esse fim, às centenas de fiéis que o ouviam da Praça de São Pedro.

O papa foi informado e segue com preocupação a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã, alimentada após a operação americana que matou o poderoso general iraniano Qasem Soleimaní no Iraque.

No sábado, ele publicou um novo pedido de paz em seu perfil oficial do Twitter em nove idiomas, incluindo inglês e árabe.

“Precisamos acreditar que o outro tem a mesma necessidade de paz. A paz não é alcançada se não for esperada. Peçamos ao Senhor o presente da paz! ”Ele escreveu.

O núncio no Irã, monsenhor Leo Boccardi, informou o papa sobre esses eventos e afirmou que está “apreensivo” após a situação, segundo o portal de notícias da Santa Sé.

O diplomata pontifício salientou que a posição do Vaticano é um chamado para “diminuir a tensão, convocar todos para a negociação e acreditar no diálogo ciente de que, como a história sempre mostrou, guerra e armas não são a solução” .

Por sua parte, o bispo auxiliar de Bagdá, Shlemon Warduni, pediu ao mundo que orasse pela paz nesses momentos “críticos, muito difíceis”, criados “apenas por interesses pessoais”.

Questionado sobre como a comunidade cristã está vivendo agora, ele disse que “todo mundo tem medo de ir à guerra”, algo que seria “uma coisa tremenda”.

O patriarca da Igreja Católica Chaldean, presente no Oriente Médio, Louis Raphael Sako, diz que os iraquianos estão “impressionados” com os últimos acontecimentos e temem que seu país se torne um campo de batalha novamente.

“Em circunstâncias tão críticas e tensas, é aconselhável realizar uma reunião na qual todas as partes interessadas se sentem à mesa para manter um diálogo civil e razoável e salvar o Iraque de conseqüências imprevisíveis”, diz ele.

28 de dezembro: dia de piadas que escondem uma história trágica .

Em 28 de dezembro, é comemorado o Dia dos Santos Inocentes, em comemoração ao massacre realizado sob as ordens do rei Herodes contra uma dúzia de crianças menores de dois anos que vivem em Jerusalém.

A celebração é considerada uma tradição pagã-religiosa. De acordo com o Novo Testamento, São Mateus explica como alguns sábios (os sábios) chegaram a Jerusalém e se apresentaram ao rei Herodes, afirmando que estavam procurando o futuro rei dos judeus que acabara de nascer.

Autor:  | internet@granma.cu

dia de los inocentes

Herodes, desconfiado e com medo de perder o poder, pediu aos sábios que procurassem essa criança e retornassem com informações sobre seu paradeiro.

Antes desse pedido, os sábios zombaram do pedido, de modo que o imperador enviou um grupo de soldados a Belém para matar todas as crianças menores de dois anos em 28 de dezembro.

Desde então, a Igreja Católica comemora este dia em homenagem às centenas de crianças que foram mortas neste dia.

Na Idade Média, a celebração se fundiu com um rito pagão conhecido como “festa dos loucos” e celebrado nos dias entre o Natal e o Ano Novo.

A comemoração do Dia dos Santos Inocentes se espalhou pelo mundo. Em várias regiões, as pessoas geralmente se vestem, fazem danças tradicionais e também fazem piadas com pessoas mais descuidadas.

Cinco piadas no dia da mentira

Mudança de açúcar pelo sal

É uma piada clássica e consiste em mudar o conteúdo do recipiente de açúcar com sal. É recomendável fazê-lo na hora do café da manhã para que a pessoa caia na piada.

Alterar horas do relógio

Aproveite um momento de negligência da sua vítima para avançar ou atrasar o relógio. Isso fará com que a rotina da vítima seja alterada pela piada que você está fazendo.

A moeda ou o bilhete

É uma piada muito famosa e em muitas regiões é tocada. Trata-se de colocar uma moeda colada no chão com cola e você verá que mais de uma cairá tentando agarrar a moeda. Para o ingresso, você amarra um fio muito transparente e o puxa quando sua vítima tenta agarrá-lo.

Banheiro ocupado

Essa piada é geralmente útil para quem está trabalhando no escritório. Use um par de sapatos e calças e deixe-o em uma cabine de banheiro. Quem usará o banheiro acreditará que há alguém e terá que esperar um pouco.

Chamada falsa

Para esse tipo de piada, a tecnologia pode ser sua cúmplice. Se você possui um telefone Android, pode soltar mais de uma vítima que também possui um telefone inteligente.

Você só precisa baixar o aplicativo Juasapp que permitirá que você faça a chamada telefônica falsa clássica, mas desta vez será pelo WhatsApp.

Recomenda-se que as piadas sejam de bom gosto para quem as receberá, pois a intenção é surpreendê-las e não fazê-las passar momentos desagradáveis.

 (Retirado da telesur)

Um bordel sorteava a cesta de Natal entre seus clientes e um padre a ganhava.

O pároco admitiu que estava no local, mas pelo motivo de fazer todos duvidarem …

Uma grande agitação se originou em uma cidade de Gerona, na Espanha, quando se soube que em um bordel conhecido localizado nos arredores da cidade e após o sorteio habitual da cesta de Natal como tem sido há anos, o vencedor dela Ele era o padre da cidade.

O padre Don Nemesio, declarou em sua defesa, que reconhece ter visitado este lugar algumas semanas atrás, afirmando que era de manhã e a pedido da Madame que, depois de dar à luz, estava interessado em possibilidade de batizar o recém-nascido, pensando que sua presença na Igreja causaria estupor entre os fiéis, sendo bem conhecido pelas tarefas que realiza.

Como sinal de gratidão, essa senhora deu ao pároco um número do referido sorteio. O padre, ou Don Neme, como é normalmente conhecido pelos vizinhos, doou a cesta à Caritas.

O primeiro Natal

Evangelhos não mencionam a data do nascimento de Jesus. Foi só no século IV que o papa Júlio 1º estabeleceu o dia 25 de dezembro como o dia de Natal. Era uma tentativa de cristianizar as celebrações pagãs que já eram realizadas nessa época do ano.

No ano de 529, o 25 de Dezembro já havia se firmado como um feriado e, em 567, os 12 dias entre o 25 de Dezembro e o Dia de Reis – considerado o dia em que os reis magos chegaram até Jesus – eram feriados públicos.

dd

O Natal não é apenas uma festa cristã. A celebração tem raízes no feriado judaico de Hanuká (festa de luzes celebrada ao longo de oito dias), nos festivais dos gregos antigos, nas crenças dos druidas (sacerdotes celtas) e nos costumes folclóricos europeus.

Celebração invernal e histórica

No hemisfério Norte, o Natal é uma festa invernal, próximo ao período do solstício de inverno – depois desse período, a luz do sol aumenta e os dias começam, gradativamente, a serem mais longos. Ao longo da história, essa já era uma época de festividades.

Nossos antepassados caçadores passavam a maior parte do tempo em ambientes externos. Portanto, as estações do ano e o clima tinham uma importância enorme em suas vidas, a ponto de eles reverenciarem o sol. Povos do norte europeu viam o sol como uma roda que mudava as estações, por exemplo.

Os romanos também tinham seu festival para marcar o solstício de inverno: a Saturnália (dedicado ao deus Saturno) durava sete dias, a partir de 17 de Dezembro. Era um período em que as regras do cotidiano viravam de ponta-cabeça. Homens se vestiam de mulher, e patrões se fantasiavam de servos. O festival também envolvia procissões, decorações nas casas, velas acesas e distribuição de presentes.

O azevinho, arbusto típico usado hoje nas guirlandas, é um dos símbolos mais associados ao Natal – por ter sido transformado pela Igreja no símbolo da coroa de espinhos de Jesus. Segundo uma lenda, galhos de azevinho foram trançados em uma dolorosa coroa e colocados na cabeça de Cristo por soldados romanos para zombá-lo: “Salve o rei dos judeus”.

Diz a crença que as frutas do azevinho eram brancas, mas foram tingidas de vermelho permanentemente pelo sangue do messias cristão.

Fonte: BBB.Com/AF

Cardeal Jaime Ortega Alamino faleceu

Seu falecido eminente Jaime Lucas Cardenal Ortega Alamino, Arcebispo Emérito de San Cristóbal de La Habana, faleceu.

No alvorecer desta sexta-feira, 26 de julho, o cardeal Ortega Alamino expirou aos 82 anos. Sua vocação sacerdotal, sua formação acadêmica e sensibilidade humana lhe permitiram o acesso à mais alta dignidade eclesiástica. Continuar a ler “Cardeal Jaime Ortega Alamino faleceu”

%d bloggers like this: