Trump, Kelly dirigiu o Comando Sul entre 2012 e 2016.

O presidente Trump fez 13.435 alegações falsas ou enganosas por 993 dias, de acordo com um relatório do The Washington Post.

Por:TeleSur

Nesta segunda-feira, 20 de janeiro, o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, inicia seu quarto e último ano de gestão imerso em um processo político que pode levar à sua demissão, mas também cercado de controvérsias sobre mentiras Você disse neste momento.

Una niña patea un obra de arte que representa a la cabeza de Trump, en la Galería de Arte de Ballarat, Australia.

Trump fez alegações falsas ou enganosas sobre várias questões, incluindo imigração, a comunidade negra, sobre a economia e as mudanças climáticas, entre outras.

O caso mais recente foi quando o chefe da Casa Branca deu ordem para assassinar, por meio de drones, o comandante da Força Quds dos Corpos da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã, Qassem Soleimani, enquanto ele estava em Bagdá.

Para justificar sua decisão, o presidente primeiro garantiu que Soleimani planejava ataques indefinidos contra alvos dos EUA e depois pretendia destruir a embaixada de Washington em Bagdá.

No entanto, seu secretário de defesa, Mark Esper, negou ao presidente as razões do assassinato do general iraniano, indicando que não havia evidências de que Soleimani tenha planejado atacar quatro embaixadas americanas no Oriente Médio.

Contagem de mentiras
Em um artigo recente publicado pelo jornal americano The Washington Post, ele revelou que, até o início de outubro de 2019, o presidente Trump havia feito 13.435 declarações falsas ou enganosas por 993 dias.

O jornal citou o banco de dados do Checker, que analisa, categoriza e rastreia todas as declarações suspeitas que Trump fez.

Chamada ao Presidente da Ucrânia
Entre suas grandes falsidades, ele se destaca quando negou que queria tirar vantagem pessoal e política da ligação que fez no ano passado ao presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, para condicionar a ajuda militar concedida pelos Estados Unidos. em troca de investigar seu possível rival democrata Joe Biden nas eleições de novembro de 2020.

Esse telefonema foi estabelecido como base para os democratas iniciarem o processo de impeachment contra o inquilino da Casa Branca, que chegou ao Senado, que deve decidir seu futuro nos próximos meses.

Muro da fronteira
Outra de suas maiores alegações falsas é a do muro de concreto na fronteira com o México, que, Trump diz repetidamente que está sendo construído, no entanto, o Congresso negou a ele o financiamento milionário necessário para isso. Antes disso, o presidente tentou colocar pequenos trechos de cercas ou reparar as barreiras existentes.

Economia
Trump afirmou falsamente 204 vezes que a economia dos EUA hoje é a melhor da história. No entanto, a economia teve melhores momentos durante os períodos dos presidentes Dwight D. Eisenhower, Lyndon B. Johnson ou Bill Clinton ou Ulysses S. Grant, segundo especialistas.

Mudança climática
Trump também disse que não há mudança climática. No entanto, os cientistas chegaram ao consenso de que o aquecimento global não está retrocedendo e nunca será revertido. Você só pode limitar quanto e com que rapidez o clima muda, diminuindo a poluição de gases de efeito estufa que retêm o calor na atmosfera.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, A guerra dos Estados Unidos, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Donald Trump, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, Donald Trump, Estados Unidos, militares, República Democrática del #Congo, Elecciones EEUU, FORA TRUMP, guerra, Guerra sem Fronteiras, Os Estados Unidos declararam guerra à Espanha., Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Trump, Kelly dirigiu o Comando Sul entre 2012 e 2016., Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Comando Sul dos EUA anuncia exercício militar conjunto com a Colômbia, coincidindo com a visita de Pompeo

Por:RT

Comando Sul dos EUA anunciou segunda-feira que realizará um exercício militar de “ataque aéreo” com a Colômbia entre 23 e 29 de janeiro.

“Equipe de especialistas dos EUA e da Colômbia praticará trabalho conjunto para criar interoperabilidade e compartilhará experiências estratégicas e práticas”, afirmou o comunicado.

Comando Sur de EE.UU. anuncia ejercicio militar conjunto con Colombia coincidiendo con la visita de Pompeo
Pompeo na III Conferência    Ministerial Anti-Terror Hemisférica em Bogotá, 20 de janeiro de 2020.
Luisa Gonzalez / Reuters
Segundo o anúncio, 75 pára-quedistas da 82ª Divisão Aerotransportada de Fort Bragg, Carolina do Norte, participarão da atividade; e 40 membros do Exército do sul do país.

O texto detalha que os pára-quedistas “farão uma inserção de treinamento aéreo das aeronaves Hercules C-130 dos EUA e Colômbia, seguidos de exercícios táticos projetados para simular a segurança de um campo aéreo”.

“Temos a honra de treinar com a Colômbia, um amigo próximo dos EUA e um parceiro global da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN)”, disse o comandante do Comando Sul dos EUA, Craig Faller, citado na declaração.

Pompeo e visita de tensão com a Venezuela
O anúncio coincide com a viagem feita pelo chefe da diplomacia americana Mike Pompeo ao país sul-americano para participar da III Conferência Ministerial Hemisférica de Combate ao Terrorismo, em Bogotá.

Naquela visita, o funcionário dos EUA se reuniu com o vice e autoproclamado “presidente interino” da Venezuela, Juan Guaidó, com quem ele ofereceu uma conferência de imprensa conjunta.

“Haverá mais ações americanas para apoiar Guaidó”, afirmou Pompeo nessas declarações, nas quais descreveu a Venezuela como “um estado falido”.

Ele disse que eles continuarão com todos os seus esforços para pressionar o chavismo na Venezuela que, em sua opinião, “aboliu o direito de seus cidadãos viverem adequadamente”.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Colombia, Ejército de Liberación Nacional (ELN), Guerrilla, Paz, #Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, CIA Mike Pompeo, Colômbia, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Donald Trump, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, FORA TRUMP, fronteira com a Colômbia., Pompeo,, relações bilaterais, o governo Donald Trump, secretario de Estado, Michael Pompeo, secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo,, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Trump Google, Trump, Kelly dirigiu o Comando Sul entre 2012 e 2016., Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

#EEUU Câmara dos Deputados aprova início de julgamento político para #Trump

Autor :Mi Cuba Por Siempre

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira em uma sessão histórica a abertura de um “impeachment” no Senado contra o presidente Donald Trump, que se tornará o terceiro presidente do país a enfrentar um julgamento político.

Assim, Trump se torna o primeiro presidente republicano desaprovado pela Câmara dos Deputados, dado que Richard Nixon (1969-1974) renunciou antes do processo contra ele por ‘Watergate’ chegar a esse ponto.

Em termos gerais, ele será o terceiro presidente a enfrentar um julgamento político no Senado, depois dos democratas Andrew Johnson (1865-1869) e Bill Clinton (1993-2001), que foram salvos pela maioria no Senado.

A Comissão Judiciária acusou Trump de uma acusação de abuso de poder por pressionar seu colega ucraniano, Volodimir Zelenski, a abrir duas investigações que o beneficiariam pela reeleição em 2020: uma sobre as supostas corrupções do candidato democrata Joe Biden e seu Filho Hunter em seus negócios na Ucrânia e outro sobre “a teoria desacreditada” de que foi aquele país, não a Rússia, que interferiu nas eleições de 2016.

Trump também é acusado de uma segunda acusação de obstrução ao Congresso por rejeitar os requisitos que a Câmara dos Deputados formulou para informações e aparências no âmbito da investigação de “impeachment”. Segundo a Comissão Judicial, também ordenou que funcionários e agências do governo ignorassem os pedidos parlamentares a esse respeito.

Categories: #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, Barack Obama Bruno Rodríguez ParrillaDonald Trumpoficina del Servicio de Ciudadanía e Inmi, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump,, FORA TRUMP, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump Google, Trump, Kelly dirigiu o Comando Sul entre 2012 e 2016., Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Ninguém quer ser chefe de gabinete de Donald Trump.

© Agencia EFE En la imagen, el jefe de Gabinete de la Casa Blanca, John Kelly. EFE/Archivo

Presidente dos EUA, Donald Trump, enfrenta um desafio político incomum: não consegue encontrar quem quer manter a posição de influência da Casa Branca Chefe de Gabinete, desde o seu atual ocupante, o general aposentado John Kelly, ” ela descreveu como “miserável” ..

A oferta deste cargo na Casa Branca costuma gerar mais competição do que dúvidas, dada a relevância e o prestígio que isso implica.

No entanto, também neste aspecto a Presidência Trump rompeu com a tradição, visto que agora é visto no estranho dilema de não encontrar um substituto.

Depois de anunciar Trump sábado que Kelly iria deixar o cargo “no final deste ano”, a única opção era sobre a mesa, Nick Ayers, chefe de gabinete do vice-presidente Mike Pence, optou por afastar-se e anunciar seu retorno para o estado da Geórgia. Continuar a ler

Categories: Donald Trump, ESTADOS UNIDOS, Trump, Trump, Kelly dirigiu o Comando Sul entre 2012 e 2016., Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

A Casa Branca: Poderosa casa de cartas? Escrito por Nicanor León Cotayo

John Kelly

A administração de Trump vê pedaços importantes que integram-no, enquanto o caos está inundando-o.

Donald Trump anunciou neste sábado, logo John Kelly, 68 anos, chefe de gabinete vai deixar que a responsabilidade que ele tinha assumido desde 2017. Continuar a ler

Categories: A Casa Branca: Poderosa casa de cartas, agência de notícias espanhola EFE,, Trump, Kelly dirigiu o Comando Sul entre 2012 e 2016., Uncategorized | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: