Uncategorized

COVID-19 no mundo: Brasil ultrapassou a barreira de 550.000 mortes

O Brasil aparece como o segundo país do mundo com mais mortes por covid-19. Foto: PL.

O número de mortes por covid-19 no Brasil subiu para 550.502 na segunda-feira após a soma de 578 nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Saúde.

O boletim diário da carteira também indicava que foram notificadas 18.999 infecções no mesmo período e o total subiu para 19 milhões de 707 662, desde que a primeira foi notificada em fevereiro de 2020.

A atualização também observou que o estado de São Paulo continua sendo o epicentro da pandemia no país, concentrando 137.273 vidas perdidas e quatro milhões de 3.549 infectados.

De acordo com os governos estaduais, entre domingo e segunda-feira houve um ligeiro aumento no número de infecções (+ 4,28 por cento) e óbitos diários (21,4), em relação às 24 horas anteriores.

A média móvel de casos nos últimos sete dias foi de 45.117 infectados e 1.107 óbitos.

Após enfrentar uma segunda onda de contaminações pela doença no início do ano, as curvas de vencimento e os casos positivos no país apresentam tendência de queda há semanas, atribuída por especialistas e autoridades ao avanço da vacinação.

Estatísticas oficiais revelam que o Brasil aplicou 134,2 milhões de imunizantes, sendo 96,3 milhões na primeira dose e 37,9 milhões na segunda ou apenas uma.

Até o momento, o gigante sul-americano conseguiu imunizar 18% de seus habitantes com duas porções em um único pedido, que no total são cerca de 212 milhões.

Ainda no dia, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou definitivamente o estudo clínico da Covaxin, a vacina indiana anti-Covid-19, solicitada pela empresa nacional Precisa Medica, representante do laboratório indiano Bharat Biotech.

‘A decisão (de cancelamento) foi tomada após uma avaliação técnica de que o fim da autorização da empresa Precisa para representar a vacina no país inviabiliza o cumprimento da regulamentação quanto à realização de estudos clínicos’, relatou o órgão regulador.

A Bharat Biotech rompeu seu vínculo com o Precisa na semana passada, depois que o Ministério da Saúde informou que não tinha intenção de comprar a Covaxin porque as doses contratadas são suficientes para imunizar a população brasileira.

Atualmente o Brasil aparece como o segundo país do mundo com mais mortes por covid-19, atrás dos Estados Unidos, e o terceiro em infectados, atrás da nação do norte e da Índia.

(Com informações das agências)

Categories: #Brasil, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Guerra ofensiva dos meios de comunicação social contra Cuba .#CubaNoEstaSola

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Como nos velhos tempos, vamos passear por Havana. Tranquilidade total na bela Havana. #CubaNoEstaSola

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Cuba continua a ser notícia. #CubaNoEstaSola #MiMoncadaHoy #ACubaPonleCorazon

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Tsunami de desinformação contra Cuba: entrevista com Iroel Sanchez

Cartago TV Reports.- Maria Galeazzi entrevista o jornalista cubano Iroel Sanchez na Rádio Universidad CALF. Neuquén FM 103,7 universidadcalf.com A pegada do dólar está em todos os vestígios da tentativa de golpe de cor em Cuba.

Guinness de mentiras contra Cuba

Pastor Batista – Cubadebate

Embora não seja preciso ser especialista para saber, analistas internacionais têm mostrado que os distúrbios dos últimos dias em várias cidades cubanas fazem parte de uma grande operação, meticulosamente preparada do exterior, como expressão da guerra não convencional que o governo dos Estados, afirma Unidos, em conluio com a extrema direita anticubana aí baseada, para desestabilizar e derrotar a Revolução.

Ao brutal bloqueio econômico, comercial e financeiro, agravado ao longo de seis décadas, com pressões e sanções extraterritoriais de toda espécie para quem fornece um grão de arroz a Cuba ou recebe dele a cabeça de um alfinete, o atual governo dos Estados Unidos continua agregando recursos Promover a subversão interna nas Grandes Antilhas, num contexto em que utiliza cada vez mais as redes e plataformas digitais para criar confusão, desânimo e caos na população.

A partir de vários métodos, alguns dissimulados e outros francamente grosseiros, a política do império mudou para formas de interferência e agressão da mídia, em face de uma comunidade internacional cuja opinião e rejeição esmagadora parecem não contar em organizações como as Nações Unidas, cuja cadeia de sentenças ao referido bloqueio puderam ser registradas entre os mais famosos recordes do Guinness do universo.

Golpes suaves que fraturam vértebras e medula espinhal de governos com orientação desagradável ao olhar do todo-poderoso e arrogante império, revolução de cores (estratégia silenciosa para derrubar governos), intervenção humanitária (tela para ocupar militarmente e usar a força) fazem parte da moda continua.

Do que se trata, ninguém se engana, é varrer todos os projetos anticapitalistas do planeta e, neste caso, com o que esta nação representa, sustentada de todos os modos ao longo de mais de seis décadas., apesar dos milhões de dólares que foram investidos para subvertê-lo.

Para muitos desinformados, desconhecem-se os fios que movem elementos marginais e criminosos e até mesmo atores confusos, e o objetivo supremo, nada vinculado a garantir alimentação e saúde para este país, e muito menos a paz.

Mas esses fios são cada vez mais desvendados dentro e fora do arquipélago. Quem não tem conhecimentos básicos de tecnologias digitais ainda consegue entender o que significa preparar um golpe midiático do exterior (Argentina, Espanha, Estados Unidos …), como mostrou com cabelos e sinais o renomado analista espanhol Julián Macías Tovar.

Infelizmente, o que para a maioria do povo cubano é mais claro que a água, é mexido pela colher dos covardes que, mesmo não acreditando interiormente no que vêem os olhos, estão determinados a fazer crer, exteriormente, o que exteriormente os manda repetir. como papagaios.

É daí que vem essa máfia, predominantemente jovens sem vínculo empregatício, ricos em antecedentes criminais e de péssima conduta, que saem para gritar grosseria, atirar pedras, agredir agentes da Ordem do Interior (isto é: agentes do povo), decididos a saquear selvagemente, a matar se necessário e, sobretudo, a destruir a mesma Revolução que lhes garantiu todos os seus direitos desde que suas mães os trouxeram a este mundo.

Esses – com o misto de compaixão que o confuso de verdade pode gerar – tornam-se colaboradores do futuro que a extrema direita anticubana de Miami e a Casa Branca querem nos pintar e nos dar embrulhados em guardanapos cinzentos.

O que aconteceu no domingo passado é a “tranquilidade cidadã” reservada a toda Cuba por aqueles que nos odeiam até a morte. É isso que nos espera quando nos ajoelhamos. Só o último – e eles sabem disso muito bem no norte – nunca vai acontecer.

(Retirado do Invader)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

#PuentesDeAmor #CubaNoEstaSola .

Só o amor gera maravilhas. Hoje, os belgas em solidariedade com #Cuba e os cubanos que vivem neste país enviaram um contentor com camas e outros materiais muito necessários para lidar com a pandemia. O amor não odeia.

Puede ser una imagen de 1 persona, de pie y al aire libre
Puede ser una imagen de 2 personas, personas de pie y al aire libre
Categories: # yo voto vs bloqueo, #Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CubavsBloqueo, Profesionales e la Salud, Uncategorized | Deixe um comentário

É impossível apagar o sol com um dedo 🌏❤️🇨🇺

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

O objetivo contra Cuba é claro: intervenção militar. Eles bloqueiam você primeiro para invadir você depois.

Enquanto tentam construir para o mundo uma história de protestos pacíficos em Cuba “violentamente reprimidos” pelo governo, as forças imperiais e seus mercenários desencadeiam profusamente um correlato da necessidade de intervenção humanitária para enfrentar a situação sanitária. O objetivo final é conseguir uma intervenção militar na nação caribenha.

É o sonho frustrado dos habituais anexacionistas, que confiaram seu destino de classe parasita à entrada em Cuba dos fuzileiros navais ianques. É o que o El Nuevo Herald deixa claro hoje em suas manchetes.

O esquema da manobra é visível, causando um incidente que acende o estopim e provoca a violência necessária para solicitar a intervenção. Quem não percebe o quão ingênuo ou malicioso é.

Quem manda tweets e posts sobre o suposto apelo da Revolução a seus partidários da violência são os que clamam e anseiam por uma sangrenta intervenção militar em Cuba.

Contas claras: A Revolução não entregará as ruas a quem quer que as botas ianques pisem em solo cubano e defenderá a soberania e a independência de uma nação que lutou arduamente para conquistá-las.

Cubadebate

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Diretor da televisão Al Mayadeen mostra solidariedade a Cuba

Beirute, 12 de julho (Prensa Latina) O diretor do canal pan-árabe Al Mayadeen, Ghassan Ben Jeddou, manifestou hoje sua solidariedade a Cuba durante uma visita à missão diplomática da nação caribenha nesta capital.

Em conversa com o chefe da missão cubana no Líbano, Alexander Pellicer, testemunhado pela Prensa Latina, Ben Jeddou disse: “estamos com Cuba agora e para sempre”.

Referindo-se a recentes incidentes no país antilhano, o jornalista nascido na Tunísia apreciou que eles derivaram da coincidência das restrições impostas pela pandemia Covid-19 e da escassez causada pelo cerco imposto pelos Estados Unidos.

É um esquema aplicado em outras nações, incluindo o Líbano, para criar caos, confusão e agitação entre os cidadãos, e ao qual os Estados Unidos recorrem para promover seus interesses, disse ele.

Mas em qualquer caso, acrescentou, Cuba pode contar com seus amigos, inclusive Al Mayadeen, porque sua Revolução nunca abandonou as causas justas, nem as árabes, frisou, nem as do povo palestino.

Na ocasião, o embaixador cubano qualificou de plano macabro a tentativa de aproveitar a falta de alimentos e remédios, cujo acesso é dificultado pelo bloqueio norte-americano.

Pellicer explicou que o cenário atual é semelhante ao da queda do campo socialista nas últimas décadas do século 20, quando Washington também recorreu aos métodos de subversão para destruir a Revolução cubana.

Talvez, assinalou, seja esta a razão pela qual o governo de Joe Biden não cumpre suas promessas pré-eleitorais de melhorar as relações com Cuba.

Ele não levanta um dedo em antecipação a um desastre, disse, mas é evidente sua ignorância de um país cuja população defenderá até as últimas consequências os valores aprendidos em 62 anos.

mgt / arc

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

#CubaSalVaVidas Resultados do candidato anti-Covid-19 Abdala de Cuba online

Havana, 7 de julho (Prensa Latina)

Os resultados do desenvolvimento da vacina candidata cubana anti-Covid-19 Abdala estão disponíveis hoje para consulta pública no repositório online gratuito medRxiv.
A informação divulgada pelo Grupo Empresarial de Biotecnologia e Indústrias Farmacêuticas de Cuba (BioCubaFarma) em sua conta no Twitter refere-se à proposta desenvolvida pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB) que já demonstrou 92,28 por cento de eficácia em seu ensaio clínico fase III após administração suas três doses.

A publicação refere-se ao desenvolvimento de uma proteína do domínio de ligação ao receptor (RBD) SARS-CoV-2, expressa na levedura Pichia pastoris, cujos dados sugerem que ela é adequada como candidata a uma vacina contra Covid-19.

O artigo destacou que isso faz parte do esforço para desenvolver vacinas baseadas em plataformas tecnológicas economicamente acessíveis, o que é essencial para estender a imunização a toda a população mundial e alcançar a desejada imunidade de rebanho para acabar com a pandemia.

Cuba aguarda autorização para uso emergencial desta vacina candidata anti-Covid-19 pelas autoridades regulatórias nacionais que analisam a documentação necessária e inspecionam o processo de produção.

O Centro de Controle Estadual de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos analisa o arquivo de injetáveis ​​e realiza a fiscalização do processo de produção, para o qual é verificado o preparo do medicamento no CIGB e nos Laboratórios Aica, a fim de garantir o cumprimento Boas Práticas de Fabricação.

Abdala excedeu o limite de eficácia (50 por cento) estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para ser considerada uma vacina.

Com a autorização de uso emergencial, os fabricantes das vacinas contra Covid-19 podem solicitar o processo de revisão da OMS, que é feito por meio de avaliação de especialistas internacionais.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: