União Africana

Ministro da Saúde da África do Sul reconhece médicos cubanos.

Retirado do Jornal Granma

Autor: Nuria Barbosa León | internet@granma.cu

Sob o título: A Brigada Médica Cubana continua desempenhando um papel fundamental na batalha contra o COVID-19, de autoria da Ministra da Saúde Zweli Mkhize, a publicação digital News 24, da África do Sul, defende com argumentos substantivos os benefícios da ajuda de especialistas das Índias Ocidentais em vários ramos médicos essenciais.

O texto relata que, há quatro meses, 187 médicos altamente qualificados chegaram a Pretória, deixando entes queridos nas Grandes Antilhas, para lutar contra um inimigo desconhecido: COVID-19, e acrescentou que este contingente chegou num momento em que que a nação africana teve menos de 5.000 casos cumulativos, com cerca de 90 mortes, como resultado do coronavírus: “Esses trabalhadores da linha de frente estiveram conosco nas fases mais difíceis, enquanto lutávamos contra a ascensão do COVID-19.”

Ele acrescentou: “Eles estiveram lá durante os preparativos finais em maio, quando montamos nossa infraestrutura e montamos o treinamento para a equipe médica. Eles estavam lá quando implementamos testes massivos na comunidade para parar o vírus antes que ele sobrecarregasse nosso sistema de saúde. Eles estavam lá quando os casos aumentaram para centenas de milhares e parecia que ficaríamos sem funcionários e sem camas. E agora, quando voltarmos ao normal, evitando uma segunda onda de casos.
Ele afirmou que eles chegaram armados e prontos para servir, e se juntaram a milhares de seus irmãos que já estão bem integrados ao Sistema de Saúde Sul-africano.

“Atualmente, os profissionais cubanos estão implantados nas nove províncias. Agora estão totalmente integrados às equipes clínicas e trabalham em conjunto com os profissionais sul-africanos para fortalecer a resposta de cada território ao COVID-19 ”, reconhece o texto, e especifica que muitos dos médicos caribenhos trabalham nas zonas vermelhas (alto risco) , centros de quarentena e isolamento.

Ele acrescenta que, devido à sólida formação na atenção básica, têm sido fundamentais na fiscalização das atividades de prevenção nas localidades.

Ele também elogia o programa médico de família, também implementado experimentalmente nestes tempos de flagelo da pandemia em seu país, e garantiu que já atendeu mais de 30 mil pacientes, principalmente em quatro províncias: Cabo Oriental, Kwa Zulu- Natal, Mpumalanga e Cabo Ocidental.
Ao mesmo tempo, destaca a atuação de engenheiros biomédicos, que recuperaram 3.174 unidades de tecnologia em saúde.

Outro trabalho muito importante tem sido o de epidemiologistas, que processam informações sobre a pandemia em todos os distritos do país, para a tomada de decisões governamentais.

“A Brigada Médica Cubana desempenhou um papel inestimável e incomensurável”, disse o material jornalístico assinado pelo Ministro da Saúde sul-africano.

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, Africa, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA-ANGOLA, epidemia, MasQueMedicos, Politica, Politica Exterior, União Africana | Deixe um comentário

Comandante-em-chefe Fidel Castro, um grande amigo da África.

A imagem pode conter: 2 pessoas, barba

Neste dia 13 de agosto, o Comandante-em-Chefe Fidel Castro, grande amigo da África, fervoroso defensor da independência do jugo colonial em que submergiram os povos do continente, completaria 94 anos, o que inspirou os cubanos a levantar as bandeiras do internacionalismo proletário e prestar ajuda solidária a quantos contribuíram com seu sangue generoso na luta por nossa independência .

A imagem pode conter: 1 pessoa, telefone

A quantos deram uma contribuição essencial à formação de nossa nacionalidade, de nossa cubanidade. A sua amizade com Samora Machel, líder da independência de Moçambique, deu início a uma longa história de relações fraternas entre os dois povos, cheia de exemplos de solidariedade e fraternidade que perdura até hoje. #FidelPorEmpre #CongratulationsFidel

 

Categories: # Cuba, Africa, ÁFRICA, CUBA - ÁFRICA, Cuba, fidel castro, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel, el ejemplo imperecedero de Maceo y Che,, sonhos de Fidel, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Cuba agradece à União Africana pela cooperação internacional no enfrentamento do COVID-19.

Extraído do site do MINCEX

Esta tarde, foi realizada uma reunião de gratidão no Ministério do Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro em nome de Cuba, pela cooperação internacional prestada pela União Africana ao país no contexto da crise da saúde pelo COVID19.

A seguir, reproduzimos as palavras da Primeira Vice-Ministra Ana Teresita González, que presidiu a breve reunião.

Excma. Senhora Thaninga Pandit Shope-Linney. Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República da África do Sul em Cuba.

Caros embaixadores da África e do Caribe que nos acompanham,

Estimados companheiros:

Hoje à tarde nos encontramos entre irmãos africanos e cubanos, unidos por uma longa tradição de luta e solidariedade.

Nesta ocasião, agradecemos profundamente ao governo da República da África do Sul pelas doações feitas a Cuba pelo confronto entre Covid-19 e Cuba. Da mesma forma, reiteramos nossa gratidão às demais nações africanas que também contribuíram para combater a pandemia em nosso país.

Recebemos meios de proteção, materiais e suprimentos para as instalações de saúde cubanas, como máscaras, luvas, termômetros infravermelhos, suprimentos e suprimentos cirúrgicos, coberturas para leitos hospitalares e alimentos, entre outros, todos de importância significativa para enfrentar esta crise. saúde internacional.

A cooperação de nossos irmãos africanos, em um contexto de bloqueio econômico, comercial e financeiro do governo dos Estados Unidos contra Cuba, intensificou-se brutalmente mesmo nas circunstâncias atuais, demonstrando mais uma vez as estreitas relações entre os povos da África e Cuba. e seus líderes históricos.

Apesar das tentativas do governo dos Estados Unidos de impedir a cooperação internacional cubana, continuamos firmes em nossa tradição de contribuir com nossos modestos esforços para preservar a saúde e a vida de outros povos. Mais de 40 brigadas médicas se juntaram ao pessoal de saúde cubano em mais de 30 países, para enfrentar o Covid-19.

Em resposta ao pedido feito pelo Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, de enviar uma Brigada Médica para auxiliar na contenção de Covid-19, mais de 200 profissionais de saúde do contingente “Henry Reeve” partiram para a terra natal de Nelson Mandela , caro amigo do nosso líder histórico da Revolução, Fidel Castro.

Sem dúvida, as relações entre Cuba, África do Sul e países africanos são fortalecidas em meio a essa enorme pandemia, na qual a solidariedade não tem sido precisamente a característica distintiva nas relações internacionais.

Nesta difícil situação que enfrentamos, também é essencial continuar desenvolvendo a cooperação em outras áreas prioritárias, como assistência econômica, educação, agricultura, construção, assentamentos humanos, obras públicas e de infraestrutura, recursos hídricos, transporte, mineração, entre outros setores.

Também reconhecemos nesta ocasião o papel que a África do Sul está desempenhando como Presidente da União Africana. Temos certeza de que as relações com Cuba se fortalecerão.

A África faz parte de nossa própria identidade como nação e de nossa história, somos filhos deste continente e como nosso comandante-chefe Fidel Castro expressou: pagar nossa dívida com a África está pagando nossa dívida com a humanidade. Aqui estamos e estaremos juntos para construir o melhor mundo possível e cada vez mais necessário para todos.

Muito obrigado

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Fidel, #salud, #Salud en Cuba, #YoSoyFidel, ÁFRICA, África do Sul, África, sempre digna, CUBA - ÁFRICA, epidemia, ESTUDIANTES AFRICANOS, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Nelson Mandela, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

A África excede 644.000 infecções pelo Covid-19.

Retirado do teleSUR.

Os contágios continuarão a aumentar devido ao levantamento de medidas restritivas em vários países.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) da África registra nesta quinta-feira que o continente conta 644.205 casos confirmados de Covid-19 e 14.044 mortes por mortes. Enquanto isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) enfatizou que as infecções continuarão a aumentar devido ao levantamento de medidas restritivas em vários países.

Imagen

O diretor regional da OMS para a África explicou que as quarentenas permitiam “ganhar tempo para fortalecer as capacidades dos sistemas de saúde” nos países do continente, muitos deles precários.

Ele também enfatizou que “se não intensificarmos os serviços de saúde, incluindo testes, rastreamento, isolamento e atendimento de pessoas que já vivem em ambientes precários e campos de deslocados, o Covid-19 poderá causar uma tragédia incalculável”.

A organização mundial de saúde explicou que cerca de 1,5 milhão de pessoas não têm atendimento médico adequado para a emergência epidemiológica existente. Também foi especificado que o sistema das Nações Unidas ativou grupos de saúde em oito países onde a situação humanitária exige o apoio da comunidade internacional, entre eles Burkina Faso, República Centro-Africana, Chade, República Democrática do Congo, Etiópia, Mali , Níger e Sudão do Sul.

El pasado mes de junio la OMS ya había alertado sobre el ascenso de los contagios de la pandemia en África

Em junho passado, a OMS já havia alertado sobre o aumento de infecções pandêmicas na África e alertado que, se as medidas apropriadas não fossem tomadas, as mortes no continente poderiam ser muito maiores do que os números atuais, entre 83.000 e 190.000.

A África do Sul é a nação mais afetada da região. Somente esse país possui quase metade dos casos positivos detectados no continente. As autoridades de saúde da África do Sul confirmaram um total de 311.049 infecções desde o início do surto, e o número de mortos é de 4.453.

Categories: #salud, Africa, África do Sul, África, sempre digna, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Ministro das Relações Exteriores da Gâmbia agradece a Cuba pela ajuda solidária à África e seu país

A ministra das Relações Exteriores da Gâmbia, Mamadou Tangara, agradeceu hoje a ajuda solidária que Cuba historicamente oferece à África e ao seu país, especialmente no campo da saúde.

Tangara recebeu na segunda-feira na sede do Ministério das Relações Exteriores o embaixador da ilha do Caribe nesta nação da África Ocidental, Rubén G. Abelenda, a quem transmitiu a gratidão de seu governo e seu povo pelo trabalho humanitário que vem realizando aqui há mais Membros de 20 anos da Brigada Médica Cubana (BMC).

Ele expressou que, apesar do bloqueio injusto e prolongado imposto a ela, a maior das Antilhas nunca deixou de ser solidária e seus trabalhadores médicos hoje lutam contra o Covid-19 em muitos países deste continente e em outras regiões do mundo .

Ele afirmou que na Gâmbia, médicos e pessoal de saúde cubanos são vistos trabalhando com grande humanismo, profissionalismo e responsabilidade em todo o território nacional.

A África e a Gâmbia serão eternamente gratas ao país do Caribe por tudo o que fez por nós, disse ele.

Por sua parte, o embaixador Abelenda reiterou a vontade e a determinação de Cuba de continuar colaborando com os países que a solicitam.

O bloqueio e as agressões dos EUA contra a Ilha das Índias Ocidentais nunca serão um impedimento para ajudar quem mais precisa, disse o diplomata cubano ao ministro das Relações Exteriores da Gâmbia.

Na reunião cordial e amigável, Tangara e Abelenda revisaram os laços entre suas respectivas nações, que eles descreveram como muito positivos.

RSS Minrex

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Africa, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CUBA - ÁFRICA, CubavsBloqueo, eeuu, MINREX, Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Líderes do Partido Comunista da África do Sul e do Congresso Nacional Africano expressam solidariedade a Cuba.

o Partido Comunista de Cuba (PCC) desenvolveu videoconferências presididas pelo Secretário Geral Blade Nzimande, em companhia de outros líderes do Partido Comunista da África do Sul (PCSA); e Ace Magashule, Secretário Geral do Conselho Executivo do Congresso Nacional Africano (ANC), junto com vários membros dessa instância.

Os dois líderes forneceram informações valiosas sobre os esforços da África do Sul para enfrentar a pandemia do novo coronavírus e ratificaram a posição histórica de seu país contra o bloqueio e as agressões contra Cuba, além de agradecer ao povo pela ajuda solidária que As brigadas médicas cubanas são fornecidas na África do Sul e em todo o continente.

Nas trocas, o camarada Jorge Cuevas Ramos, membro da Secretaria do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, explicou aos líderes sul-africanos as experiências de nosso país no confronto com o COVID-19, que ocorre em meio a circunstâncias complexas. imposta pela política criminosa de bloqueio econômico, comercial e financeiro dos EUA

Eles acompanharam o líder cubano Ángel Arzuaga Reyes, vice-chefe de coordenação do Departamento de Relações Internacionais e outros funcionários do PCC.

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #solidaridadvs bloqueo, africa do sul, ÁFRICA, África do Sul, bloqueo, bloqueo contra cuba, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CUBA - ÁFRICA, CubavsBloqueo, epidemia, Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

A África excede 240.000 casos de Covid-19.

teleSUR 

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da África (CDC da África) informou na segunda-feira, 15 de junho, que o número de pessoas infectadas com o Covid-19 no continente atingiu 242.969 casos.

Em seu relatório, a entidade acrescentou que as mortes contabilizadas totalizaram 6.524. Da mesma forma, é necessária a existência de 125.710 casos ativos e 110.735 pacientes recuperados da doença.

Entre os países mais afetados da região estão a África do Sul, com 70.038 diagnosticados e 1.480 mortes relatadas; Egito, 44.598 infectados e 1.575 mortos; e Nigéria, com 15.682 e 407, respectivamente.

Desde a confirmação em 13 de maio do primeiro caso no Lesoto, cidadão de um país do Oriente Médio, todos os países do continente africano relatam casos de Covid-19

Diante do aumento das pessoas infectadas pelo novo coronavírus, várias nações impuseram medidas de retirada social para impedir a disseminação do patógeno.

Especialistas alertaram sobre a complexidade que representa para o continente africano impedir a propagação da doença. Até agora, a maioria dos casos positivos oficialmente relatados ocorre em regiões urbanas.

Uma expansão do Covid-19 para as áreas rurais implicaria os fatores agravantes de uma infraestrutura insuficiente ou inexistente de recursos de saúde para lidar com a doença, dificuldades para o acesso da população à água potável, conflitos armados que limitam as ações de saúde, entre outros.

Em suas informações, o CDC na África também observou que a região da África do Sul é agora a área mais afetada do continente em relação aos casos confirmados de Covid-19.

Categories: #salud, Africa, ÁFRICA, África do Sul, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

A África excede 4.000 mortos pelo Covid-19.

 

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças na África (CDC na África) relataram no domingo que mais de 4.060 pessoas morreram no continente como resultado da nova pandemia de coronavírus. Enquanto isso, o número de infecções continua a exceder 141.500 casos.

Segundo o CDC na África, o vírus se espalhou para 54 países do continente, sendo a região norte a mais afetada, com cerca de 42.100 casos. Por seu lado, a África Ocidental registra 34.200 infecções, os 33.200 casos do Sul, 16.800 do Leste e o centro cerca de 15.700 pessoas positivas para o Covid-19.

Por seu lado, a África do Sul continua sendo o país com as pessoas mais infectadas, com 30.967 casos e 643 mortes. Enquanto isso, o país com mais mortes é o Egito, com 913 mortes e 23.449 casos; seguido pela Argélia e Marrocos, com 17.050 casos e 850 mortes entre os dois países.

Outros países como a Nigéria, a mais populosa do continente, confirmaram neste domingo cerca de 9.855 casos e 273 fatalidades. Depois, há Gana, com 7.881 infecções e 36 mortes, e Camarões, com 5.904 casos e 191 mortes pela nova pandemia de coronavírus.

Diante desse cenário, o CDC africano diz que muitos Estados membros da União Africana implementaram medidas de saúde social e pública em larga escala, com o objetivo de reduzir a transmissão e o número de novos casos, “protegendo as populações mais vulneráveis ​​e dando aos países tempo para aumentar os serviços críticos de saúde e diagnóstico “.

No entanto, eles explicam que, embora essas ações tenham gerado “tempo para os Estados membros, os impactos socioeconômicos negativos estão sendo sentidos amplamente, e os países estão agora explorando a melhor forma de reduzir essas medidas ao gerenciar o surto”.

Categories: #salud, Africa, África do Sul, epidemia, Nigéria, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Neste novo dia da África, renovaremos nossa amizade e fraternidade com o continente irmão.

Este ano, comemoramos o Dia da África em Cuba em condições excepcionais devido à pandemia de Covid-19. No entanto, isso não impedirá um evento de importância extraordinária, como a criação, em 25 de maio de 1963, da Organização para a Unidade Africana (OUA), que se tornou a União Africana (UA) em 2002, lembramos como sempre fizemos. os cubanos.

Neste novo dia da África, renovaremos nossa amizade e fraternidade com o continente irmão ao qual estamos ligados por sangue, cultura e história.

O comandante em chefe da Revolução Cubana, Neste novo dia da África, renovaremos nossa amizade e fraternidade com o continente irmão. Fidel Castro Ruz , sempre destacou o “dever de compensação” que os cubanos têm com a África, pelo papel crucial desempenhado pelos africanos e seus descendentes nas guerras de independência de nosso país e sua contribuição para construindo nossa nação do Caribe.

Estávamos juntos nas lutas contra o colonialismo e o apartheid e nos esforços de desenvolvimento. Cerca de 6.000 colaboradores cubanos nas áreas de saúde, educação, esportes e agricultura prestam seus serviços em 32 países africanos. Quase 9000 bolseiros africanos estudam o ensino superior em nosso país.

A África é hoje um ator decisivo nos assuntos internacionais. Seus 55 estados membros compõem um terço da Assembléia Geral das Nações Unidas e metade em outros fóruns globais de concertação, como o Movimento Não-Alinhado e o Grupo dos 77 + China.

Cuba agradece o apoio unânime dos governos, líderes, organizações e povos da África na luta contra o bloqueio, incluindo a votação a favor da resolução “É preciso acabar com o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos da América. Contra Cuba ”, que é aprovado anualmente pela Assembléia Geral das Nações Unidas, bem como a adoção por onze anos consecutivos de uma resolução contra o bloqueio na União Africana.

Nestas complexas circunstâncias que a humanidade enfrenta, Cuba insta a comunidade internacional a apoiar a África na luta contra a pandemia de Covid-19 e suas terríveis conseqüências econômicas, sociais e financeiras. Os povos africanos, que fizeram tanto pela humanidade, merecem isso.

Ratificamos que as relações de Cuba com os povos e governos da África são indestrutíveis e que, leais à nossa tradição histórica e solidária, continuaremos a fortalecer os laços de amizade e cooperação com esse irmão irmão.

Viva a irmandade entre África e Cuba!

(CubaMINREX)

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, 25 de maio celebra-se no Dia Mundial de África, Africa, África, sempre digna, CUBA - ÁFRICA, epidemia, MINREX, Profesionales e la Salud, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

As raízes de um povo que cresce em todo o mundo #DeCaminoAlDíaDeÁfrica.

Uma amiga cubana compartilhou isso no mural dela e eu queria compartilhar com o meu blog. #DeCaminoAlDíaDeÁfrica uma iniciativa da EmbaCuba na Nigéria para apresentar um Zentangle dedicado a este amado continente. Desenhada pela artista Ana Chavely Bauza Pino, atualmente em Abuja e seu pai.
O Zentangle é uma reflexão artística que apóia relaxamento, concentração e inspiração e pode ser um maravilhoso ritual diário.
Nesse caso, convidamos os amantes da África a comentar esse desenho, no qual ocultam uma série de atributos, culturais, espirituais e de sua flora e fauna. Descubra-os, mencione-os e curta #AfricaEnLaSangre.

A imagem pode conter: 1 pessoa, desenho

Categories: 25 de maio celebra-se no Dia Mundial de África, Africa, África, sempre digna, CUBA - ÁFRICA, cultura, Culturales, DIA MUNDIAL A MULHER AFRICANA, Uncategorized, União Africana | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: