Variado

Os limites da declaração

Por Fernando Buen Abad Domínguez

O chamado “senso comum” reza, com disfarce disfarçado de “pensador livre”, de que “todos podem dizer o que quiserem”; isso é “livre para dizer” e que, sob a proteção do subjetivismo e do individualismo (“tudo está de acordo com a cor do copo com o qual você olha”), a língua é liberada sob o capricho de conspirações ou compulsões. Vivemos sob o domínio de um verdadeiro torneio de idiomas irresponsáveis. Especialmente quando detecta que, em uma controvérsia assimétrica, o “mais forte” procede com uma ofensiva, rude e ultrajante, que vai da origem de uma discussão ao ataque – e insulto – pessoal. Continuar a ler

Categories: Uncategorized, Variado | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: