#Venezuela

Donald Trump acusa o presidente Maduro de tráfico de drogas.

Mais uma vez, os Estados Unidos tentam tirar proveito de uma situação extrema como a que o mundo está passando, desta vez na Venezuela.

Categories: # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Colombia, Ejército de Liberación Nacional (ELN), Guerrilla, Paz, #Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EUA contra uma possível intervenção militar na# Venezuela, #Nicolás Maduro, #Nicolás Maduro Moros, #Trump, #Venezuela, @Trump, agressão internacional contra a Venezuela,, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, ·Venezuela, Caracas, #Estados Unidos, Golpe de Estado, #Mike Pence, Militar, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, Constituição Bolivariana da Assembléia NacionalMaikel MorenoNicolás Maduro, Donald Trump, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, drogas, Estados Unidos, Nicolás Maduro Moros, Política, Rússia, Sociedade, Venezuela, FORA TRUMP, Golpe de Estado #John Bolton #Nicolas Maduro Dialogo de Paz, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Guaidó, um "presidente" sem território, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, promovendo a autoproclamação do deputado Juan Guaidó como "presidente encarregado, Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

O grupo Puebla exigir que os Estados Unidos terminem os bloqueios contra Cuba e Venezuela.

O grupo Puebla, uma aliança formada por vários líderes internacionais, instou os países do mundo a exigir que os Estados Unidos terminem os bloqueios impostos unilateralmente – e se intensificaram nos últimos meses – contra Cuba e Venezuela.

Esses bloqueios, que são sanções políticas contra seus governantes, violaram os direitos dos habitantes desses países por décadas, condenando-os a viver sem acesso a medicamentos ou bens materiais, informou a agência.

Grupo de Puebla@ProgresaLatam

🌎 | Los principales referentes del progresismo en la región se unen para exigir la condonación de la deuda externa para los países de América Latina.

“Isso, que em situações normais é crueldade, hoje – no contexto da pandemia de coronavírus – é o anúncio de uma tragédia que devemos, a todo custo, evitar”, disse o grupo no contexto da pandemia pela qual está passando. o mundo por Covid-19.

A entidade internacional afirmou: “Hoje é a solidariedade e a paz que devem prevalecer como políticas de relações internacionais entre os povos do mundo. Por esse motivo, é essencial – sempre foi – que os Estados Unidos reajam e levantem, sem condições, essas condições. sanções “.

As escaladas, bloqueios e perseguições políticas de governos e governantes devem, necessariamente e com urgência, terminar, disse o fórum político e acadêmico composto por representantes políticos de todo o mundo.

“É por isso que pedimos a todos que exijamos o fim dessa violação permanente dos direitos humanos de cubanos, cubanos e venezuelanos”, afirmou.

O fórum de líderes progressistas apóia as posições da Secretária Geral das Nações Unidas, António Guterres e da Alta Comissária para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, que defendem o fim dos bloqueios.

A organização também se alinhou à posição do grupo de senadores dos EUA, Chistopher S. Murphy, Chris Van Holen, Tom Caper, Tim Kaine, Benjamin L. Cardin, Tom Udall, Patrick Leahy, Sherrod Brown, Brian Schatz, Jeffrey A. Merkley Richard Blumenthal, que exigiu que Trump retirasse as medidas coercitivas contra Havana e Caracas.

Categories: # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EUA contra uma possível intervenção militar na# Venezuela, #ONU, #Trump, #Venezuela, @Trump, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, agressão internacional contra a Venezuela,, ALBA, ALBA-TCP, Cuba, Fidel Castro Ruz, Hugo Chávez Frías, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Andrés Manuel López Obrador, Bolivia, estados unidos, Evo Morales, Grupo de Lima, Luis Almagro, Mexico, Nicolás Maduro, Red Europea de Solidaridad con la Revolución Bolivariana, venezuela, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, Caracas, #Estados Unidos, Golpe de Estado, #Mike Pence, Militar, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Nicolás Maduro Moros, Solidariedade, Venezuela, Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Soberania, Venezuela, Cuba, Venezuela y Nicaragua, Derechos Humanos, Donald Trump, Donald Trump, Estados Unidos, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, Estados Unidos Venezuela, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, Nicolás Maduro Moros, Política, Rússia, Sociedade, Venezuela, EUA contra a Venezuela na ONU, FORA TRUMP, ONU-CUBA, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Eles confirmam dois casos de coronavírus na Venezuela.

Dois casos de coronavírus foram confirmados no início desta sexta-feira pelas autoridades de saúde da Venezuela, informou o vice-presidente desse país, Delcy Rodríguez.

Os infectados são uma mulher de 41 anos que estava nos EUA, Itália e Espanha e um homem de 52 anos que também estava na Espanha. Ambas as pessoas vivem no estado de Miranda, que faz parte da Grande Caracas.

Confirman dos casos de coronavirus en Venezuela

O vice-presidente informou que as duas pessoas estão completamente isoladas e pediu aos passageiros do voo 6673 da Iberia, nos dias 5 e 8 de março, que viajaram com os dois infectados, para entrar em quarentena preventiva.

Suspensão de aulas
Da mesma forma, ele relatou que a partir das atividades escolares de segunda-feira são suspensas em todo o país, ele recomendou que os idosos ficassem em casa e se referiu ao uso obrigatório de máscaras para entrar no Metrô de Caracas e transporte ferroviário.

Com relação às fronteiras terrestres que a Venezuela mantém com a Colômbia e o Brasil, o Ministro do Interior e Justiça e Paz, Néstor Reverol, informou que o uso de máscaras faciais é obrigatório para quem entra ou sai dos pontos de fronteira da Venezuela.

Anteriormente, em uma entrevista coletiva na quinta-feira passada, o presidente venezuelano suspendeu os vôos da Europa e da Colômbia por um mês, onde foram registrados 13 casos até agora, e ordenou a proibição de atividades em massa.

Categories: # Venezuela, #salud, #Venezuela, epidemia, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, SALUD, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

O chavismo e a oposição medem suas forças com duas mobilizações no centro de Caracas

O oponente Juan Guaidó pediu à oposição para aprovar uma “declaração de disputas”. Enquanto isso, o presidente da Assembléia Nacional Constituinte, Diosdado Cabello, anunciou “a mãe das marchas”.

Em 10 de março, Chavismo e a oposição anunciaram que chegarão à sede da Assembléia Nacional, em Caracas, capital da Venezuela, em um novo dia de mobilizações que, de acordo com os dois setores, servirão para medir o pulso político no país. .

El chavismo y la oposición miden sus fuerzas con dos movilizaciones hasta el centro de Caracas

O presidente da Assembléia Nacional Constituinte (ANC), Diosdado Cabello, anunciou segunda-feira “a mãe das marchas”, em resposta à mobilização convocada para o mesmo dia pelo deputado da oposição Juan Guaidó, que pretende aprovar uma “declaração de disputa” “no Parlamento, onde estão incluídas as chamadas para eleições presidenciais (não previstas no calendário eleitoral), aumento das pressões internacionais contra o país sul-americano e uma” saída “do que é definido como” ditadura “.

Conforme anunciado pelos dois setores, as mobilizações convergirão para o centro da capital venezuelana, a fortaleza política do Chavismo, onde fica a sede do Legislativo.

Março Guaidó
A concentração dos seguidores de Guaidó partirá da praça Juan Pablo II em Chacao (localizada no município de mesmo nome, reduto da oposição), local onde se proclamou “presidente interino” há mais de um ano e pretende chegar à sede da Assembléia.

A mídia local relatou o lento fluxo de manifestantes concentrados em torno da praça. Nas áreas adjacentes existem cordões policiais. Continuar a ler

Categories: # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Venezuela, A Venezuela que a mídia nos diz, agressão internacional contra a Venezuela,, ·Venezuela, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, Estados Unidos Venezuela, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Guaidó, um "presidente" sem território, promovendo a autoproclamação do deputado Juan Guaidó como "presidente encarregado, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

O legado de Hugo Chávez ainda está em vigor na Venezuela e na América Latina.

El presidente venezolano Hugo Chávez, durante un mitin celebrado el 4 de octubre de 2012.

Este 5 de março marca sete anos do desaparecimento físico do líder da Revolução Bolivariana, Hugo Chávez, que deixou para trás um legado de luta e resistência que ainda está em vigor na Venezuela e na América Latina.

El presidente de Venezuela Hugo Chávez, se une a una manifestación progubernamental para conmemorar el aniversario de la democracia venezolana, en Caracas, en enero de 2002.

A resistência do povo venezuelano às constantes agressões dos Estados Unidos e de seus aliados regionais é um sinal da validade dos ideais humanistas e sociais do comandante Chávez.

Por meio de debates, discursos e ações políticas, Hugo Chávez estava construindo um projeto para transformar a sociedade venezuelana, buscando eliminar as estruturas do sistema capitalista e promovendo os valores do socialismo: liberdade, igualdade, solidariedade.

El presidente venezolano en la Asamblea General de las Naciones Unidas en septiembre de 2006.

Apesar da aplicação de medidas coercitivas, o governo venezuelano continuou com uma profunda agenda social iniciada pelo comandante Chávez em favor da maioria do povo venezuelano.

A continuidade de missões como Great Housing Venezuela, Barrio Adentro, a entrega de alimentos pelo comitê de suprimentos (CLAP), entre outras ações sociais, responde à profunda política social mantida nos mais de 20 anos da Revolução Bolivariana.

El presidente Venezolano, Hugo Chávez, hace el saque de honor en el partido inaugural de la Copa América entre Venezuela y Bolivia, el 27 de junio de 2007, en presencia del presidente Evo Morales y el futbolista retirado Diego Armando Maradona.

Em sua caminhada, Chávez não apenas despertou a consciência do povo da Venezuela, mas também abraçou os povos da região, semeando um legado de unidade e paz na América, ao despertar o sonho de Simón Bolívar, que permanece até o dia de hoje

Como na Venezuela, os protestos sociais no Chile contra o modelo neoliberal promovido pelo presidente Sebastián Piñera são outro exemplo claro de como, sete anos após sua morte, o apelo de Chávez a se opor a modelos antissociais permanece em vigor.

El presidente de Paraguay Fernando Lugo y Hugo Chávez, durante un festival en Asunción en Agosto de 2008.

As recentes mobilizações na Colômbia e no Equador exigindo profundas reformas políticas e econômicas de seus governantes são um reflexo de como o ideal de Hugo Chávez se acalmou nos povos latino-americanos que mantêm sua luta por uma sociedade mais equilibrada, sem uma diferença entre ricos e pobres.

Durante o governo do argentino Mauricio Macri, houve manifestações e protestos contra as políticas neoliberais que minaram as melhorias sociais alcançadas nos anos do quirchnerismo.

Los presidentes de Venezuela, Hugo Chávez; Bolivia, Evo Morales; Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, y Ecuador, Rafael Correa (de izquierda a derecha), posan para la fotografía oficial de su encuentro el 30 de septiembre de 2008, en Manaos (Brasil), donde celebraron una cumbre.

A constante manifestação na Argentina nos últimos quatro anos também responde ao chamado de Hugo Chávez para enfrentar o modelo capitalista.

Sete anos após a partida física de Chávez, aqueles que continuam a denunciar os excessos do modelo capitalista e condenam o intervencionismo norte-americano continuam a lembrar as palavras do líder da Revolução Bolivariana.

El presidente de Venezuela, Hugo Chávez, juega con unos niños, durante la emisión número 343 de su programa dominical de radio y televisión "Aló Presidente" en Caracas (Venezuela), en noviembre de 2009.

Categories: # Venezuela, #Venezuela, #Venezuela, #Nicaragua, A Venezuela que a mídia nos diz, ALBA, ALBA-TCP, Cuba, Fidel Castro Ruz, Hugo Chávez Frías, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, COMANDANTE CHAVEZ, Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Soberania, Venezuela, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, Estados Unidos Venezuela, Fidel Castro y Hugo Chávez., Hugo Chavez, MNOAL_Venezuela, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Hugo Chávez: Te veo, siempre te veo, aunque no te puedan ver

Autor:  | internacionales@granma.cu

Parece que foi ontem, mas já se passaram sete anos. Todos nos lembramos das notícias, um golpe que nos deixou com uma dor que não cura, que não podemos mitigar. Havana, toda Cuba, estremeceu e chorou em sua despedida, na melhor amiga até mais tarde.

Eu estava procurando uma foto para recordar quando encontrei o vídeo de uma garota que recitou um poema, uma garota que cantou para Chávez no aniversário de sua semeadura. Tal era o seu sentimento, tão grande a palavra nascida em seu coração, que emocionou a todos.

Fidel y Raúl estuvieron siempre muy pendientes de la salud de Chávez.

«Eu vejo você, eu sempre vejo você, como eles não podem vê-lo / mas para você eu respondo». Aqueles que amam você, seus soldados, os milhões que você libertou da censura, aqueles que lutam, resistem e constroem, respondem.

«Para você eu respondo, já aprendi a responder / respondo com as verdades, respondo com meu amor / respondo com sua verdade que finalmente consegui entender /».

Seu pessoal responde que, inspirado por essa verdade clara e firme, travou uma das maiores batalhas da história americana.

«Tão depressa que nos deixaste, fiel soldado patriótico / Meu comandante, ouves-me?» ./ Pergunte à moça, uma venezuelana, talvez uma de muitas que deram a possibilidade de ser, uma das que estudaram no novo escolas, às quais você deu livros, lápis, salas de aula, um desses computadores canaítas, professores e professores.

Parece-me que algum senhor da minha terra, que é a sua terra, ensinou-lhe as primeiras letras, que um médico da minha terra curou seus sofrimentos, que um artista da minha terra, que é a sua terra, alegrou sua alma.

«Meu comandante, está me ouvindo? / Vejo você de manhã quando começa o amanhecer / Vejo você nas escolas / Vejo você no quartel / Vejo você nas igrejas / crente Sou de sua fé / Vejo você na longa rua de Sabaneta a pé / Te vejo, eu sempre te vejo Como eles não podem te ver? / Vejo você quando a chuva cai e minha pele fica molhada / Vejo você na natureza que pede para viver também / Vejo você praticando esportes com suor na têmpora / Vejo você quando a sede da sua sede bebe água / ».

Uma sede renovada, sem fim, porque chegar ao amanhecer é como atravessar um deserto, é conquistar toda a justiça, sem mais armas do que amor e verdade, é a sede que nunca se apaga. Sempre haverá lanças para quebrar contra o calçado gigante com botas de sete pernas.

Sete anos e aí está você. Como o Presidente Díaz-Canel disse, eles nos jogaram com tudo, nos jogaram para matar, mas ainda estamos vivos e lutando, porque você também acompanha conosco, cavalgando ao lado de nossos soldados libertadores, renascendo de esquinas, nas planícies e selvas escuras, nas montanhas e rios, vencendo a morte que você nunca terá, porque a pior e única morte real é o esquecimento, e você cresce na memória.

“Eu vejo você gigante na via láctea / eu vejo você de jaleco branco querendo fazer o bem /”.

«Meu comandante, consegues ouvir-me? / Diga-me se você me ouvir, cara? / Alguns não querem vê-lo / eles virão comigo atrás Fabricio, Alí ​​e Che / Simón Bolívar virá com o general Ezequiel / Guaicaipuro virá com José Gregorio também / Martí será acompanhado por Fidel / mãe Rosa trará aranhas com sabor de mel / as pessoas livres virão sem mudar de idéia / se eu te vir e você me vir / me ver porque eu sou Chávez e Chávez também é você / porque Chávez estamos todos lutando para vencer / Viva Chávez, caramba / ».

Até sempre comandante. Até a vitória que virá da sua mão e da de Fidel. Até à vitória, sempre.

Fonte: Poesia para Chávez. Embora eles não possam vê-lo, recitado pela garota, Alegría Marquina, tirada da vtv multimedia.

Categories: # Miguel Díaz-Canel, # Venezuela, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Díaz-Canel, #Venezuela, #YoSoyFidel, A Venezuela que a mídia nos diz, ALBA, ALBA-TCP, Cuba, Fidel Castro Ruz, Hugo Chávez Frías, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, COMANDANTE CHAVEZ, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., Cuba, fidel castro, Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Nicolás Maduro Moros, Solidariedade, Venezuela, Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Soberania, Venezuela, DIAZ CANEL, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel Castro y Hugo Chávez., Fidel, el ejemplo imperecedero de Maceo y Che,, Hugo Chavez, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, sonhos de Fidel, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

«Concerto Anticomunista»Patrañas contra Cuba em Miami

Os interesses turvos estão por trás do projeto “concerto anticomunista”, uma mistura de politicagem e farandulerismo, convocado pela cidade de Miami para abril próximo.

Cantar em apoio a uma suposta “resistência” contra a Revolução Cubana e afirmar que isso “vem crescendo” se qualifica como uma típica notícia falsa, destinada a atrair desavisados ou satisfazer as demandas de um círculo que mede mais de meio século no sul da Flórida, com o incentivo e o consentimento de um setor político nos Estados Unidos.

A evidência é óbvia. O prefeito de Miami, Francis Suarez, de bom grado deu o lugar a uma organização chamada Diretoria Democrática Cubana (DDC), que cobrará a entrada do centro James L. Knight por nada menos que US $ 54, fundos que o grupo se apropriará para cobrir despesas operacionais, sustentar o Conselho de Administração e financiar um aparelho chamado Justicia Cuba, cujos objetivos legais não são muito claros.

Orlando Gutierrez é um personagem associado ao terrorismo. Três anos atrás, ele tentou incentivar a sabotagem contra o transporte público e a ordem institucional. Semear o caos social sempre foi um de seus objetivos obviamente falhados. No ano passado, ele pediu abertamente o boicote ao referendo constitucional. Dados os repetidos fracassos de seus esforços anticubanos – pelos quais ele não parou de cobrar – em uma data não muito distante, ele aspirou a internacionalizar sua escalada e foi recebido por Jair Bolsonaro, pouco antes de assumir a presidência do Brasil e se mudar. 180 graus nas relações entre o país sul-americano e a nação das Antilhas. Em outubro de 2019, ele organizou um colapso nervoso para repudiar a visita do rei da Espanha a Havana.

Por trás da justiça Cuba está o advogado mexicano René Bolio, íntimo de Luis Almagro na Organização dos Estados Americanos. O assunto se tornou um especialista na obtenção de fundos sob o pretexto de contratar colegas para ajudá-lo a abrir causas internacionais às personalidades cubanas. Entre reuniões de duração bizantina, escrevendo resumos volumosos e lobby inútil, eles gastam o dinheiro que recebem e levantam. Com o show, eles esperam aumentar os fluxos.

Ambos declararam o desejo de fazer história. Eles farão isso, sem dúvida, porque o histórico será o desafio e o colapso.

Categories: # Cuba, # Venezuela, #Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, #Venezuela, @Trump, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Cuba, Venezuela y Nicaragua, Cuba: a obsessão de EE. UU, Donald Trump, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, Estados Unidos contra Cuba, Estados Unidos Vs Cuba, EUA monta um novo show anti-cubano, FORA TRUMP, MIAMI, Revolução Cubana sobrevive a todas as agressões, SOMOS CUBA, TERRORISMO VS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

Maduro declara a “emergência energética” no setor de hidrocarbonetos e cria uma comissão para reestruturar a PDVSA

Categories: # Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Nicolás Maduro Moros, #Trump, #Venezuela, @Trump, agressão internacional contra a Venezuela,, Donald Trump, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, Estados Unidos Venezuela, Estados Unidos, Nicolás Maduro Moros, Política, Rússia, Sociedade, Venezuela, EUA contra a Venezuela na ONU, FORA TRUMP, interessados na Venezuela?, Nicolás Maduro, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, novo mandato presidencial de Nicolás Maduro, Petroleo, Por que Venezuela?, relações bilaterais, o governo Donald Trump, SANCIONES, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela" | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

O governo colombiano compartilha a alucinação de Guaido

O Ministério das Relações Exteriores da Colômbia pede oficialmente a Juan Guaidó a extradição da ex-congressista Aída Merlano

O Ministério das Relações Exteriores da Colômbia solicitou formalmente o deputado da oposição Juan Guaidó, a quem ele reconhece como “presidente interino” da Venezuela, a extradição da ex-congressista Aida Merlano, depois de receber o cargo pelo Supremo Tribunal de Justiça.

“O objetivo é que o presidente Guaidó encaminhe todos os esforços que permitem à senhora Merlano retornar ao território colombiano, responda por seus crimes e cumpra a sentença que lhe foi imposta”, afirmou o comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Colômbia.

Nesse sentido, a ministra das Relações Exteriores da Colômbia, Claudia Blum, disse que o pedido é feito perante Guaidó.

NOTICIAS RPTV@NoticiasRPTV

I 🇨🇴

Cancillería presentó pedido de extradición de Aida Merlano ante la Embajada de Venezuela en Colombia, que representa a Juan Guaidó.

La Canciller Claudia Blum rechazó la protección que Nicolás Maduro ha dado a la excongresista.

Video insertado

Contudo, antes da aparição pública de Merlano em Caracas, o presidente Maduro exortou o governo colombiano a ativar as relações consulares para executar o processo de extradição, medida que foi rejeitada pela administração de Iván Duque, afirmando que na Venezuela Havia “poucas garantias”.

Caracas rompeu relações diplomáticas com Bogotá em 23 de fevereiro de 2019, quando Duque decidiu apoiar a autoproclamação de Guaidó como “presidente interino” da Venezuela.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, # Venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #COLOMBIA#MéxicoCarlos MesaComandante Che GuevaraCompañía Minera Huanchaca, #Venezuela, agressão internacional contra a Venezuela,, ·Venezuela, Bruno Rodríguez Parrilla, Colombia, Cuba, Detenciones, Diálogos de Paz, Ejército de Liberación Nacional (ELN), Iván Duque Márquez, Política, Colômbia, Colombia, EUA contra a Venezuela na ONU, fronteira com a Colômbia., governo de transição na Venezuela, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Guaidó, um "presidente" sem território, promovendo a autoproclamação do deputado Juan Guaidó como "presidente encarregado, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Ivan Duque tentando eliminar evidências de seus crimes

A ex-congressista colombiana Aida Merlano pediu desculpas à Venezuela por sua entrada ilegal no país, mas disse que seu “desespero” a levou a “buscar refúgio”, pois ela é considerada “perseguida” pelo presidente Iván Duque, um quem disse que tinha “a intenção de matá-la”.

Merlano, que cumpriu pena em uma prisão em seu país, fugiu da justiça depois de ter escapado pela janela de um consultório médico onde passou por tratamento odontológico em outubro do ano passado. Há uma semana, as autoridades venezuelanas a capturaram no estado fronteiriço de Zulia e, na quinta-feira, a ex-congressista disse que sua fuga foi “organizada pela classe dominante da Colômbia com a colaboração do ex-vice-presidente, Germán Vargas Lleras”.

Do Palácio da Justiça da Venezuela, em Caracas, e diante de jornalistas de diferentes países, Merlano disse que foi condenado “por um crime que não cometeu”, depois de “um ataque vicioso”, onde o Ministério Público e membros da Polícia Colombiana ” eles semearam evidências “que a incriminavam em crimes como porte de armas, um concerto para cometer crimes, entre outros.

Segundo o ex-congressista, essa “conspiração” foi dirigida pelo ex-vice-presidente Vargas Lleras, com a ajuda do ex-Néstor Humberto Martínez, que ele acusou de ser “a cota política” da Odebrecht para garantir que todas as contratações fossem destinadas a empresários que financiavam parlamentares de direita diferentes.

“Tudo foi uma montagem para me tirar do caminho, me desabilitar e me manter na prisão … porque eles sabiam que eu tinha fortes evidências para provar a corrupção que existe no meu país”, disse Merlano.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Venezuela, ·Venezuela, Bruno Rodríguez Parrilla, Colombia, Cuba, Detenciones, Diálogos de Paz, Ejército de Liberación Nacional (ELN), Iván Duque Márquez, Política, Colômbia, Colombia, interessados na Venezuela?, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: