Na política anticubana, nada é acidental.

Repressão no Chile, Colômbia e Espanha Por Arthur González. Por mais de meio século, todos os governos ianques estão determinados a destruir o processo revolucionário cubano, não admitindo que a apenas 90 milhas de suas costas haja um governo que não se curva às suas ordens, daí seus planos permanentes de criar um oposição, política,Continue a ler “Na política anticubana, nada é acidental.”

China, Rússia e Cuba como países preocupados com seus povos … Ao contrário dos EUA, Brasil, Chile …

Chile esgota bombas de lágrima e as compra no Brasil

Santiago do Chile, 4 de dezembro (Prensa Latina) Como resultado de seu uso excessivo contra o movimento social desde 18 de outubro, as forças policiais chilenas hoje praticamente esgotaram as bombas de gás lacrimogêneo e tiveram que comprar novas quantidades no Brasil.

Pompeo: EUA ajudará “governos legítimos” a impedir que os protestos “se tornem revoltas”

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse na segunda-feira que Washington ajudará os “governos legítimos” da América Latina a impedir que os protestos, que ocorrem em vários países, “se transformem em revoltas”.

A cobertura hipócrita dos protestos na Venezuela, Chile e Equador

Por Eva Golinger As imagens de milhões de pessoas marchando nas ruas do Chile, protestando contra as medidas neoliberais do governo de Sebastián Piñera, foram ao redor do mundo. Mas não foi por causa das primeiras páginas de jornais como o New York Times. As manifestações em massa e a consequente repressão brutal das autoridadesContinue a ler “A cobertura hipócrita dos protestos na Venezuela, Chile e Equador”

A rebelião no Chile veio de fora: de Chicago, Washington e Langley

Informações da AFP indicam que os Estados Unidos acusaram a Rússia na quinta-feira de usar manifestantes nas redes sociais para “agravar a divisão” no Chile, onde uma onda de protestos contra o governo deixou 20 mortos.

Chile em mais um dia de protestos contra o neoliberalismo

Após um dia violento em Santiago e outras cidades, são esperadas hoje novas manifestações de milhares de chilenos que exigem profundas transformações e não apenas mudanças de rostos no gabinete de Sebastián Piñera.

Noam Chomsky no Chile: “Era previsível após 40 anos de ataque neoliberal à população»

Chomsky, linguista, filósofo, cientista político e ativista americano, é amplamente reconhecido como uma das figuras intelectuais mais importantes do século por seu ativismo político, caracterizado por uma forte crítica ao capitalismo contemporâneo e à política externa dos Estados Unidos. Por esse status, é sempre interessante conhecer sua opinião sobre política econômica e internacional e, deContinue a ler “Noam Chomsky no Chile: “Era previsível após 40 anos de ataque neoliberal à população»”