Posts Tagged With: Cuba não registra novos casos de Covid-19 nas últimas 48 horas

Cuba não registra novos casos de Covid-19 nas últimas 48 horas

Autor:  | internet@granma.cu

Nas últimas 48 horas, Cuba não registrou novos casos de Covid-19. Os quatro pacientes detectados permanecem hospitalizados, evoluem satisfatoriamente e são garantidos todos os recursos para sua recuperação total; enquanto todas as ações de controle de foco necessárias para impedir a propagação da pandemia no país continuam.

coronavirus

As informações, oferecidas neste domingo em entrevista coletiva, vieram do Dr. Carmelo Trujillo Machado, chefe do Departamento de Controle Internacional de Saúde do Ministério da Saúde Pública (Minsap), que enfatizou que a implementação de todas as medidas estabelecidas para prevenção e confronto continua. ao novo coronavírus e trabalha em estreita colaboração com todos os organismos da administração central do Estado para alcançar a contenção desta doença.

Ele reiterou a importância de expandir as ações de promoção e educação em saúde para toda a população, além de preparar todos os setores da sociedade para prevenção, redução de riscos e medidas de proteção individual.

Em relação à vigilância nas fronteiras, ele apontou que “aumenta e é reforçado”. Todos os pontos de entrada, disse ele, são cobertos pelo pessoal de saúde, os protocolos de ação continuam sendo aplicados e o monitoramento nas instituições de saúde e hotelaria também permanece ativo, o que permite a adoção oportuna de medidas de controle.

Quanto aos rumores sobre um possível surto de Covid-19 na Universidade Tecnológica de Havana, José Antonio Echeverría (Cujae), ele destacou que “eles não são verdadeiros. Os suspeitos foram testados em todos os casos, e todos foram considerados negativos “.

Da mesma forma, a Dra. Maria Elena Soto Entenza, chefe do Departamento de Atenção Primária à Saúde do Minsap, enfatizou a investigação ativa, ou seja, a busca ativa de casos com sintomas respiratórios, como parte do plano de controle e prevenção que inclui vigilância e atendimento médico oportuno e de qualidade.

Ele acrescentou que os consultórios de médicos e enfermeiros de família e as policlínicas estão preparadas para enfrentar essa situação epidemiológica e foi desenvolvido um extenso processo de treinamento, em etapas, que abrange todos os trabalhadores do sistema.

Heberón, durante la Conferencia de Prensa de BIOCUBAFARMA en el Centro Nacional de Investigaciones Cinetíficas (CENI)

A partir dos consultórios, explicou, é feita uma busca ativa por casos com alguns sintomas respiratórios, responsáveis ​​pela equipe básica de saúde, ou seja, a enfermeira e o médico de família. No entanto, ele insistiu na participação essencial da população, pois é necessário que todos com esses sintomas busquem atendimento médico.

Ele ressaltou a prioridade dada aos grupos mais vulneráveis, como os idosos, em particular os que vivem sozinhos ou portadores de deficiência, além de locais onde há concentrações como, por exemplo, as casas dos avós, asilos, instituições sociais. , maternidades, entre outros.
Pessoas com sintomas respiratórios, ressaltou, sejam crianças ou adultos, não devem ir a centros educacionais ou de trabalho até que se recuperem.

Segundo Soto Entenza, os viajantes também são monitorados nos consultórios médicos e áreas específicas já foram criadas em policlínicas para atender pacientes com essas condições. Da mesma forma, foram criadas comissões, compostas por vários especialistas, para a avaliação clínica e epidemiológica dessas pessoas e, em seguida, determinam a conduta a ser seguida.

0312-lavado-manos.jpg

“Nem todas as pessoas que chegam com sintomas respiratórios são admitidas, mas é importante que elas sejam avaliadas”, disse ele.

O médico também enfatizou a necessidade de continuar cumprindo as medidas de higiene pessoal e coletiva, lavagem das mãos, uso de nasobucos nos casos indicados e solicitou a participação de todos da comunidade, com orientação técnica. do médico de família e enfermeiro, para garantir o controle e a prevenção da pandemia.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, ·Medicos Cubanos, CUBA COOPERA, CubaCoopera, CubavsBloqueo, Delegacao cubana, MasQueMedicos, Profesionales e la Salud, SALUD, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: