Posts Tagged With: Mauricio Macri

Cumbia anti-Macri, o flashmob viralizado na Argentina (+ Vídeo)

Milhares de pessoas saem espontaneamente às ruas de Buenos Aires para dançar uma coreografia perfeitamente coordenada, ao ritmo de uma cumbia anti-Macri que se tornou viral pouco antes das eleições de 27 de outubro na Argentina.

Essas manifestações, que duram apenas alguns minutos, são organizadas em anonimato em diferentes bairros e são convocadas nas redes sociais com os tutoriais de coreografia da música cativante # Sivosquerés. Continuar a ler

Anúncios
Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Macri, uma pessoa má

Mauricio Macri prometeu pôr um fim às “ações” da bolsa Kirchnerist e suprimiu-o para que não chegasse mais à presidência. Mas agora, embora limitado, ele termina seu mandato reintegrando-o. No entanto, não proteger reservas internacionais e a economia popular, como foi o caso de Cristina Fernández de Kirchner (KFK). Ao contrário. Continuar a ler

Categories: Americam Latina, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Eixos barulhentos para a campanha presidencial na Argentina

“Porque eu não lubrifico os eixos
Eles me chamam de abandona’o …
Se eu gosto que eles soem,
Por que eu quero lubrificá-lo?

(Atahualpa Yupanqui, “Os eixos do meu carrinho”)

De Atilio A. Boron

A nota incisiva de Martín Granovsky na edição de hoje de https://www.pagina12.com.ar/206186-entre-el-miedo-y-nicolino levanta questões sérias sobre a campanha política em curso. Uma das afirmações cruciais desse artigo indica que o governo mobilizou suas três principais espadas para atacar a oposição, com a cooperação não cooperativa da oligarquia midiática (não jornalística, porque abandonaram essa nobre profissão por algum tempo para ser agentes políticos). e a Justiça Federal, que coordena seus ritmos com as necessidades da campanha. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

EXCLUSIVO: O GOVERNO ARGENTINO COMEÇA A OPERAÇÃO DE PAGAMENTO ÀS MERCADORIAS DA PDVSA NESSE PAÍS

AqjReujdk_1256x620__1

Em 23 de março, várias instâncias do governo argentino materializaram um conjunto de ações coercitivas e unilaterais contra a Venezuela, que comprometeram as operações da Petróleos de Venezuela S.A. (PDVSA) naquele país. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Macriland: EUA na Argentina de Macri

Macriland, EE. UU. en la Argentina de Macri

A virada transcendental em matéria de política externa na Argentina desde a assunção de Macri ganhou a aprovação financeira e militar dos Estados Unidos. UU

Tamara Lajtman

A subsecretária de Assuntos Hemisféricos do Departamento de Estado (EUA), Kimberly Breier, visitou a Argentina entre os dias 9 e 12 de maio. De acordo com informações oficiais, o objetivo era aprofundar a cooperação “na promoção da governabilidade democrática, no combate ao terrorismo e no crime transnacional de alto nível, e na promoção de comércio livre, justo e recíproco”. [1] A agenda incluiu reuniões com altos funcionários do governo argentino, como o ministro das Relações Exteriores, Jorge Faurie; Chefe de gabinete, Marcos Peña; o secretário de Assuntos Estratégicos, Fulvio Pompeo; o ministro da Segurança, Patricia Bullrich; o ministro das Finanças, Nicolás Dujovne; e o secretário de Energia, Gustavo Lopetegui. Ele também se encontrou com o embaixador da Venezuela na Argentina nomeado por Juan Guaidó. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

O aumento da popularidade de Cristina Fernández contrasta com o colapso da Macri

O ex-presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, que chegou a ter um saldo de imagem negativa de quase trinta pontos em 2016 (a diferença entre aqueles que se sentiu mal e aqueles que pensaram bem), agora tem um saldo negativo seis vezes menos, apenas cinco pontos. No famoso teto eleitoral do ex-presidente, apareceram buracos e hoje tem a possibilidade de ser votado por mais da metade da população. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Receita feita nos EUA para mudanças políticas na América Latina

Nos últimos anos, os ideólogos ianques executam uma receita para provocar mudanças políticas nos países com governos de esquerda, levados ao poder por meio de eleições populares.

Brasil experimentou campanhas de mídia com informações falsas para formar uma matriz de opinião negativa contra a presidente Dilma Rousseff, juntamente com o recrutamento e compra de deputados e juízes para tirá-la da presidência sem um teste legal. A receita funcionou e, portanto, poderia subir ao verdadeiro servo corrupto, mas leal dos Estados Unidos, Michel Temer, que conseguiu iniciar rapidamente o desmantelamento de benefícios sociais para as pessoas que, desde a presidência de Luis Ignacio Lula, tinham sido estabelecidos. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Contribuições concretas dos regimes do Brasil e da Argentina aos planos de guerra contra a Venezuela

Por: Carlos Aznárez

Um exército brasileiro ocupará pela primeira vez na história uma posição de relevância na estrutura de comando do Comando Sul e, portanto, das Forças Armadas dos EUA. Este é um sinal muito claro do tipo de relacionamento que o Presidente Jair Bolsonaro quer manter-se com Donald Trump, mas também alertam sobre como os EUA continuam a armar o tecido que de acordo com seus cálculos terminará com a intervenção “por bem ou por mal” (como Palavras do senador Marco Rubio) na Venezuela. Para isso, o governo argentino se une, pondo em marcha uma estrutura que aponta para a “reconstrução” (sic) do país caribenho. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O mundo virtual de Macri: A Argentina é melhor que em 2015?

A leitura incomum da realidade feita pelo chefe de Estado. Foto: Notícias Argentinas.

O Presidente Mauricio Macri voltou a referir-se à sua aspiração de ser reeleito com uma interpretação única da situação do país: “Hoje estamos melhor posicionados para o futuro do que estávamos em 2015”, afirmou.

Segundo ele, a situação do país não vai atrapalhar essa possibilidade. Por outro lado, a desvalorização do peso, aumento da pobreza, caindo todos os setores de produção, fechamento de indústrias, demissões em massa, aumento do desemprego e da dívida externa de até cem anos eram apenas ” golpes “que deixaram a economia” em uma posição mais sólida “do que quando tomou posse há três anos, quando, como ele disse, a sociedade” viveu além de seus meios “. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: