Posts Tagged With: México

A história esquecida do irmão de Moctezuma que derrotou os espanhóis

Un cómic recién publicado narra la vida de Cuitláhuac. Foto: Alcaldía de Iztalapa

A história da conquista do México pelos espanhóis foi contada muitas vezes e de muitas maneiras.

Os nomes do rei mexicano Moctezuma ou do conquistador castelhano Hernán Cortés são familiares à maioria, mas, paradoxalmente, existe um personagem central que foi dito e escrito muito menos.

É sobre Cuitláhuac, irmão mais novo de Moctezuma.

Com a morte de seu irmão em junho de 1520, Cuitláhuac o sucedeu ao trono Mexica e liderou a resistência contra os invasores europeus, a quem derrotou na chamada Noche Triste, causando numerosas baixas e expulsando-os de Tenochtitlán, os Atual Cidade do México.

Para Patrick Johansson, pesquisador da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) e autor do livro “Cuitláhuac, Senhor de Iztapalapa e Tlatoani de Tenochtitlán”, herdeiro de Moctezuma “é muito importante para os mexicanos porque foi o único que conseguiu derrotar os Os espanhóis na Guerra da Conquista “.

2020 marca o 500º aniversário da morte de Cuitláhuac, que sucumbiu à epidemia de varíola que eclodiu entre os mexicas após a chegada dos espanhóis.

Embora outra epidemia, a do coronavírus, tenha ofuscado o evento, várias atividades culturais foram organizadas para lembrar e reivindicar sua figura, descrita em uma história em quadrinhos recente como “o guerreiro invicto” do México pré-hispânico.

Quem foi Cuitláhuac

Sobre Cuitláhuac há tantas dúvidas quanto certezas e os historiadores não conseguiram resgatar totalmente sua biografia da névoa do passado.

Sabe-se que nasceu no último quartel do século XV em Iztapalapa, filho de Axayácatl, tlatoani ou rei dos mexicas.

Ele era tlatoani de Iztapalapa, uma das cidades que hoje compõem a Cidade do México, cuja Prefeitura agora promove atos em sua memória e declarou 2020 como o ano de Cuitláhuac.

Como capitão-geral dos exércitos de seu irmão Moctezuma, Cuitláhuac se destacou nas campanhas para subjugar outros povos do atual México, alguns dos quais se aliariam às forças de Cortés para lutar contra o domínio mexica.

A diferença de seu irmão, Cuitláhuac rejeitou desde o primeiro momento os contingentes espanhóis e opôs-se a Moctezuma, Tlatoani dos Mexica, recebendo-os em Tenochtitlán, a capital de seu império. Mas Moctezuma estava inclinado a não seguir seus conselhos e recebia com honras aqueles estranhos barbudos e armados.

Como Cuitláhuac venceu os espanhóis

A Cidade do México-Tenochtitlan começou como uma ilha conectada por canais às cidades vizinhas. Foto: BBC

Segundo o relato tradicional, em Tenochtitlán houve uma revolta geral depois que o espanhol Pedro de Alvarado ordenou o assassinato de um grupo de guerreiros locais aproveitando-se do fato de estarem celebrando uma festa em homenagem a seus deuses.

O episódio, ocorrido enquanto Cortés lutava contra outra expedição espanhola enviada de Cuba para capturá-lo, ficou para a história como o Massacre do Templo Mayor e provocou a ira dos mexicas, que sitiaram os espanhóis no Palácio de Axayácatl.

Como outros notáveis ​​mexicas, Cuitláhuac fora feito prisioneiro por Cortés, que logo depois o teria libertado para voltar com provisões em um momento em que os espanhóis não conseguiam mais encontrar o que comer. Cuitláhuac quebrou sua promessa de retornar e liderou a resistência mexica contra os invasores.

Mas Johansson acredita em outra versão: “Embora as fontes não digam isso, provavelmente Cuitláhuac estava anonimamente por trás do levante e do ataque contra os espanhóis de semanas atrás.”

As crônicas espanholas indicam que Moctezuma morreu por causa das pedras que recebeu de seu povo quando, por ordem de Cortés, subiu ao alto do Palácio para tentar apaziguá-lo, embora os historiadores ainda discutam a veracidade dessa versão, que não coincide. com o que aparece nas fontes autóctones.

Seja como for, a verdade é que Cuitláhuac rompeu com a política do irmão e liderou uma feroz resistência contra os conquistadores.

(Retirado da BBC Mundo)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

O número de mortes por coronavírus na América Latina e no Caribe ultrapassa 200.000

Até agora, mais de 200.000 pessoas morreram de coronavírus na América Latina e no Caribe, com o Brasil e o México representando quase três quartos dessas mortes, segundo uma contagem da AFP.

El número de muertes por coronavirus en América Latina y el Caribe supera lаs 200.000

O número de mortos na região atingiu 200.212 de um total de 4.919.054 casos confirmados. Em pouco mais de um mês, o número total de mortos dobrou.

A América Latina é a segunda região mais afetada do mundo em termos de mortes por covid-19 depois da Europa, que registrou 210.425 mortes e 3.189.322 casos.

Depois do Brasil e do México, os países mais afetados da América Latina são Peru, Colômbia e Chile.

Categories: #America Latina, #Brasil, #Chile, #Peru, #salud, Colômbia, epidemia, ESTADOS UNIDOS, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

Desenvolvimento da pandemia até hoje.

Categories: #Índia, #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #salud, China, Coronavirus, CoronaVirus, Política, epidemia, Itália, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, REINO UNIDO, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O furacão Hanna enfraquece depois de atingir o Texas e o norte do México.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, Condições climatéricas, México, Mudança climática, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

A disseminação do coronavírus na América Latina.

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Jair Bolsonaro,, #salud, Cuba-Mexico, epidemia, México, OMS, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Presidente do Mexico, Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

Últimas informações sobre a situação do coronavírus na América Latina.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, decidiu prolongar o estado da catástrofe por 90 dias devido à pandemia. Por seu lado, as autoridades mexicanas garantiram que a curva foi excedida e os casos de contágio estão diminuindo. Enquanto isso, na Argentina, após o relaxamento das medidas preventivas, mais contágios foram registrados no país, o que gerou preocupação por parte do presidente Alberto Fernández.

Categories: #Argentina, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #Jair Bolsonaro, #salud, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, Presidente do Mexico, Profesionales e la Salud, provocações Jair Bolsonaro, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

A pandemia abala os gigantes econômicos e gera uma recessão.

O PIB dos países do G20 sofreu uma queda histórica de 3,4%, devido à pandemia de 19%. Nos EUA, a situação é exacerbada pela dívida pública, que também atingiu mais de US $ 26 trilhões. Nesse contexto, o economista Julio Gambina acredita que uma possível desdolarização dos sistemas econômicos traria vantagens para a região da América Latina, reduzindo a dependência de moeda estrangeira.

Categories: # América Latina, # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, #Brasil, #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, China, ECONOMIA, economia nacional, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

O México excedeu 120.000 infecções pelo Covid-19.

Por teleSUR

O México superou 120.000 infecções e 14.000 mortes pelo Covid-19 na segunda-feira, adicionando 2.999 novos casos e 354 mortes nas últimas 24 horas.

Segundo as autoridades de saúde, até segunda-feira o país registrou um total de 120.102 infecções e 14.053 mortes desde o início da pandemia de coronavírus, em 28 de fevereiro.

Ver imagen en Twitter

Os 2.999 novos casos representam o número mais baixo desde 4 de junho, atingindo um pico de 4.442 infecções em um único dia.

As autoridades de saúde também têm um relatório de 1.284 mortes suspeitas que estão em processo de estudos de laboratório para confirmar se a causa da morte foi o coronavírus.

Cidade do México é a entidade com os casos mais ativos (3.973), seguida pelo Estado do México (2.153); Jalisco (1.102); Tabasco (998); e Guanajuato (859).

Em 1º de junho, o México avançou para o chamado “novo normal”, apesar de o pico da pandemia no país não ter sido excedido. No momento, as atividades são regidas por um semáforo de quatro cores, de acordo com o grau de severidade da epidemia em cada estado.

A partir deste semáforo, os governadores devem elaborar um plano para reabrir as atividades econômicas e o espaço público.

Categories: #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

O mais recente sobre o impacto do coronavírus na América Latina.

A América Latina, o novo epicentro da pandemia de coronavírus, registrou registros de mortes em vários países, motivo pelo qual alguns governos estenderam as restrições. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, ampliou a quarentena nas áreas mais afetadas do país. Enquanto isso, o Brasil, um dos países mais afetados, parou de relatar o número total de mortes e casos de covid-19, uma decisão apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Categories: #Argentina, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Peru, #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Panorama na América Latina contra o Covid-19.

O Brasil registrou um novo número máximo de mortes em um dia devido ao coronavírus: mais de 1.200. Enquanto na Venezuela, o governo anunciou um pacto com os partidos da oposição para combater a covid-19. O México também alcançou outro recorde de contágios em um dia e dois dias após flexibilizar certas restrições. No Chile, o Ministério da Saúde anulou a regra que permitia que pessoas assintomáticas passassem 10 dias em quarentena em vez de 14.

Categories: #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, México, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: