Posts Tagged With: O Homen na sociedade

O HOMEM COMO PRIORIDADE DE TODAS AS ATENÇÕES

POR  MARTINHO JUNIOR

PAGINA GLOBAL

À medida que a população mundial vai crescendo, à medida que se vão deteriorando as condições ambientais, à medida que a vulnerabilidade cresce nesta “casa comum” que é esta pequena nave perdida no Universo que dá pelo nome de Terra, mais se tornam prementes as filosofias, as políticas e as estratégias que colocam o homem como prioridade de todas as atenções, tendo em conta o seu papel nos equilíbrios do próprio globo.

Tudo isso tem de ser feito com sensibilidade, inteligência e amor, explorando os vínculos possíveis onde se exerce mais cidadania, mais participação e mais comunicação alternativa, aprofundando tanto quanto o possível o conhecimento científico.

Cuba está a inaugurar uma série de Blogs que estão abertos aos mais diversos temas sociais, económicos e culturais, Blogs onde será possível, com as intervenções da audiência, realizar-se um pouco a “batalha das ideias” de que ninguém entre os vivos se deve furtar.

Ontem mesmo, dia 9 de Maio, foi inaugurado um deles, o

“Tudoparaminhacuba”! Dei uma espreitadela e dele destaquei o artigo que junto em anexo, que faz uma curta abordagem sobre as questões que se prendem com a maternidade, com base na reconhecida organização internacional “Save the Children”!

No Página Global vários dos autores presentes têm tratado temas que espreitam a situação na imensa região do Sahara / Sahel, uma das mais vulneráveis do planeta e onde a instabilidade é um factor constante de há décadas a esta parte.

O sentido da vida tem pouco significado nessa imensa região, sujeita a um subdesenvolvimento crónico que neste momento se agrava com a fome, com as tensões, com as guerras, com golpes de estado e com mais refugiados, com um neo colonialismo atroz que submete os povos e inibe qualquer possibilidade de sustentabilidade para uma expressão mínima de desenvolvimento. Tenho levado sempre em consideração as políticas solidárias de Cuba no que diz respeito a educação e saúde, uma solidariedade que se expressa um pouco por todo o mundo, mas sobretudo em relação a nações onde a vulnerabilidade histórica tem sido maior.

Há mais de 50 anos que Cuba levou para a Argélia o primeiro dos seus destacamentos de pessoal do sector da saúde e desde então Cuba solidária jamais se afastou de África e de nações como o Haiti, do outro lado do Atlântico a mais vulnerável.

Num momento tão crítico para vários países, entre eles a Guiné Bissau, tenho citado o exemplo de Cuba como a via a seguir pela solidariedade internacional e como fonte de inspiração de todas as organizações internacionais, CPLP e CEDEAO incluídas.

No caso da CPLP, que é uma organização que privilegia a comunidade que fala a mesma língua, depois do início do processo de ingresso da Guiné Equatorial, tenho mantido a proposta de abrir as portas a Cuba, por razões que tenho enumerado oportunamente e aqui espelho de novo. 

Quando foi preciso lutar pela libertação do continente do colonialismo e do “apartheid”, a língua não foi obstáculo. Quando é preciso ensinar, ou curar, a língua não tem sido obstáculo.

Cuba está presente em todo o espaço lusófono, principalmente onde as necessidades em termos de educação e saúde são maiores, levando a sua acção ás mais marginalizadas comunidades. Julgo que com todo o mérito próprio, Cuba deveria ser considerada

naturalmente pelo menos como um membro observador da CPLP!

Esta lição de apego à vida é crucial, cada vez mais crucial, para todos nós e por isso, ao verificar a inauguração desse novo Blog, levanto uma das maiores preocupações: O QUE ESTAMOS A FAZER PARA, COM SENTIDO DE VIDA, GARANTIR A SOBREVIVÊNCIA A TODAS AS CRIANÇAS QUE NASCEM NAS REGIÕES MAIS VULNERÁVEIS DO PLANETA?

Que venham Blogs como este, por que a aprendizagem tem de ser comum e os bons exemplos devem-se multiplicar, particularmente naquelas nações que na modernidade emergiram da antiga rota dos escravos!

Categories: SOCIEDADE | Etiquetas: | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: