Condições climatéricas

Trump aconselha Greta Thunberg a “relaxar” e ir ao cinema

Em sua conta no Twitter, o inquilino da Casa Branca descreveu como “ridícula” a nomeação do jovem ecologista como pessoa do ano pela revista Time e deixou cair que a garota tem um “problema de controle da raiva”.

Trump aconseja a Greta Thunberg que "se relaje" y vaya al cine

A ativista Greta Thunberg olha para o presidente dos EUA, Donald Trump, em Nova York, EUA, Andrew Hofstetter / Reuters

“Ridículo.” Foi assim que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, avaliou a nomeação de Greta Thunberg como pessoa do ano de 2019 pela revista Time.

Em um tweet escrito quinta-feira em sua conta no Twitter, o presidente dos EUA compartilhou a capa do Time com a imagem da jovem ativista sueca, comentando que “Greta deve trabalhar em seu problema de controle da raiva” para saber o que ela deve ver. “Um bom filme de antes com um amigo”.

O jovem ecologista reagiu logo. Quando não passou uma hora desde o tweet do presidente americano, a garota mudou a descrição de seu perfil na rede social, onde escreveu: “Uma adolescente que trabalha com seu problema de controle da raiva. Atualmente, ela está relaxando e assistindo um bom filme de antes com um amigo “.

Nesta quarta-feira, a revista Time anunciou que o título de pessoa do ano de 2019 recai sobre a ativista sueca de 16 anos, conhecida por sua intensa luta contra as mudanças climáticas. O presidente Trump foi outro candidato, juntamente com sua rival política Nancy Pelosi, seu colega chinês Xi Jinping e o cofundador do Facebook Mark Zuckerberg, entre outros.

Thunberg já havia sido destacado pela mesma mídia como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. A lista, composta por figuras públicas que inspiraram outras pessoas, positiva ou negativamente, está dividida em cinco categorias: ‘pioneiros’, ‘titãs’, ‘artistas’, ‘líderes’ e ‘ícones’. A jovem sueca entrou na quarta categoria, sendo um dos 26 líderes mais proeminentes deste ano.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, @Trump, Acordo Climatico, Aquecimento Global, Mudanças Climáticas, Meio Ambiente, Oceanos, Temperaturas, clima, Condições climatéricas, Donald Trump, Donald Trump, Estados Unidos, FORA TRUMP, MEDIO AMBIENTE, Mudança climática, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump Google, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Frequência de grandes tempestades pode vir a triplicar até fim do século

Condições climatéricas extremas, que causam grandes tempestades, podem vir a ser três vezes mais frequentes na Europa e América do Norte, até final do século, devido às alterações climáticas, indica um novo estudo ontem divulgado.

A investigação feita pela Universidade de Exeter, Reino Unido,  liderada por Matt Hawcroft, faz projecções sobre a frequência de ciclones extra-tropicais que provocam grandes tempestades e ventos fortes, com potencial para causar estragos sociais e económicos.
O estudo alerta, que se não houver uma redução significativa de emissões de gases, com efeito de estufa, esses fenómenos não só vão aumentar de frequência e de intensidade,  como vão atingir maiores áreas do hemisfério Norte. Publicada na revista, Environmental Research Letters , a investigação salienta que o impacto dessas tempestades junto das populações “pode ser severo”, com inundações.

Fotografia: DR

Categories: América do Norte, Condições climatéricas, Desastres, EUROPA, natureza, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: