#Peru

Que argumentos têm os que defendem o Prêmio Nobel da Paz para a Brigada Henry Reeve no mundo?

Autor: Nuria Barbosa León | internet@granma.cu

O clamor mundial pela entrega do Prêmio Nobel da Paz ao contingente de Henry Reeve, especializado em desastres e graves epidemias, percorre o mundo, e seus argumentos são os mais justos e humanos para receber tão alto prêmio.

A campanha começou, por proposta de organizações de solidariedade na Europa, principalmente na França, com os movimentos Cuba Linda e Francia Cuba, em abril de 2020, e recebeu imediatamente o apoio de forças políticas, escritores e artistas, legisladores e funcionários. pessoas comuns que amam a justiça e o progresso, por meio das redes sociais e com pedidos encaminhados ao Comitê norueguês, responsável pela concessão.

Recentemente, cidadãos mexicanos de diferentes áreas da sociedade se juntaram, liderados pela vencedora do prêmio Cervantes, Elena Poniatowska.

Os defensores da candidatura alegam que, desde seu nascimento em 2005, por ideia do comandante em chefe Fidel Castro, suas primeiras missões na Guatemala e no Paquistão salvaram a vida de milhares de pessoas, após sofrerem os efeitos da tempestade tropical. Stan e um terremoto de grande intensidade no território asiático.

Embora não tenham podido ajudar o povo americano, vítima do furacão Katrina, devido à crueldade política dos governantes daquele país, a partir de 19 de setembro (data de fundação), as múltiplas brigadas têm prestado assistência aos mais necessitados de assistência médica, incluindo os Epidemia de cólera no Haiti, epidemia de Ebola na África, inundações no México e Bolívia e diversos terremotos na China, Indonésia, Chile, Peru e o próprio Haiti, em 2010.

Eles chegam aos locais de trabalho, transportando o hospital de campanha, que montam nos primeiros dias de internação, e carregam os pertences para um trabalho de sobrevivência de vários dias. O seu trabalho se alia ao ensino, já que formam paramédicos, e à investigação, já que suas experiências se refletem nas autoridades sanitárias onde atuam.

Além disso, são constituídos para cumprir rigorosamente os protocolos de Saúde de cada país, integram-se à estrutura de saúde e recebem seus pacientes gratuitamente, mesmo que não falem a mesma língua. Da mesma forma, estão preparados para oferecer cobertura médica em áreas remotas e de difícil acesso.

Seu maior mérito é salvar a vida de milhões de pessoas, com dedicação, profissionalismo, altruísmo e solidariedade, estendendo a mão, oferecendo amor, alegria e esperança de vida a todos os seus pacientes, independentemente da cor da pele, ou da religiosidade. , riqueza ou parentesco filial.

Conceder o Prêmio Nobel da Paz às brigadas Henry Reeve, segundo as pessoas que o defendem em todo o mundo, significa dar essa distinção a um grupo que realmente contribui e trabalha para o bem da humanidade. Ao mesmo tempo, uma resposta global será dada àqueles que não podem aceitar que um pequeno país bloqueado pelo imperialismo possa oferecer um serviço tão grande ao mundo.

Hospital de campañana cubano en Abbottabad que lleva por nombre

Embora suas ações não tenham sido motivadas pela obtenção de prêmios, eles detêm o Prêmio Saúde Pública em Memória do Dr. Lee Jong-Wook, concedido pela Organização Mundial da Saúde, em maio de 2017, em reconhecimento ao trabalho realizado na luta contra o Ebola na África.

De acordo com os requisitos para obter o Prêmio Nobel da Paz, eles contam o sacrifício, a dedicação, a vontade e o simples desejo de fazer o bem aos outros. Portanto, é meritório reconhecer a dignidade, a ética, o sacrifício e a honestidade que caracterizam os médicos cubanos, que partem para outros territórios movidos pelo princípio do internacionalismo proletário.

Categories: #Chile, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Fidel, #Francia, #Peru, #salud, #YoSoyFidel, Africa, ·Medicos Cubanos, ·Venezuela, bolivia, China, Coronavirus, CoronaVirus, Política, CUBA-EUROPA, Cuba-Mexico, EUROPA, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, HAITI, Indonésia, MasQueMedicos, MEXICO, Misión Milagro, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

O cinismo de Dita Charanzová, vice-presidente do Parlamento Europeu.

Conhecida por suas posições de extrema direita e fiel seguidora da linha política de Donald Trump, a tcheca Dita Charanzová, vice-presidente do Parlamento Europeu, não para de atacar Cuba e acusá-la de “violar” direitos humanos, mas sim de violações verdadeiras e criminosas por governos semelhantes a Washington, não diz uma única palavra.

Mais parecida com uma subordinada do Departamento de Estado ianque do que com o próprio Parlamento Europeu, Charanzová tenta formar uma matriz de opinião contra a Revolução Cubana, em busca da entidade que representa para romper os acordos entre a Ilha e a União Europeia, com a evidente interesse em retomar a fracassada Posição Comum, proposta por José María Aznar, outro peão dos Estados Unidos.

Internet

A que liberdades básicas e direitos humanos você se refere ao atacar Cuba?

Como se tivesse copiado o discurso de Donald Trump em 16 de junho de 2017 em Miami, a citada recentemente declarou:

“É hora de perceber que nossa estratégia atual não está funcionando em benefício do povo cubano.”

Seguindo a mesma tática ianque de querer afogar o povo cubano, passa a confundir parlamentares e a opinião pública europeia que os direitos humanos são “violados” em Cuba, tudo dentro do contexto lançado pelos ianques para defender a contra-revolução interna na Ilha, criada e financiado pelos Estados Unidos, que não tem nenhum reconhecimento popular, por sua falta de moral, ética e seu caráter mercenário.

Suas declarações fazem parte do recente encontro bilateral entre a União Européia e Cuba, situação que amarga o Departamento de Estado por insistir em isolar a Revolução e intensificar sua guerra econômica, comercial e financeira, em meio à terrível pandemia que atinge o mundo.

Para aborrecimento da máfia terrorista anticubana de Miami e dos políticos norte-americanos que se opõem a uma melhora nas relações com Havana por parte do novo governo Joe Biden, o pronunciamento da reunião bilateral presidida pelo chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, e pelo chanceler cubano Bruno Rodríguez Parilla, afirma:

“Houve um debate frutífero com o Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, sobre as relações gerais UE-Cuba e o impacto das sanções dos EUA na economia cubana e nos interesses comerciais e de investimento da UE.”

Esta posição não é aceita por Washington, que imediatamente moveu seus peões para criticá-la e combatê-la.

O mundo pôde acompanhar a TV cubana internacional, a verdade sobre o fabricado “Movimento San Isidro”, que não é um movimento nem tem seguidores, é formado por pessoas de baixa moral, que jamais seriam aceitas em nenhum país da educada e educada Europa.

Fundación Nacional Cubano Americana - Dita Charanzova exige liberación de  presos políticos | Facebook

O apelo das redes sociais para se concentrarem perante o Ministério da Cultura, no final de 2020, foi promovido por outra das peças ianques, Tania Brugueras, uma provocadora de longa data em ações subversivas, que conquistou através da mentira, arrastando vários jovens da arte estudantes e até artistas consagrados que, ao sentirem a verdade nos vídeos veiculados na TV, se distanciaram do embuste sedicioso da embaixada dos Estados Unidos em Havana, prova da falta de autenticidade daquele inventado “Movimento”.

As evidências mostram que por trás da tcheca Dita Charanzová está a mão dos ianques, fazendo parte de suas tendenciosas campanhas apoiadas pela mídia pela Rádio Televisión Martí, geradora da guerra psicológica contra Cuba, criada e financiada pelo governo dos Estados Unidos. apesar de nunca ter sido ouvido ou visto na rádio e na televisão da ilha.

A ultradireita pró-ianque do Parlamento Europeu pretende sancionar Cuba pela suposta violação dos direitos humanos, porém não se pronuncia a favor da sanção da Colômbia pelos 84 massacres perpetrados em 2020 e outros 6 até 24 de janeiro de 2021, executado por forças paramilitares protegidas pelo regime de Iván Duque, irmão próximo dos Estados Unidos.

Um relatório recente do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, reconhece esses crimes, entre os quais há 19 crianças, 12 mulheres e mais de 352 pessoas assassinadas, muitas delas líderes sociais.

Quando esses crimes ocorreram em Cuba?

Nem um único contra-revolucionário assassinado ou desaparecido em 62 anos da Revolução.

Por que Dita Charanzová não adota posição semelhante contra o governo de Sebastián Piñera, por suas violações permanentes dos direitos humanos no Chile, onde a polícia atira em jovens que exigem justiça social, trabalho, melhor educação e eliminação das desigualdades?

La guerra mediática de #EEUU contra #Cuba; Visión histórica y percepción  política | Cuba por Siempre

O que acontece no Peru e na Guatemala com o pessoal de saúde que não preocupa o MEP?

Onde está sua consciência diante do panorama de saúde sofrido pelo povo brasileiro, diante da falta de sensibilidade do regime de Jair Bolsonaro, onde cemitérios não chegam para enterrar os cadáveres?

Quais foram suas propostas de sanções contra o regime de Lenin Moreno no Equador, por não ter programas de saúde eficazes, que resultou na morte de pacientes Covid-19 no meio da rua sem assistência?

Qual resolução você aprovou contra o governo de Donald Trump, diante do péssimo manejo da pandemia, que tornou o país mais rico do mundo o mais infectado e com o maior número de mortes em todo o planeta?

Há muita hipocrisia e cinismo no Checo Charanzová, combinado com seu ódio contra um pequeno país, que defende seu sistema socialista que permite cuidar de todos os seus cidadãos, manter um forte sistema de saúde, educação e previdência social que Ninguém, apesar das 242 sanções impostas pelos Estados Unidos somente em 2020, algo que parece não importar para esta mulher que se esforça para agradar seus patrões ianques.

José Martí foi exatamente quando disse:

“É considerado crime querer forçar a opinião pública”

Categories: #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Bruno Rodríguez,, #Chile, #Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #Jair Bolsonaro, #ONU, #Peru, #salud, #Salud en Cuba, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bruno Rodríguez Parrilla, Cuba, Daniel Ortega Saavedra, Governo, Ministério das Relações Exteriores (Minrex), Nicarágua, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contra-revolução cubana, Contrarrevolución, José Daniel Ferrer, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA-EUROPA, Derechos Humanos, ECUADOR, epidemia, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, EUROPA, Europa postura intervencionista, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, inimigos da Revolução, Jose Marti, Manipulação Política, Organização dos Estados Americanos (OEA), Venezuela, Manipulacion, Manipulacion Politica, MIAMI, MINREX, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Revolução Cubana, Revolução Cubana sobrevive a todas as agressões, Subversão contra Cuba, Subversión, UNION EUROPEA, Washington | Deixe um comentário

Pelosi: O impeachment de Trump continuará .World News.

Categories: # Venezuela, #Argentina, #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados Unidos, #EstadosUnidos, #Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos EUA?, #Peru, #salud, #Trump, @Trump, China, Colombia, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, confrontar Donald Trump da câmara baixa, congresso, Coronavirus, CoronaVirus, Política, ECUADOR, epidemia, FORA TRUMP, joe biden, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Republicanos ou democratas, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Muitas igrejas evangélicas amam o Estado de Israel … e vice-versa. Nós explicamos porque..

Categories: #America Latina, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Peru, Brasil, FORA TRUMP, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, israel, Manipulacion Politica, PALESTINA, Politica, relações bilaterais, o governo Donald Trump, RELIGIÃO, Religión, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

“O crescimento econômico pode gerar mais desigualdade na América Latina”

Categories: "Las izquierdas latinoamericanas debemos pensar porque los pobres ya no no apoyan tanto", # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, # Venezuela, #Argentina, #Peru, Alianza Bolivariana de los Pueblos de Nuestra América-Tratado de Comercio de los Pueblos (alba-tcp, América Latina y el Caribe, Comercio, Coronavirus, CoronaVirus, Política, ECONOMIA, economia nacional, ECUADOR, EUROPA, Europa postura intervencionista, FMI, MACRI, Mauricio Macri, MEXICO, Os EUA querem que a Venezuela seja devastada e empobrecida", panamá, SANCIONES | Deixe um comentário

Direitos Humanos nos Estados Unidos: Esterilização Forçada.

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Um novo crime abala a opinião pública mundial pela dose de insensibilidade que demonstra e pelo caráter desumano e racista de seus executores.

O Serviço de Controle de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, ICE por sua sigla em inglês, foi acusado de remover o útero de imigrantes sob custódia daquela instituição.

A denúncia foi apresentada ao Escritório do Inspetor Geral (OIG) do Departamento de Segurança Interna (DHS) pelo Project South, Georgia Detention Watch, Georgia Latino Alliance for Human Rights e South Georgia Immigrant Support Network.

Os querelantes foram atingidos pelo alto índice de mulheres no Irwin County Detention Center (ICDC) na Geórgia – operado pela La Salle Corrections, uma empresa privada de prisão – submetidas a histerectomia nos últimos meses, cirurgia em aquele que remove todo ou parte do útero.

El Servicio de Control de Inmigración y Aduanas de Estados Unidos, ICE por su sigla en inglés, ha sido acusado por la extirpación del útero a inmigrantes bajo custodia de esa institución

As mulheres imigrantes que se submeteram ao procedimento foram enganadas sob a promessa de receber atendimento médico para resolver diversos problemas de saúde, noticia o jornal The New York Times.

Mas o caso não para por aí. Todos os dias, novos depoimentos de mulheres esterilizadas continuam a aparecer em diferentes centros de detenção, o que constitui uma violação da autonomia do corpo e dos direitos reprodutivos das detidas.

Cerca de 173 legisladores federais dos Estados Unidos enviaram uma carta ao Inspetor Geral do Departamento de Segurança Interna exigindo uma investigação imediata das queixas feitas: “Estamos horrorizados ao ver relatos de histerectomias massivas realizadas em detidos sem consentimento completo e informado.”

Porém, esse tipo de prática não é novidade naquele país. As autoridades norte-americanas em diferentes períodos da história as utilizaram, sobretudo, contra afrodescendentes, mexicanos, indígenas e prisioneiros.

No início do século 20, leis eugênicas foram promovidas em 32 estados, o que permitiu a esterilização de mais de 60.000 mulheres consideradas mentalmente deficientes ou mentalmente fracas e, mais recentemente, nas prisões da Califórnia 150 mulheres foram vítimas dessa prática entre 2006 e 2010.

O US Government Accountability Office publicou um relatório em 1976 sobre esterilizações realizadas em mulheres pertencentes a povos indígenas. Em quatro das 12 regiões investigadas, 3.406 operações foram realizadas entre 1973 e 1976 sem o consentimento das mulheres.

Em 1962, o Corpo de Paz dos Estados Unidos realizou a histerectomia forçada de mulheres indígenas na América Latina, aproveitando a boa fé, a ignorância e a necessidade das populações empobrecidas.

Mulheres guatemaltecas foram utilizadas em experimentos com produtos químicos e outros procedimentos que causam infertilidade permanente, financiados pela organização internacional Population Council, de acordo com o relatório Do controle da natalidade ao genocídio, elaborado pelo médico espanhol Alfredo Embid, coordenador do a Associação de Medicina Alternativa da Espanha.

No relatório do Dr. Embid, afirma-se que essas foram políticas implementadas pelos Estados Unidos em países do terceiro mundo, e detalha casos nas Filipinas, Indonésia, Índia, Bangladesh, Colômbia, República Dominicana, Porto Rico, El Salvador, Panamá, Bolívia, Brasil e Peru.

Essas práticas do governo dos EUA violam não apenas os princípios éticos e morais, mas também os direitos humanos das vítimas.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #Peru, amedrentamiento y violencia contra sectores populares e indígenas, bolivia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Colombia, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, Contra a violência armada., Derechos Humanos, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, el salvador, ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, Imperialismo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, FORA TRUMP, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, India, Indonésia, La decadencia de Estados Unidos, Luis Almagro, Nicarágua, Organização dos Estados Americanos (OEA), Manipulacion Politica, Organizacion e Estados Americanos (OEA), panamá, Politica, Politica Exterior, porto rico, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Relações Estados Unidos Cuba, República Dominicana, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

A brigada médica cubana no Peru retorna à ilha.

Retirado do teleSUR.

O embaixador cubano no Peru, Sergio González, se despediu neste domingo em Lima (capital) da Brigada Médica Cubana que atuava no Peru, em apoio à luta para conter o coronavírus.

El acto de despedida se realizó en el frontis del Colegio Médico de Perú.

“Os profissionais de saúde cubanos cavalgam para sua pátria com a satisfação de ter cumprido seu dever”, declarou o diplomata em seu discurso de despedida, acrescentando que o pessoal da saúde caribenho soube enfrentar os “ataques do homem das cavernas a serviço do governo dos Estados Unidos. ”.

Somando-se a isso, González lembrou que os médicos trataram 115.849 pacientes, realizaram 239.720 cirurgias de enfermagem e salvaram a vida de 627 “vidas da irmã nação andina”.

Imagen
Imagen
Imagen

Por sua vez, o chefe da brigada de saúde cubana, Raudel Vargas, lembrou os médicos peruanos que morreram na batalha contra a Covid-19, especialmente os médicos do país sul-americano formados em Cuba, Hilber Montoya, José Paredes e Pavel Cervantes.

Ao final do ato de despedida, realizado em frente ao Colégio Médico do Peru, os moradores da cidade saíram para saudar e agradecer espontaneamente os médicos cubanos.

Imagen

Por sua vez, o Ministério da Saúde do Peru informou neste domingo que foram notificados no país um total de 995.899 pessoas infectadas pelo coronavírus, das quais 37.034 pacientes morreram em decorrência da citada doença.

Ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde cubano anunciou neste dia que a nação caribenha acumula 10.127 casos positivos para Covid-19, registrando 137 mortes causadas pelo coronavírus.

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EstadosUnidos, #Peru, #salud, #solidaridadvs bloqueo, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, MasQueMedicos, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Solidaridad | Deixe um comentário

Peru inaugura presidente (novamente) .

Categories: #OEA, #OEA,Luis Almagro, #Peru, congresso, CORRUPÇÃO, Injerencia De EEUU | Deixe um comentário

O Peru diz ‘basta’ para a dança política das elites.

Categories: #Peru | Deixe um comentário

Os empréstimos do FMI exacerbam a pobreza durante a pandemia.

Categories: #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Colimbia, #Costa Rica, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Peru, Costa Rica, ECONOMIA, ECUADOR, FMI | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: