O Presidente colombiano apela a melhores parcerias e menos justificações.

#ONU #Colombia #Drogas #EstadosUnidos #Economía

O controverso projecto do Alasca ameaça a agenda climática de Biden.

#MudançaDeClima #EstadosUnidos #JoeBide #EstadoFallido

Kristen Miller, directora de conservação da vida selvagem da Liga da Selva do Alasca, advertiu que se o chamado projecto Willow fosse aprovado, “seria maior do que qualquer outro” do seu género que tenha sido “proposto em terras públicas da América”.

Representa “uma ameaça sem precedentes ao clima e à biodiversidade que coloca em risco o legado climático do Presidente Biden”, disse Miller.

Karlin Itchoak, director estatal da Wilderness Society, salientou que “nenhum outro projecto de petróleo e gás tem maior potencial para minar os objectivos climáticos da administração Biden.

Se esta proposta fosse para a frente”, acrescentou, “resultaria na produção e queima de pelo menos 30 anos de petróleo, numa altura em que o mundo precisa de soluções climáticas e de uma transição para uma energia limpa.

É isso que faz da Willow “um projecto de formação de legado que irá testar se a administração Biden está a desviar a América de um perigoso caminho climático”, disse Miller.

No entanto, a senadora estatal republicana do Alasca, Lisa Murkowski, que é uma das principais apoiantes do plano, disse que estava confiante que a construção iria acontecer.

Ela disse que o projecto Willow é a sua “prioridade máxima” e que continuaria a responsabilizar a actual administração pelo seu compromisso de levar a cabo esta revisão ambiental adicional para que a construção pudesse começar este Inverno.

A administração Biden emitiu uma nova revisão do projecto multi-biliões de dólares que está a ser desenvolvido pela ConocoPhillips, uma empresa multinacional de energia com sede em Houston, Texas.

A revisão abriu a porta à aprovação de uma versão reduzida da proposta contestada.

O projecto de declaração suplementar de impacto ambiental do Departamento do Interior sobre o projecto foi o resultado de uma ordem judicial federal emitida em 2021.

Inclui uma nova alternativa que poderia cortar dois dos cinco locais de perfuração na Área Especial do Lago Teshekpuk.

Um relatório recente argumentou que as emissões de petróleo e gás produzidas em Willow durante toda a sua vida útil iriam “ananhar” os benefícios climáticos dos projectos eólicos, solares e eólicos offshore a serem implementados em terras e águas públicas.

E isso faz parte da tentativa de Biden de descarbonizar a rede eléctrica dos EUA até 2035.

acl/dfm

Carolina Cerqueira chefia delegação angolana na Suécia .

#NaçõesUnidas #Suécia #MeioAmbiente #Angola

Jornal de Angola.

A ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, chefia a delegação angolana que participa, a partir de desta quinta-feira(02) até sexta-feira(03), em Ostocolmo, capital da Suécia, na Acção Ambiental Global, um evento das Nações Unidas.

© Fotografia por: DR

No evento, Carolina Cerqueira faz-se acompanhar pelo ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Filipe Zau, secretária de Estado do Ambiente, Paula Francisco, e a governadora de Luanda, Ana Paula de Carvalho, entre outras entidades da área ambiental.

A actividade, que representa a celebração de meio século de acção ambiental global, tem o Quénia como co-anfitrião, e reúne 146 países, incluindo dez Chefes de Estado e 110 ministros.

O evento ambiental internacional da ONU é denominado “Stockholm+50” e decorre sob o lema “Estocolmo+50: um planeta saudável para a prosperidade de todos – nossa responsabilidade, nossa oportunidade”.

A nota da Embaixada da Suécia em Angola esclarece que o encontro de alto nível decorre após meses de consultas e discussões com indivíduos, comunidades, organizações e governos de todo o mundo.

“Líderes e representantes de governos, empresas, organizações internacionais, sociedade civil e jovens estarão reunidos em diferentes eventos na expectativa de que os resultados impulsionem acções em direcção a um planeta saudável para a prosperidade de todos”, explica a nota.

A nota avança, ainda, que ao entregar o local do evento às Nações Unidas, na terça-feira, 31 de Maio, o Governo sueco, representado pela sua ministra do Clima e Ambiente, Annika Strandhäll, destacou que todos têm voz e um papel para o enfrentar as actuais crises.

A ministra Strandhäll reconheceu o apoio do co-anfitrião do Quênia, país que alberga a sede do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), em Nairóbi, desde sua criação.

O Estocolmo+50 celebra meio século da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano de 1972 e as cinco décadas de acção ambiental global.

Para os organizadores, o reconhecimento da importância do multilateralismo no enfrentar da tríplice crise planetária da Terra (clima, natureza e poluição) confere ao evento a missão de actuar como um “trampolim para acelerar a implementação da Década de Acção da ONU”, com vista a cumprir os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, incluindo a Agenda 2030, Acordo de Paris sobre mudanças climáticas, o Quadro Global de Biodiversidade pós-2020 e incentivar a adopção de planos verdes.

Cuba participa do Fórum Latino-Americano de Ministros Meio Ambiente.

#Cuba #ILAC #MedioAmbiente #CostaRica

Havana, 27 jan (Prensa Latina) Cuba estará representada na Sessão Especial dos 40 anos do Fórum de Ministros do Meio Ambiente da América Latina e do Caribe, cujas reuniões começam hoje na Costa Rica.

O evento, que está acontecendo na capital do país centro-americano até amanhã, contará com a presença de uma delegação chefiada pelo Dr. Adianez Taboada, vice-ministro da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente.

Segundo informações divulgadas na capital, este será um espaço de diálogo sobre o futuro e o papel deste espaço político regional, no âmbito do 50º aniversário do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

As delegações reunidas, de acordo com a comunicação, abordarão formas de acelerar a implementação da Agenda 2030 e suas Metas de Desenvolvimento Sustentável em um contexto de recuperação econômica e social pós-Covid-19, e discutirão como fortalecer parcerias e financiamentos para ações ambientais.

De acordo com a nota divulgada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, a nação caribenha pretende manter um apelo ativo para a necessidade de ações concretas, inclusivas e eficazes, com alcance regional e global, onde todos marcham na mesma direção para reverter os danos sofridos pela natureza.

“Cuba mantém sua posição de contribuir para o fortalecimento dos escritórios regionais, concedendo-lhes maiores recursos financeiros e tecnológicos e a Iniciativa Latino-Americana e Caribenha para o Desenvolvimento Sustentável (ILAC) em relação ao uso e desenvolvimento sustentável da biodiversidade e ao aumento do uso de fontes renováveis de energia”, disse o comunicado.

Ao final da reunião, acrescentou, espera-se que decisões importantes tenham sido tomadas com o objetivo de chegar a um acordo sobre políticas ambientais para nossa região.

Outro dos objetivos estabelecidos é a oportunidade de rever as perspectivas regionais para contribuir para a retomada da sessão da Quinta Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente, que acontecerá de 28 de fevereiro a 2 de março de 2022 em Nairóbi, Quênia.

mem/ifs/bm

Biden em seu primeiro dia assinou decretos e diretrizes.

#EleccionesEEUU #EstadosUnidos #JoeBiden #Capitolio #Covid-19 ##DonaldTrumpCulpable #ForaTrump #NoMoreTrump #OMS #Salud #AcordoDoParis

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Washington, a capital do império, acordou guardada por milhares de soldados. O Capitólio, onde foi realizada a cerimônia de posse do novo presidente, cercado por arame farpado, protegido por barricadas, lembrava a imagem de um dos muitos filmes de Hollywood, onde terroristas ou alienígenas ameaçam o símbolo do poder americano.

A cerimônia de posse foi marcada por excepcionalidades. Em vez dos muitos convidados habituais a estes eventos, apenas mil acompanharam Joe Biden e Kamala Harris, fortes medidas de proteção contra a COVID-19 coloriram o dia e, sobretudo, a ausência do presidente cessante, Donald Trump, algo que não Acontecia desde 1869.

Em seu primeiro discurso como presidente dos Estados Unidos, discurso em que abundaram as referências ao caráter excepcional de um país, “essencial” na hegemonia mundial, Joe Biden ofereceu palavras de otimismo e fé no futuro imediato da nação.

Joe Biden asumió este miércoles, 20 de enero, como el presidente No. 46 de Estados Unidos, elegido para gobernar al país los próximos cuatro años.

“Eu sei que falar sobre união pode soar como uma fantasia boba para alguns hoje em dia. As forças que nos dividem são profundas e reais, mas não são novas ”, afirmou. Biden referiu-se aos milhões de empregos perdidos, às centenas de milhares de empresas fechadas, aos despejos e à necessária justiça racial “adiada por 400 anos”.

Em um dos momentos mais aplaudidos de seu discurso, o presidente descreveu a situação atual como uma “guerra incivil” e pediu a defesa dos valores fundadores do país.

Por outro lado, o ex-presidente Barack Obama tuitou uma mensagem para o presidente eleito Joe Biden, horas antes da cerimônia no Capitólio: “Este é o seu momento”, escreveu Obama.

Enquanto isso, depois de mais de dois meses sem aceitar os resultados das eleições de 3 de novembro, o presidente cessante Donald Trump, optou por se despedir com um vídeo de quase 20 minutos.

No audiovisual, Trump destacou as “conquistas” de sua gestão, incluindo, incrivelmente, o que chamou de construção do “maior movimento político da história”, e prometeu que voltaria de “alguma forma”.

Com apenas algumas horas no cargo, Joe Biden assinou 17 decretos e diretrizes para implementar sua promessa de mudar urgentemente os quatro anos de políticas equivocadas de Donald Trump.

Entre os mais significativos estão o retorno dos EUA à Organização Mundial da Saúde (OMS), a proibição da discriminação no emprego no governo federal com base na orientação sexual e o retorno ao Acordo do Clima de Paris.

Biden tem a missão de lavar a imagem danificada pelas políticas errôneas de seu antecessor, salvar o modelo americano de “democracia” e tentar unir o país. Quem ocupa a posição no cargo oval, o império, no interesse da autopreservação como sistema, sempre buscará formas de se reconstruir.

Atualização sobre política internacional.

#EstadosUnidos #EleccionesEEUU #Marchas #Capitolio #DonaldTrumpCulpable #TomaDePosesion #UnionEuropea #China #Iran #Covid-19 #Salud #ReinoUnido #Brasil #ONU #FBI #CambioClimatico #Cuba #DoctrinaMonroe #Israel #Palestina

África sofre uma “praga bíblica”

Um vídeo capturado e postado pelo correspondente africano do The Washington Post, Max Bearak, mostra a magnitude de um desastre que assola a África Oriental nos últimos meses.

A gravação mostra um enorme enxame de gafanhotos do deserto perto do Monte Ololokwe, no centro do Quênia.

A natureza se beneficia da quarentena.

Cerca de 100 tartarugas marinhas de uma espécie em extinção nasceram recentemente em uma praia no Brasil atualmente deserta devido a restrições de mobilidade decretadas para conter a pandemia de coronavírus, disseram autoridades locais em comunicado.

Nacen cerca de 100 tortugas marinas en peligro de extinción en una playa de Brasil desierta por la cuarentena del coronavirus (VIDEO)

Um total de 97 ovos de tartaruga-de-pente nasceram há pouco mais de uma semana na praia de Janga, localizada no município de Paulista, Pernambuco. Os moradores são proibidos de se reunir em espaços públicos para impedir a propagação da covid-19; portanto, as únicas pessoas que puderam testemunhar ao vivo na época eram funcionários do governo.

As imagens capturadas mostram as pequenas criaturas se movendo livremente em direção ao mar sem a presença de pessoas em seu caminho. Após o nascimento, esses animais geralmente correm o risco de serem atacados por predadores ou incomodados por banhistas.

Até o momento, neste ano, foram criadas 291 tartarugas marinhas nas costas de Paulista, 87 na costa verde e 204 na de falcão, segundo dados fornecidos pelas autoridades locais, que observaram que o primeiro contato dos animais com a água foi possível graças a um trabalho de monitoramento realizado por especialistas desde o ano passado.

As tartarugas-de-pente são classificadas como espécies criticamente ameaçadas pelo World Wildlife Fund (WWF), que observa que sua existência é de vital importância para os “ecossistemas marinhos e ajuda a manter a saúde dos recifes de coral e do leito de algas marinhas”.

O estado de Pernambuco confirmou pelo menos 68 casos de contágio e cinco mortes por covid-19 em seu território, segundo declarações do governador Paulo Câmara ao The Guardian. Da mesma forma, o funcionário criticou as medidas tomadas pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro para enfrentar a crise e argumentou que “apenas o isolamento” pode ajudar a interromper o crescimento da curva infectada.

O Partido Republicano tenta cobrir o sol com um dedo.

O professor mexicano Mario Molina, que deu uma enorme contribuição à humanidade decifrando os danos que a camada de ozônio recebe, participa do programa “Conversando con Correa” para esclarecer as mudanças climáticas, destacando os principais obstáculos para enfrentá-la, mas refletindo otimismo para quem tenta cuidar do meio ambiente, como muitos jovens. Por que o Acordo de Paris falhou? Qual é o próximo desafio para a economia mundial?

Um forte terremoto de 7,7 sacode o Caribe entre Jamaica e Cuba, alerta para possíveis ondas “perigosas” de tsunami

Um movimento telúrico de magnitude 7,7 foi registrado às 14:23 (hora local) 125 quilômetros a noroeste da Jamaica, relata o US Geological Survey. (USGS).

O foco do terremoto se originou a uma profundidade de 10 quilômetros.

Oliver Zamora Oria@oliverzo_RT

Fuerte terremoto de más de 7 grados sacude el oriente sur de Cuba, se sintió en varias provincias.

Ver imagen en Twitter

Em um relatório publicado minutos após o terremoto, o Centro de Alerta de Tsunami dos EUA O TWC emitiu um alerta de “ondas perigosas de tsunami”, entre 0,3 e 1 metro, para algumas costas de Belize, Cuba, Honduras, México, Ilhas Cayman e Jamaica. Mais tarde, o alerta foi cancelado.

Por seu lado, o Centro Cubano de Pesquisa Sismológica (CENAIS) afirma que não há perigo de um tsunami.

Além da Jamaica, o terremoto pode afetar vários países da região, sendo o mais próximo de Cuba e Ilhas Cayman.

Segundo o jornal Trabajadores, o terremoto foi percebido “em quase toda Cuba”. Especificamente, é relatado que o tremor foi sentido nas províncias de Guantánamo, Santiago de Cuba, Holguín, Las Tunas, Camagüey, Cienfuegos, Havana, Pinar del Río e no Município Especial da Ilha da Juventud.

A Coordenação Nacional de Proteção Civil do México relata que o terremoto “foi percebido pela população de maneira leve” nos estados de Campeche, Yucatan, Veracruz e Quintana Roo, no sudeste do país.

Nas Ilhas Cayman, como resultado do terremoto, vários buracos foram abertos no chão, alguns deles de tamanho considerável.

Ayo FroGadd@shansz_

Alright… this is getting serious now

226 personas están hablando de esto

Duas horas e meia após o terremoto de 7,7, ocorreu uma réplica de magnitude 6,1 a 53 quilômetros a leste das Ilhas Cayman.

%d bloggers like this: