Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular

Assembléia Nacional de Cuba condena sanções dos EUA contra a Síria

A Assembléia Nacional Cubana condenou essas paradas como resultado de medidas coercitivas unilaterais dos Estados Unidos (EUA) e de outros países ocidentais contra o povo e o Governo da Síria, em meio à pandemia de Covid-19.

1205-banderas-cuba-siria.jpg

“Os membros do Grupo de Amizade Parlamentar Cuba-Síria condenam veementemente a manutenção de sanções unilaterais contra a República Árabe da Síria, que renunciam apesar da emergência internacional de saúde causada pelo Covid-19”, afirmou o documento.

O texto em solidariedade a Damasco foi publicado por Lisara Liliam Corona, presidente do Grupo de Amizade Parlamentar Cuba-Síria, da Assembléia Nacional do Poder Popular.

A Declaração Legislativa de Cuba também denuncia que medidas coercitivas unilaterais contra a Síria “limitam os esforços e capacidades do governo para enfrentar a pandemia”, acrescenta.

Declaración del Grupo Parlamentario cubano de solidaridad con Siria

“A imposição deste tipo de medidas coercitivas unilaterais no terreno é contrária ao resultado internacional, além de ser totalmente injustificável e criminosa, dadas as circunstâncias atuais em que os estados devem lidar com os terríveis efeitos causados pelo novo coronavírus” enfatiza.

Em 7 de maio, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, enviou uma carta ao Congresso anunciando a renovação de medidas coercitivas unilaterais contra a Síria.

Categories: # yo voto vs bloqueo, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #salud, #Siria, #solidaridadvs bloqueo, #Trump, @Trump, Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular, bloqueo, CubavsBloqueo, epidemia, FORA TRUMP, Profesionales e la Salud, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Díaz-Canel no Parlamento cubano: Unidos vencemos, venceremos juntos

Miguel Mario Díaz Canel Bermúdez, Presidente da República de Cuba, lembrou nosso legado histórico de lutas e parabenizou o povo cubano por enfrentar juntos os obstáculos que 2019 impôs

Autor:  | internet@granma.cu

Cuarto periodo ordinario de sesiones de la IX Legislatura de la ANPP, presidida por el General de Ejército Raúl Castro Ruz, Primer Secretario del CCPCC, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Presidente de la República de Cuba, Esteban Lazo Hernández, presidente de la ANPP y del Consejo de Estado.Presidente de Cuba, Miguel Mario Díaz-Canel Bermúdez Foto: Juvenal Balán

Nas considerações finais do IV Período Ordinário de Sessões da Assembléia Nacional em seu IX Legislativo, Miguel Mario Díaz Canel Bermúdez, Presidente da República de Cuba, lembrou nosso histórico legado de luta e parabenizou o povo cubano por enfrentar juntos os obstáculos que O 2019 imposto.
«Curtidos nessa resistência e apoiados pela força das seis décadas da Revolução, resolvemos essas dificuldades e temos o direito de celebrar os resultados».
Díaz-Canel disse que não há setor da economia e sociedade cubanas que não tenha sofrido o ataque do bloqueio americano.

Presidente de Cuba, Miguel Mario Díaz-Canel Bermúdez Foto: Juvenal Balán

“Isso nos levou a afetar os serviços médicos, o cancelamento de voos, as proibições de transporte de combustíveis para o país e, além disso, Washington continua dizendo que somos uma ameaça e um fator de risco para a região. Isso dificulta as transações financeiras com países terceiros, eles procuram limitar o acesso a tecnologia, turismo e serviços internacionais de saúde ”, destacou.
Entre outros ataques, o Presidente da República destacou a campanha lançada pelo governo dos EUA contra a colaboração médica que salvou vidas em 164 países.

Assembléia Nacional do Poder Popular Foto: Juvenal Balán
O presidente disse que a luta e a emancipação são as chaves da nossa história. Graças a isso, e à cooperação de governos soberanos e corajosos empresários, dispostos a desafiar a hegemonia dos EUA, a negociar com Cuba, enfrentamos e resistimos à guerra econômica.
Permanecemos dignos e firmes; calmo, mas atento, ciente de que quem quer que vá tão longe em sua vilania não terá escrúpulos em seguir planos mais perversos, se isso lhes permitir apagar o nosso exemplo de ousadia do mapa, advertiu.
Há exatamente dois anos, no final da Assembléia Nacional, o general do Exército Raúl Castro Ruz lembrou que a Revolução Cubana resistiu ao ataque das administrações dos Estados Unidos, e aqui estamos nós e seremos livres, soberanos e independentes.
Com o maior orgulho, disse ele, as atuais gerações de líderes, pessoas e jovens cubanos, presentes hoje na Revolução, dizemos, de Fidel, Raúl e outros parceiros de luta, somos continuidade. Essa declaração enfurece os adversários, porque é a confirmação de que seus planos não deram certo. Continuar a ler

Categories: "para Cuba Eu até ando de bicicleta, # Cuba, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Salud en Cuba, 24 de febrero, Asamblea Nacional del Poder Popular, Carta Magna, Comisión Electoral Nacional, cuba, REFERENDO POPULAR, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Acciones contra Cuba, Cuba, Historia de Cuba, Tarará, Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular, asamblea nacional del poder popular, Constitución de la República de Cuba, Cuba, Referendo popular, O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Ao vivo: IV Período Ordinário de Sessões da IX Legislatura da Assembléia Nacional do Poder Popular

Cuarto periodo ordinario de sesiones de la IX Legislatura de la ANPP, presidida por el General de Ejército Raúl Castro Ruz, Primer Secretario del CCPCC, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Presidente de la República de Cuba, Esteban Lazo Hernández, presidente de la ANPP y del Consejo de Estado.
Ministro de justicia Oscar Manuel Silvera Martínez

Nas considerações finais do IV Período Ordinário de Sessões da Assembléia Nacional em seu IX Legislativo, Miguel Mario Díaz Canel Bermúdez, Presidente da República de Cuba, lembrou nosso histórico legado de luta e parabenizou o povo cubano por enfrentar juntos os obstáculos que O 2019 imposto.
«Curtidos nessa resistência e apoiados pela força das seis décadas da Revolução, resolvemos essas dificuldades e temos o direito de celebrar os resultados».
Díaz-Canel disse que não há setor da economia e sociedade cubanas que não tenha sofrido o ataque do bloqueio americano.
“Isso nos levou a afetar os serviços médicos, o cancelamento de voos, as proibições de transporte de combustíveis para o país e, além disso, Washington continua dizendo que somos uma ameaça e um fator de risco para a região. Isso dificulta as transações financeiras com países terceiros, eles procuram limitar o acesso a tecnologia, turismo e serviços internacionais de saúde ”, destacou.
Entre outros ataques, o Presidente da República destacou a campanha lançada pelo governo dos EUA contra a colaboração médica que salvou vidas em 164 países.

————————————————– ————————————————– —————————————

NOMEAÇÃO COMO VICEPRIMEROS MINISTROS A

Comandante da Revolução, Ramiro Valdés Menéndez
Roberto Morales Ojeda
Inés María Chapman
Jorge Luis Tapia Fonseca
Alejandro Gil Fernandez
Ricardo Cabrisas Ruiz
Secretário: José Amado Cabrera Guerra

RATIFICAR COMO MEMBROS DO CONSELHO DE MINISTROS A:

José Amado Ricardo Guerra, secretário do Conselho de Ministros

General de Exército Leopoldo Cintra Frías, Ministro das Forças Armadas Revolucionárias

Vice-Almirante Julio César Gandarilla Bermejo, Ministro do Interior

José Ramón Saborido Loidy, Ministro do Ensino Superior

Ena Elsa Velázquez Cobiella, Ministra da Educação

Meisi Bolaño Weiss, Ministro das Finanças e Preços

René Mesa Villafaña, Ministro da Construção

Rodrigo Malmierca Díaz, Ministro de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro

Bruno Rodríguez Parrilla, Ministro das Relações Exteriores

Eduardo Rodríguez Dávila, Ministro dos Transportes

Elba Rosa Pérez Montoya, Ministra da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente

Oscar Manuel Silvera Martínez, Ministro da Justiça

Betsy Díaz Velázquez, Ministra do Comércio Interno

Alpidio Alonso Grau, Ministro da Cultura

Jorge Luis Perdomo, Ministro das Comunicações

José Ángel Portal Miranda, Ministro da Saúde

Alejandro Gil Fernández, Ministro da Economia

Gustavo Rodríguez Rollero, Ministro da Agricultura

Antonio Rodríguez Rodríguez, presidente do Instituto Nacional de Recursos Hidráulicos

Alfonso Noya Martínez, presidente do Instituto Cubano de Rádio e Televisão

Osvaldo Caridad Vento Montiller, presidente do Instituto Nacional de Esporte, Educação Física e Recreação

NOVOS MINISTROS:

Martha Elena Feitó Cabrera, Ministra do Trabalho e Segurança Social

Juan Carlos García Granda, Ministro do Turismo

Marta Sabina Wilson González, Presidente Ministra do Banco Central de Cuba

Manuel Santiago Sobrino Martínez, Ministro da Indústria de Alimentos

Eloy Álvarez Martínez, Ministro das Indústrias

Nicolás Arronte Cruz, Ministro de Energia e Minas

————————————————– ————————————————– —————————————

MANUEL MARRERO CRUZ, MINISTRO ATUAL DO TURISMO É DESIGNADO COMO PRIMEIRO MINISTRO DO CUBA

Segundo a Terceira Disposição Transitória da Constituição, «uma vez eleito, o Presidente da República, dentro de três meses, propõe à Assembléia Nacional do Poder Popular a nomeação do Primeiro Ministro, Vice-Primeiros Ministros, Secretário e outros membros. do Conselho de Ministros.
Cumprindo esse mandato, o Presidente da República propôs à Assembléia Nacional do Poder Popular, a nomeação de Manuel Marrero Cruz, atual Ministro do Turismo para o cargo de Primeiro Ministro.

Dada a sua relevância na condução de processos importantes, foi realizada uma análise exaustiva – afirmou Dayz-Canel -, valorizando a necessária renovação de alguns de seus membros e, por outro lado, mantendo a estabilidade que lhe permite desempenhar suas funções na conjuntura complexa Todos nós sabemos.

Depois de estudar suas sínteses biográficas, as propostas têm um amplo processo de gestão, ocupando diferentes posições de maneira ascendente e também possuem qualidades pelas quais acreditamos que estão em posição de integrar o Conselho de Ministros, afirmou.

Como primeiro ministro, Díaz-Canel nomeou Manuel Marrero Cruz, que “atuou como ministro do Turismo há 16 anos, e foi selecionado para essa responsabilidade pelo comandante em chefe, Fidel Castro Ruz. O deputado de 56 anos é arquiteto e viajou da base, primeiro como investidor de instalações turísticas no norte de Holguin, e ocupou diferentes posições na direção de hotéis nas províncias do leste e em Varadero ”. Continuar a ler

Categories: "para Cuba Eu até ando de bicicleta, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, CUBA - ESTADOS UNIDOS, CUBA COOPERA, Cuba Hotéis, Relaciones Cuba Estados Unidos, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Encabeçada por Raúl, a XI Sessão Plenária do Comitê Central do Partido Comunista reuniu-se

Autor:  | internet@granma.cu

Resultado de imagem para imagenes de raul en la asamblea

A XI Sessão Plenária do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba se reuniu na quinta-feira à tarde, chefiada por seu Primeiro Secretário, General do Exército Raúl Castro Ruz.

Na reunião – em que também participou o Presidente da República e membro do Bureau Político Miguel Díaz-Canel Bermúdez – o Segundo Secretário do Comitê Central, José Ramón Machado Ventura, anunciou a celebração do VIII Congresso da Organização e ofereceu detalhes sobre os preparativos para essa nomeação, que ocorrerá entre 16 e 19 de abril de 2021.

Os membros do Comitê Central também receberam um relatório sobre os resultados da implementação das Diretrizes da Política Econômica e Social do Partido e da Revolução durante o ano de 2019. Sobre o assunto, o membro do Bureau Político do Partido, Marino Murillo Jorge, chefe da Comissão Permanente de Implementação e Desenvolvimento, explicou que desde o VI Congresso até o momento foram aprovadas 216 políticas e medidas, 16 delas durante o ano em curso.

Entre essas decisões, ele mencionou as referentes à melhoria do empreendimento socialista estatal e das organizações superiores de Gestão de Negócios; o fortalecimento dos conselhos governamentais; o destaque da ciência, tecnologia e inovação; e o monitoramento das medidas aprovadas em relação à dinâmica demográfica.

A complexa situação econômica que se agravou nos últimos meses – valorizou Murillo Jorge – não pode se tornar um fator de desaceleração desses processos, pelo contrário, exige um impulso maior para atualizar o modelo econômico e social para eliminar os obstáculos que eles ainda persistem no desenvolvimento de forças produtivas e eficiência.

Ele considerou que é importante fortalecer o papel orientador e guia dos documentos programáticos aprovados pelo Partido e usá-los como base para o trabalho diário.

A conferência também informou sobre os principais aspectos do Plano de Economia e os indicadores do Orçamento do Estado, ambos para o ano 2020. Esses documentos, apresentados pelos Ministros de Economia e Planejamento, Alejandro Gil Fernández, e Finance and Os preços, Meisi Bolaños Weiss, serão apresentados nesta sexta-feira aos deputados na Assembléia Nacional do Poder Popular.

Ao tirar as conclusões da reunião, o Primeiro Secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba pediu para continuar trabalhando de maneira otimista, organizada, enfrentando todos os tipos de obstáculos. Podemos resistir ao que vier, ele enfatizou, mas para isso devemos estar preparados.

Continuaremos avançando, disse o general do exército, administrando bem os recursos que temos e salvando uma batalha diária, de um extremo ao outro do país.

Diante das ameaças do inimigo, disse Raul, cada um de seu bairro, de sua comunidade, deve estar pronto para sair para lutar e endossar a frase que dissemos quando da morte do comandante em chefe da Revolução Cubana: “Eu sou Fidel ! ”

Categories: #Cuba #CIA, #Diálogo Cuba e União Europeia sobre direitos humanos, Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular, asamblea nacional del poder popular, Constitución de la República de Cuba, Cuba, Referendo popular, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Bruno Rodríguez Parilla: “Com base na absoluta igualdade e respeito, estaremos sempre prontos para dialogar com os Estados Unidos”

Por: Sergio Alejandro Gómez

O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, fez um balanço da política externa ao longo deste ano durante uma coletiva de imprensa depois de participar dos debates das comissões da Assembléia Nacional do Poder Popular. Continuar a ler

Categories: Asamblea Nacional del Poder Popular (ANPP), Cuba, Gobierno, Poder Popular, Uncategorized | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: