ELEIÇÕES

“Vamos governar com todos”

Vencedor da eleição presidencial, João Lourenço pede unidade para a construção de uma Angola de todos.

 

Vencedor da eleição presidencial, João Lourenço pede unidade para a construção de uma Angola de todos
João Lourenço tem até 15 dias para ser investido no cargo, a contar da publicação oficial dos resultados eleitorais definitivos em Diário da República, que deve acontecer nas próximas horas, depois da decisão do Tribunal Constitucional sobre o recurso da oposição que pretendia impugnar as eleições.
João Lourenço usou a rede social Facebook para expressar a sua satisfação pela vitória do partido, com 61 por cento dos votos válidos. É a sua segunda intervenção pública, embora desta vez para o público internauta, desde que foi eleito Presidente da República.
“Resolvidos os diferendos eleitorais, enterremos as nossas diferenças político-ideológicas e, unidos e empenhados, façamos o País acontecer. Somos irmãos e o que nos orgulha de sermos nós mesmos é muito mais importante do que aquilo que nos separa”, escreve João Lourenço num “post” feito ao princípio da tarde de ontem na sua página oficial patrocinada, concluindo com um “Viva Angola e os angolanos.” No início da manhã de ontem, o Presidente eleito já tinha afirmado num “post” na mesma página oficial da campanha que foi “eleito democraticamente Presidente de todos os angolanos e em prol de todos os filhos de Angola, sem qualquer tipo de distinção ou outra forma de discriminação ou exclusão.”
O “post” de João Lourenço traz uma fotografia sua, diferente das usadas na campanha eleitoral nas redes sociais, esboçando um sorriso de celebração pela conquista da vitória.
O Presidente eleito é empossado pelo presidente do Tribunal Constitucional e, em função disso, a sua posse como deputado eleito (na lista do MPLA) fica adiada. Com a posse de João Lourenço, o Presidente José Eduardo dos Santos, em funções desde 2012, termina o seu mandato.
No resumo da campanha, João Lourenço propôs um “grande pacto nacional” com toda a sociedade para combater a corrupção e a impunidade em Angola. O vice-presidente do MPLA assumiu o combate à corrupção como um compromisso de coragem. “Como me comprometi desde o início da nossa campanha, vamos enfrentar com coragem a corrupção e a impunidade, dois males que afectam o desenvolvimento do país e que precisam de ser combatidos”, disse.
João Lourenço afirmou que vai formar uma equipa de governação na qual os critérios principais serão a competência e a seriedade. “O homem certo no lugar certo. Esses são compromissos credíveis que eu assumo em meu nome e na base da linha política do MPLA”, afirmou.
“Vamos trabalhar seriamente para acelerar o desenvolvimento económico e social de Angola”, garantiu. “Vamos intensificar a diversificação da economia, apostando, sobretudo na agricultura e na indústria transformadora, o que, além de ajudar a combater a pobreza, criará cada mais oportunidades e empregos para os jovens”, reforçou.
João Lourenço tranquilizou a população de que, caso vença as eleições, vai continuar com os projectos para levar energia eléctrica e água para as casas e para as indústrias. O mesmo vai acontecer com a saúde e a educação, que devem estar mais perto dos cidadãos e de suas famílias, com professores, médicos e enfermeiros melhor treinados. “Vamos continuar o programa de construção de casas e de novas urbanizações para todos os angolanos”, acrescentou.
O MPLA ganhou as eleições com 61 por cento dos votos, elegendo 150 deputados. A UNITA foi o segundo partido mais votado, elegendo 51, a CASA-CE a terceira, com 16 deputados. O PRS conseguiu dois deputados e a FNLA um. 
A Aliança Patriótica Nacional foi a única formação que não conseguiu eleger nenhum deputado, mas sobrevive à extinção legal pelo Tribunal Constitucional.  

Anúncios
Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

José Eduardo dos Santos lançou a Era da Reconstrução Nacional.

Um homem dedicado ao povo angolano.

 

José Eduardo  dos Santos  lançou a Era  da Reconstrução Nacional

Angola vive ainda o tempo das suas quartas eleições gerais. O tempo em que os angolanos provaram a sua maturidade política e democrática num clima de paz que teve como arquitecto o Presidente José Eduardo dos Santos, que se prepara para abandonar a vida política activa.

Um momento histórico importante foi a aprovação pela Comissão Permanente da Assembleia do Povo, sob proposta do Presidente José Eduardo dos Santos, da Lei sobre o Conselho de Defesa e Segurança e sobre os Conselhos Militares Regionais.
“Esta lei foi a saída que o Presidente, como defensor do Estado, encontrou para defender o País, opondo-se àqueles que preferiam criar um Quartel-General da Guerra, o que implicaria declarar o Estado de sítio, congelar a Constituição e as instituições do Governo, medida que poderia levar as grandes potências a declararem guerra ao nosso País”, diz hoje ao Jornal de Angola um analista angolano dos assuntos militares e de defesa. O agravamento do conflito foi evitado graças a esse discernimento.

 

 

 

 

 

 

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Novo Presidente Eleito

Os resultados definitivos divulgados ontem pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE) confirmaram a vitória do MPLA com 4.164.157 votos, correspondente a  61,68 por cento, seguido da UNITA com 1.818.903 votos, correspondente a 26, 67 por cento. A CASA-CE obteve 643.961 votos, equivalente a 9, 45 por cento.

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, MPLA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Assumo a sucessão com muita confiança – João Lourenço.

Resultado de imagen de fotos de joa lorenzo

“Assumo o desafio com muita confiança, apesar das dificuldades”, disse, antes de reconhecer a situação financeira menos boa que Angola vive, em consequência da queda do preço do petróleo nos mercados internacionais. Continuar a ler

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Presidente do Cuba enviou mensagem de felicitações para o Presidente eleito João Lourenço.

Categories: AMERICA LATINA, ANGOLA, ÁFRICA, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, ELEIÇÕES, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

MPLA afirma que venceu “convincentemente” as eleições.

Reuters/STRINGER

Na mensagem, o MPLA expressou também a “profunda gratidão” pelo “excelente trabalho” realizado pelo líder do partido José Eduardo dos Santos, após 38 anos à frente do país.

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

LONGOS SÃO OS CAMINHOS ÁVIDOS DE VIDA E PAZ!

Foto de Martinho Junior.   Por Martinho Júnior.

Que os povos se levantem, sempre que a paz esteja em risco e ali onde ela seja mais preciso que nunca, onda após onda, vaga após vaga se levantem e assim seja para que a vida seja honrada com a dignidade que a humanidade merece, com o respeito merecido pela Mãe Terra!… que se levantem e se democratizem os povos, que cultivem águas oxigenadas, profundas e movendo as correntes democráticas de participação nesse caminho, por que é com a participação cada vez mais alargada dos povos em direcção ao futuro, que a vida se poderá melhor garantir, com a constante decifragem da solidariedade, do amor e da clarividência desse caminhar pujante!… Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, OPINIÃO, POLÍTICA, Uncategorized, venezuela | Etiquetas: | Deixe um comentário

Angola vive um momento marcado pela preparação das eleições – Paulo Kassoma.

Luanda – A República de Angola vive um momento caracterizado pela preparação efectiva das eleições gerais que terão lugar a 23 de Agosto de 2017, declarou nesta quinta-feira, em Luanda, o secretário-geral do MPLA, António Paulo Kassoma.

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ELEIÇÕES, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: