O Presidente Nicolás Maduro reconhece os bombeiros que contribuíram para a extinção de incêndios em Matanzas

#Cuba #Venezuela #Solidaridad #FuerzaMatanzas #Mexico #PDVSA

A gratidão de Cuba pela solidariedade do México e da Venezuela.

#Cuba #México #Solidaridad #Petróleo

Havana, 15 de Agosto (Prensa Latina) No meio do intenso trabalho que Cuba está hoje a realizar para salvar as vítimas do incêndio que afectou a cidade ocidental de Matanzas, não faltam aqui lugares para expressar gratidão pela solidariedade da Venezuela e do México.

Autoridades, instituições, organizações e a população em geral reconhecem a resposta imediata e o empenho destas nações que, com forças e recursos especializados, contribuíram para controlar e extinguir o incêndio em grande escala que deflagrou na Base de Supertanques de Matanzas após um relâmpago.

Em cartas enviadas aos seus homólogos Nicolás Maduro da Venezuela e Andrés Manuel López Obrador do México, o Presidente Miguel Díaz-Canel destacou a atitude exemplar dos peritos dessas nações, que sem consideração de risco se juntaram à luta contra as chamas desde as primeiras horas.

As cartas expressam a sua gratidão pela resposta imediata e corajosa dos seus governos ao pedido de ajuda internacional de Cuba, e o apoio oportuno e decisivo desses países, o que permitiu que o fogo fosse extinto em cinco dias intensos de trabalho conjunto.

Antes da sua partida para os seus países no dia anterior, estes cooperantes foram condecorados pelo Estado, as forças armadas e as organizações civis da ilha com a Ordem da Solidariedade, a Medalha da Amizade e uma réplica do facão do Major-General Antonio Maceo Grajales.

Anteriormente, autoridades de Matanzas e representantes de instituições cubanas apresentaram à tripulação do navio da Marinha mexicana “Libertador” a Medalha da Amizade e a Bandeira do Trabalho Prowess, do Instituto Cubano de Amizade com os Povos, e a Central dos Trabalhadores Cubanos, respectivamente.

Em numerosas ocasiões durante os dias intensos de combate ao fogo, os membros das forças dos três países concordaram com a empatia e simbiose perfeita conseguidas desde o primeiro momento, o que permitiu a unidade no combate às chamas e o sucesso destas acções.

Referindo-se à questão, o líder cubano afirmou recentemente que, para além do mandato das suas instituições e governos, os colaboradores mexicanos e venezuelanos demonstraram com a sua atitude, acções e argumentos um compromisso do povo para com a ilha.

jcm/evm

olá, sua mangueira curta, se não amas Cuba, cala-te! o que nós queremos aqui é amar.

#CubaPorLaVida #FuerzaMatanzas #CubaViveEnSuHistoria #FuerzaCuba

O Celac expressa apoio a Cuba após os incêndios em Matanzas.

#FuerzaMatanza #FuerzaCuba #CELAC #SolidaridadConCuba

teleSUR

A Comunidade dos Estados da América Latina e Caraíbas (CELAC) mostrou o seu apoio a Cuba na segunda-feira depois de os tanques se terem incendiado num depósito de combustível na base da cidade de Matanzas, localizada na parte ocidental da ilha das Caraíbas.

Um total de 22 pessoas feridas no incidente permanecem hospitalizadas, das quais cinco se encontram em estado crítico, duas estão em estado grave e 15 estão sob cuidados. | Foto: Boémia/Vladimir Zayas Varona

“Celac estende o seu total apoio ao povo e ao governo de Cuba por ocasião da tragédia causada pela queima de tanques de combustível na província de Matanzas”, escreveu a organização na sua conta no Twitter.

Também expressou a sua solidariedade com as famílias das vítimas e com o pessoal que está hospitalizado.

Bombeiros, socorristas e peritos de Cuba, México e Venezuela continuam o seu trabalho para tentar controlar o fogo que começou num dos tanques após uma descarga eléctrica ter atingido a base de armazenamento e distribuição de combustível na sexta-feira passada.

Nas primeiras horas da manhã de sábado, um segundo tanque pegou fogo e ruiu por volta da meia-noite de domingo.

A explosão do segundo tanque causou um derramamento de combustível que resultou no terceiro tanque de uma bateria de quatro tanques a ser comprometida.

Até à data, foram comunicadas mais de 100 pessoas feridas e pelo menos 16 pessoas continuam desaparecidas em resultado do incidente, no qual quase 100 toneladas de combustível foram incineradas.

Um membro dos bombeiros da província de Cienfuegos, no centro-sul do arquipélago, que perdeu a sua vida durante os combates nas instalações danificadas, foi enterrado no domingo.

Cuba enfrenta uma situação tensa devido ao incêndio na base do superpetroleiro na Baía de Matanzas.

#FuerzaMatanzas #FuerzaCuba #CubaNoEstaSola

Cuba não está amaldiçoada, está a ser destacada negativamente.

#FuerzaMatanzas #FuerzaCuba #CubaNoestaSola

Tirado do blogue de um amigo.

Quando dizem que Cuba é amaldiçoada, o leque de factos que estruturam a opinião é estreito. Três motivos tendem a dominar:

👉 Ignorância, por não contrastar com as estatísticas mundiais.

👉 Hipocrisia, relatando apenas eventos trágicos.

👉 Estar sob a influência de superstições, ou crenças religiosas (caso em que não há justificação para más adivinhações: olhar para as guerras e mortes no Médio Oriente, que era a terra amaldiçoada).

🔺 Por exemplo, os meios de desinformação, que destacam Cuba em títulos apocalípticos, não dão a mínima importância às notícias dadas pela NASA: “Ondas de calor e incêndios atingem a Europa, África e Ásia”.

🔺 Compare o Verão em Cuba com a onda de calor que deixou 510 mortos em Espanha (121 só em Madrid), com a onda de calor que deixou 1 500 mortos na Europa. Será que se sentem amaldiçoados?

🔺 Na Índia, as descargas atmosféricas deixam 38 mortos num dia. Pelo menos 76 mortes são devidas a trovoadas.

🔺 Falam de Cuba entrelaçando tragédias, como se a tentassem apresentar no cenário Santorini de há cerca de 3 600 anos. Contudo, não foi em Cuba que, em 2004, um tsunami ceifou a vida de cerca de 222 000 pessoas. Também não foi em Cuba onde um terramoto em Janeiro de 2010 extinguiu 159.000 vidas humanas.
Como podemos chamar Cuba amaldiçoada, entre outros rótulos destrutivos, quando os números globais do vírus são os seguintes:

▶️ Na manhã de 6 de Agosto (dados da Universidade de Hopkins).

▶️ 6 415 160 pessoas mortas / 582 819 859 infecções detectadas.

🇺🇸 EUA 1 033 517 / 92 090 456
🇧 Brasil 679 758 / 33 994 470
🇮🇳 Índia 526 600 / 44 107 588
🇬🇧 Rússia 374 895 / 18 400 593
🇲🇽 México 328 128 / 6 821 746
🇵🇪 Peru 214 480 / 3 940 482
🇬🇧 Grã-Bretanha 185 761 / 23 581 994
🇮 Itália 172 904 / 21 251 774
🇮🇩 Indonésia 157 072 / 6 235 244
🇫 França 153 577 / 34 237 067
🔺 Estes dados parecem países amaldiçoados pelos seus governantes quando comparados com 🇨🇺Cuba, onde 85 / 1 108 706 foram confirmados hoje.

▶️ Outros dados úteis para contrastar:

▶️ Funcionalidade: Número de mortes.

🔴 Terramoto-Tsunami

🇹🇭 Tailândia – 26 de Dezembro de 2004 ⭕ 220 000 – Terramoto

🇭 Haiti – 12 de Janeiro de 2010 ⭕ 159 000 – Ciclone Nargis

🇲🇲 Myanmar – 2-5 de Maio de 2008 ⭕ 140 000 – Ciclone tropical

🇧🇩 Bangladesh – 29-30 de Abril de 1991 ⭕ 139 000 – Terramoto

🇵🇰 Paquistão – 8 de Outubro de 2005 ⭕ 88 000 – Terramoto

🇨🇳 China – 12 de Maio de 2008 ⭕ 84 000 – Onda de calor

🇪🇺 Europa Central – Julho-Agosto de 2003 ⭕ 70 000 – Onda de calor

🇷🇺 Rússia – Julho-Setembro de 2010 ⭕ 56 000 – Terramoto

🇮 Irão – 20 de Junho de 1990 ⭕ 40 000 – Terramoto

Os países irmãos oferecem a sua solidariedade a Cuba face ao incêndio em Matanza.

#Accidente #FuerzaCuba #FuerzaMatanzas #Solidaridad

Redaccion Central/PL

Havana, Cuba. – Bombas de água, produtos químicos e equipamento especializado estão a ser instalados nas áreas em redor do incêndio em grande escala que afecta a zona industrial da cidade de Matanzas.

foto tirada da internet

Grande parte do material faz parte da ajuda solidária dos governos do México e da Venezuela, cujos peritos estão a avaliar no terreno a melhor forma de começar a extinguir o fogo.

A Associação de Amizade Honduras-Cuba expressou o seu afecto e amor pelo povo cubano, iniciando uma campanha para recolher e enviar os abastecimentos necessários para que a maior das Antilhas possa enfrentar esta difícil situação.

A Associação Nacional de Cubanos Residentes no Brasil-José Martí também enviou uma mensagem de solidariedade à ilha, tal como os Emirados Árabes Unidos e a Bélgica, que expressaram as suas sinceras condolências e solidariedade para com Cuba.

Matanzas em frente ao incêndio: Grande explosão e explosão na área do incidente.

#Accidente #FuerzaCuba #FuerzaMatanza #CubaNoEstaSola

Por: Redacción Cubadebate

Pouco depois das 23h30 deste domingo, sentiu-se uma forte explosão na zona industrial de Matanzas. O segundo tanque de combustível ruiu, após quase 40 horas de incêndio, causando uma enorme massa de fogo que iluminou toda a cidade de Matanzas e podia ser visto até no Malecón em Havana. A situação actual do terceiro depósito de combustível ainda não foi esclarecida. Outra noite trágica após o incêndio, que começou na noite de sexta-feira, 5 de Agosto, no 52º tanque de armazenamento de petróleo bruto, reclamou a vida de uma pessoa até agora, tendo 16 outras desaparecido.

Foto: @SantanaMiriel/ Twitter

Três dos oito tanques da base foram afectados, resultando na perda de milhões de litros de petróleo bruto e fuelóleo armazenados nesses tanques.

Os residentes próximos da zona industrial da cidade marítima, localizada no noroeste de Cuba, foram evacuados e as condições estão a ser acompanhadas de perto, o que poderá levar à evacuação de outras áreas. A cidade não está em perigo até agora, disseram as autoridades.

Cubadebate continuará a informar minuto a minuto sobre todas as suas plataformas: #FuerzaMatanzas #FuerzaCuba.

%d bloggers like this: