Receita Angolanas

Chefe de Estado regressa ao país

O Presidente da República, João Lourenço, regressou na noite desta quinta-feira (14) a Luanda, depois de cumprir uma visita de Estado de dois dias ao Vaticano, a convite do Papa Francisco.
No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o Chefe de Estado, acompanhado da primeira-dama, Ana Dias Lourenço, recebeu cumprimentos de boas-vindas do vice-presidente da República, Bornito de Sousa, do presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, e de membros do Executivo, entre outras individualidades.

dd

CHEGADA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO VATICANO

Foto: Francisco Miúdo (Angop)

Durante a sua permanência na Cidade do Vaticano, João Lourenço manteve um encontro com o Papa Francisco, com quem abordou questões ligadas a cooperação bilateral e a política internacional.

No final do encontro, de 30 minutos, os líderes trocaram presentes. O Presidente João Lourenço ofereceu uma tela “Mãe Alegre”, uma obra do artista angolano Guizef, nome artístico de Augusto Zeferino Guilherme.
Na sequência, o Papa presenteou o Chefe de Estado angolano com um livro sobre São Martinho, bispo de Tours (França) que morreu em 397 d.C.

No âmbito da visita, o Presidente da República falou à Rádio Vaticano, no decurso da qual reiterou a irreversibilidade das reformas iniciadas no país desde que assumiu a chefia do Estado angolano, a 26 Setembro de 2017.

No cumprimento do programa de actividades, o estadista angolano depositou uma coroa de flores na sepultura do primeiro embaixador do reino do Kongo junto da Santa Sé, Dom António Manuel Nvunda.
A jornada do Chefe de Estado registou uma visita aos principais monumentos do Vaticano e à Capela Sistina, local conhecido por acolher o conclave, processo pelo qual escolhe-se um novo Papa.
No último dia de visita, João Lourenço recebeu em audiência o presidente executivo da companhia italiana do sector de petróleo e gás ENI, Claudio Descalzi.
Na ocasião, foram assinados Acordos-Contratos no sector dos petróleos entre o Governo angolano e a ENI, que opera no país desde 1980, com uma produção diária de cerca de 150 mil barris.
Com a mesma empresa, e na presença do ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, também foi assinado um Memorando de Entendimento para o Programa de Desenvolvimento local (Angola).
Outro Memorando de Entendimento versou sobre as Iniciativas de Saúde e Contrato de Concessão para a construção e exploração da Central Fotovoltaica de Caraculo, no Namibe.
No dia da sua chegada a Roma (segunda-feira) teve um encontro surpresa com o homólogo de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, de quem recebeu de viva voz felicitações pela celebração do 44º aniversário da proclamação da Independência Nacional.

Fonte: Angop/AF

Categories: "La epopeia de Angola", "Miss Angola", ANGOLA, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Luanda: História e características

Luanda é a capital administrativa e política de Angola, país localizado na porção ocidental do continente africano. É a maior cidade do país, com uma população contabilizada em 8 milhões e 200 mil habitantes. Além disto, é a maior capital lusófona e a terceira maior cidade dentro desta comunidade de países, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, ambas localizadas no Brasil.

Resultado de imagem para playas de luanda angola

História de Luanda

O território onde hoje se encontra Luanda foi, em 1500 d. C., parte do Reino de Ndogo. Em 3 de maio de 1560, atendendo ao pedido do rei Ndambi a Ngola, chegou à barra do Kwanza a primeira missão portuguesa

Esta primeira expedição foi recebida com hostilidade, pois o novo rei de Ndongo, Ngola Kiluanje Kia Ndambi, entendeu a presença portuguesa como uma ação preparada pelo rei do Kongo. Desta maneira, a primeira missão portuguesa foi feita prisioneira

Após os devidos esclarecimentos e, como era de interesse do novo rei um acordo diplomático com Portugal, parte dos integrantes da expedição tiveram permissão para regressar.

Em fevereiro de 1575, Paulo Dias de Jesus chegou à Ilha de Luanda, onde se estabeleceu o primeiro núcleo de colonos portugueses. Acrescenta-se ainda à esta expedição dois padres da Companhia de Jesus, com a missão de evangelizar os povos nativos.

Em 25 de fevereiro foi fundada a vila de São Paulo de Loanda, na porção continental da região. A pedra fundamental da cidade foi dedicada a São Sebastião e utilizada para a construção de uma igreja católica em sua devoção.

Muitos foram os motivos que tornaram esta região a escolhida para a fundação da cidade. Sua posição geográfica, de frente para a baía, mas protegida por uma ilha, tornava possível a construção de um forte que protegeria a cidade e permitiria o comércio via mar. A existência de fonte de água doce potável também foi um fator que permitiu a permanência dos colonos portugueses no local.

Resultado de imagem para imagenes de la isla de luanda

Luanda foi invadida pelos holandeses em 1641 e retomada pelos portugueses em 1648. Deste período em diante, a cidade de Luanda e o país de Angola manteve-se sob a dominação portuguesa até 1975, quando o Movimento pela libertação de Angola (MPLA) proclamou a independência do país. Após a proclamação da independência, Angola mergulhou em uma longa e sangrenta guerra civil. A paz foi declarada em 2002, mas não sem deixar marcas profundas no país e em sua capital, Luanda, que precisou ser  reconstruida.

Resultado de imagem para playas de luanda angola

Características geográficas de Luanda

A cidade (e também município) de Luanda está dividida em 13 distritos. A região central é dividida por Cidade Alta e Cidade Baixa. A Cidade baixa é a região mais próxima ao porto, em frente a baía de Luanda e a ilha de Luanda. Ao sul da região deste baixo centro, há ainda a baía do Mossulo.

O clima da cidade é seco e úmido, com temperaturas elevadas, mas que, à noite, podem chegar a 16°C, devido à corrente fria de Benguela. A umidade relativa do ar é em torno de 77 por cento.

Características sócio-culturais.

O grupo étnico dominante na cidade são os Bantus mas a população original é da etnia Ambundu. Há poucos caucasianos, mesmo com a longa dominação portuguesa e muitos mestiços.

Por tratar-se de uma sociedade que aos poucos se reconstrói de uma longa guerra civil, definir como estão organizadas as relações de poder e classes dentro deste contexto ainda estão por serem estudadas.

A religião predominante é a católica, seguida dos fies das igrejas Batista e Luterana. O número de islâmicos, hindus e de praticantes de outras religiões não cristãs é bastante pequeno e em geral está associado à grupos de imigrantes do norte da África e da Ásia.

Características econômicas e educacionais

Luanda é o principal centro econômico de Angola, de modo que é a cidade sede de grandes empresas angolanas, com a Angola Telecom e a Linhas Aéreas Angola. Além das refinarias de petróleo existentes na cidade, há ainda a indústria transformadora de bens de consumo e a indústria da construção civil, que exerce um papel importante em um país em reconstrução.

Como consequência, Luanda abriga as maiores universidades de Angola, como Universidade Agostinho Neto, única universidade pública com 83 cursos de graduação, além de mestrados e doutorados. Há universidades particulares também, como a Universidade Católica de Angola, a maioria fundada após o fim da guerra civil.

A importância econômica e política de Luanda ficam claras ao ser referencia para realização de eventos internacionais no continente africano, como o Campeonato Africano de Nações 2010, um campeonato futebolístico no qual a cidade foi sede.

Resultado de imagem para fotos de la universidad agostinho neto de angola

Muamba de galinha
Prato tradicional da gastronomia angolana, a muamba de galinha (ou Moamba de galinha) é uma iguaria que pode satisfazer aqueles que amam os sabores intensos da tradição. Feito usando, bem como claramente frango, vários ingredientes que acentuam o sabor, como cebola grande, tomate fresco, alho, folha de louro, abobrinha e mais, e, finalmente, a muamba de galinha é coberto com creme de amendoim que enriquecem o sabor concebendo assim um único e do prato de alta qualidade.

Espero que, assim, eles se sintam mais identificados com esta cidade de paisagens incríveis que oferece hospitalidade a seus visitantes.

Categories: "Miss Angola", Angola y Portugal, CUBA-ANGOLA, Musica Angolana, Receita Angolanas, Revolução Angola Y Portugal, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

SANGRIA DE ESPUMANTE FESTIVA.

Receitas do dia muito frescas.
Não ligue muito às quantidades. A sangria permite muita criatividade e faz a festa à mesa.
Garrafa de espumante 1
Sumo de laranja natural 500 ml
Refrigerante gasoso 500 ml
Vinho do Porto 1 cálice
Açúcar A gosto
Frutas diversas (descascadas e cortadas) a gosto
Limão (sumo) 1/2
Pau de canela 3
Folhas de hortelã A gosto
Rodelas de limão adicionar q.b.

PREPARAÇÃO

Coloque num jarro largo e fundo os frutos (ex. maçã, frutos vermelhos, pera) já descascados e cortados. Verta parte do refrigerante gasoso, o açúcar, o vinho do Porto, o sumo de laranja e de limão. Deixe macerar no frigorífico um par de horas.

De seguida, adicione os paus de canela e o espumante.

Acabe de encher o jarro com a bebida gaseificada e o gelo.

Decore com a hortelã e as rodelas de limão.

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

ALHEIRA NO FORNO COM MIGAS DE BROA E COUVE.

 Receita do Dia!
Alheiras 2
Broa de Milho 200 g
Couve galega ou portuguesa, cortada em juliana fina 150 g
Dentes de alho, picados finamente 2
Azeite 1 colher de sopa
Pimenta preta moída na hora adicionar q.b.
Sal usar q.b.

PREPARAÇÃO

Pré-aquece o forno a 200 ºC.

Coza a couve durante cinco minutos, num tacho com água a ferver temperada com sal. Esfarele a broa e reserve. Numa frigideira, aqueça o azeite e salteie os alhos, sem deixar ganhar cor. Junte a broa esfarelada e a couve cozida e escorrida, tempere com pimenta preta moída na hora e misture tudo.

Faça alguns furos sobre a pele das alheiras com um palito ou a ponta de uma faca.

Numa assadeira, coloque as alheiras e as migas de broa e couve. Leve ao forno aquecido durante 25 a 30 minutos, virando as alheiras a meio do tempo de cozedura. Sirva de imediato.

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

BACALHAU COM BROA E MIGAS DE CASTANHAS.

Receita do Dia!

Em harmonia, aromas típicos da época juntam-se neste prato que casa o bacalhau, com umas migas de broa, couve e castanhas.
Lombos de Bacalhau 1 embalagem
Alho 2 dente
Broa de milho 1/2
Couve portuguesa 1
Castanhas 200 g
Erva-doce adicionar q.b.
Coentros 1 ramo
Pimenta 5 bagos adicionar q.b.
Azeite adicionar q.b.

PREPARAÇÃO Continuar a ler

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

PINTADA ASSADA NO FORNO COM UVAS E PERAS.

Receita do Dia!..
Pintada assada no forno com uvas e peras
Pintada, com cerca de 1,5 kg 1
Limão 1
Folhas de 2 hastes de alecrim
Dentes de alho 3
Manteiga, ligeiramente amolecida 125 g
Uvas pretas 1 kg
Peras, cortadas ao meio e sem caroço 4
Azeite (para untar as uvas) 1 colher de sopa
Sal marinho e pimenta moída na hora usar a gosto

PREPARAÇÃO: Continuar a ler

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

PEIXE ASSADO À MARROQUINA

Receita do dia.- Uma infinidade de sabores liberta-se deste prato à medida que é cozinhado. Sirva com pão ázimo, aquecido no forno.

Cebola grande, fatiada finamente 1
Tomate grande, fatiado finamente 1
Limão, sem os bicos e cortado finamente 1
Filetes de peixe com 175 a 225 g (ex. perca) 4
Cominhos Moídos 1 colher de sopa
Paprica doce 1 colher de sopa
Coentros Moídos 1 colher de sopa
Sementes de erva-doce moída 1/2 colher de chá
Azeite 2 colheres de sopa

PREPARAÇÃO

Pré-aqueça o forno a 190 ºC (gás: 5).

Unte com óleo uma travessa de ir ao forno com 33×23 cm. Coloque uma camada de cebola, em seguida tomate, depois limão.

Disponha os filetes de peixe sobre as rodelas de limão. misture numa tigela os cominhos, a paprica, os coentros a erva-doce, o pimentão e o sal.

Verta esta condimentada mistura sobre o peixe e depois regue com o azeite. Cubra e asse durante 35 minutos ou até que o peixe comece a lascar quando inserir um garfo na parte mais grossa.

500 Receitas: Peixe e Marisco, Booksmile (Título original: Fish and Seafood Diches, © Quintet Publishing Ltd. 2010) 

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

FILETES DE PESCADA COM CROSTA AROMÁTICA.

Receita do dia!— Uma maneira diferente de comer peixe. Uma receita perfumada e deliciosa.

Filetes grandes de pescada 2
Pão ralado 100 g
Dentes de alho picados 2
Limão (raspas) 1
Cebolinho fresco picado 1 colher de sopa
Salsa picada 1 colher de sopa
Aneto/Endro, da Espiga 1 colher de sobremesa
Manteiga amolecida 60 g
Sumo de 1 limão
Pimenta e sal q.b.

PREPARAÇÃO

Aqueça o forno a 220 °C.

Coloque os filetes numa travessa de ir ao forno, untada com azeite. Tempere-os de sal e pimenta do reino moída, reserve.

Misture o pão ralado com os alhos finamente picados, as raspas de limão e as ervas aromáticas. Envolva tudo com a manteiga com a ajuda dos dedos, até conseguir uma mistura tipo migalhas.

Cubra o peixe com essa mistura, pressionando bem sobre o peixe.

Leve ao forno, regado com sumo de limão, e asse por cerca de 20 minutos, ou até que a crosta fique bem ´douradinha´.
Sirva com uma salada verde a gosto.

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

BERINGELA RECHEADA.

Receita do dia!– Mais uma receita simples de ser preparada. O melhor é que podes usar os legumes que quiseres ou tiveres à mão para rechear as beringelas.

Beringela Recheada

Beringela 2 unidades
Cenoura ralada 1 unidade
Abobrinha 1 unidade
Cogumelos picados 1 chávena
Alho Francês 1 unidade
queijo vegano q.b.
Temperos: Sal, azeite, pimenta q.b.
Levedura nutricional q.b.

PREPARAÇÃO Continuar a ler

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

SANGRIA DE CERVEJA.

Cerveja gourmet 33 cl 1 garrafa
Cervejas mini 20 cl 2 garrafa
Refrigerante laranja com gás 150 ml
Refrigerante lima-limão com gás 150 ml
Vodka 3 shot
Sumo de 2 limões 2
Sumo de laranja 2
Limão em rodelas 1
Laranja em rodelas 1
Açúcar amarelo 5 colheres de sopa
Gelo muito!

PREPARAÇÃO

Colocamos muito gelo num recipiente alto ou largo. Continuar a ler

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: